Publicidade
Publicidade
O freela e o frio
PublishNews, 25/08/2011
O freela e o frio

Não damos bola para ele na maior parte do ano, mas quando chega o inverno é que vemos o quanto o frio nos incomoda para trabalhar. Como é difícil sair da cama. Dá mais sono ainda depois do almoço. Os dedos congelam. As pernas ficam frias. Dorzinhas se acentuam. A vontade de parar para fazer um lanchinho é enorme. Hoje tentarei dar algumas dicas para amenizar essas coisas.

Primeiro podemos pensar na vantagem que temos em sermos freelas: não precisamos sair no frio. Por outro lado, a dificuldade em sair da cama é a mesma e ainda há a desvantagem dela estar ali do lado e querermos correr para ela, ou para o sofá, e ficarmos cobertos, vendo sessão da tarde e comendo pipoca.

Bom, o primeiro passo é o de sempre: força de vontade. Não tem jeito, no frio é ainda mais difícil, mas é preciso manter a disciplina. Se por acaso acordar um pouco mais tarde o negócio é compensar trabalhando mais. Outra coisa que ajuda é fazer exercício, que além de manter o corpo saudável ainda ajuda a esquentar.

Ficar sempre bem agasalhado também é importante. Nada de preguiça de ir buscar uma malha quando sentir que precisa dela! Um cobertor sobre as pernas pode ser de grande ajuda à tarde/noite quando as temperaturas caem ainda mais. Além disso, uma bolsa de água quente (compre a bolsa de borracha em qualquer farmácia) junto com agasalhos e cobertores pode dar um conforto bom para se trabalhar. É sempre importante manter o meio do corpo aquecido.

Um aquecedor pode ajudar se você trabalhar em um ambiente menor. Eu não gosto muito, acho que o ar fica muito seco, mas é uma opção. Chás e cafés quentinhos também são uma boa, mas tente evitar o exagero e parar toda hora, senão o trabalho não renderá.

Para as mãos, costumo usar uma luva de lã cortada nos dedos. É preciso se acostumar um pouco, mas depois a digitação engrena. Existe uma alternativa mais tecnológica que são as luvas aquecidas, ou heated gloves. Elas têm uma saída que você liga no USB do computador e está pronto para trabalhar. Nunca vi aqui no Brasil, mas na Amazon vende. Pretendo comprar o meu par em breve (sempre falo isso no frio e esqueço quando o clima esquenta).

No caso de tudo isso falhar, aí é melhor partir para medidas extremas: um dedo de uísque ou uma taça de vinho (à tarde, faça-me o favor, hein) ou então desencane, tire férias em uma praia tropical e volte quando o clima esquentar.

Sim, esta conclusão é uma brincadeira. O importante é que você tente ficar o mais confortável possível para que o seu trabalho renda, portanto, repita comigo: Frio é psicológico, frio é psicológico...

Cassius Medauar (@cassiusmedauar) é formado em Jornalismo pela Cásper Líbero e está no mercado editorial há quase vinte anos, tendo trabalhado como editor na Conrad, Pixel e Ediouro, além de também ter passado pela editora Abril. Fanático por quadrinhos, cultura pop em geral e esportes, trabalhou como tradutor e jornalista freelancer durante alguns anos, tendo traduzido Beber, Jogar e F@#er, O vendedor de armas, a série Dexter, Um otimista incorrigível (biografia de Michael Fox) e Cicatrizes (HQ), entre outros. Atualmente, é Gerente de Conteúdo da Editora JBC, onde é o responsável pela linha de mangás e HQs da editora. Sua coluna mensal agora aborda principalmente o mercado de quadrinhos, mas assuntos como mercado geek, trabalho freelancer, surfe e futebol podem marcar presença.

Publicidade

BR75

A BR75 desenvolve soluções personalizadas de criação e edição de texto, design gráfico para publicações impressas e em outras mídias e coordena sua produção editorial. Cuidamos de todas as etapas, conforme as necessidades e características de seu projeto, e sua empresa ganha em eficiência e qualidade. Quer saber mais? Fale com a gente ou agende uma visita!

Leia também
Em sua coluna, Cassius fala sobre a importância da presença dos quadrinhos no Prêmio Jabuti e na Comic Con Experience
Nosso colunista Cassius Medauar esteve na exposição 'Quadrinhos', no MIS-SP, e conta o que viu por lá
Cassius Medauar retoma a sua coluna no PublishNews dando dicas de como conhecer o mundo das Histórias em Quadrinhos
Você vai levando a sua vidinha de freelancer, mas de repente aparece aquela proposta. E agora?
Em sua coluna, Cassius Medauar dá sete dicas para quem quer começar a vida de freela
Publicidade



O MBA em Book Publishing é uma pós-graduação Lato Sensu, reconhecida pelo MEC. Com realização da Casa Educação e apoio oficial do Publishnews, o curso tem a coordenação pedagógica do Instituto Singularidades. O programa foi elaborado para contemplar as profundas transformações que o mercado editorial vem passando nos últimos anos, sempre com o objetivo de preparar profissionais de forma completa e eclética para atuarem na indústria do livro. O curso já se encontra na terceira turma.

Outras colunas
Toda semana você confere uma nova tira dos passarinhos Hector e Afonso
Em sua nova crônica, Luciana Pinsky conta a história de uma mulher que recebe um livro misterioso que acaba tirando o seu sono
Em sua coluna, Paulo Tedesco dá sua opinião sobre os reais motivos para a crise do mercado editorial: 'Não há crise de leitura, definitivamente'
Toda semana você confere uma nova tira dos passarinhos Hector e Afonso
Em sua coluna, Henrique Rodrigues analisa outros lados da cadeia produtiva da literatura
A história pode fazer o leitor a questionar seu mundo. Os melhores livros despertam a vontade de querer fazer alguma coisa
John Boyne
Escritor irlandês
Publicidade
Publicidade

Você está buscando um emprego no mercado editorial? O PublishNews oferece um banco de vagas abertas em diversas empresas da cadeia do livro. E se você quiser anunciar uma vaga em sua empresa, entre em contato.

Procurar

Precisando de um capista, de um diagramador ou de uma gráfica? Ou de um conversor de e-books? Seja o que for, você poderá encontrar no nosso Guia de Fornecedores. E para anunciar sua empresa, entre em contato.

Procurar

O PublishNews nasceu como uma newsletter. E esta continua sendo nossa principal ferramenta de comunicação. Quer receber diariamente todas as notícias do mundo do livro resumidas em um parágrafo?

Assinar