Publicidade
Publicidade
HQs em alta no Jabuti e em 'baixa' na CCXP
PublishNews, Cassius Medauar, 05/12/2018
Em sua coluna, Cassius fala sobre a importância da presença dos quadrinhos no Prêmio Jabuti e na Comic Con Experience

Calma, caro leitor. Logo explicarei esse “baixa” entre aspas do título. Mas vamos começar com as histórias em quadrinhos no Prêmio Jabuti.

Este foi o segundo ano da categoria no Jabuti, e já dá pra dizer que os quadrinhos se consolidaram no prêmio. Fui jurado da categoria este ano e fiquei muito contente em ver o bom número de inscritos e alto nível das histórias. Pelo menos cinco ou seis finalistas poderiam ter ganhado o prêmio.

Outro indicio de que os quadrinhos estão em alta no Jabuti foi ver muitos profissionais ligados as HQs, autores, editores, jornalistas especializados e agregados, presentes na premiação, todos ansiosos e felizes por estarem ali, numa bela integração do mercado editorial.

Ter a chancela do Jabuti ajuda bastante o mercado de quadrinhos a largar seu complexo de vira-lata e acreditar que tem espaço e é importante para o mercado editorial. Em contra partida, o Jabuti ganha em diversidade e se revitaliza ao incluir e manter a categoria de Histórias em Quadrinhos, contribuindo e muito para a união do mercado editorial em um momento tão difícil.

Já a Comic Con Experience, que acontece esta semana, de 5 a 9 de dezembro em São Paulo e é o maior evento Geek da América Latina e um dos maiores do mundo, parece perder fôlego quando o assunto são os quadrinhos. Não que tenha pouca coisa, por isso as aspas no “baixa” do título.

A CCXP é, de longe, o melhor evento de cultura pop do Brasil. E, este ano, terá um dos maiores Artists Alley (beco dos artistas) do mundo, com mais de 300 mesas e mais de 500 quadrinistas expondo, vendendo e autografando seus trabalhos. Virão vários autores internacionais também. Por outro lado, poucas editoras estarão presentes com estandes e nem a Comix, maior lojas de quadrinhos do Brasil, terá estande este ano. Com isso, a oferta de quadrinhos e a experiência do contato entre leitor e editores acaba reduzida.

Entendo que a feira é um negócio, mas acredito que ter as editoras como parceiras poderia fazer muito bem ao evento. Poderia se criar um “Beco das editoras”, onde também se poriam as lojas especializadas, como acontece em muitos grandes eventos de quadrinhos no exterior, e isto seria um belo chamariz para a CCXP, atraindo este público específico e melhorando a experiência dos visitantes, e ao mesmo tempo, é claro que seria ótimo para lojas e editoras pois, com a crise do mercado editorial estar em contato direto com seu público-alvo é fundamental.

Quem sabe isso não seja possível no futuro? Eu espero que sim e, verdadeiramente, acredito que um dos caminhos que temos para enfrentar essa crise é a união de autores, editoras, eventos e lojas em torno de objetivos comuns: sobrevivência e expansão do nosso mercado.

Sugestão de Leitura: Falando em Jabuti, minha sugestão de leitura é a lista inteira dos finalistas do Jabuti deste ano. Lendo todos, você terá uma ótima noção do tanto de coisas legais e diferentes que estão sendo publicados hoje no Brasil, indo de Mauricio de Sousa e suas Graphics MSP até Angola Janga (Veneta), o álbum vencedor escrito pelo Marcelo D’Salete e que trata sobre os quilombos no Brasil, passando pelo incrível álbum de tiras Morrer de Amor e Continuar Vivendo (Instante), da Lorena Kaz.

Marcelo D'Salete vencedor da categoria Histórias em quadrinhos com o livro 'Angola Janga'
Marcelo D'Salete vencedor da categoria Histórias em quadrinhos com o livro 'Angola Janga'


Cassius Medauar (@cassiusmedauar) é formado em Jornalismo pela Cásper Líbero e está no mercado editorial há vinte anos, tendo trabalhado como editor (Conrad, Pixel/Ediouro e JBC), tradutor e jornalista freelancer. Fanático por quadrinhos, cultura pop em geral e esportes, traduziu coisas como Beber, Jogar e F@#er, O vendedor de armas, a série Dexter, as biografias de Michael J. Fox, Tim Burton e Lily Allen, Cicatrizes (HQ), entre outros. Nos sete anos como Gerente de Conteúdo da Editora JBC, foi responsável pela mudança de qualidade da linha de mangás e HQs da editora e a implantação de seu modelo digital (publicações em e-book e mídias sociais). Sua coluna aborda especialmente o mercado de quadrinhos e geek, mas digital, trabalho freelancer, surfe e futebol podem marcar presença.

** Os textos trazidos nessa coluna não refletem, necessariamente, a opinião do PublishNews.

Tags: CCXP 2018
Publicidade

BR75

A BR75 desenvolve soluções personalizadas de criação e edição de texto, design gráfico para publicações impressas e em outras mídias e coordena sua produção editorial. Cuidamos de todas as etapas, conforme as necessidades e características de seu projeto, e sua empresa ganha em eficiência e qualidade. Quer saber mais? Fale com a gente ou agende uma visita!

Leia também
Em sua coluna, Cassius fala sobre os conteúdos digitais ligados ao mercado do livro e como eles podem ajudar a atrair mais leitores e divulgar novos produtos
Em sua coluna, Cassius Medauar dá início a uma nova série de artigos nos quais vai esmiuçar o universo das HQs digitais
Em sua coluna, Cassius Medauar fala sobre a importância de se estreitar os laços entre o mercado livreiro e de HQs
Nosso colunista Cassius Medauar esteve na exposição 'Quadrinhos', no MIS-SP, e conta o que viu por lá
Cassius Medauar retoma a sua coluna no PublishNews dando dicas de como conhecer o mundo das Histórias em Quadrinhos
Publicidade

Mais de 13 mil pessoas recebem todos os dias a newsletter do PublishNews em suas caixas postais. Desta forma, elas estão sempre atualizadas com as últimas notícias do mercado editorial. Disparamos o informativo sempre antes do meio-dia e, graças ao nosso trabalho de edição e curadoria, você não precisa mais do que 10 minutos para ficar por dentro das novidades. E o melhor: É gratuito! Não perca tempo, clique aqui e assine agora mesmo a newsletter do PublishNews.

Outras colunas
Nessa semana, nossa equipe recebeu Sara Fernanda Frigério, sócia da Literárius, um sistema especialmente desenvolvido para atender o mercado editorial e livreiro
Toda semana você confere uma tira dos passarinhos Hector e Afonso
Editor por trás de coleções que marcaram gerações de leitores, como ‘Vaga-Lume’ e ‘Para gostar de ler’, conversa com André Argolo
Monica Carvalho se prepara para abrir a Livraria da Tarde, que será instalada no bairro de Pinheiros
Em sua coluna, Henrique Rodrigues analisa a polêmica da Flip e o cenário literário atual no país
O importante é motivar a criança para leitura, para a aventura de ler.
Ziraldo
Cartunista e ilustrador brasileiro
Publicidade
Publicidade

Você está buscando um emprego no mercado editorial? O PublishNews oferece um banco de vagas abertas em diversas empresas da cadeia do livro. E se você quiser anunciar uma vaga em sua empresa, entre em contato.

Procurar

Precisando de um capista, de um diagramador ou de uma gráfica? Ou de um conversor de e-books? Seja o que for, você poderá encontrar no nosso Guia de Fornecedores. E para anunciar sua empresa, entre em contato.

Procurar

O PublishNews nasceu como uma newsletter. E esta continua sendo nossa principal ferramenta de comunicação. Quer receber diariamente todas as notícias do mundo do livro resumidas em um parágrafo?

Assinar