Publicidade
Publicidade
O conector de pessoas
PublishNews, Talita Facchini, 15/10/2020
Kim Doria é o segundo Jovem Talento a participar do PublishNews Entrevista, programa que quer formar um arquivo da memória editorial brasileira

Dando continuação a série de conversas com os cinco Jovens Talentos 2020/2021, André Argolo recebeu esta semana no PublishNews Entrevista, Kim Doria, responsável pela comunicação da editora Boitempo.

Formado Comunicação Social com habilitação em Cinema, Kim está há quase 10 anos na Boitempo. Ele entrou como assistente de comunicação e desenvolveu vários projetos desde então, com destaque para os grandes eventos que já conseguiram reunir milhares de pessoas. Um desses casos de sucesso foi com a escritora e ativista Angela Davis, que em agosto do ano passado veio ao Brasil participar do Seminário Internacional Democracia em Colapso e movimentou inúmeros leitores em todos os dias que esteve presente no país.

Ainda sobre as mudanças na casa editorial nos últimos anos, o Jovem Talento elencou fatores que fizeram a diferença na relação da Boitempo com os leitores como a criação de demanda, pensando em conteúdos complementares aos livros, a comunicação nas redes sociais e a criação do blog da Boitempo, "uma porta de entrada para drogas mais pesadas, uma porta de entrada para o nosso catálogo", definiu.

Sobre o trabalho dentro de uma editora e no mercado editorial em geral, Kim compartilhou suas crenças e valores. “Percebo que existe essa tendência, que eu acho muito saudável, que é de uma comunicação muito intensa entre os departamentos”, disse, lembrando de um texto escrito por Daniel Lameira que falava exatamente da importância das editoras reconhecerem a necessidade de interligamentos entre seus departamentos. Da quase uma década de trabalho no mercado editorial, ele também tirou alguns ensinamentos. “Se tem valores que eu acredito muito é da cooperação e da percepção de que ninguém está isolado. Não tem nenhuma editora que está sozinha na crise que a gente tá passando, não tem nenhuma livraria sozinha, nem autores, profissionais do livro, tá todo mundo passando pela mesma coisa”, disse. “Acho importante a gente ter essa noção da cooperação e de como estamos todos enfrentando problemas semelhantes”.

Com ideias fortes e bem-definidas sobre o governo atual, Kim foi enfático. "É inescapável a gente falar que o livro está sob ataque no Brasil hoje, não tem como a gente ignorar", afirmou. "A gente tem no governo federal um projeto que é contra o livro, um projeto que é contra o direito à literatura, contra o acesso ao livro, não tem outra forma de colocar isso. Um projeto fascista, um projeto que está buscando tributar o livro de maneira a impossibilitar o acesso ao livro ainda mais, é um projeto de poder e a gente precisa ter uma nitidez muito grande de que isso tá acontecendo”, frisou, lembrando que é um dever de todos defender o acesso aos livros. “Tem a ver com todos nós”.

Na conversa com André Argolo, Kim Doria falou ainda sobre sua inscrição para o prêmio Jovens Talentos, sobre sua infância rodeada por livros - "cresci num universo em que o hábito da leitura sempre foi muito comum", lembrou - da importância de se falar sobre o trabalho das editoras e das pessoas envolvidas com o livro, da ligação entre o livro e a política, sobre a importância de um pensamento descolonizado e do que pensa para o futuro.

A PublishNewsTV reúne entrevistas e reportagens especiais do PublishNews

Publicidade

A Alta Novel é um selo novo que transita entre vários segmentos e busca unir diferentes gêneros com publicações que inspirem leitores de diferentes idades, mostrando um compromisso com qualidade e diversidade. Conheça nossos livros clicando aqui!

Leia também
Economista e sociólogo, o autor de 17 obras publicadas desde 1981 faz relatos de seu cotidiano em livrarias e, a partir deles, discute o momento do mercado editorial
Agente literária foi a primeira sabatinada de 2022 e falou sobre o papel do agente, do câmbio, da internacionalização da literatura brasileira e dos programas de apoio à tradução
Fundador e CEO da Companhia das Letras falou da cena de editoras independentes, lei do preço comum, consignação e da sua relação com as livrarias
Marcos Guedes foi o quinto convidado do Sabatina PublishNews. O executivo foi entrevistado por Marcos da Veiga Pereira, Judith de Almeida, Leonardo Neto e Talita Facchini.
No Sabatina PublishNews, Marcos da Veiga Pereira fez um balanço dos sete anos em que esteve à frente do SNEL e resumiu: ‘o convencimento foi a marca da gestão’
Publicidade

Mais de 13 mil pessoas recebem todos os dias a newsletter do PublishNews em suas caixas postais. Desta forma, elas estão sempre atualizadas com as últimas notícias do mercado editorial. Disparamos o informativo sempre antes do meio-dia e, graças ao nosso trabalho de edição e curadoria, você não precisa mais do que 10 minutos para ficar por dentro das novidades. E o melhor: É gratuito! Não perca tempo, clique aqui e assine agora mesmo a newsletter do PublishNews.

Outras colunas
Todas as sextas-feiras você confere uma tira dos passarinhos Hector e Afonso
As ruas foram tomadas por um público leitor majoritariamente jovem que me deu esperança de um futuro urgente
Publicado pela Giostri, 'Brancos não sabem pedalar', de Vanderson Castilho Munhoz, se passa em 2035, em um Brasil governador por um ditador que apoia o domínio no futebol brasileiro do Clube de Regatas Flamengo
Obra escrita por Paula Carminatti faz parte da duologia 'Ária de Yu'
Escrita por Juily Manghirmalani, 'Vivências asiático-brasileiras: raça, identidade e gênero' aborda questões como identidade cultural, autorreconhecimento, conflitos geracionais e construção de mitos sobre os povos asiáticos
O objetivo da literatura é sempre contar histórias - histórias que o maior número possível de pessoas lembrarão e sobre as quais refletirão sempre.
Shani Boianjiu
Escritora Israelense
Publicidade

Você está buscando um emprego no mercado editorial? O PublishNews oferece um banco de vagas abertas em diversas empresas da cadeia do livro. E se você quiser anunciar uma vaga em sua empresa, entre em contato.

Procurar

Precisando de um capista, de um diagramador ou de uma gráfica? Ou de um conversor de e-books? Seja o que for, você poderá encontrar no nosso Guia de Fornecedores. E para anunciar sua empresa, entre em contato.

Procurar

O PublishNews nasceu como uma newsletter. E esta continua sendo nossa principal ferramenta de comunicação. Quer receber diariamente todas as notícias do mundo do livro resumidas em um parágrafo?

Assinar