Publicidade
Publicidade
Um panorama sobre o mercado das editoras universitárias
PublishNews, Talita Facchini, 1º/10/2020
PublishNews Entrevista desta semana recebeu Marcelo Di Renzo, vice-presidente da Associação Brasileira das Editoras Universitárias e coordenador da Editora Universitária Leopoldianum

Jornalista, professor universitário e editor, Marcelo Di Renzo é, além disso, vice-presidente da Associação Brasileira das Editoras Universitárias (ABEU) e coordenador da Editora Universitária Leopoldianum. Com anos de história colecionando experiências em diversas áreas, Di Renzo é o entrevistado desta semana do PublishNews Entrevista, programa da PublishNewsTV que quer compor um arquivo da memória editorial brasileira.

Há muitos anos Di Renzo transita entre o mundo virtual e físico. Nos anos 1980, passou pelo curso de computação, o que lhe garantiu, mais tarde, a oportunidade de trabalhar na Abril Cultural e em 1982, iniciou seu trabalho como editor de vídeotexto, espécie de avô da atual internet. Marcelo conta que com o recurso - que permitia que diversos elementos 'entrassem' na tela de uma televisão adaptada, era possível fazer tudo. "Tudo o que desse para fazer com 800 caracteres", lembra. Daquela época, Di Renzo coleciona boas lembranças, dentre elas o trabalho de vender livros por videotexto. Ele explica que a Abril fez uma parceria com uma livraria e funcionava assim: as pessoas viam as informações curtas dos livros e se quisessem, compravam e recebiam a obra em casa.

Outro trabalho de que se orgulha foi o lançamento de um multiconto em que as pessoas podiam interferir no final de cada página, alterando o final da história. “Foi o primeiro multiconto do Planeta, nós fizemos e publicamos com 16 páginas, que permitia 124 finais diferentes da história. Era um negócio muitíssimo diferente e interessante, que chamou muito a atenção”, contou orgulhoso.

Depois desse trabalho, Marcelo começou a atuar como professor na Universidade Católica de Santos (Unisantos) e em 2003, foi chamado para assumir a editora universitária Leopoldianum. Assim descobriu a Abeu. "Comecei a participar das reuniões da Abeu, a frequentar os encontros e a ter uma ideia do que era esse cenário da edição universitária no Brasil. Eu não tinha ideia do tamanho desse segmento”, conta. A partir desse contato, começou também a participar mais ativamente desse meio, a construir relações com outras entidades, como CBL e SNEL, a participar de feiras literárias e, em paralelo, a organizar a Leopoldianum. "Fizemos um trabalho de ter a nossa própria formação gráfica dentro da própria editora e principalmente ter uma política de comercialização dessa produção”. Hoje, a editora conta com um catálogo na ordem de 230 títulos e está aberta a toda a pesquisa nacional e internacional. "Universidade não tem barreiras", define Di Renzo.

O jornalista, professor e editor falou também sobre a sua preocupação com as editoras de universidades federais, diante das sucessivas ameaças e interferências do atual governo sobre as instituições. “Essas ações do governo federal atual com relação a academia de modo geral são ruins, pois interferem na pesquisa e isso cria um problema seríssimo para o país e para a estrutura da universidade. E em algum momento vai repercutir na falta de material”, advertiu. Marcelo lembrou também de outras preocupações que afligem as editoras universitárias, como a redução no orçamento e a substituição dos reitores. “Essa política do governo de substituir reitores por outros talvez não tão bem avaliados por seus pares, é uma coisa que deixa todo mundo preocupado. Independente se é Federal ou não. Há uma repercussão geral", analisa.

Na conversa que teve com André Argolo, Marcelo também traçou um mapa das editoras universitárias no Brasil, falou sobre as parcerias entre essas editoras, fez uma análise sobre o mercado e falou sobre a importância das Bienais e feiras literárias na disseminação dos livros universitários.

O PublishNews Entrevista é um oferecimento do #coisadelivreiro, consultoria em marketing e inteligência de negócios para o mercado editorial. Além de estar disponível no canal do PublishNews no YouTube, este episódio está disponível em áudio também pelas plataformas digitais: Spotify, iTunes, Google Podcasts e Overcast.

A PublishNewsTV reúne entrevistas e reportagens especiais do PublishNews

Publicidade

A Alta Novel é um selo novo que transita entre vários segmentos e busca unir diferentes gêneros com publicações que inspirem leitores de diferentes idades, mostrando um compromisso com qualidade e diversidade. Conheça nossos livros clicando aqui!

Leia também
Economista e sociólogo, o autor de 17 obras publicadas desde 1981 faz relatos de seu cotidiano em livrarias e, a partir deles, discute o momento do mercado editorial
Agente literária foi a primeira sabatinada de 2022 e falou sobre o papel do agente, do câmbio, da internacionalização da literatura brasileira e dos programas de apoio à tradução
Fundador e CEO da Companhia das Letras falou da cena de editoras independentes, lei do preço comum, consignação e da sua relação com as livrarias
Marcos Guedes foi o quinto convidado do Sabatina PublishNews. O executivo foi entrevistado por Marcos da Veiga Pereira, Judith de Almeida, Leonardo Neto e Talita Facchini.
No Sabatina PublishNews, Marcos da Veiga Pereira fez um balanço dos sete anos em que esteve à frente do SNEL e resumiu: ‘o convencimento foi a marca da gestão’
Publicidade

Mais de 13 mil pessoas recebem todos os dias a newsletter do PublishNews em suas caixas postais. Desta forma, elas estão sempre atualizadas com as últimas notícias do mercado editorial. Disparamos o informativo sempre antes do meio-dia e, graças ao nosso trabalho de edição e curadoria, você não precisa mais do que 10 minutos para ficar por dentro das novidades. E o melhor: É gratuito! Não perca tempo, clique aqui e assine agora mesmo a newsletter do PublishNews.

Outras colunas
Todas as sextas-feiras você confere uma tira dos passarinhos Hector e Afonso
As ruas foram tomadas por um público leitor majoritariamente jovem que me deu esperança de um futuro urgente
Publicado pela Giostri, 'Brancos não sabem pedalar', de Vanderson Castilho Munhoz, se passa em 2035, em um Brasil governador por um ditador que apoia o domínio no futebol brasileiro do Clube de Regatas Flamengo
Obra escrita por Paula Carminatti faz parte da duologia 'Ária de Yu'
Escrita por Juily Manghirmalani, 'Vivências asiático-brasileiras: raça, identidade e gênero' aborda questões como identidade cultural, autorreconhecimento, conflitos geracionais e construção de mitos sobre os povos asiáticos
Vemos muitas editoras, ilustradoras, designers, divulgadoras em muitas partes do setor [editorial], mas em posições de liderança, não. Geralmente, são os homens que estão nestas posições. E isso é algo que me intrigou muito e pensei que precisava fazer algo sobre isso
Bodour Al Qasimi
presidente da International Publishers Association e idealizadora do PublisHer
Publicidade

Você está buscando um emprego no mercado editorial? O PublishNews oferece um banco de vagas abertas em diversas empresas da cadeia do livro. E se você quiser anunciar uma vaga em sua empresa, entre em contato.

Procurar

Precisando de um capista, de um diagramador ou de uma gráfica? Ou de um conversor de e-books? Seja o que for, você poderá encontrar no nosso Guia de Fornecedores. E para anunciar sua empresa, entre em contato.

Procurar

O PublishNews nasceu como uma newsletter. E esta continua sendo nossa principal ferramenta de comunicação. Quer receber diariamente todas as notícias do mundo do livro resumidas em um parágrafo?

Assinar