Publicidade
Publicidade
Ângulos
PublishNews, Luciana Pinsky, 20/07/2020
Na crônica do mês, Luciana Pinsky imagina um futuro incerto: um diálogo entre mãe e filho. Ele queria saber como era a vida quando ele era 'pequeno, tão pequeno que nem falava ainda'

- Mãe, como foi quando eu era pequeno, tão pequeno que nem falava ainda?

- O mundo parou.

- Todos queriam me ver?

- Muita gente, sem dúvida. Mas ninguém chegava perto.

- Vocês tinham medo que eu quebrasse por ser beeeeeem pequeno?

- Um pouco isso. E todo mundo usava máscara para se proteger.

- Do frio? Mas todo mundo é friorento como você?

- Mais ou menos. E seu pai e eu ficávamos todo o tempo com você. Não saíamos para nada.

- Eba! Era o dia inteiro brincando comigo?

- Também. Mas, meu filho, os detalhes me fogem. Às vezes parece um sonho longo, daqueles em que a gente desconfia que está sonhando e lá no sonho mesmo diz que é sonho, que vai passar quando acordar. Sabe?

- Como daquela vez que sonhei que tinha ido de pijama para a escola e acordei gritando?

- Parecido. Só que toda a vez que tentávamos acordar, percebíamos que não era sonho não. Deixe-me lembrar. Uh, lavávamos roupa, trocávamos fralda (muitas!), limpávamos a casa, depois limpávamos de novo porque afinal moramos em São Paulo e a sujeira nunca dorme. Aliás, por falar em dormir, de vez em quando dormíamos umas horas. Cozinhávamos, colocávamos você para dormir. E aí, tudo de novo e sempre.

- Vocês não trabalhavam?

- Sim, de casa, entre um aspirador de pó e uma troca de fralda. É, acho que não esqueci nada.

- Esqueceu sim: aposto que você e o papai maratonaram nas Olimpíadas. Viram aqueles esportes estranhos com regras esquisitas.

- Adoraria. Mas não teve Olimpíadas.

- Como assim? Nasci em ano de Olimpíadas.

- Eu não disse que o mundo parou?

- Nossa, sou mesmo importante!

© Marcos IssaLuciana Pinsky é editora da Contexto, escritora e jornalista. Publicou o romance Sujeito oculto e demais graças do amor (Record) e mantém seu blog de crônicas. Há dois anos publica uma coluna sobre livros infantis no site Boraí.

** Os textos trazidos nessa coluna não refletem, necessariamente, a opinião do PublishNews.

Publicidade

BR75

A BR75 desenvolve soluções personalizadas de criação e edição de texto, design gráfico para publicações impressas e em outras mídias e coordena sua produção editorial. Cuidamos de todas as etapas, conforme as necessidades e características de seu projeto, e sua empresa ganha em eficiência e qualidade. Quer saber mais? Fale com a gente ou agende uma visita!

Leia também
Em sua crônica do mês, Luciana Pinsky fala sobre o ato de nadar para relaxar e pensar na vida
Na crônica deste mês, Luciana Pinsky ​relata o primeiro contato de uma criança com a morte
Em sua crônica do mês, Luciana pergunta: A luta diária pelo fim do pó terá final feliz?
O que nos mantém vivos? Qual é a receita? Em tempos de álcool gel, uma crônica que foge do coronavírus.
Em sua crônica do mês, Luciana Pinsky fala sobre o que é inevitável, que acontece sem anúncio. Ou será que não é bem assim?
Publicidade

Mais de 13 mil pessoas recebem todos os dias a newsletter do PublishNews em suas caixas postais. Desta forma, elas estão sempre atualizadas com as últimas notícias do mercado editorial. Disparamos o informativo sempre antes do meio-dia e, graças ao nosso trabalho de edição e curadoria, você não precisa mais do que 10 minutos para ficar por dentro das novidades. E o melhor: É gratuito! Não perca tempo, clique aqui e assine agora mesmo a newsletter do PublishNews.

Outras colunas
Suzana Vargas inaugura um espaço no PN. Na coluna 'Escrever para Lembrar: o que os grandes escritores me ensinaram', ela vai trazer histórias de convivência com figurões da literatura nacional, começando por Carlos Drummond de Andrade.
Podcast do PublishNews dessa semana recebeu Anselmo Bortolin, CEO da Meta Brasil - UmLivro e Simei Junior, da Bookwire, para falarem sobre o assunto
Recentemente, o mundo se espantou ao saber que uma colagem de milhares de imagens virtuais foi vendida por US$ 69 milhões. É o NFT. O que é isso e o que isso pode implicar no mercado de livros? Gustavo Martins de Almeida responde.
Todas as sextas-feiras você confere uma nova tira dos passarinhos Hector e Afonso
Em sua crônica do mês, Luciana Pinsky fala sobre o ato de nadar para relaxar e pensar na vida
A literatura deve — e faz isso — produzir no leitor um estado de inquietação.
Francisco Alvim
Escritor brasileiro
Publicidade
Publicidade

Você está buscando um emprego no mercado editorial? O PublishNews oferece um banco de vagas abertas em diversas empresas da cadeia do livro. E se você quiser anunciar uma vaga em sua empresa, entre em contato.

Procurar

Precisando de um capista, de um diagramador ou de uma gráfica? Ou de um conversor de e-books? Seja o que for, você poderá encontrar no nosso Guia de Fornecedores. E para anunciar sua empresa, entre em contato.

Procurar

O PublishNews nasceu como uma newsletter. E esta continua sendo nossa principal ferramenta de comunicação. Quer receber diariamente todas as notícias do mundo do livro resumidas em um parágrafo?

Assinar