Publicidade
Publicidade
Quem tem medo da Inteligência Artificial?
PublishNews, Paulo Tedesco, 23/02/2023
Em novo artigo, Paulo Tedesco fala da novidade do momento: o acesso global às ferramentas de inteligência artificial e como isso afetará o dia a dia das pessoas

E o grande debate do momento vem sendo sobre inteligência artificial, ou, ao modo estrangeiro de resumir tudo a siglas, em português a AI e em inglês a IA, inteligence artificial. Aliás, o termo, ou os termos, não são nada novos, e o assunto é tão antigo quanto as primeiras descobertas tecnológicas.

Porém o debate sim é novo, afinal em tempos nem tão distantes ninguém suporia que, em curtíssimo prazo, teríamos a IA ao alcance gratuito e acessível à muita gente, e que suas infinitas possiblidades ensejariam algo maior do que os buscadores da internet até o momento brindaram.

Temos, para muito além do ChatGPT, uma gama expressiva de respondedores e produtores de texto e imagem em diferentes línguas a partir da IA, e breve teremos, também liberados, gratuitamente, criadores e animadores de imagens articuladas em áudio e vídeo. Resumindo, dia após dia novas soluções respondedoras de qualquer coisa e produtoras de qualquer coisa estarão disponíveis ao alcance de um “olá”.

E vamos dar um olá a quem ganha, ou melhor, a quem explora o sonho alheio para ganhar com a ilusão de que existe um bom livro sem um editor, uma boa música sem um produtor, cinema sem diretor? Ou os diferentes ambientes digitais de venda de e-books e também outros produtos culturais, avisarão ao leitor e consumidor que o que ele lê ou ouve foi feito por um robô?

E lanço o desafio para a Amazon e seu KDP e similares de outras marcas, e que já tentam, ou faturam com a produção e venda de conteúdo cultural sem, necessariamente, checagem autoral: haverá aviso no texto vendido se o conteúdo foi um robô quem produziu?

Algum candidato a editor já deve ter pensado: e se produzirmos um conteúdo em IA, registrar o direito autoral e colocar à venda? Ou se montar uma estrutura empresarial e tecnológica para produzir milhares, milhões de conteúdos e faturar com isso?

Observe, caro leitor, são possibilidades minimamente reais, e certamente neste instante devem estar em curso em algum canto quadrado do nosso sofrido e redondo planeta.

Disseram que a IA estará na minha geladeira analisando o que consumo, e informando quem sou e as doenças que terei somente pela rotina do abrir e fechar de portas geladas. Disseram também que serei lido, isso mesmo, serei lido, feito livro, em qualquer ambiente, feito filme de ficção científica, e assim dispararei alarmes dos mais diversos, tanto para consumo como para impostos. Em resumo, nossas funerárias e planos de saúde que se preparem, breve terão, por antecipação, a demanda do dia...

Sim, eu temo pelo mau uso da IA. Eu temo pelo uso veloz e indiscriminado de tudo que falo, penso e eventualmente escrevo. Mas se antes a humanidade criou horrores como a bomba atômica, Hitler e o bolsonarismo, agora não poderia ser diferente. E uma coisa é certa, sobreviveremos apesar de tudo (mas é bom agirmos logo...).

Paulo Tedesco é escritor, editor e consultor em projetos editoriais. Desenvolveu o primeiro curso em EAD de Processos Editorais na PUCRS. Coordena o www.editoraconsultoreditorial.com (livraria, editora e cursos). É autor, entre outros, do Livros Um Guia para Autores pelo Consultor Editorial, prêmio AGES2015, categoria especial. Pode ser acompanhado pelo Facebook, Twitter, Instagram e LinkedIn.

** Os textos trazidos nessa coluna não refletem, necessariamente, a opinião do PublishNews.

Publicidade

A Alta Novel é um selo novo que transita entre vários segmentos e busca unir diferentes gêneros com publicações que inspirem leitores de diferentes idades, mostrando um compromisso com qualidade e diversidade. Conheça nossos livros clicando aqui!

Leia também
Tivemos o prazer de ler um livro carnavalizado e carnavalizando! E há quem diga que a literatura nacional naufragou...
Paulo Tedesco escreve sobre a valorização do trabalho manual versus o trabalho intelectual e criativo
Em novo artigo, Paulo Tedesco lembra que 'nunca é tarde para reagir' e que ainda há muito a ser feito em 2024
As distantes galáxias separadas da Terra pelo vácuo parecem muito com as críticas, por exemplo, sobre o preço do livro
Em novo artigo, Paulo Tedesco faz um paralelo entre homens e livros e a sociedade como uma grande biblioteca e sobre como ela merece ser lida com maior profundidade e nas entrelinhas
Publicidade

Mais de 13 mil pessoas recebem todos os dias a newsletter do PublishNews em suas caixas postais. Desta forma, elas estão sempre atualizadas com as últimas notícias do mercado editorial. Disparamos o informativo sempre antes do meio-dia e, graças ao nosso trabalho de edição e curadoria, você não precisa mais do que 10 minutos para ficar por dentro das novidades. E o melhor: É gratuito! Não perca tempo, clique aqui e assine agora mesmo a newsletter do PublishNews.

Outras colunas
Todas as sextas-feiras você confere uma tira dos passarinhos Hector e Afonso
As ruas foram tomadas por um público leitor majoritariamente jovem que me deu esperança de um futuro urgente
Publicado pela Giostri, 'Brancos não sabem pedalar', de Vanderson Castilho Munhoz, se passa em 2035, em um Brasil governador por um ditador que apoia o domínio no futebol brasileiro do Clube de Regatas Flamengo
Obra escrita por Paula Carminatti faz parte da duologia 'Ária de Yu'
Escrita por Juily Manghirmalani, 'Vivências asiático-brasileiras: raça, identidade e gênero' aborda questões como identidade cultural, autorreconhecimento, conflitos geracionais e construção de mitos sobre os povos asiáticos
A literatura como fonte geradora de imagens internas é o que seduz o leitor.
Heloísa Prieto
Escritora brasileira
Publicidade

Você está buscando um emprego no mercado editorial? O PublishNews oferece um banco de vagas abertas em diversas empresas da cadeia do livro. E se você quiser anunciar uma vaga em sua empresa, entre em contato.

Procurar

Precisando de um capista, de um diagramador ou de uma gráfica? Ou de um conversor de e-books? Seja o que for, você poderá encontrar no nosso Guia de Fornecedores. E para anunciar sua empresa, entre em contato.

Procurar

O PublishNews nasceu como uma newsletter. E esta continua sendo nossa principal ferramenta de comunicação. Quer receber diariamente todas as notícias do mundo do livro resumidas em um parágrafo?

Assinar