Confira como foi o Sabatina PublishNews com Fernanda Melchionna
PublishNews, Leonardo Neto, 17/08/2021
Presidente da Frente Parlamentar do Livro foi sabatinada nesta segunda-feira (16) e defendeu mobilização do setor em torno da Política Nacional de Leitura e Escrita.

Fernanda Melchionna | © Sidnei Mohr
Fernanda Melchionna | © Sidnei Mohr
A deputada Fernanda Melchionna (PSOL/RS) esteve no centro do terceiro episódio do Sabatina PublishNews, programa mensal que quer debater temas relevantes para o setor editorial. Ela preside na Câmara a Frente Parlamentar Mista de Defesa do Livro.

Na conversa, a deputada convocou o setor a se mobilizar em torno da regulamentação da Política Nacional de Leitura e Escrita (PNLE), conhecida como Lei Castilho. “Não é no governo Bolsonaro que isso vai andar. A gente não tem essa ilusão. Mas, o governo Bolsonaro não dura para sempre. O setor só sai mobilizado se seguir discutindo as políticas”, defendeu a parlamentar que propôs a realização de um “Livraço”, um dia de mobilização em favor do livro.

Ela defendeu ainda um orçamento permanente e efetivo e não sujeito a contingenciamento, para políticas públicas do livro, leitura e escrita. "Eu digo que temos que trabalhar juntos nessa redação. Não vai ser fácil aprovar, não tenho dúvidas. Mas temos que abrir esse debate, por que é algo que temos que almejar para o futuro", argumentou.

Fernanda Melchionna falou ainda sobre as dificuldades em fazer andar no Parlamento as pautas relacionadas ao setor. “É muito difícil para os parlamentares se posicionarem contra a Leitura”, disse a deputada. Ela completou lembrando que, na Câmara, a pauta do plenário fica muito na mão do presidente, que não demonstra, na sua opinião, muita sensibilidade com as questões do setor.

Temas como a lei do preço fixo, a reforma dos direitos autorais e a privatização dos Correios também fizeram parte da conversa.

Melchionna foi sabatinada por José Castilho Marques Neto, doutor em Filosofia, consultor do Cerlalc e ex-diretor geral da Biblioteca Mário de Andrade (SP) e ex-Secretário Executivo do PNLL (MinC e MEC); Fernanda Gomes Garcia, advogada e diretora executiva da Câmara Brasileira do Livro (CBL); Maria das Graças Monteiro Castro, bibliotecária, editora e coordenadora do Laboratório do Livro, Leitura, Literatura e Biblioteca (Libris/UFG), que atua em parceria com o Instituto de Leitura Quindim, e Ruan Gabriel, repórter de cultura do jornal O Globo, especializado na cobertura de livros e mercado editorial.


[17/08/2021 10:50:00]