Publicidade
Publicidade
O resgate ao passado de Ivana Jinkings
PublishNews, Leonardo Neto, 09/07/2020
Fundadora da Boitempo, Ivana é a convidada desta semana do PublishNews Entrevista

No poema Boitempo, Carlos Drummond de Andrade faz um resgate da sua infância rural. Fazendo uma analogia, quando Ivana Jinkings decide fundar a sua editora, em 1995, e dá a ela o nome de Boitempo, ela também resgatava o seu passado. Nascida em Belém do Pará, filha de Raimundo Jinkings, Ivana “praticamente nasceu” em uma livraria. Três anos depois do seu nascimento de fato, seu pai, um líder comunista perseguido pela ditadura, perde o emprego e cria uma pequena livraria – inicialmente instalada na casa onde a família morava. Anos antes, o pai também tinha empreendido uma pequena editora e dado a ela o nome de Boitempo. Era um disfarce, dando um nome poético a uma editora que publicava livros perseguidos: publicou Mao Tsé-Tung, por exemplo.

Ivana, que nesta semana está no PublishNews Entrevista – programa que quer resgatar a memória editorial brasileira – reconhece que ao decidir pelo nome quis mais homenagear o pai do que o próprio poeta.

Há 25 anos, quando fundou a Boitempo, Ivana tinha em mente a publicação de livros raros, inéditos em português ou cujas edições brasileiras estavam esgotadas. Foi assim com os primeiros livros: Napoleão, de Stendhal, e Carta ao pintor moço, correspondência inédita de Mário de Andrade ao pintor Enrico Bianco.

Quando publica O mistério de fazer dinheiro, livro de sociologia do trabalho escrito pela irmã, Nise Jinkings, a Boitempo dá uma guinada na sua linha editorial. Depois de publicar o título, Ivana é procurada pelo sociólogo Ricardo Antunes, professor da Unicamp, que passa a coordenar a Mundo do Trabalho, a coleção mais antiga da editora.

Ivana decide publicar livros que estavam, de certa forma, ligadas à história de sua família. “Sem que eu tivesse planejado, a Boitempo foi se dirigindo mais para uma linha política”, disse na conversa com André Argolo. Em 1998, publica a edição comemorativa dos 150 anos do Manifesto comunista. “Marx estava fora do ambiente acadêmico e a Boitempo, àquela altura, estava fazendo uma inserção maior no público acadêmico e universitário. E eu me lembro bem de professores me questionando: ‘mas você vai publicar Marx? Ninguém mais está lendo Marx’. E essa nossa edição foi muito bem e, a partir dela, veio a ideia de fazer uma coleção, que hoje é a principal coleção da Boitempo, inclusive comercialmente”, disse. Com esse movimento, a editora criou uma demanda por estas leituras.

O PublishNews Entrevista é um oferecimento do #coisadelivreiro, consultoria em marketing e inteligência de negócios para o mercado editorial.

Além de estar disponível no canal do PublishNews no YouTube, este episódio está disponível em áudio também pelas plataformas digitais: Spotify, iTunes, Google Podcasts e Overcast.

Em parceria com o vídeo repórter Andre Argolo, o PublishNews mantém o projeto PublishNewsTV, que grava reportagens e entrevistas relacionadas ao mundo do livro.

Publicidade

BR75

A BR75 desenvolve soluções personalizadas de criação e edição de texto, design gráfico para publicações impressas e em outras mídias e coordena sua produção editorial. Cuidamos de todas as etapas, conforme as necessidades e características de seu projeto, e sua empresa ganha em eficiência e qualidade. Quer saber mais? Fale com a gente ou agende uma visita!

Leia também
Ivo Camargo é a personalidade da semana no PublishNews Entrevista, programa que quer compor a memória editorial brasileira
Sócio da distribuidora Catavento está no PublishNews Entrevista desta semana
Rogério Pereira, fundador do jornal Rascunho, está no PublishNews Entrevista desta semana
Suzana Vargas, fundadora do Instituto Estação das Letras – que está completando 25 anos – está no PublishNews Entrevista desta semana
Rafaella Machado é a convidada do PublishNews Entrevista desta semana. Na conversa, a herdeira do Grupo Editorial Record se define como progressista e defende a bibliodiversidade.
Publicidade

Mais de 13 mil pessoas recebem todos os dias a newsletter do PublishNews em suas caixas postais. Desta forma, elas estão sempre atualizadas com as últimas notícias do mercado editorial. Disparamos o informativo sempre antes do meio-dia e, graças ao nosso trabalho de edição e curadoria, você não precisa mais do que 10 minutos para ficar por dentro das novidades. E o melhor: É gratuito! Não perca tempo, clique aqui e assine agora mesmo a newsletter do PublishNews.

Outras colunas
Todas as sextas-feiras você confere uma tira dos passarinhos Hector e Afonso
Ivo Camargo é a personalidade da semana no PublishNews Entrevista, programa que quer compor a memória editorial brasileira
Em seu novo artigo, André Palme fala sobre o áudio como formato de transmissão de conhecimento e entretenimento
Podcast desta semana recebeu Luiz Schwarcz e Fernando Baldraia para falarem sobre o manifesto a favor da diversidade divulgado pela Companhia das Letras
Toda semana você confere uma nova tira dos passarinhos Hector e Afonso
Não vamos escrever aquilo que não somos. Podemos mudar a forma, a frase, a construção, o tom e o estilo, mas não podemos mudar nossa pessoa.
Patrick Deville
Escritor francês
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Você está buscando um emprego no mercado editorial? O PublishNews oferece um banco de vagas abertas em diversas empresas da cadeia do livro. E se você quiser anunciar uma vaga em sua empresa, entre em contato.

Procurar

Precisando de um capista, de um diagramador ou de uma gráfica? Ou de um conversor de e-books? Seja o que for, você poderá encontrar no nosso Guia de Fornecedores. E para anunciar sua empresa, entre em contato.

Procurar

O PublishNews nasceu como uma newsletter. E esta continua sendo nossa principal ferramenta de comunicação. Quer receber diariamente todas as notícias do mundo do livro resumidas em um parágrafo?

Assinar