Armandinho e a censura
PublishNews, Redação, 29/11/2018
Autor das tirinhas sofreu ameaças após publicar tirinhas com críticas à segurança pública e à saúde brasileira

Todo mundo já deve ter visto alguma tirinha do Armandinho. Criado pelo cartunista Alexandre Beck, o personagem de cabelo azul é conhecido por suas sutis críticas políticas e sociais, mas na última semana, o autor recebeu diversas ameaças por conta de uma tirinha onde uma criança não queria correr perto de um agente de segurança. Em um comunicado publicado em suas redes sociais, Alexandre explica que a tirinha trouxe “uma nota de protesto da Brigada Militar-RS, seguida de diversas mensagens com ofensas e ameaças”. Dois dias depois, ao publicar uma tirinha em que outro personagem se mostrava preocupado com o atendimento de saúde à população mais carente, gerou mais uma nota de repúdio, dessa vez do Conselho Regional de Medicina-RS. Segundo Alexandre, “Tal nota – que seguiu o embalo da primeira, conforme registrado – reporta 'um ataque sem qualquer fundamento' e 'de forma injusta e cruel', enquanto o termo 'denegrindo' soa quase como confissão de culpa”. O autor, que tem diversos livros publicados pela Belas-Letras, disse ainda que os jornais para os quais ele colabora também sofreram pressão para censurá-lo e termina seu desabafo dizendo que com todo o apoio que recebeu, sentiu o “pulsante o significado de 'resistência', e 'ninguém solta a mão de ninguém'”. A carta na íntegra você confere clicando aqui.

[29/11/2018 06:00:00]