Publicidade
Publicidade
O Instagram pode te ensinar uma lição importante
PublishNews, Andre Palme, 22/06/2018
Em novo artigo, André Palme comenta a nova funcionalidade do Instagram e diz que lições a plataforma pode dar ao mercado do livro

Ontem o Instagram fez dois anúncios muito importantes: o primeiro, mega relevante, mas que não é assunto desse artigo é a marca de um bilhão de usuários; já o segundo é uma nova plataforma de vídeo, chamada IGTV.

Rapidamente explicando o que é o IGTV - Instagram TV. Até então o Instagram não permitia vídeos superiores a 1 minuto na plataforma, o que não o tornava a plataforma principal de vídeo para a maioria dos creators e que, consequentemente, tornava o YouTube a ferramenta natural para criadores de conteúdo que tem o vídeo como seu principal formato.

Pois bem, agora você (sim, qualquer usuário) pode subir vídeos de até 1 hora para contas verificadas e 10 minutos para o restante dos usuários, direto no Instagram, que aparecerão para seus seguidores/amigos. Foi lançado também um App isolado, chamado de IGTV, mas se você não quiser baixá-lo, pode acessar direto pelo seu Instagram.

Essa plataforma claramente veio disputar com o YouTube, o rei dos conteúdos em vídeo na internet. Acontece que de um tempo para cá, o algoritmo do Youtube vem priorizando conteúdos infantis, o que fez com que muitos criadores de conteúdo tenham perdido muitas visualizações e engajamento, o que claro, não deixou a galera muito feliz :/

Mas aí você pensa: valeu cara, obrigado por me atualizar sobre essa nova ferramenta. Mas o que isso tem a ver com livros?

A primeira resposta mais óbvia é: olhe para essa plataforma e comece a colocar seus conteúdos lá, porque o Instagram é hoje uma das redes com maior taxa de crescimento e engajamento. Cresceu 20% só no último ano, enquanto o Facebook, por exemplo, vive um momento de estagnação.

Mas o real motivo desse artigo é outro. Quero falar sobre uma coisa cada vez mais essencial hoje em dia, seja qual for o seu negócio: adaptabilidade.

Se você não entender o que, como, quando e onde seu cliente quer estar em contato com você e consumir seu conteúdo, bye bye baby, você morreu. Não é mais sobre o que você acha que as pessoas vão gostar, é sobre entregar algo da maneira como elas escolheram consumir. Então, saiba que maneira é essa e se adapte.

O Instagram fez isso de uma maneira extremamente efetiva. Quer saber por que?

Vamos lá:

1. Os vídeos são verticais: por que? porque é muito mais natural hoje em dia que você consuma conteúdo nessa posição. Seu celular é vertical, as imagens e textos que você consome são assim...por que então alguém ia gostar de ficar virando a tela toda hora para assistir um conteúdo em tela cheia, depois voltar para a vertical para responder uma mensagem?

Não tente transpor um livro físico para a tela do celular, crie um conteúdo que seja próximo a maneira como as pessoas já consomem conteúdo. Porque não utilizar esse ambiente (o digital e o smartphone) para entregar conteúdo de qualidade? Te garanto que é mais fácil;

2. Tudo em um só lugar: agregue serviços e conveniência em um ambiente onde seu cliente já está? Não fragmente sua base em vários lugares, com vários acessos diferentes. Tenha foco e concentre seus esforços onde seu cliente está.

Sempre me preocupa quando vejo editoras lançando apps de livros ou livros próprios de leitura! Você como editora, não precisa criar um app só seu, isolado. Deixe esse papel para as plataformas que tem nisso seu business, faça parcerias com elas e se preocupe em entregar um bom conteúdo neste ambiente.

3. Ouça seu cliente: o IGTV é fruto de uma mega pesquisa do Instagram com seus usuários, sobre como consomem conteúdo, sobre segunda tela, como preferem fazer isso, em que posição, etc etc.

Não faça algo pensando – apenas – em como você gostaria de receber ou consumir seu livro. Você precisa se colocar no lugar do seu leitor, da(s) pessoa(s) a quem aquele conteúdo interessa. Adapte-se ao universo das pessoas, não peça que elas se adaptem ao seu...elas podem não querer!

E lembre-se, do que já conversamos na série de artigos Marketing Digital e Outras Coisitas Mais: não estamos batalhando (somente) dentro do mercado editorial, estamos disputando o tempo livre das pessoas, os minutos diários que cada um de nós tem para consumir conteúdos. Vai vencer esse jogo o mais adaptado...parece que o Instagram entendeu bem essa lição!

Palme é um executivo da cultura e do entretenimento com +10 anos de experiência na liderança de projetos que envolvem conteúdos multi formatos, tecnologia e streaming; além de empreendedor, professor, mentor e colunista. Nos últimos anos liderou projetos que somam mais de 10 mil horas de conteúdo em áudio, entre audiobooks, podcasts e audioseries.

Atualmente é CMCO (Chief Marketing & Content Officer) no Skeelo e atua também como empreendedor, consultor, professor e podcaster, além de colunista e palestrante.

** Os textos trazidos nessa coluna não refletem, necessariamente, a opinião do PublishNews

Publicidade

A Alta Novel é um selo novo que transita entre vários segmentos e busca unir diferentes gêneros com publicações que inspirem leitores de diferentes idades, mostrando um compromisso com qualidade e diversidade. Conheça nossos livros clicando aqui!

Leia também
É importante adotar sempre uma postura de estar em cena e não ficar só como alguém na plateia vendo a banda passar, parafraseando o Chico
Em novo artigo, André Palme fala sobre o poder e a importância da comunidade e como ter pessoas engajadas com seu conteúdo pode fazer a diferença
Em novo artigo, Palme explica que o acesso global não significa automaticamente consumo global e que é preciso mais do que isso para que um conteúdo faça sucesso em diversos lugares do mundo
Em novo artigo, Palme lembra que o digital não exclui o físico e que o melhor cenário, no fim das contas, é a combinação de ambos
Em novo artigo, André Palme fala sobre as desvantagens que enxerga na nomeação de conteúdos em áudio de maneira tão rígida e das divisões que acabam sendo criadas entre audiolivros e podcasts
Publicidade

Mais de 13 mil pessoas recebem todos os dias a newsletter do PublishNews em suas caixas postais. Desta forma, elas estão sempre atualizadas com as últimas notícias do mercado editorial. Disparamos o informativo sempre antes do meio-dia e, graças ao nosso trabalho de edição e curadoria, você não precisa mais do que 10 minutos para ficar por dentro das novidades. E o melhor: É gratuito! Não perca tempo, clique aqui e assine agora mesmo a newsletter do PublishNews.

Outras colunas
Editoras dos selos Verus e Harlequin conversaram sobre as mudanças nas editoras, as características dos gêneros literários, sobre a negociação com os autores e autoras e outros assuntos
Todas as sextas-feiras você confere uma tira dos passarinhos Hector e Afonso
Tivemos o prazer de ler um livro carnavalizado e carnavalizando! E há quem diga que a literatura nacional naufragou...
Seção publieditorial do PublishNews traz lançamentos da Editora Vista Chinesa, Uiclap e um livro independente
Escrito por Marina Hadlich, 'Até essa comédia se tornar romântica' é uma história divertida e com uma personagem que ultrapassa as páginas e conversa diretamente com o leitor
A literatura deve — e faz isso — produzir no leitor um estado de inquietação.
Francisco Alvim
Escritor brasileiro
Publicidade

Você está buscando um emprego no mercado editorial? O PublishNews oferece um banco de vagas abertas em diversas empresas da cadeia do livro. E se você quiser anunciar uma vaga em sua empresa, entre em contato.

Procurar

Precisando de um capista, de um diagramador ou de uma gráfica? Ou de um conversor de e-books? Seja o que for, você poderá encontrar no nosso Guia de Fornecedores. E para anunciar sua empresa, entre em contato.

Procurar

O PublishNews nasceu como uma newsletter. E esta continua sendo nossa principal ferramenta de comunicação. Quer receber diariamente todas as notícias do mundo do livro resumidas em um parágrafo?

Assinar