Publicidade
Publicidade
​O livro impresso também é digital!
PublishNews, André Palme, 19/01/2017
Em sua coluna, André Palme elenca seis oportunidades que livreiros, editores e autores podem ter no "universo digital" para ampliar as vendas de livros físicos

E se o universo digital - nossa querida internet - fosse um grande canal de divulgação e de venda de livros físicos? Quando falo de digital, nem sempre estou falando de e-books. Por isso tenho preferido falar sobre o universo digital.

O que é o universo digital? Para que serve?

Este “lugar” nada mais é que a reunião de todas as ferramentas de comunicação e informação da internet: blogs, redes sociais, sites, apps de mensagens, e-commerces, etc.

As pessoas acessam o universo digital o tempo todo para buscar informação, para seu entretenimento, comprar produtos digitais (no nosso caso e-books, audiobooks) e também produtos físicos (neste caso livros impressos).

Ou seja, o universo digital não é só um ambiente para venda de livros e conteúdos digitais, mas também de livros impressos.

As vendas totais do e-commerce no Brasil em 2016, apesar da crise, tiveram um crescimento de 6%, segundo dados da ABComm (Associação Brasileira de Comércio Eletrônico).

Por que o universo digital me ajudaria a vender mais?

Cada vez mais, existe muito conteúdo sendo produzido, que tem origem em diversas fontes: editoras, autores independentes, editoras independentes, etc. Ao mesmo tempo a busca e consumo de conteúdo também cresce, de maneira cada vez mais segmentada (as pessoas buscam por conteúdos de assuntos que lhes interessam).

Para fazer a ponte entre a produção e o consumo de livros impressos, existem os pontos de venda (livrarias, bancas de jornal, pontos de venda alternativos). A questão aqui é que justamente por serem pontos físicos, existe uma limitação – física – de capacidade de colocação e oferta destes livros. Isto acaba por afunilar esta enxurrada de conteúdos produzidos e não consegue – porque seria humana e fisicamente impossível – atender a toda demanda de consumo de conteúdo que se busca.

Não estou dizendo com isso, que os pontos físicos não são um canal importante de venda de produtos.

Mas o universo digital conecta, de maneira mais direta e rápida, quem busca conteúdo (o leitor) com quem produz este conteúdo (seja uma editora ou um autor).

Isto facilita o acesso aos livros, que podem ser digitais ou impressos. Esta conexão direta pode ser feita através das varejistas on-line, dos e-commerce das livrarias e direto pelo site da editora (um dos canais de venda menos utilizados).

Como o universo digital me ajudaria a divulgar melhor?

Além de te ajudar a vender mais, o universo digital pode te ajudar a divulgar melhor seu livro. Sabemos da importância de uma boa exposição do livro na livraria, das pilhas, vitrines, cubos, pontas de gôndola...

O universo digital também tem suas ferramentas de exposição de produtos. Só que nesse caso, ela pode acontecer de várias maneiras e em vários canais, por exemplo:

- no site da própria editora, com um botão de compra direta do livro;

- através do envio de um e-mail marketing, que direciona o cliente para o site de uma livraria;

- através das rede sociais da editora, a partir da criação de uma audiência de leitores e consumidores engajada, ou seja, que acompanha e interage nos canais da editora;

- através de plataformas digitais que unem divulgação e venda, como por exemplo a Book4You;

- através de redes sociais de leitura, como por exemplo o Skoob;

- através de influenciadores digitais literários, também conhecidos como booktubers: blogs e vlogs que divulgam livros, editoras e conteúdos no universo digital.

O processo editorial todo, do início da diagramação e revisão, até os pedidos de venda já acontece, em muito, no universo digital. Você já se perguntou quanto de tudo que é feito na sua editora, todos os processos, rotinas do dia a dia, interações com clientes, divulgação, é feito de maneira digital? Seja ela de maneira local (nos computadores do escritório) ou de forma on-line (conectado a internet).

O universo digital tem uma infinidade de plataformas, oportunidades e caminhos a serem percorridos e que podem alavancar em muito o marketing e a venda de livros impressos. Muitos gratuitos e outros tantos com custos acessíveis a empresas de todos os tamanhos.

E seus livros, são divulgados e vendidos no universo digital?

Aproveite para assistir à entrevista que André concedeu a Pedro Herz, da Livraria Cultura. Nele, Palme e Herz falam sobre as potencialidades e as possibilidades de exploração deste universo digital para a venda e divulgação de livros.

André Palme é country manager da Storytel e apaixonado por conteúdo e livros, tendo seu foco de atuação em desenvolvimento e gestão de negócios, universo digital e inovação. Foi o primeiro embaixador do Business Club da Feira do Livro de Frankfurt no Brasil, além de palestrar em feiras nacionais e internacionais. Também é sócio de uma pousada na beira da praia em Florianópolis. Além disso torce para a bateria do celular não acabar nunca

** Os textos trazidos nessa coluna não refletem, necessariamente, a opinião do PublishNews

Publicidade

BR75

A BR75 desenvolve soluções personalizadas de criação e edição de texto, design gráfico para publicações impressas e em outras mídias e coordena sua produção editorial. Cuidamos de todas as etapas, conforme as necessidades e características de seu projeto, e sua empresa ganha em eficiência e qualidade. Quer saber mais? Fale com a gente ou agende uma visita!

Leia também
Em novo artigo, André Palme comenta a nova funcionalidade do Instagram e diz que lições a plataforma pode dar ao mercado do livro
Em seu último artigo da série, Palme fala sobre como mensurar os resultados de uma campanha de marketing
Em seu sétimo artigo, Palme fala sobre a importância dos chatbots e como eles podem ser um aliado poderoso nas vendas e ações de marketing
Em seu sexto artigo, André Palme fala sobre um modelo de vendas que cresce sem parar: as vendas digitais.
Em seu quinto artigo da série 'Marketing Digital e Outras Coisitas Mais', André Palme fala sobre a importância dos influenciadores e como nem sempre o volume de seguidores é o que mais importa
Publicidade

Mais de 13 mil pessoas recebem todos os dias a newsletter do PublishNews em suas caixas postais. Desta forma, elas estão sempre atualizadas com as últimas notícias do mercado editorial. Disparamos o informativo sempre antes do meio-dia e, graças ao nosso trabalho de edição e curadoria, você não precisa mais do que 10 minutos para ficar por dentro das novidades. E o melhor: É gratuito! Não perca tempo, clique aqui e assine agora mesmo a newsletter do PublishNews.

Outras colunas
Ismael Borges é o convidado dessa semana do Podcast do PublishNews. Na conversa com a nossa equipe, falou do desempenho do varejo de livros ao longo de 2019.
Toda semana você confere uma nova tira dos passarinhos Hector e Afonso
Raquel Menezes deixou a Libre, entidade que representa os editores independentes no Brasil, não sem antes participar do PublishNews Entrevista
Podcast do PublishNews dessa semana recebe Marcos Issa Benuthe, que se prepara para abrir a Gutenberg, a livraria anexa ao Bar Mercearia São Pedro
Toda semana você confere uma nova tira dos passarinhos Hector e Afonso
Escrevi meu primeiro livro porque a minha mulher mandou. Ela manda em mim.
Zuenir Ventura
Escritor Brasileiro
Publicidade
Publicidade

Você está buscando um emprego no mercado editorial? O PublishNews oferece um banco de vagas abertas em diversas empresas da cadeia do livro. E se você quiser anunciar uma vaga em sua empresa, entre em contato.

Procurar

Precisando de um capista, de um diagramador ou de uma gráfica? Ou de um conversor de e-books? Seja o que for, você poderá encontrar no nosso Guia de Fornecedores. E para anunciar sua empresa, entre em contato.

Procurar

O PublishNews nasceu como uma newsletter. E esta continua sendo nossa principal ferramenta de comunicação. Quer receber diariamente todas as notícias do mundo do livro resumidas em um parágrafo?

Assinar