Publicidade
Publicidade
E temos companhia no mercado de e-books
PublishNews, 11/08/2014
Camila, a nossa Kobowoman, fala (e celebra) o nascimento do Lev, o e-reader da Saraiva

Sim, temos e-books! E foi com esta alegria que recebi a notícia há alguns meses do lançamento de um e-reader da Livraria Saraiva. Todos sabem bem que sou partidária e tenho a opinião totalmente comprometida com a Kobo, mas vejo com bons olhos o surgimento de mais um concorrente. Isso significa que o que venho investindo e dizendo desde 2009 se concretiza: o e-book veio para ficar. E faz bem ao ego…vamos ser sinceros, minha gente.

O e-reader é um grande aliado das livrarias, principalmente para heavy readers, ou melhor, os leitores assíduos. A compra via e-reader é fácil, acessível.

Chamo de heavy readers os que leem mais de um/três livro/s por mês, ou seja, bem o público da Kobo. Não sei como se comportarão os da Saraiva, posto que o posicionamento é recente, levarão um tempo até ter métricas para comparar e pensar nas ações promocionais, merchandising etc.

Minha amiga Cindy Leopoldo me perguntou outro dia no hangout “você alguma vez pensou que o e-book não fosse vingar?” respondi sem necessidade de refletir que nunca pensei isso. E repetindo as palavras de um editor amigo: “e-book não é fundamental, mas é indispensável”.

O pior agora no mercado de e-books é ver gente que ainda não acredita, não investe, não entra no mercado. Livrarias que não se posicionam, não possuem plano B, não se digitalizam. As editoras ainda enfrentam problemas operacionais, ainda se perdem com conteúdo que mandam para uma loja e não mandam para outra, metadados desatualizados com preços diferentes nas lojas. Editoras ainda enfrentam um caminho relativamente longo para a organização e rotinas se consolidarem de vez. Isso impede que elas possuam métricas confiáveis também, afinal como elas podem dizer com certeza sobre o market share de cada loja, se o conteúdo que possui em cada uma é diferente, assim como seus preços de capa?

De resto estamos bem, em crescimento apesar da Copa, apesar das eleições, apesar dos impostos.

Sobre a questão de negociação com editoras, chantagem em relação a estoque do livro impresso… Digo com a cara lavada e consciência levíssima que eu não faço parte disso. Trabalho exclusivamente com e-book, e as físicas que se entendam. Agora só deixaria um alerta aqui: tanto se fala de Amazon, de suas políticas opressoras etc. Devemos vigiar para que este erro aqui não se repita, numa tentativa estúpida de se proteger, mas na verdade se transformando no retrato do “inimigo”.

Só queria passar por aqui rapidamente, para dizer que está tudo bem e que estamos felizes com a chegada de novos companheiros de mercado.

Camila Cabete (@camilacabete no Twitter e Instagram) tem formação clássica em História e foi responsável pelo setor editorial de uma editora técnica por alguns anos. Entrou de cabeça no mundo digital (em 2009) ao se tornar responsável pelos setores editorial e comercial da primeira livraria digital do Brasil, além de ter feito pós-venda e suporte às editoras e livrarias da primeira distribuidora de conteúdo digital do Brasil. Hoje é a senior country manager da Kobo Brasil e é a podcaster e idealizadora do Disfarces Podcast.

Link para o linkedin

** Os textos trazidos nessa coluna não refletem, necessariamente, a opinião do PublishNews.

Publicidade

BR75

A BR75 desenvolve soluções personalizadas de criação e edição de texto, design gráfico para publicações impressas e em outras mídias e coordena sua produção editorial. Cuidamos de todas as etapas, conforme as necessidades e características de seu projeto, e sua empresa ganha em eficiência e qualidade. Quer saber mais? Fale com a gente ou agende uma visita!

Leia também
Pra quem pensa que e-book e audiobook são iguais ao livro impresso, Camila Cabete recomenda: 'o livro digital não é pra você, incentive as livrarias independentes'
Desvalorização do real frente ao dólar pode ser uma oportunidade para editores brasileiros, vendendo no exterior, mas tem que saber fazer. Camila Cabete ensina.
Na sua primeira coluna de 2021, Camila Cabete fala da importância dos algoritmos na divulgação de livros e apresenta uma entrevista que fez com uma especialista no assunto
Camila Cabete usa a sua coluna para apontar como a crise elegeu novos arautos do negócio digital no Brasil: ‘me surpreendo com pessoas que renegavam o formato e negócio digital surgirem como os grandes palestrantes do ramo’
A partir de um caso de K-popers no TikTok, Camila Cabete fala sobre letramento digital e discussão da ética nos meios digitais em salas de aula
Publicidade

Mais de 13 mil pessoas recebem todos os dias a newsletter do PublishNews em suas caixas postais. Desta forma, elas estão sempre atualizadas com as últimas notícias do mercado editorial. Disparamos o informativo sempre antes do meio-dia e, graças ao nosso trabalho de edição e curadoria, você não precisa mais do que 10 minutos para ficar por dentro das novidades. E o melhor: É gratuito! Não perca tempo, clique aqui e assine agora mesmo a newsletter do PublishNews.

Outras colunas
Marisa Moura dá continuidade à saga da funcionária misteriosa que dessa vez parece preocupada com as mudanças no mercado do agenciamento literário
Episódio de número 175 recebe Elisa Von Randow, do estúdio Alles Blau, e Alceu Nunes, diretor de arte da Companhia das Letras
Em nova coluna, Paulo Tedesco celebra a pós-modernidade, simbolizada, na sua opinião, pela impressão por demanda
Todas as sextas-feiras você confere uma tira dos passarinhos Hector e Afonso
Ricardo Costa e Cassia Carrenho, ex-colaboradores do PN, e Luciana Sousa, a funcionária mais antiga, são recebidos para relembrar histórias dos 20 anos do PublishNews
Ler é uma experiência essencialmente subjetiva e, quando lemos Shakespeare, Clarice Lispector, Julio Cortázar e tantos outros, passamos a ser os livros lidos.
Jorge Miguel Marinho
Professor e escritor brasileiro
Publicidade
Publicidade

Você está buscando um emprego no mercado editorial? O PublishNews oferece um banco de vagas abertas em diversas empresas da cadeia do livro. E se você quiser anunciar uma vaga em sua empresa, entre em contato.

Procurar

Precisando de um capista, de um diagramador ou de uma gráfica? Ou de um conversor de e-books? Seja o que for, você poderá encontrar no nosso Guia de Fornecedores. E para anunciar sua empresa, entre em contato.

Procurar

O PublishNews nasceu como uma newsletter. E esta continua sendo nossa principal ferramenta de comunicação. Quer receber diariamente todas as notícias do mundo do livro resumidas em um parágrafo?

Assinar