Publicidade
Publicidade
As diferenças entre um epub e um PDF... O retorno...
PublishNews, 20/10/2011
As diferenças entre um epub e um PDF... O retorno...

Hoje a coluna será sobre algo que já escrevi. De acordo com os comentários e perguntas que tenho escutado e lido dos meus amigos de setor editorial, me senti na obrigação de falar sobre uma questão meio repetitiva. Se o editor não consome livro digital, ele não deve estar tão familiarizado... Mas agora, com toda a pressão das empresas para entrarem neste mercado, estão super estressados, por conta de todas as novidades...

O primeiro degrau da escadaria das novidades é a diferença entre ePub e PDF. Já escrevi sobre isso, mas hoje vamos insistir. Aprendi, na época em que fui professora de História, que repetir nunca é demais... Os alunos no máximo vão absorver 10% do que falou...

Vejam a seguir, à esquerda uma imagem da tela do meu celular de um livro em ePub, e à direita um livro em PDF:

Bom, de cara vemos o que é melhor para se ler em dispositivos móveis. Eu, como leitora de livros digitais, sempre prefiro o arquivo em ePub, pois quero poder ler tanto no Ipad, quanto no meu celular, que é o aparelho que mais fica na minha bolsa ou bolso. Em todas as oportunidades que tiver, quero sacar o celular e ler. Quando chego em casa, prefiro o Ipad ou eReader. Quando quero muito ler um livro e ele só está em PDF, paciência, compro mesmo assim, mas me limito a ler somente em um de meus dispositivos, pois no Ipad o PDF é bom.

Os ePubs são elásticos, se adaptam e se rediagramam de acordo com o tamanho de tela. Sem se desformatar, nem separar erradamente sílabas. Se adaptará em qualquer gadget. Outro ponto positivo deste tipo de arquivo é que a Apple, no iBooks e a Amazon, no Kindle Store só aceitam arquivos em ePub para serem comercializados. A Amazon exige o.mobi que é gerado quase que automaticaments de uma arquivo ePub. A Apple só aceita o ePub, com poucas alterações. Portanto, se o objetivo de sua empresa é distribuir as obras nesses grandes players... Sim, você terá que converter todo o seu acervo.

Hoje no Brasil temos várias lojas de ebooks e no mundo tb, players importantes que não exigem isso. Na Gato Sabido, que é a loja onde tenho todas as experiências de se trabalhar com digital, há dois anos (parece que se passaram dez, de tantas coisas que já aconteceram), a maior parte do acervo ainda é em PDF. Posso afirmar que uns 70% do acervo é em PDF. Seria um senhor investimento para as editoras converterem tudo o que têm, portanto, nosso conselho sempre é: seus livros novos, já têm que ser lançados em ePub e isso já deve fazer parte do trabalho de seus diagramadores. Mas seu backlist, lance em PDF, sinta as vendas e vai convertendo conforme os números. Acreditamos que na segunda metade de 2012, as vendas justificarão o investimento. Por enquanto use com parcimônia, pois o retorno virá, porém em velocidade menor.

Se seu objetivo é comercializar em dispositivos móveis menores, como os celulares... Não tem pra onde fugir. O ePub é a melhor alternativa.

Repito: pior do que ter um PDF sendo comercializado como eBook, é não ter seu livro em formato digital disponível para o seu leitor/consumidor.

Abaixo segue uma lista de poucas coisas que deve adaptar em seu PDF para que ele seja comercializado:

Retire as marcas de corte... Pelo amor de Deus.... Maior mico comercializar um pdf com essas marcas.... Totalmente inútil e feio.

Retire as páginas brancas.

O ideal é que não haja correntes, ou cabeçalho...pois nos dispositivos que possuem reflow (tratam o pdf como um ePub, desconstruindo a página para melhor leitura ao aumentar a fonte) ele entrará no meio do texto.

Coloque a capa na primeira página do PDF. Os leitores reclamam muito quando ela não vem junto do miolo. Somente capa, sem orelhas e contra-capa nem lombada.

Pode colocar a quarta capa na última página.

Salve em resolução de tela, afinal não será impresso...

Coloque as marcações de capítulos, para facilitar a navegabilidade de seu leitor.

Ao fazer um ePub, exija que o diagramador passe o arquivo no ePub Check... São sites que verificarão se há algum erro de formatação.

A próxima coluna será uma páginas amarelas, onde listarei os links úteis para nosso segmento: novas lojas de ebooks do Brasil, programas e aplicativos utilitários, vídeos explicativos, exemplos de marketing digital com foco em ebook, gráficos e números.

Quem quiser me mandar sugestões para a lista, por favor, não hesitem em enviar para camila.cabete@gmail.com ou @CamilaCabete ou @EnsaiosDigitais.

Hasta la vista!

Camila Cabete (@camilacabete no Twitter e Instagram) tem formação clássica em História. Foi pioneira no mercado editorial digital no Brasil. É a nova Head de Conteúdo da Árvore e a podcaster e idealizadora do Disfarces Podcast.

Link para o LinkedIn

** Os textos trazidos nessa coluna não refletem, necessariamente, a opinião do PublishNews.

Publicidade

A Alta Novel é um selo novo que transita entre vários segmentos e busca unir diferentes gêneros com publicações que inspirem leitores de diferentes idades, mostrando um compromisso com qualidade e diversidade. Conheça nossos livros clicando aqui!

Leia também
Em nova coluna, Camila Cabete explica como funciona uma Edtech, como é chamada uma empresa de tecnologia com missões ligadas à educação
Em novo artigo para a sua coluna, Camila Cabete finalmente revela pra onde foi depois de nove anos na Kobo
Pra quem pensa que e-book e audiobook são iguais ao livro impresso, Camila Cabete recomenda: 'o livro digital não é pra você, incentive as livrarias independentes'
Desvalorização do real frente ao dólar pode ser uma oportunidade para editores brasileiros, vendendo no exterior, mas tem que saber fazer. Camila Cabete ensina.
Na sua primeira coluna de 2021, Camila Cabete fala da importância dos algoritmos na divulgação de livros e apresenta uma entrevista que fez com uma especialista no assunto
Publicidade

Mais de 13 mil pessoas recebem todos os dias a newsletter do PublishNews em suas caixas postais. Desta forma, elas estão sempre atualizadas com as últimas notícias do mercado editorial. Disparamos o informativo sempre antes do meio-dia e, graças ao nosso trabalho de edição e curadoria, você não precisa mais do que 10 minutos para ficar por dentro das novidades. E o melhor: É gratuito! Não perca tempo, clique aqui e assine agora mesmo a newsletter do PublishNews.

Outras colunas
Todas as sextas-feiras você confere uma nova tira dos passarinhos Hector e Afonso
O romance 'Jamais subestime os peões – eles valem uma rainha', de Celina Moraes, conta a luta de Raquel na busca de seus sonhos após uma desilusão amorosa, recriando o Brasil dos anos 1980 e 1990 como cenário dessa jornada
Podcast do PublishNews conversou com a ex-secretária-executiva do Plano Nacional do Livro e Leitura e atual candidata a deputada federal pelo Cidadania
Em sua crônica do mês, Luciana Pinsky fala sobre a percepção que cada pessoa sobre o tempo
Todas as sextas-feiras você confere uma nova tira dos passarinhos Hector e Afonso
Livro q dorme em livraria não cumpre o seu papel
Volnei Canonica
Idealizador do Instituto de Leitura Quindim
Publicidade
Publicidade

Você está buscando um emprego no mercado editorial? O PublishNews oferece um banco de vagas abertas em diversas empresas da cadeia do livro. E se você quiser anunciar uma vaga em sua empresa, entre em contato.

Procurar

Precisando de um capista, de um diagramador ou de uma gráfica? Ou de um conversor de e-books? Seja o que for, você poderá encontrar no nosso Guia de Fornecedores. E para anunciar sua empresa, entre em contato.

Procurar

O PublishNews nasceu como uma newsletter. E esta continua sendo nossa principal ferramenta de comunicação. Quer receber diariamente todas as notícias do mundo do livro resumidas em um parágrafo?

Assinar