Caso não consiga visualizar corretamente esta mensagem, clique aqui.
PublishNews 14/11/2023
Seja você um autor em busca de polimento final para seu manuscrito, uma editora que deseja expandir sua presença global com traduções confiáveis ou quem procura roteiros cativantes na linguagem de quadrinhos, estamos aqui para ajudar
Estamos há 50 anos, distribuindo as melhores editoras, do mercado para as livrarias de todo o Brasil
A Catavento atua no mercado de distribuição de livros para todo o país.
PublishNews, Guilherme Sobota, 14/11/2023

Uma série de circustâncias impediu a Bienal do Livro Bahia de funcionar entre 2010 e 2022, mas o alinhamento de outros fatores permitiu o retorno em 2022. Segundo a diretora da GL Exhibitions, Tatiana Zaccaro, em entrevista ao PublishNews, a demanda de público, imprensa e mercado e a abertura de um novo centro de convenções em Salvador tornaram inevitável o retorno do evento, que pretende crescer em 2024. A ser realizado entre os dias 26 de abril e 1º de maio, no Centro de Convenções Salvador (Av. Octávio Mangabeira, 5.490 – Boca do Rio, Salvador / BA), a Bienal 2024 terá curadoria de Joselia Aguiar, Schneider Carpeggiani e Mira Silva. Com uma expectativa de público de 90 mil pessoas e de cerca de 150 marcas expositoras, a Bienal pretende atender às demandas de editoras e do público – segundo a diretora, um dos principais feedbacks positivos, dos dois lados, é justamente a oportunidade de estabelecer contatos diretos nos eventos como a Bienal. "Não existe fora do Brasil um evento B2C do livro, que receba centenas de milhares de pessoas assim. Ocorre um movimento de a gente virar benchmark", atesta. Na entrevista, a diretora ainda comentou as questões logísticas que envolvem um evento do livro dessa magnitude na região nordeste, preocupações com sustentabilidade e outros assuntos. Clique no Leia Mais para ler a entrevista na íntegra.

PublishNews, Redação, 14/11/2023

As empresas que desejam participar do ranking As Melhores Empresas Para Trabalhar – Mercado Editorial 2023, uma parceria do Great Place to Work com o PublishNews, têm agora até 29 de fevereiro de 2024 para se inscreverem. O ranking é o primeiro mapeamento do tipo em empresas da área editorial no país e vai destacar as melhores empresas, avaliadas pelos próprios colaboradores das organizações. As inscrições podem ser feitas pelo site do GPTW. A Lista de Mercado Editorial GPTW – PublishNews tem ainda o objetivo de fomentar o setor, contribuindo com o crescimento dos negócios, alinhado ao propósito de "Pessoas no Centro", e incentivando que essas empresas tornem seus ambientes de trabalho ótimos lugares para todas as pessoas. No dia 24 (sexta-feira), às 11h, a Casa PublishNews na Flip recebe a mesa GPTW apresenta: Toda empresa pode ser um ótimo lugar para se trabalhar, com Marina Sobral, diretora-executiva do Great Place to Work Brasil, e Larissa Caldin, CEO da Primavera Editorial, empresa do ecossistema Great People. Elas vão conversar sobre as possibilidades abertas de gestão para empresas do setor editorial e detalhar as informações sobre o ranking inédito criado em parceria com o PublishNews. Clique no Leia mais para conferir todos os detalhes do ranking.

PublishNews, Redação, 14/11/2023

A Oficina Raquel – editora carioca que publica livros diversos – levará para a Flip 2023 a Encruza Literária, um espaço onde saberes, pessoas e ideias diversas se encontram. Ocupando o Bar Damião (Rua Santa Rita, 229 - Centro Histórico, Paraty / RJ), a editora pretende proporcionar o cruzamento de conhecimentos através de debates e conversas livres com participação de nomes como Conceição Evaristo, Cintia Barreto, Cidinha da Silva, Marcelo Moutinho, Daniel Kondo, Rosana Mont'alverne e Jamil Chade. Conversas ao ar livre, gratuitas e com um cardápio diverso de temas e petiscos, serão o ambiente de 11 momentos de bate-papos e trocas de ideias em meio a mesas do bar, de 22 a 26 de novembro. “Quando pensamos em montar a Encruza Literária desejamos convidar a literatura para sentar no bar e tomar um ‘biricotico’ conosco. Ao longo dos dias da Flip, estaremos juntos promovendo conversas sobre temas atuais, no melhor lugar para se fazer isso, no boteco!”, conta a editora Raquel Menezes. Clique no Leia mais para conferir a íntegra desta nota e conhecer a programação completa.

PublishNews, Leonardo Garzaro, 14/11/2023

"Yo me siento un gran afortunado. En español existe una expresión que és 'nació en cuna de oro'. En mi caso, nací en una cuna de libros." Foi assim que o editor argentino Luciano Paez Souza começou a me contar sua história, quando lhe pedi que, sem pressa alguma, apegando-se aos detalhes, falasse sobre sua jornada no mercado editorial. Não havia nascido em meio a uma enorme fortuna, em uma família de posses, em berço de ouro. Contudo, nasceu no mercado editorial e dele nunca mais saiu. Em um berço de livros. Sua avó é natural de um país que não existe mais, a Tchecoslováquia. Falava oito idiomas. A família veio para a América Latina em 1939, quando estourou a Segunda Guerra Mundial. Primeiro, foram para o Chile, onde nasceu sua mãe. Quando começou a ditadura, foram para a Argentina. Estabeleceram-se trabalhando no mercado editorial, a avó como tradutora, a mãe como editora, revisora e diagramadora. Uma casa sustentada por mulheres e por livros. Aos seis anos, Luciano brincava com o pagemaker, o principal software de design da época. Aprendeu a ler e escrever fazendo-se de revisor. Divertia-se com a obra Cem mil milhões de poemas, de Raymond Queneau, um livro interativo no qual é possível arranjar os versos de infinitas maneiras. Aos 15 anos, seu primeiro emprego foi como vendedor em uma livraria. Clique no Leia mais para acessar a íntegra desta coluna.

PublishNews, Redação, 14/11/2023

O Grupo Editorial Global abriu uma vaga para consultor editorial / divulgador. É preciso ter experiência mínima de três anos no segmento editorial e possuir CNH. As funções do cargo incluem realizar a consultoria comercial e venda dos catálogos (títulos e produtos) da empresa junto às escolas, órgãos públicos e demais entidades ligadas ao ramo; acompanhamento e apoio à autores e formadores em eventos, oficinas pedagógicas, etc; participação em feiras e bienais; construção e manutenção do cadastro de entidade e pessoas físicas ligado a divulgação e vendas. O contrato é CLT e entre os benefícios estão convênio médico e odontológico, vale refeição e alimentação, seguro de vida e participação nos lucros resultados. Interessados devem encaminhar currículos para recrutamento@globaleditora.com.br.

PublishNews, Redação, 14/11/2023

A Labrador – editora premium de autopublicação – abriu uma vaga para assistente de marketing. A editora procura uma pessoa criativa, atenta às tendências digitais e que tenha conhecimento das ferramentas de edição, como Illustrator e Photoshop. A Labrador precisa de alguém para produção de artes para suas redes sociais, banners, mockups, e tudo relacionado à criatividade. Alguém responsável, organizado, proativo e comunicativo que busque também identificar e criar relacionamentos com autores e influenciadores, auxiliar no desenvolvimento e execução do plano de marketing, atualizar os canais de comunicação interna e externa e acompanhar autores nos eventos de lançamento. O modo de trabalho é híbrido e a editora dará preferência a profissionais formados em Marketing, publicidade e propaganda e afins, mas o fundamental é a postura e a criatividade, não o diploma. Interessados devem enviar currículos para contato@editoralabrador.com.br, com pretensão salarial e contando por que gostaria de trabalhar na Labrador.

PublishNews, Redação, 14/11/2023

A Martins Fontes – Selo Martins está à procura de um vendedor para atuar no Rio de Janeiro. A empresa pede que os candidatos tenham experiência prévia na área atuando em livraria. A pessoa contratada irá cuidar do atendimento ao cliente, emissão de notas fiscais, caixa, arrumação da loja e também participar de eventos. Os benefícios incluem seguro saúde, tíquete refeição e vale transporte. Interessados devem encaminhar currículos para marcio@emartinsfontes.com.br até 8 de dezembro.

PublishNews, Redação, 14/11/2023

Referência na publicação de livros de romance, a editora Harlequin acaba de anunciar a FLIR, primeiro Festival de Literatura Romântica do Brasil. O evento será nesta quarta-feira (15), na Unibes Cultural (Rua Oscar Freire, 2500 - Sumaré, São Paulo / SP), e vai reunir autores nacionais, criadores de conteúdo e leitores do gênero, além de trazer bate-papos sobre a literatura romântica no Brasil e no mundo. Esta edição será realizada em parceria com o Skeelo, e tem curadoria da escritora e influenciadora Paola Aleksandra. Os ingressos estão esgotados. Quem garantiu o seu no Sympla pode retirar as pulseiras a partir das 10h na recepção da Unibes. Com a primeira edição da FLIR, a Harlequin tem o intuito de promover o encontro de amantes do gênero, além de criar um espaço para que os leitores possam compartilhar o amor pelos livros de romance, segundo a editora. Clique no Leia mais para ver a programação completa.

“A ansiedade é o maior perigo para um escritor”
Lygia Fagundes Telles
Escritora brasileira
1.
Onde estão as flores
2.
As aventuras de Mike – A origem de Robson
3.
Chamando atenção da sorte
4.
Mais esperto que o diabo
5.
Café com Deus pai - 2024
6.
Diário de um banana - Cabeça oca
7.
Mente de aço, atitudes de ouro
8.
A vida é cruel, Ana Maria
9.
Atitudenow
10.
Amigos, amores e aquela coisa terrível
 
PublishNews, Redação, 14/11/2023

Pagu © Divulgação FlipeiComo preparação para a programação da Flipei 2023, ocorre nesta quarta-feira (15), uma "dobradinha" de Pagu no Ateliê do Bixiga (Rua Conselheiro Ramalho, 945 – São Paulo / SP). Às 16h, acontece o curso Pagu e outras operárias da história, com Giuliana Bergamo, que idealizou e realizou as entrevistas para o livro Pagus: ousadas e insubmissas (Funilaria). O curso é fechado para as pessoas apoiadoras do crowdfunding da FLIPEI ou compradores dos livros Pagus: ousadas e insubmissas (Funilaria); Até onde chega a sonda: escritos prisionais (Fósforo), em pré-venda ou Pagu na Vanguarda Socialista: os escritos mais incendiários de Patrícia Galvão (Autonomia Literária), também em pré-venda. Às 18h haverá o debate 'PAGU HOJE: quem foi a comunista visionária e qual sua importância para as lutas atuais', com Amelinha Teles, Giuliana Bergamo, Marília Moschkovich, Silvana Jeha e mediação de Amanda Palha. Clique no Leia mais para ler a nota na íntegra.

PublishNews, Redação, 14/11/2023

Considerada um dos grandes nomes da literatura brasileira, a escritora mineira Conceição Evaristo é entrevistada pela apresentadora Eliana Alves Cruz no programa Trilha de Letras desta quarta (15), às 22h, na TV Brasil. A atração inédita da emissora pública ainda fica disponível no app TV Brasil Play. O papo resgata o conceito de escrevivência, criado pela autora. Entre outros temas, ela aborda a memória, a importância de grandes figuras femininas na sua trajetória e a força da literatura como agente de transformação. O conteúdo tem uma versão transmitida pela Rádio MEC mais tarde, às 23h. A autora faz questão de ressaltar o ineditismo do encontro. "Estamos vivendo uma fase que tem sido muito benéfica. É a primeira vez que estou em um programa de televisão sendo entrevistada por uma escritora negra", celebra. O compromisso com o público que se interessa pelo que ela escreve é um dos temas em pauta. "Quem me confere o status de escritora não é o meu texto isolado. É a leitura na medida em que o livro é apropriado e lido. É quem está me lendo e se sente seduzido pelo meu texto", pontua. Clique no Leia mais para ler a nota na íntegra.

PublishNews, Redação, 14/11/2023

O poeta, ensaísta e tradutor Augusto de Campos será o “artista em destaque” deste ano na Flip 2023, que ocorre entre os dias 22 e 26 de novembro, no litoral fluminense. A organização do evento descreveu: “com segurança, que ele é o poeta vivo mais importante de seu tempo”. E acrescentou: “a homenagem a Augusto de Campos também é reveladora das possibilidades de atuação para a atividade intelectual incessante e corajosa do crítico, do poeta e do estudioso-leitor apaixonado, quando se são todas essas personas em uma”. Para celebrar essa grande homenagem, a Ateliê Editorial reedita a obra Viva Vaia, que estava fora de catálogo desde 2018. O livro entra primeiro em pré-venda no site da editora, com desconto especial (de R$ 298 por: R$ 199) e seu lançamento oficial acontece durante a festa literária em Paraty. Com projeto gráfico do artista Julio Plaza (1937-2003), a nova edição traz também encartado um CD com 15 dos poemas que pertencem ao livro. Clique no Leia mais para ler a nota na íntegra.

PublishNews, Redação, 14/11/2023

Na novela clássica de Joseph Conrad, Coração das trevas, o capitão inglês Marlow é enviado ao interior do continente africano para resgatar o mercador Kurtz no auge do imperialismo britânico. Personagem do cânone ocidental, é Kurtz quem pronuncia uma das frases mais famosas da literatura inglesa: “o horror, o horror”. É dele também o imperativo que serve como ponto de partida a este livro: “Exterminem todos os brutos!”, a mais precisa tradução da forma como a população local foi tratada pelos invasores. Em 1992, o historiador e escritor sueco Sven Lindqvist embarca em uma viagem à África Central e escreve esta crítica anticolonial europeia. Misto de análise literária, diário de viagem e investigação histórica baseada em fontes primárias, trata-se de um verdadeiro mapeamento geográfico-cultural que implode gêneros e noções pré-concebidas. Nele, Lindqvist propõe a tese de que há uma relação direta e íntima entre a violência colonial contra os povos africanos e o genocídio perpetrado no continente europeu contra os judeus e outras minorias. Para construir esse raciocínio, o autor explora as raízes e consequências nefastas do colonialismo, sobretudo a dominação belga no Congo, que chegou ao cúmulo de pertencer à pessoa física do rei Leopoldo, mas também os projetos imperialistas na Tanzânia, Níger, Ruanda, Burundi e outros territórios. Mais de 30 anos após sua publicação, a leitura de Exterminem todos os malditos (Fósforo, 248 pp, R$ 89,90 – Trad.: Guilherme da Silva Braga) — que foi adaptado à minissérie homônima pela HBO — continua urgente por apontar com clareza que as feridas do passado ainda ardem no presente, e que a injustiça histórica continua a afetar as relações entre os países e povos, bem como o tratamento que alguns recebem em razão de sua origem étnica.

PublishNews, Redação, 14/11/2023

Baviera tropical (Todavia, 384 pp, R$ 89,90), da jornalista Betina Anton, conta a história de Josef Mengele, o médico nazista mais procurado do mundo, que viveu quase 20 anos no Brasil sem nunca ser pego. A partir de sua experiência pessoal, Betina faz um minucioso trabalho de recuperação de memórias e de testemunhos, com entrevistas inéditas e propondo versões dos fatos até então desconhecidas. Ao reunir pontos de vista que vão desde um comandante do Mossad a pessoas que conviveram com Mengele no Brasil, a jornalista cria um quadro sobre a vida e a morte do nazista em nosso país. Analisando a sociabilidade de Mengele, Betina Anton apresenta a pergunta que permeia a obra: "Como isso foi possível?". Como foi possível que um dos nazistas mais procurados do mundo tenha vivido sem ser perturbado por tantos anos no país e tenha sido julgado apenas pelas águas do mar de Bertioga? Esse questionamento fundamental é também um desafio e uma contribuição. A partir dele, a autora ajuda a pensar o Brasil e a entender não apenas Mengele, mas também os destinos e as estradas que temos escolhido para nós mesmos.

PublishNews, Redação, 14/11/2023

A concepção do inferno é uma constante em todas as civilizações, desde os textos mais antigos da humanidade, que estão ligados às primeiras ideias religiosas, até os escritos contemporâneos de pensadores ateus. Seja como um lugar sombrio no além ou uma condição de angústia existencial experimentada neste mundo, o inferno é um conceito versátil, sujeito a adaptações de acordo com os diferentes tipos de sociedade. E é para investigar o percurso do inferno ao longo das civilizações que nasce a História do inferno (Editora Unesp, 146 pp, R$ 44 – Trad.: Fernando Santos), do historiador francês Georges Minois, lançamento da Editora Unesp que se soma à série de seus trabalhos publicados no Brasil. Ao longo de nove capítulos, o autor mostra a presença constante do conceito de inferno em diversas civilizações, desde as antigas sociedades orais, como a África negra e os infernos xamânicos, até as grandes religiões orientais antigas, incluindo os infernos mesopotâmicos e hinduístas. Explora também os infernos pagãos clássicos, como os gregos e o inferno existencial de Lucrécio, bem como os infernos bíblicos e hebraicos. Além disso, a obra aborda a evolução do inferno cristão, desde suas bases na tradição popular até as visões monásticas e teológicas.

José Borges Neto traz com a obra um guia de reflexão sobre o objeto complexo da gramática escolar. “Há uma preocupação constante em definir cada termo utilizado, em deixar claro os comos e os porquês do trabalho de análise”, diz o professor Márcio Renato Guimarães. Por meio de dez capítulos subdivididos entre séculos, autores e tradições, o livro percorre dois milênios de história da gramática. Em História da gramática (Editora UFPR, 529 pp, R$ 125), o autor realiza uma junção de teorias e narrativas sobre o uso desta ferramenta, com o objetivo de expor suas facetas para, posteriormente, servir de auxílio a professores e estudantes de Letras ou interessados no assunto. Referência na área da linguística, José Borges Neto é graduado em Letras pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (1972), mestre em Linguística pela Universidade Estadual de Campinas (1979) e doutor em Linguística, também pela Unicamp (1991). Atualmente, é Professor Sênior no Programa de Pós-Graduação em Estudos Linguísticos da UFPR.

 
©2001-2024 por Carrenho Editorial Ltda. Todos os direitos reservados.
Rua Henrique Schaumann, 1108 A, CEP 05413-011 Pinheiros, São Paulo -SP
O conteúdo deste site não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.