A crise da Saraiva por quem estava lá dentro
PublishNews, Redação, 03/12/2018
Azevedo, ex-gerente de produtos da Saraiva, participa do Podcast do PublishNews e comenta sobre as raízes da crise da maior varejista de livros do Brasil e qual será o futuro do livro por aqui

Azevedo e a nossa equipe na gravação do Podcast | © Zé Barrichello
Azevedo e a nossa equipe na gravação do Podcast | © Zé Barrichello
Waldiney Mendes Azevedo, ou simplesmente Azevedo, como ficou conhecido na indústria, foi mais do que uma testemunha, foi um dos protagonistas da história recente da Saraiva. Por mais de 35 anos, trabalhou na empresa que recentemente pediu recuperação judicial. Ele foi o convidado do Podcast do PublishNews dessa semana e não poupou verbo para falar sobre a atual crise que a empresa enfrenta.

O ex-gerente de produtos da Saraiva lembrou que a venda dos ativos editoriais à Somos pode ter sido um dos starts da crise. “[A editora] ajudava muito. A rentabilidade de uma editora é muito boa. Então, até 2015, quando a editora pertencia ao grupo, era uma realidade. Depois, que a editora Saraiva foi vendida do grupo Tarpon, aí a situação começou a ficar um pouco mais difícil. Por que sobreviver com o varejo, com todos os custos envolvidos, não é fácil”, comentou o ex-funcionário, que comentou ainda sobre o modelo das megastores e de como ele também ajudou a empresa a acirrar a sua crise.

Apesar disso, Azevedo diz acreditar na saída da empresa da crise. “Eu acredito que a Saraiva, com todo o esforço que estão fazendo lá, poderá passar por essa crise. É claro terão que fazer a lição de casa e terão que apertar o cinto e até reduzir um pouco mais o tamanho da empresa para daqui a 3, 4, 5 anos voltar a pensar em crescimento”, previu o nosso convidado.

O profissional defendeu uma regulamentação do comércio de livros no Brasil e a isenção do IPTU das livrarias.

Azevedo participou ainda do nosso giro de notícias, comentando aquilo que foi destaque no nosso noticiário.

O Podcast do PublishNews é um oferecimento da Metabooks e do #coisadelivreiro.

[03/12/2018 12:34:00]