Caso não consiga visualizar corretamente esta mensagem, clique aqui.
PublishNews 09/03/2020
A psi7 Printing Solutions & Internet 7 S.A. é uma empresa de tecnologia na gestão de conteúdos que ajuda as empresas, sejam editoras ou indústrias, a propagar o seu conteúdo nos formatos impresso, áudio, dados ou eletrônico.
Com mais de 20 anos de experiência na diagramação de livros, Julio Fado oferece um trabalho profissional, de qualidade e rápido. Além da diagramação de livros para impressão, ele também diagrama livros em formato digital.
Ao longo de 10 anos de atuação no mercado editorial, a Ilustrarte se dedica a prestar vários serviços na área editorial.
PublishNews, Leonardo Neto, 09/03/2020

Rodrigo Faria e Silva prevê lançar uma plataforma que quer 'pulverizar o sucesso' entre editoras e colaboradores | © Talita FacchiniNo início de fevereiro, uma matéria causou enorme repercussão no PublishNews. Nossa redação anunciava a chegada da Faria e Silva, uma editora que nasceu com uma nova proposta de remuneração de seus colaboradores. Fundada por Rodrigo Faria e Silva, dono de uma trajetória de oito anos à frente da Editora Sesi SP, a nova casa propõe que ilustradores, tradutores, revisores e diagramadores sejam remunerados da mesma forma que autores, ou seja, com uma participação em cima do que é vendido, respeitando um percentual pré-estipulado sobre o preço de capa. É um modelo novo, pouco usual no mercado brasileiro e, por isso a polêmica em torno da novidade. E Rodrigo quer ir além. Prepara-se para lançar uma plataforma pela qual vai reunir profissionais e outras editoras que topem esse mesmo jogo. Ele é o entrevistado do Podcast do PublishNews desta semana. Na conversa que teve com a nossa redação, Rodrigo explicou melhor como vai funcionar tanto a editora quanto a plataforma e respondeu às perguntas mais frequentes dos nossos assinantes sobre o novo modelo de negócios. Clique no Leia Mais para conferir os destaques da entrevista e ainda ouvir o Podcast.

PublishNews, Redação, 09/03/2020

O Ministério da Educação (MEC) modificou trecho do edital para compra de livros didáticos. Segundo a coluna de Guilherme Amado, na Época, no edital anterior, ao se descreverem os critérios eliminatórios para compra de livros didáticos, falava-se na “observância de princípios éticos e democráticos”. No de Bolsonaro, fala-se apenas em “observância aos princípios éticos”. Entretanto, o edital publicado pelo MEC de Weintraub cita a palavra "democracia" ou suas variações quatro vezes — o que também acontecia nos outros. Na última sexta (6), o grupo Hachette anunciou que cancelou os planos de publicar a autobiografia de Woody Allen, Apropos of nothing. Isso porque os funcionários da empresa protestaram contra o acordo com o cineasta. De acordo com O Globo, a editora enviou um comunicado em que disse que “a decisão de cancelar o livro de Allen foi difícil”. Por aqui, o resultado do leilão brasileiro do livro de Allen ficou em suspenso. Como adiantou o Painel das Letras, no país são cinco editoras na disputa. Pelo menos três grandes casas do país decidiram não participar --por motivos que vão desde a acusação de abuso sexual contra Allen até o medo da reação do público, passando pelo fato de que a Hachette se recusava a dar detalhes sobre a autobiografia ou acesso ao manuscrito. Clique no Leia Mais para ter acesso à íntegra desta nota.

PublishNews, Leonardo Neto, 09/03/2020

Festival de Leitura Infantil de Sharjah esperava reunir 200 mil pessoas em abril. Evento foi suspenso por conta do novo coronavírus | © DivulgaçãoDepois do cancelamento da Feira do Livro de Abu Dhabi, outros dois eventos literários do Oriente Médio resolveram suspender as suas edições de 2020. Na Arábia Saudita, a Feira Internacional do Livro de Riad (31/03 a 11/04) teve a sua edição de 2020 adiada, sem que uma nova data fosse programada. No comunicado enviado à redação do PublishNews, o Ministério da Cultura do país diz que a medida está “de acordo com os esforços preventivos do Reino da Arábia Saudita contra o covid-19”. Nos Emirados Árabes Unidos, o Festival de Leitura Infantil de Sharjah (8 a 18/04), que esperava receber 200 mil visitantes, também foi adiado. A organização também não estabelece uma nova data para o evento. No anúncio do adiamento, a Sharjah Book Authority, responsável pela organização do evento, diz que a decisão “segue uma série de medidas preventivas sendo implementadas para proteger a saúde das crianças e a saúde pública em geral”. Além das feiras do Oriente Médio, os principais eventos literários do primeiro semestre na Europa também foram alterados: Feira do Livro Infantil e Juvenil de Bolonha, Salão do Livro de Paris e as feiras internacionais do livro de Leipzig e de Londres.

PublishNews, Redação, 09/03/2020

Organizada pela Associação Nacional de Livrarias (ANL), a 30ª Convenção Nacional de Livrarias, já tem data confirmada. Com o tema A livraria inteligente, o evento acontecerá no dia 29 de outubro em São Paulo trazendo palestras e assuntos relevantes sobre a situação das livrarias. “O varejo físico do livro já expressou sua capacidade de se reinventar. A resiliência do setor livreiro superou expectativas negativas que previa o mesmo destino do varejo tradicional das lojas de discos. Precisamos reorganizar o setor e incentivar novos investidores”, ressalta Bernardo Gurbanov, presidente da ANL.

PublishNews, Redação, 09/03/2020

A partir da primeira semana de abril, começa o já tradicional Ciclo da Autora Homenageada da Flip, cuja edição de 2020 está marcada para acontecer de 29 de julho a 2 de agosto. Em colaboração com o Centro de Pesquisa e Formação do Sesc São Paulo (Rua Dr. Plínio Barreto, 285), a vida e a obra da poeta Elizabeth Bishop (1911-1979) serão discutidas com destaque para a relação que a autora norte-americana estabeleceu com o Brasil, país em que viveu por quase 20 anos. A programação do ciclo abordará o intenso debate na imprensa e nas redes sociais gerado pela indicação de Bishop como homenageada da Flip ao final do ano passado. Serão encontros com especialistas na obra da escritora e personalidades destacadas por sua contribuição ao debate sobre a contemporaneidade. Entre os assuntos tratados, destacam-se a importância do trabalho de Bishop para a divulgação da poesia brasileira moderna no exterior; sua relação com a urbanista Lota de Macedo Soares; uma reflexão sobre o papel das cartas publicadas postumamente; os desafios de traduzir sua obra para o português; a relevância e a atualidade da obra de Elizabeth Bishop; a atual cultura do “cancelamento” e a polarização geral dos debates nas redes sociais; e as relações entre cultura e política no Brasil. Os encontros do Ciclo da Autora Homenageada acontecerão ao longo de abril e maio e estarão disponíveis para acesso on-line três dias depois de realizados. Sua programação completa será divulgada nas próximas semanas nos sites da Flip e do Sesc São Paulo.

PublishNews, Redação, 09/03/2020

A Editora do Brasil abriu novas vagas para divulgador, dessa vez para atuar em Goiás, Maranhão e Piauí. Os contratados irão representar a editora junto ao mercado público e privado na região de atuação, agendando, visitando, apresentando e comercializando todos os produtos e serviços disponibilizados pela empresa e prestar suporte em todas as fases do pré-venda, venda e pós-venda junto aos clientes. É necessário ter superior completo, experiência anterior na função e disponibilidade para viagens. Os interessados devem enviar currículos para selecao.rh@editoradobrasil.com.br até 13 de março.

PublishNews, Redação, 09/03/2020

Em Invisível (Faro Editorial, 256 pp, R$ 44,90), thriller psicológico escrito por Tarryn Fisher, o leitor conhece Margô, uma garota que viu sua infância e inocência serem tragadas pelo egoísmo de adultos desajustados a sua volta e que decide fazer justiça com as próprias mãos, contra todos os desajustados a sua volta. Ela mora em uma casa caindo aos pedaços, num bairro abandonado, com sua mãe que a ignora há dois anos. Ela se sente invisível, até que a amizade com Judah, seu vizinho cadeirante, muda suas perspectivas e a desperta. Quando uma criança de sete anos desaparece em seu bairro, Margô resolve investigar o caso com a ajuda de Judah e o que ela descobre a transforma por completo. Agora, determinada a encontrar o mal, caçar todos os molestadores de crianças, torna-se a razão de sua vida.

PublishNews, Redação, 09/03/2020

Na véspera do Natal de 2012, o escritor Édouard Louis foi estuprado – e quase assassinado – por um rapaz que ele havia acabado de encontrar nas ruas frias de Paris. Esse ato de violência crua e brutal deixou suas marcas no autor, e as consequências do trauma o levaram de volta à vila, à família e ao passado que ele jurara deixar para trás. Transitando entre o passado e o presente, História da violência (Tusquets / Planeta, 176 pp, R$ 56,90 – Trad.: Francesca Angiolillo) é um relato ficcional dessa experiência biográfica do autor, seguindo a linha de seu romance de estreia, O fim de Eddy. Neste livro, Édouard Louis mais uma vez escancara os preconceitos e o racismo da sociedade francesa, mas o faz por meio das revelações sutis dessas crenças no âmbito familiar, em amantes, amigos, irmãos, pais e mães.

“Ser mulher e autora no Brasil e no mundo é compreender que o nosso fazer literário também soma uma luta política por direitos iguais para todas as pessoas, por uma educação que nos liberte de estereótipos que reforçam opressão.”
Penélope Martins
Autora brasileira
1.
A sutil arte de ligar o foda-se
2.
Mais esperto que o diabo
3.
Desperte seu poder
4.
Do mil ao milhão
5.
O milagre da manhã
6.
Os segredos da mente milionária
7.
Seja foda!
8.
Escravidão
9.
Mindset
10.
21 lições para o século 21
 
PublishNews, Redação, 09/03/2020

Piadas impróprias, interrupções, propostas inadequadas. Esses são apenas alguns absurdos que toda mulher já viveu ou testemunhou em sua vida profissional. A advogada Americana Chandler Baker se inspirou na própria experiência e na de algumas amigas para construir a narrativa de Rede de sussurros (Intrínseca, 384 pp, R$ 49,90 – Trad.: Marina Vargas), que conta a história de três amigas que precisam lidar com o assédio no ambiente de trabalho. Sloane, Ardie e Gracie trabalham há anos em uma empresa de roupas esportivas. Juntas, elas já passaram por promoções desafiadoras, reuniões intermináveis, casamentos, maternidade e divórcios, sempre se ajudando em meio a todas as adversidades impostas pela política do escritório. Quando o presidente da empresa morre de forma repentina, tudo indica que Ames, o chefe delas, será alçado à liderança da companhia. Ames sempre esteve cercado por “sussurros” a respeito do tratamento questionável que dispensa às subordinadas. Depois de descobrirem que ele assediou uma nova funcionária, as três decidem falar e isso provoca uma mudança catastrófica no escritório.

 
©2001-2020 por Carrenho Editorial Ltda. Todos os direitos reservados.
Rua Fidalga 471, Conjunto 3 | Vila Madalena | São Paulo | SP | Brasil | 05432-070
O conteúdo deste site não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.