Jabuti: entidades da literatura infantil e juvenil fecham acordo com CBL
PublishNews, Redação, 22/06/2018
Após reunião, AEILIJ e FNLIJ fecharam um acordo visando o aprimoramento das categorias infantil, juvenil e ilustração para o Jabuti 2019

Nas últimas semanas, os assinantes do PublishNews acompanharam uma grande polêmica envolvendo o Prêmio Jabuti 2018. Críticas ao novo formato do prêmio feitas por Volnei Canônica em sua coluna reverberaram no meio literário e a polêmica culminou no pedido de demissão de Luiz Armando Bagolin, até então curador do Jabuti. No começo dessa semana, a CBL chamou para a mesa de discussões a Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ) e a Associação de Escritores e Ilustradores de Literatura Infantil e Juvenil (AEILIJ) e dessa reunião saiu um acordo em que as três entidades se comprometem a realizar um documento de cooperação com o objetivo de aprimorar o regulamento no que diz respeito às categorias Infantil, Juvenil e Ilustração. Mas isso só terá efeito na edição de 2019 do prêmio. No início dessa semana, a CBL já tinha comunicado aos criadores da literatura infantil e juvenil que acatava as sugestões apresentadas, mas que qualquer mudança para esta edição de 2018 era inviável. “Após cuidadosa análise junto aos conselheiros, auditores externos contratados e ao departamento jurídico da CBL, avaliamos a possibilidade de implementar as modificações sugeridas ainda este ano, o que se mostrou tecnicamente inviável”, comunicou a Câmara. Paralelo a essa discussão, a Cátedra Unesco de Leitura da Puc Rio também se pronunciou a respeito das polêmicas em uma carta aberta que pode ser conferida na íntegra clicando aqui

[22/06/2018 06:00:00]