Caso não consiga visualizar corretamente esta mensagem, clique aqui.
PublishNews 12/05/2021
A Transpo Express é uma transportadora que já atua há 10 anos focada completamente no segmento editorial
A Catavento atua no mercado de distribuição de livros para todo o país.
Um agregador digital como a Bookwire, com tecnologia de ponta, informações ágeis e um painel de controle completo é fundamental para o sucesso de sua editora e de seus e-books. E agora toda esta tecnologia está disponível no Brasil.
PublishNews, Redação, 12/05/2021

Acontece logo mais, às 19h, a cerimônia virtual da quinta edição do Prêmio PublishNews. Na ocasião, iremos celebrar os livros mais vendidos em 2020 nas cinco categorias analisadas pelo PN e conhecer os vencedores do Prêmio Metabooks, que dá reconhecimento a editoras e livrarias que se destacam na gestão de seus metadados. Além disso, teremos também uma conversa com os homenageados de 2020 na categoria Contribuição ao Mercado Editorial, Roberto Novaes e Julio Cesar da Cruz, da distribuidora Catavento. E ainda com os cinco finalistas do prêmio Profissionais de Vendas e de Marketing de 2020: Eduardo Krause (Dublinense), Marcelo Levy (Todavia), Neyde Côrtes (Sextante), Priscila Ceconelo Silva (Citadel) e Wendel Isler (Catavento). Ao final do evento será anunciado o vencedor deste ano, aquele que, segundo votação popular e das livrarias que compõem a lista dos mais vendidos do PN, se destacou na sua área de atuação e fez a diferença no mercado. O prêmio será transmitido pelo canal do PublishNews no YouTube e para receber um aviso antes da cerimônia, se inscreva clicando aqui. O Prêmio PublishNews tem patrocínio da Amazon e da MVB/Metabooks e apoio da Câmara Brasileira do Livro (CBL).

PublishNews, Redação, 12/05/2021

Na última terça-feira (11), a Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo anunciou o investimento de R$ 200 milhões que serão distribuídos entre 9.340 projetos culturais. A escolha será feita via chamadas públicas e curadorias independentes. Para a área de literatura, serão reservados R$ 2,5 milhões para atender projetos de ficção, não ficção, quadrinhos, teatro e incentivo à leitura. Serão selecionados 15 projetos de ficção, 15 de quadrinhos, dez projetos de não ficção, dez de incentivo à leitura, cinco de poesia e cinco de teatro. Cada projeto receberá R$ 50 mil. A inscrição, avaliação e seleção serão realizadas por um sistema on-line. Os regulamentos deverão ser publicados no site da Secretaria e os prazos de inscrição serão abertos ainda este mês, em duas etapas. A primeira começa no dia 18/05 (bloco 1) e a segunda em 25/05 (bloco 2). Clique no Leia Mais e confira a íntegra desta nota.

PublishNews+, Redação, 12/05/2021

Nessa semana, o Radar de Licitações, seção fixa do PublishNews+, traz mais dois editais. O primeiro deles aquisição de livros nacionais e importados, nas áreas jurídicas e outras, totalizando R$ 60 mil. Já o segundo visa a compra de 840 livros de Literatura Infantil e de Pesquisa para subsidiar o trabalho na educação ambiental, totalizando R$ 35,6 mil. As disputas de ambos os editais acontece no dia 18 de maio. O Radar de Licitações é um serviço do PublishNews+, área exclusiva de assinantes do PublishNews, em parceria com Natália Vieira. Para acessar o Radar dessa semana, clique aqui.

PublishNews, Redação, 12/05/2021

Com o intuito de ampliar a participação das editoras na Pesquisa Conteúdo Digital do Setor Editorial nesta reta final, a Câmara Brasileira do Livro (CBL), o Sindicato Nacional dos Editores de Livros (SNEL) e a Nielsen Book decidiram estender pela última vez o prazo para o envio das respostas. Agora as editoras têm até o dia 16 de maio para participarem do estudo. A pesquisa, que está na sua segunda edição, vai mensurar a produção e venda de conteúdos digitais, e-books e audiolivros, com suas diferentes formas de comercialização, tendo 2020 como ano-base, além de trazer importantes indicadores para analisar a realidade do mercado de conteúdo digital no Brasil. Vale lembrar que o link de acesso para o questionário, já enviado pela Nielsen Book, é exclusivo para cada editora. Basta clicar para abrir e iniciar o preenchimento. Cabe destacar que as perguntas não precisam ser respondidas de uma única vez, os dados já inseridos são salvos automaticamente e o usuário pode retomar de onde parou. Em caso de dúvidas, entre em contato com Mariana Bueno, preferencialmente pelo e-mail producao.vendas@nielsen.com

PublishNews, Redação, 12/05/2021

Leonardo Neto (no canto superior esquerdo), editor do PN, foi quem conduziu a conversa entre José Pinho, Guiomar de Grammont e Amosse MucaveleNa última sexta-feira (07), enquanto Amosse Mucavele, curador da Feira do Livro de Maputo; José Pinho, do Festival Literário Internacional de Óbidos, e Guiomar de Grammont, do Fórum das Letras de Ouro Preto, esperavam para começar o debate sobre a mutação dos festivais literários na era digital, que compôs a programação especial em celebração do Dia Mundial da Língua Portuguesa realizada pelo festival mineiro, surgiu uma ideia: por que não criar uma federação de eventos literários realizados em países lusófonos? “A principal contribuição desta mesa foi a proposta, que nasceu já nos bastidores, antes do debate começar, de uma federação de eventos de Língua Portuguesa, ou seja, uma união e interlocução entre as festas literárias, de forma a partilhar convidados, ideias e até mesmo soluções logísticas”, avaliou Guiomar. “Precisamos reforçar os valores que originaram os nossos eventos. O propósito comum a todos nós é formar leitores, quanto mais conseguirmos ampliar o alcance de nossas ações, mais atingiremos esse objetivo”, completou a curadora. Clique no Leia Mais e confira a íntegra desta nota.

PublishNews, Redação, 12/05/2021

A Bienal Internacional do Livro de Pernambuco está marcada para acontecer este ano entre os dias 1º e 12 de outubro, em uma edição híbrida. Com o tema 2021 – o ano em que a história começa, a proposta da edição é fazer uma análise sobre os novos marcos do século 21. Antes disso, já no mês de maio, a Bienal inicia o esquenta das suas atividades com a primeira das três iniciativas preparatórias previstas em ambiente virtual. Trata-se da e-Bienal, um eixo digital permanente da Bienal PE que terá diversas interações e atividades virtuais entre autores, leitores e a população em geral. A programação tem início no dia 27 de maio, às 19h, com o Círculo das Ideias, que estreia com a palestra Terceirizando a escola. Para falar sobre o assunto, a e-Bienal convocou a dupla Luiz Antônio Simas, professor, historiador e escritor ganhador do Prêmio Jabuti de Não Ficção em 2016, e Luiz Rufino, pedagogo com pós-doutorado em relações étnicos-raciais e escritor. No dia seguinte, às 15h, a e-Bienal recebe o historiador francês Roger Chartier para um bate-papo com mediação de Hugo Coelho, representante do Instituto Ricardo Brennand (IRB). As mesas serão transmitidas pelo site do evento, onde você também encontra a programação completa. As outras duas ações preparatórias da e-Bienal acontecem em julho, de 22 a 24 e em setembro, de 02 a 04. Clique no Leia Mais para conferir outros detalhes da programação.

PublishNews, Redação, 12/05/2021

Poucas figuras públicas foram mais brasileiras do que a arquiteta italiana Lina Bo Bardi. Chegando ao Brasil logo após a Segunda Guerra, ela se afeiçoou à cultura brasileira de tal maneira que se tornou uma de suas principais intérpretes, capaz de uma leitura das tradições locais ao mesmo tempo rigorosa e abrangente. O crítico de arquitetura Francesco Perrotta-Bosch examina na obra Lina: uma biografia (Todavia, 576 pp, R$ 89,90) a trajetória dessa artista à luz da seguinte questão: como uma estrangeira foi capaz de enxergar tanto de um país que não era o seu, a ponto de traduzi-lo para os próprios brasileiros? Lina tinha horror à oficialidade e aos ritos sociais da vida burguesa. Foi comunista, teve papel importante no combate ao regime militar, mas era também a senhora de uma majestosa casa modernista no Morumbi e esposa de Pietro Maria Bardi, o todo-poderoso escolhido por Assis Chateaubriand para criar e gerir o Museu de Arte de São Paulo. Com base em pesquisa extensa, minucioso levantamento de fontes inéditas, calcado em dezenas de entrevistas, bibliografia brasileira e italiana, mas sobretudo narrado com leveza e numa estrutura temporal engenhosa, este livro leva ao limite as possibilidades do gênero biográfico.

PublishNews, Redação, 12/05/2021

Lina Bo Bardi foi uma mulher corajosa e perspicaz, e seu legado como arquiteta e intelectual pública é notável. Em 2021 foi homenageada com o Leão de Ouro Especial da Bienal de Veneza, mas sua odisseia pessoal é relativamente pouco conhecida. Lina, que nasceu em Roma em 1914 e faleceu em São Paulo em 1992, passou a vida em trânsito, navegando pelas contingências de gênero, geografia, história, política e diferentes visões de mundo. Lutou por sua independência e por reconhecimento pessoal, enquanto se debatia com a solidão de viver na alteridade das convenções sociais e intelectuais da época e dos lugares que ocupou. A biografia Lina Bo Bardi: O que eu queria era ter história (Companhia das Letras, 456 pp, R$ 89,90 - Trad.: Tete Martinho e Cristina Fino) é resultado de 20 anos de pesquisa de Zeuler R. Lima e traz um olhar inédito e sensível sobre a vida e a personalidade dessa mulher fascinante, com uma narrativa saborosa e uma série de fotografias e desenhos da arquiteta.

“A livraria precisa ser um centro agregador, um polo de encontros.”
Marcos da Veiga Pereira
Presidente do SNEL
1.
Mais esperto que o diabo
2.
Compreender e acolher
3.
Torto arado
4.
Mulheres que correm com os lobos (capa dura)
5.
A garota do lago
6.
Box Harry Potter
7.
A coragem de ser imperfeito
8.
Minutos de sabedoria
9.
O poder da autorresponsabilidade
10.
Do mil ao milhão
 
PublishNews, Redação, 12/05/2021

Livro que lançou Annie Ernaux à fama, O lugar (Fósforo, 72 pp, R$ 49,90), estabelece as bases para o projeto literário que a escritora francesa levaria adiante por três décadas de consagração crítica e sucesso de público. Nesta autosociobiografia traduzida para mais de 20 países e até então inédita no Brasil, uma das mais importantes escritoras vivas da França se debruça sobre a vida do próprio pai para esmiuçar relações familiares e de classe, numa mistura entre história pessoal e sociologia que décadas mais tarde serviria de inspiração declarada a expoentes da autoficção mundial. Assim como seus discípulos, Ernaux discute a origem operária dos pais e a posição de sua família numa França estratificada e dominada por códigos sociais, onde o menor dos detalhes põe em xeque a ascensão da autora à classe burguesa, duramente conquistada por meio dos estudos. Ernaux ainda explora o abismo que se abriu entre ela e o pai. A edição brasileira foi traduzida pela poeta e tradutora Marília Garcia, que também verteu para o português o livro da mesma autora Os anos, publicado pela editora Três Estrelas, que ganhará nova edição em junho de 2021 pela Fósforo.

PublishNews, Redação, 12/05/2021

Após terem visitado sua única filha, Quintana, internada depois de sofrer de pneumonia seguida por um choque séptico, Joan Didion e seu marido, o escritor e diretor John Gregory Dunne, sentam-se para jantar. A noite é interrompida quando John sofre um ataque cardíaco fulminante, colocando fim na parceria de 40 anos com Didion. Dois meses depois, Quintana se recupera — apenas para sofrer um colapso no aeroporto de Los Angeles e passar por seis horas de cirurgia para remover um hematoma cerebral. Em O ano do pensamento mágico (HarperCollins, 240 pp, R$ 49,90 – Trad.: Marina Vargas), Joan Didion explora uma experiência pessoal e, ainda assim, universal: o retrato de uma vida em comum que termina abruptamente, os bons e os maus momentos de um casamento e da maternidade, capaz de emocionar qualquer pessoa que já amou um cônjuge ou uma criança. A nova edição vem com novo projeto gráfico. A editora encontrou a herdeira da designer da capa original de O álbum branco e comprou os direitos para replicar em seus livros, com releitura de Túlio Cerquize.

 
©2001-2021 por Carrenho Editorial Ltda. Todos os direitos reservados.
Rua Henrique Schaumann, 1108 A, CEP 05413-011 Pinheiros, São Paulo -SP
O conteúdo deste site não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.