Caso não consiga visualizar corretamente esta mensagem, clique aqui.
PublishNews 24/04/2020
Há 49 anos servindo a cultura e educação, é uma das maiores distribuidoras de livros para o ensino de idiomas, técnicos e científicos.
A Transpo Express é uma transportadora que já atua há 10 anos focada completamente no segmento editorial. Faz entregas e coletas em editoras, distribuidoras, livrarias, gráficas e grandes redes. A área de atuação atualmente engloba São Paulo (Capital), grande São Paulo, Jundiaí, Campinas e todo o estado do Rio de Janeiro.
A área de Soluções em Acessibilidade é uma divisão da Fundação Dorina Nowill para Cegos criada para oferecer o mais amplo portfólio de produtos e serviços acessíveis a empresas que desejam não apenas se adequar à lei, mas atender a todos os seus clientes com a mesma atenção e respeito!
PublishNews, Redação, 24/04/2020

O PublishNews fechou uma parceria com a Rappi que poderá beneficiar editores e livreiros neste momento de pandemia. O serviço de delivery instantâneo que promete entregas em até 60 minutos está disponível em mais de 140 cidades brasileiras. Livrarias e editoras presentes nestes municípios poderão vender seus produtos pelo aplicativo, com uma taxa especial, de 6%, no primeiro mês. Depois disso, a remuneração da plataforma sobe para 16%. Clique no Leia Mais para conferir a íntegra desta nota.

PublishNews, Leonardo Neto, 23/04/2020

Jean Paul Prates apresenta projeto de lei que quer garantir que instituições financeiras abram linhas de créditos específicas para o setor editorial | © Agência Senado / Marcos OliveiraO senador Jean Paul Prates (PT / RN), que preside a Frente Parlamentar Mista em Defesa do Livro, da Leitura e da Biblioteca, aproveitou o Dia Mundial do Livro para apresentar o projeto de lei (PL) 2.148 que quer alterar a Lei do Livro e acrescentar alguns dispositivos que protegem o setor editorial neste momento de crise como a provocada pela pandemia do novo coronavírus. De acordo com o texto, instituições financeiras e agências de fomento públicas deverão promover a abertura de linhas de crédito para empresas do setor editorial e livreiro, como por exemplo, refinanciamento de empréstimos existentes com instituições públicas ou privadas, flexibilização dos requisitos de análise de crédito e período de carência equivalente ao da duração do estado de calamidade. O projeto de lei quer garantir também que sejam criados programas para manutenção e ampliação do número de livrarias, sebos e pontos de venda no País, com medidas que assegurem a redução do custo fixo desses pontos. Prevê ainda que seja criada linha de crédito específica para pequenas e médias livrarias e sebos, para a aquisição de estoques de livros até o limite de R$ 1 milhão, com juros subsidiados, alinhados às novas linhas oferecidas pelas instituições financeiras. Clique no Leia Mais para conferir a íntegra desta nota.

PublishNews, Redação, 24/04/2020

Na ultima quarta-feira (22), o colunista Ancelmo Gois publicou nota em que dizia que a Caixa Econômica estava negando pedidos de empréstimos a livrarias, com a justificativa de que o setor estaria “acabando”. O PublishNews replicou a notícia depois de pedir esclarecimentos ao banco. No fim da tarde desta quinta-feira (23), a assessoria do banco enviou nota dizendo que a “Caixa é grande apoiadora das empresas em todos os ramos de atuação; dentre eles, segmentos voltados para setor cultural e editorial” e que “não há orientação para restrição de crédito a qualquer nicho empresarial”. A nota diz ainda que o banco “repudia qualquer comentário relacionado à solidez de setores específicos”. Por fim, o banco elenca os produtos disponíveis a pequenas e médias empresas. Clique no Leia Mais para conferir a íntegra do comunicado enviado pela Caixa.

PublishNews, Talita Facchini, 24/04/2020

O isolamento social tem diferentes efeitos sobre as pessoas. Algumas gostam de estar sozinhas, já outras, agradecem por terem a companhia da família ou parceiro todos os dias. Neste segundo caso, nem sempre tudo são flores. Passar a quarentena junto de outra pode ser um desafio e talvez isso explique o reaparecimento do livro Tamo junto (Buzz) na lista dos mais vendidos desta semana. Escrita por Andréa Fernanda Morais, a obra que pretende ajudar as pessoas a melhorarem seus relacionamentos e fazer com que a vida a dois seja mais simples, estreou na lista do PN no início de 2019 e voltou esta semana ao vender 1.560 exemplares, garantindo o primeiro lugar da Lista Geral e de Autoajuda. Em Ficção, estreou O amor nos tempos de cólera (Record), de Gabriel García Márquez (na foto ao lado) publicado em 1986. Este é o segundo livro do colombiano na lista. Cem anos de solidão apareceu na lista em 2014. A segunda estreia foi o Box Franz Kafka (Novo Século), que ficou na 20ª posição da lista com 65 exemplares vendidos. Clique no Leia Mais para conferir a íntegra desta nota.

PublishNews, Redação, 24/04/2020

No último dia 17, o Diário Oficial da União trouxe a nomeação do bibliotecário Aquiles Alencar Brayner para o cargo de diretor do Departamento do Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas (DLLLB), órgão ligado à Secretaria Especial da Cultura que estava sem um titular desde a saída de Guilherme Relvas ainda no governo Temer. No entanto, o governo recuou e resolveu revogar, nesta quinta-feira (23), a nomeação de Brayner. A decisão veio depois que bolsonaristas acusaram o pesquisador de “esquerdista infiltrado”. Clique no Leia Mais e confira a íntegra desta nota.

PublishNews, Redação, 24/04/2020

Dando continuidade ao ColabPublishNews, projeto que tem apresentado soluções que podem ajudar a minimizar os efeitos da pandemia de coronavírus na economia do livro, nesta sexta (24), às 14h, a conversa será com Ricardo Costa, CEO da Metabooks. Num momento em editoras e livrarias estão procurando maneiras de aumentar sua presença digital e com as vendas on-line também crescendo, os metadados se tornaram ainda mais necessários. Nas últimas semanas, Ricardo escreveu uma série de artigos dando dicas sobre como utilizar os metadados da melhor maneira. No bate-papo de hoje, ele irá se aprofundar no assunto, e mostrar, mais uma vez, como um livro pode ganhar visibilidade e vender mais apenas com a ajuda dos metadados. A live será transmitida pela página do PublishNews no Facebook. Depois, o conteúdo estará disponível na PublishNewsTV e também nos aplicativos de podcast: Spotify, iTunes, Google Podcasts e Overcast.

PublishNews, Redação, 24/04/2020

Lázaro Ramos é o sexto entrevistado da Arena Virtual, série de lives encabeçada pela Câmara Brasileira do Livro (CBL), pelo PublishNews e pelo projeto Vá Ler um Livro, com o objetivo de falar sobre o livro e a literatura. Na pauta da conversa com Leonardo Neto, editor do PublishNews, o ator e autor ai falar sobre as suas influências, os eventos que o formaram leitor e os livros que o artista está lendo neste momento de isolamento social. As conversas da Arena Virtual serão transmitidas pelo perfil da CBL no Instagram (@cbloficial). O episódio desta sexta-feira entra ao vivo às 16h. Antes de Lázaro Ramos, já passaram pela Arena Virtual Antônio Fagundes, Monja Coen, Marcos Barcelos, Vitor Bonini e Daniel Munduruku.

PublishNews, Redação, 23/04/2020

As palavras de Toni Morrison são transcendentais não só em seus romances, mas também nas obras de não ficção. Em A fonte da autoestima (Companhia das Letras, 456 pp, R$ 74,90 - Trad.: Odorico Leal), o leitor encontra uma instrutiva reunião de seus ensaios e discursos mais importantes, como um texto comovente sobre sua busca pelo verdadeiro Martin Luther King Jr., um elogio a James Baldwin, uma oração pelos mortos do 11 de setembro, entre outros. A autora que recebeu em 1993 o prêmio Nobel de literatura analisa as linhas tênues que separam o estrangeiro, a mulher, o corpo negro e outros conceitos igualmente importantes para a sociedade contemporânea. Além disso, Morrison volta seu olhar crítico para o próprio trabalho e o de outros importantes escritores negros. Uma coletânea para entender melhor o pensamento de uma das mulheres mais importantes do século XX.

“A ficção, às vezes, ela apresenta a saída que a realidade não permite.”
Conceição Evaristo
Escritora brasileira
1.
Tamo junto
2.
Decida vencer
3.
Mais esperto que o diabo
4.
21 lições para o século 21
5.
Box - Alice no país das maravilhas
6.
Sapiens ( edição de bolso)
7.
Como fazer amigos e Influenciar pessoas - Edição comemorativa 80 anos
8.
Drácula
9.
Pai rico, pai pobre - Edição de 20 anos
10.
Box Nórdicos
 
PublishNews, Redação, 24/04/2020

Uma doença fatal assola o Brasil e o transforma em uma terra pós-apocalíptica: sem governo, sem leis e sem esperanças. Os sobreviventes tentam cruzar o país em busca de um porto seguro. Primeiro, o uso de novos agrotóxicos sem os devidos testes. Depois, a reação inesperada com as larvas que eles deveriam dizimar. Não se sabe quem foi o primeiro infectado, apenas que o surto começou no Mato Grosso do Sul. São os chamados corpos secos: espectros humanos que não possuem mais atividade cerebral. Mas seus corpos ainda funcionam e anseiam por sangue. Seis meses depois, há poucos sobreviventes. Um jovem aparentemente imune à doença está sendo estudado por uma equipe médica e precisa ser protegido a qualquer custo; uma dona de casa vive em uma fazenda no interior do Brasil e se encontra sozinha precisando reagir para sair de seu isolamento; uma criança vê a mãe tentar de tudo para salvar a família e fugir do contágio; uma engenheira de alimentos percebe que seus conhecimentos técnicos talvez não sejam suficientes. Juntos, eles vão narrar suas jornadas, em busca do último refúgio ao sul do país. Escrito em conjunto por Luisa Geisler, Marcelo Rocha Ferroni, Natalia Borges Polesso e Samir Machado de Machado, Corpos secos (Alfaguara, 192 pp, R$ 44,90) é uma narrativa sobre os limites da maldade humana, e as chances de redenção em meio ao caos.

PublishNews, Estevão Ribeiro, 24/04/2020
 
©2001-2020 por Carrenho Editorial Ltda. Todos os direitos reservados.
Rua Fidalga 471, Conjunto 3 | Vila Madalena | São Paulo | SP | Brasil | 05432-070
O conteúdo deste site não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.