Caso não consiga visualizar corretamente esta mensagem, clique aqui.
PublishNews 29/07/2019
A BOOKPartners é uma distribuidora completa: atende toda a cadeia do livro e seus devidos processos. Em sua estrutura reúne cerca de 220 colaboradores, dois centros de distribuição, e-commerce e marcas voltadas a segmentos específicos de leitores.
Primavera Assessoria oferece serviço de revisão de textos em português, preparação de originais para editoras e autores, padronizações e outros serviços editoriais.
A Transpo Express é uma transportadora que já atua há 10 anos focada completamente no segmento editorial. Faz entregas e coletas em editoras, distribuidoras, livrarias, gráficas e grandes redes. A área de atuação atualmente engloba São Paulo (Capital), grande São Paulo, Jundiaí, Campinas e todo o estado do Rio de Janeiro.
PublishNews, Redação, 29/07/2019

A Copa do Mundo atrapalhou as vendas de livros no ano passado. E nesse? Como foi?A GfK e a Associação Nacional de Livrarias (ANL) acabam de divulgar o relatório que acompanha as vendas de livros em livrarias, supermercados e lojas de autoatendimento monitorados pelo instituto de pesquisa no intervalo que vai de 3 a 30 de junho. Em comparação com igual período de 2018, o mercado se manteve estável, com uma discreta queda de 1% no número de unidades vendidas e tímido crescimento de 0,3% no faturamento. Em números absolutos, foram vendidos 3,25 milhões de exemplares o que redundou em faturamento de R$ 128,4 milhões. As perdas acumuladas no ano já são de 12,9% em valor e de 15,4% em volume. De novo, em números absolutos, quer dizer que de janeiro ao julho foram vendidas 23,6 milhões de cópias o que resultou em R$ 1 bilhão nos caixas dos estabelecimentos monitorados pela GfK. Vale lembrar que a base de comparação do estudo já era muito ruim. Os meses de maio e junho de 2018 interromperam um período de crescimento acima da inflação iniciado em fevereiro do ano anterior. Isso porque dois eventos consecutivos – a greve dos caminhões em maio e a Copa do mundo entre junho e julho – afetaram negativamente o comércio como um todo. O de livros não fugiu a essa regra. A própria GfK dizia que o faturamento caiu 5% em comparação com igual período do ano anterior. Clique no Leia Mais e confira a íntegra desta matéria.

PublishNews, Redação, 29/07/2019

O PublishNews teve acesso a uma carta pública que vem sendo costurada entre parlamentares, entidades do livro e especialistas em políticas públicas do livro. O documento pede a permanência de Renata Costa como secretária-executiva do Plano Nacional do Livro e Leitura (PNLL). O PNLL é um instrumento que traça as estratégias permanentes de planejamento, apoio, articulação e referência para a execução das ações de fomento à leitura no país. Recentemente, o presidente Jair Bolsonaro aplicou alterações no decreto do PNLL, extinguindo o seu Conselho Consultivo. O mandato de dois anos – prorrogável por mais dois – de Renata se expirou recentemente e não há ainda indícios de sua permanência. No período em que esteve à frente do PNLL, a ex- coordenadora do Sistema Estadual de Bibliotecas do Rio de Janeiro, ajudou na obtenção de conquistas históricas como a aprovação da Lei Castilho que estabeleceu a Política Nacional de Leitura e Escrita. A carta já foi assinada por entidades como a Liga Brasileira de Editores (Libre), Associação Nacional de Livrarias (ANL) e Federação Brasileira das Associações de Bibliotecários (Febab); pelos senadores Jean Paul Prates (PT-RN), Randolfe Rodrigues (Rede-AP) e Antonio Anastasia (PSDB-MG), pelo deputado Rafael Motta (PSB-RN) e por nomes como José Castilho Marques Neto (ex-secretário do PNLL), Volnei Canônica (ex-diretor do Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas do MinC) e Mansur Bassit (ex-secretário da Economia da Cultura do MinC).

PublishNews, Redação, 29/07/2019

O Podcast do PublishNews dessa semana recebeu Cassius Medauar, editor que se especializou na publicação de Histórias em Quadrinhos (HQs). Cassius analisou o desempenho do mercado nos últimos anos, falou sobre iniciativas exitosas (e as não exitosas) no campo da leitura digital desse tipo de publicação e de como vê o futuro desse segmento. Comentou ainda sobre criadores brasileiros que têm feito sucesso no exterior – só a título de exemplo, Adriana Melo participou de uma antologia ganhadora do Eisner, mais relevante prêmio das HQs no mundo – e, claro, sobre o trabalho desbravador de Mauricio de Sousa. O programa teve ainda a participação de Diego de Oxóssi, um dos cinco ganhadores do Prêmio Jovens Talentos. Ele contou um pouco sobre a trajetória da sua editora – a Arole – que tem investido pesado na internacionalização do seu catálogo e de como pretende aproveitar a sua ida a Frankfurt caso seja o escolhido para o Prêmio Especial, que será anunciado no dia 30 de agosto, na Bienal Internacional do Livro do Rio de Janeiro. Clique no Leia Mais para ouvir o programa.

PublishNews, Redação, 29/07/2019

Neste final de semana, começou a circular nas redes sociais a notícia de que Ziraldo havia morrido. Segundo o Estadão, logo em seguida, o autor de 86 anos postou uma foto no Instagram para confirmar que tudo não passava de um boato. "Uma vez Menino Maluquinho sempre Maluquinho. Ziraldo firme e forte”, dizia a mensagem. Para homenagear o Dia do Escritor, comemorado no último dia 25 de julho, o Estadão selecionou os 25 autores fundamentais que não podem e não devem faltar em sua biblioteca. Nessa lista estão nomes como Lygia Fagundes Telles, William Shakespeare, Miguel de Cervantes, Jane Austen, Liev Tolstói, J. R. R. Tolkien, Jorge Luis Borges, Monteiro Lobato, Clarice Lispector e Machado de Assis. A coluna da Babel adiantou que a Nankin Editorial lança em setembro uma caixa com dois volumes de Badaladas – Dr. Semana, com as crônicas que Machado de Assis (1839-1908) publicou na revista Semana Ilustrada entre 1869 e 1876 com o pseudônimo de Dr. Semana, e que a Travessa deve abrir sua loja na Rua dos Pinheiros no dia 9 de agosto. Por falar em livraria, Ancelmo Gois deu a notícia de que a Livraria Camões, que há mais de 40 anos ocupa o mesmo espaço no Edifício Central, na Av. Rio Branco, encerrou suas atividades na última sexta (26). Clique no Leia Mais para ter acesso à íntegra desta nota.

PublishNews, Redação, 26/07/2019

A Fundação Dorina Nowill para Cegos, dedicada à inclusão de pessoas com deficiência visual e que produz e distribui livros em braille, falados e digitais de forma gratuita, abriu uma vaga para gerente de produção. A fundação pede que os candidatos tenham ensino superior em Administração, Produção Gráfica ou Editoração, inglês fluente e conhecimento do Pacote Office. O contratado será responsável por elaborar e cumprir o orçamento de sua área; assegurar os resultados operacionais, técnicos e econômicos; garantir a qualidade, evolução e a perenidade da produção; e gerenciar equipes de editoriais (braille e digital), radiofônicos, produção e revisão. Os benefícios incluem vale refeição, vale transporte, assistência médica, assistência odontológica, seguro de vida em grupo e auxílio-creche. Os interessados devem enviar currículos para o e-mail currículos@fundacaodorina.org.br.

PublishNews, Redação, 29/07/2019

O mercado editorial sofreu um baque considerável nos últimos anos. Diante do encolhimento do número de livrarias e da crise de um modelo de comercialização, novas iniciativas se apresentaram para oxigenar o comércio de livros, gerando novos modelos de negócio. Pensando nisso, o Centro de Pesquisa e Formação do Sesc (Rua Dr. Plinio Barreto, 285 – São Paulo / SP) realiza de 10 a 31 de agosto, o curso Mercado editorial hoje: novas possibilidades e novos agentes, coordenado por Débora Butruce e Ricardo Rodrigues. Dividido em quatro encontros, o curso falará sobre novas abordagens ante a crise, sobre os clubes de leitura, as publicações de nicho e financiamento coletivo, e sobre a multiplicação de pautas e perfis no mercado editorial. Os encontros contarão com especialistas na área como João Varella (Sala e Banca Tatuí, Lote 42), Cid Vale (Editora Clepsidra, Feira Choque Literário), Fernando Nuno (Círculo do Livro), Cynthia Spaggiari (Leiturinha), Gustavo Lembert (TAG), Marina Ávila (Editora Wish), Raphael Fernandes (Editora Draco), Lizandra Magon de Almeida (Pólen Livros) e Jarid Arraes (escritora e curadora do selo Ferina). O investimento é de R$ 30 e as inscrições podem ser feitas clicando aqui.

PublishNews, Redação, 29/07/2019

A segunda edição da Festa Literária Internacional da Mantiqueira (Flima) está confirmada para acontecer entre os dias 23 e 25 de agosto. Durante esses dias, a cidade de Santo Antônio do Pinhal, no alto da serra da Mantiqueira, no interior paulista, vai ser palco de encontros entre autores e público que vão tratar da combinação entre literatura e educação ambiental. Com curadoria de Roberto Guimarães, idealizador do projeto, o evento irá homenagear o mineiro Luiz Vilela, contista, romancista e um dos mestres do diálogo da literatura brasileira, e já tem confirmada em sua programação nomes como Joselia Aguiar, Ana Maria Machado, Tiago Ferro, Gabriela Aguerre, Idalia Morejón Arnaiz, Aline Bei, Luiz Ruffato, Lilia Schwarcz e o próprio homenageado, Luiz Vilela. A programação começa no dia 23, às 15h30 com a mesa Em busca do leitor: estratégias para superar a crise das grandes livrarias, que contará com nomes como Pedro Almeida (curador do Jabuti e publisher da Faro), Cassiano Elek Machado (diretor editorial da Planeta), Raquel Menezes (Libre) e Leonardo Neto (editor do PublishNews). O evento terá outras mesas que falarão sobre cinema e quadrinhos, gêneros literários, teatro, festas literárias, poesia e democracia. A programação completa você encontra no site do evento e para ajudar o evento acontecer, a Flima está com uma campanha no Catarse que segue até o dia 10 de agosto. Para ajudar é só clicar aqui.

PublishNews, Redação, 29/07/2019

Em Nightflyers (Suma, 144 pp, R$ 44,90 – Trad.: Alexandre Martins), livro de George R. R. Martin, uma expedição científica composta de nove acadêmicos dá início à missão de estudar os volcryn, uma misteriosa raça alienígena. Existem, no entanto, mistérios mais perigosos a bordo da própria nave. A Nightflyer, única embarcação que se dispôs à missão, é uma maravilha tecnológica: completamente automatizada e pilotada por uma única pessoa. O capitão Royd Eris, porém, não se mistura com a tripulação – conversando apenas através de comunicadores e se apresentando somente por holograma, ele mais parece um fantasma do que um líder. Quando Thale Lassamer, o telepata do grupo, começa a detectar uma presença desconhecida e ameaçadora por perto, a tripulação se agita e as desconfianças aumentam. E a garantia de Royd sobre a segurança de todos é posta à prova quando uma entidade malévola começa uma sangrenta onda de assassinatos.

“As melhores experiências de leituras são aquelas em que você se vê refletido no personagem, fica com nojo, mas resolve olhar mais uma vez.”
Kristen Roupenian
Escritora norte-americana - Flip 2019
1.
A sutil arte de ligar o foda-se
2.
O milagre da manhã
3.
Do mil ao milhão
4.
Mais esperto que o diabo
5.
O poder da autorresponsabilidade
6.
F*deu geral
7.
A garota do lago
8.
Seja foda!
9.
Brincando com Luccas Neto
10.
Os segredos da mente milionária
 
PublishNews, Redação, 29/07/2019

Pela Ópera de Paris circulam bailarinas, cantores, funcionários... e rumores. Após uma sequência de acontecimentos estranhos e funestos, a nova direção da casa passa a levar a sério o que até ali julgara impossível: um fantasma assombra o teatro. Criatura mutilada e de passado enigmático, arquiteto de trotes e tragédias, o Fantasma da Ópera (Zahar, 320 pp, R$ 69,90 – Trad.: André Telles) habita os labirínticos porões da construção e usa sua voz, suas lições e seu poder para seduzir a cantora Christine Daaé. Mas, quando ela rompe o pacto implícito entre eles, é arrastada para o subterrâneo – numa espiral de mistério, horror e música. Romance francês de ficção gótica, parcialmente inspirado em fatos históricos ligados à Ópera de Paris no século XIX, O Fantasma da Ópera mescla um triângulo amoroso com um thriller repleto de intrigas e inspirações diabólicas. Ingredientes que, quase duzentos anos após a publicação do livro, seriam recombinados no musical de maior sucesso da Broadway, em cartaz desde 1986. Essa edição comentada traz cerca de 170 notas e apresentação do jornalista Rodrigo Casarin. A versão impressa apresenta ainda capa dura e acabamento de luxo.

 
©2001-2019 por Carrenho Editorial Ltda. Todos os direitos reservados.
Rua Fidalga 471, Conjunto 3 | Vila Madalena | São Paulo | SP | Brasil | 05432-070
O conteúdo deste site não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.