Caso não consiga visualizar corretamente esta mensagem, clique aqui.
PublishNews 18/03/2019
Gráfica digital para pequenas tiragens e POD (Print On demand). Pronta para atender às necessidades de prazos curtos, possui estrutura de impressão digital e logística com qualidade e preços.
A Bookmarks é uma empresa que oferece soluções editoriais para autores e editoras. Desenvolve projetos gráficos de capas de livros, artes para brindes, marcadores, criamos e desenvolve sites e faz diagramação de livros impressos e digitais.
Capista de livros. Há mais de 20 anos desenvolve trabalhos gráficos para os mais variados setores. Só paga se for usar a capa.
PublishNews, Redação, 18/03/2019

Ismael Borges: Está no ar o segundo programa da temporada 2019 do Podcast do PublishNews. Dessa vez, o convidado foi Ismael Borges, gestor do Bookscan, ferramenta da Nielsen que monitora a venda de livros em livrarias, supermercados e lojas de autoatendimento do Brasil. Os números confirmaram que entre janeiro e fevereiro, os estabelecimentos monitorados pelo instituto de pesquisa apresentaram queda nominal (sem considerar a inflação) de 18,81% no faturamento na comparação com igual período de 2018. Isso significa dizer que as livrarias deixaram de vender R$ 76,6 milhões em livros. Em número de exemplares vendidos, a queda foi de 17,95%, fechando o primeiro bimestre com 6,4 milhões de exemplares vendidos. Em igual período de 2018, foram vendidos 7,8 milhões. A categoria que mais sentiu foi, não por acaso, a Infantil, Juvenil e Educacionais, na qual a Nielsen categoriza os livros didáticos. Esse segmento perdeu 6,25 pontos percentuais em importância no faturamento dos pontos de vendas acompanhados pelo instituto. “O que eu destaco muito é o rearranjo do varejo propriamente dito. Aqui a gente não está falando de um problema de demanda. Não dá para imaginar que estamos consumindo menos livros. O que há é uma reorganização silenciosa da forma de distribuição dos livros didáticos que certamente estão deixando de rodar a catraca do varejo e encontraram formas diferentes de atingir esse público consumidor”, avaliou Ismael durante a sua participação no podcast. Clique no Leia Mais, tenha outros detalhes do Painel e confira a íntegra da entrevista.

PublishNews, Redação, 18/03/2019

Morreu neste domingo (17), os 83 anos, o escritor João Carlos Marinho. Sua principal obra, O gênio do crime (Global), completou 50 anos em fevereiro passado. Marinho estava internado para tratar de uma infecção, mas não resistiu, segundo informou a assessoria de imprensa da Global. O corpo está sendo velado no Cemitério do Araçá (Av. Dr. Arnaldo, 666, Cerqueira César - São Paulo / SP) e depois será transportado para o cemitério da Consolação (Rua da Consolação, 1660, Consolação - São Paulo / SP) onde será sepultado às 16h. Além de livros juvenis, Marinho deixou quatro títulos voltados para o público adulto, dentre os quais se destaca O dueto dos gatos (Global).

PublishNews, Redação, 18/03/2019

Depois de fechar 20 lojas em outubro do ano passado e apresentar seu plano de recuperação judicial em fevereiro, a Saraiva fechou mais duas lojas na última semana e fechará mais uma até o final do mês. Segundo o Estadão, a rede fechou a loja de Copacabana, no Rio, e a da Rua São Bento, em São Paulo e até o fim de março fechará também a unidade do Shopping Higienópolis. Em comunicado enviado ao jornal, a Saraiva disse que “está em constante avaliação da operação de sua rede de lojas, considerando aberturas, reformas e fechamentos, como parte de seu plano de manter sua operação saudável”. Na coluna da Babel, mudanças no catálogo da Global. É que a obra do escritor José Lins do Rego sai do Grupo Record e passa a integrar o catálogo da editora que quer ser a principal casa de autores brasileiros. Clique no Leia Mais para ler a íntegra dessa nota.

PublishNews, Raquel Menezes*, 18/03/2019

Se aprendemos com Foucault que o sujeito é sempre o resultado de uma prática, noutras palavras, que o sujeito é sempre fabricado, a ampliação de ações pró-livro e leitura reverberará, obviamente, em mais livros e em mais leitura. Logo, a propagação de uma política que apoia o armamento, como temos visto na história recente do nosso país, constituirá sujeitos violentos. Cenário perfeito para a barbárie e a calamidade como as que vimos acontecer em Suzano se estabeleçam. A equação é bem fácil de ser montada, visualizada e entendida, apesar de parte significativa do poder público estar de olhos fechados para esta situação. Blindagem e segurança podem ser difíceis de ser bloqueadas, mas não são, no entanto, intransponíveis. Por outro lado, ações educativas, tencionado a melhoria do desempenho escolar, e, obviamente, investindo em leitura, estão entre os principais pilares de um trabalho de prevenção à violência em todos os níveis. Precisamos de uma união de todos os que pertencem ao mundo livreiro para que uma política de porte de livros vença a instauração de um ambiente em que o porte de armas seja uma triste realidade. Clique no Leia Mais e confira a íntegra do artigo de Raquel Menezes.

PublishNews, Redação, 18/03/2019

O Itaú Cultural abriu nesta segunda-feira (18) as inscrições para a edição de 2019 do Oceanos – Prêmio de Literatura em Língua Portuguesa, que seguem até o dia 14 de abril. Podem ser inscritos os gêneros poesia, romance, conto, crônica e dramaturgia em língua portuguesa publicados de 1º de janeiro a 31 de dezembro de 2018, em qualquer lugar do mundo – tanto em países cujo idioma oficial é o português quanto em países de outros idiomas — desde que as obras sejam escritas em primeira edição em língua portuguesa. As inscrições para a nova edição do Oceanos podem ser feitas pela editora ou pelo autor, com o preenchimento da ficha de inscrição disponibilizada no site do prêmio. Os concorrentes serão avaliados em uma plataforma digital por um júri internacional composto por poetas, escritores, críticos literários e professores dos países membros da CPLP — Angola, Brasil, Cabo Verde, Moçambique, Portugal e Timor Leste. Outra mudança: a premiação deste ano passa a contemplar três vencedores em vez de quatro como acontecia nos anos anteriores. Depois dessa etapa, os três vencedores concorrem entre si pelas premiações que este ano passa a um valor total de R$ 250 mil – e não mais R$ 230 mil –, sendo: R$ 120 mil para o primeiro colocado; R$ 80 mil para o segundo e R$ 50 mil para o terceiro. A curadoria desta edição do prêmio é formada pela escritora e jornalista Isabel Lucas, de Portugal, a gestora cultural Selma Caetano e o jornalista Manuel da Costa Pinto, os dois últimos, brasileiros.

PublishNews, Redação, 18/03/2019

Escritor, poeta, músico, compositor, romancista, tradutor, ensaísta, judoca e publicitário. No ano em que Paulo Leminski completaria 75 anos, entra em cartaz, em Londrina, a exposição Múltiplo Leminski. A mostra, resultado de muita pesquisa e catalogação da produção de Leminski, traz mais de mil objetos pessoais que vão de poesias rascunhadas em guardanapos, quadros, a coleção de dicionários, entre outras curiosidades que recompõem sua atmosfera cultural, trazendo para o público a vida e obra do poeta. Dividida em diversos espaços cênicos e instalações a exposição do Museu Histórico de Londrina (Rua Benjamin Constant, 900 – Londrina / PR) - que já passou por Curitiba, Foz do Iguaçu, Goiânia, Recife, Fortaleza, Salvador, São Paulo, Rio de Janeiro e Maringá - apresenta ainda uma galeria de grafites produzidos nas edições anteriores, além de uma nova obra assinada por artistas locais. A Múltiplo Leminski tem a curadoria de Alice Ruiz, Estrela Ruiz Leminski e Aurea Leminski e fica em cartaz até 30 de junho, com visitações de terça a sexta, das 9h às 11h30 e das 14h30 às 17h30; sábados, das 9h às 11h30 e das 13h30 às 17h; e domingos, das 13h30 às 17h.

PublishNews, Redação, 18/03/2019

O escritor e colunista do PublishNews, Henrique Rodrigues, lança seu livro de poemas Previsão para ontem (Cousa, 74 pp, R$ 30). A obra pretende traduzir o olhar reflexivo que Henrique tem sobre as inquietações da realidade, em especial sobre um Brasil que finge caminhar para a frente, mas parece sem rumo e anacrônico. “Estava preparando um novo romance, mas a situação social e política do país, da minha cidade, das pessoas que parecem se armar cada vez mais, isso tudo mexeu bastante no pensamento com determinadas ideias que, na minha concepção, requerem a poesia como forma de expressão”, contou. Para lançar a obra, Henrique fará um circuito pela Europa que começa nesta terça (19) e segue até 2 de abril. O livro será apresentado na Inglaterra, França, Bélgica, Espanha e Portugal. Em Clermont-Ferrand, na França, por exemplo, Henrique irá debater sobre a literatura brasileira contemporânea com a escritora Conceição Evaristo.

PublishNews, Redação, 18/03/2019

Inicialmente ambientado na Inglaterra, nos idos de 1847, Nas montanhas do Marrocos (Novo Conceito, 564 pp, R$ 54,90), livro de Luisa Bérard, conta a história de lady Katherine Hartington, a filha mais nova do conde de Northwick. A narrativa construída em torno da jovem protagonista apresenta as relações familiares e a suntuosidade da época vitoriana, descrevendo o estilo de vida da aristocracia inglesa e os obstáculos sociais impostos às mulheres, impedidas de aspirar a algo além de um promissor casamento. Nesse universo, sobressai a figura da poderosa duquesa de Melbourne, que não se adéqua a esse papel socialmente pré-estabelecido e transmite à sobrinha seus conhecimentos sobre o instigante mundo dos negócios, potencializando o seu natural desejo de liberdade. Mas, de hora para outra, a inglesa se vê obrigada a viver no Marrocos e conhece sua apaixonante cultura e paisagens montanhosas e desérticas. E nessa jornada, ela acaba encontrando um novo amor.

“Poesia não é inspiração pura, é trabalho. Não é só ficar esperando que o santo baixe, é preciso puxar o santo pelos pés. Esse é o trabalho poético.”
Mario Quintana
Poeta brasileiro (1906-1994)
1.
A sutil arte de ligar o foda-se
2.
O milagre da manhã
3.
O poder da ação
4.
Me poupe!
5.
Seja foda!
6.
As aventuras na Netoland com Luccas Neto
7.
Os segredos da mente milionária (edição econômica)
8.
Para todos os garotos que já amei
9.
O poder do hábito
10.
Do mil ao milhão
 
 
©2001-2019 por Carrenho Editorial Ltda. Todos os direitos reservados.
Rua Fidalga 471, Conjunto 3 | Vila Madalena | São Paulo | SP | Brasil | 05432-070
O conteúdo deste site não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.