Publicidade
Publicidade
‘O diário de Ayron - Entre perigos e ciladas’ é um sucesso da Uiclap
PublishNews, Redação, 21/12/2022
Wanderson Dutch, autor best-seller, filósofo e comunicador, convida seus leitores à uma jornada ao futuro, com muitas inovações tecnológicas, mas ainda desigual e opressor

Ayron Schneider é um jovem estudante do curso de psicotecnologia (ciência que estuda o aspecto psicológico da inteligência artificial dos robôs) em uma renomada universidade particular de São Paulo. Nasceu em berço de ouro no bairro de Alto de Pinheiros, porém, para ele, é difícil aceitar as relações comerciais de seus pais, principalmente os seus interesses sociais, que na visão dele são alicerçados na velha ética egocêntrica que só beneficia indivíduos específicos. Os subjugados, isto é, o povo, continuam sendo designados simplesmente à escravidão e à prestação de serviços subalternos.

Em 2043, o mundo passa a viver o início de um novo período de reorganização em suas instituições públicas e privadas; isso acontece por meio das inovações robóticas na convivência entre os humanos. Há máquinas super avançadas para quase tudo, até para atendimento das satisfações sexuais. Para quem tem poder financeiro, morrer não é mais um problema desesperador, a técnica promete o caminho para a imortalidade desejada.

Em meio às conformidades e barbaridades sociais, Ayron levanta-se contra tudo e contra todos, destacando- se como uma figura notável de sua época. Contudo, como um anti-herói, ou seja, aquele que não pretende apresentar fórmulas engessadas para a sociedade seguir. Predestinado tal como um estraga prazeres, o acusador que expõe as provas, o sujeito que só veio para acabar com a vida forjada que a humanidade criou para si e que, por sua vez, acarretou o aprisionamento de milhões de pessoas à ilusão; aquele que rasga mais uma vez o véu de mentiras da sociedade envenenada por sua sede de querer dominar e fazer escravos inteligentes a qualquer custo.

Ayron percebe que nessa sociedade ninguém realmente é o que demonstra ser. Logo, a dúvida da existência dos outros, e de sua própria existência, passa a ser pauta de uma reflexão bem profunda, que o levará a tomar decisões que irão chocar qualquer pessoa. É preciso cavar bem fundo quando se pretende encontrar a verdade. Questione até a sua existência, não confie em ninguém. A vida precisa ser levada na base dos interesses pessoais e na desconfiança. Quem confia em demasia, pode receber com frequência beijos amargos de decepção.

“Para sobreviver à putrefação social é preciso ficar alerta a todo tempo. O ser humano é um animal muito sagaz, com hábitos instintivos desprezíveis, os quais, por vezes, atropelam o mais fraco facilmente. Alguns matam para poder ter melhor posição socioeconômica, outros simplesmente interpretam um papel angelical, e ainda existem os sociopatas, hostis e excessivamente cruéis. Há quem enxergue maldade nos demônios, porém, eu a vejo nas pessoas… É tempo de incertezas nas relações humanas, portanto, cuide- se”.

A obra O diário de Ayron - Entre perigos e ciladas, publicada pela Uiclap, é escrita por Wanderson Dutch, escritor, poeta existencialista, filósofo e professor. Nascido em Itamarajú, na Bahia, destacou-se com a obra, no qual retrata observações sobre a escravidão moderna. Seu grande sucesso em vendas levou-o a receber o troféu de Escritor Best-Seller na 26º Bienal do Livro de São Paulo, onde o livro ficou exposto durante todo o evento, no estande da Uiclap. Em suas redes sociais, o escritor enfrentou a remoção de sua página "Martelo de Nietzsche", sem explicações; mas segue com a missão, em seu perfil pessoal, de propor debates filosóficos sobre política, comportamento, figuras históricas, nosso papel em sociedade e as muitas faces da história como ponto de observação.

Clique aqui para adquirir a obra.

A Área Indie é um publieditorial que reúne mensalmente lançamentos, com informações sobre livros lançados de forma independente ou autopublicados. Para saber como participar da seção, escreva para o comercial do site no e-mail comercial@publishnews.com.br.

Publicidade

A Alta Novel é um selo novo que transita entre vários segmentos e busca unir diferentes gêneros com publicações que inspirem leitores de diferentes idades, mostrando um compromisso com qualidade e diversidade. Conheça nossos livros clicando aqui!

Leia também
Seção publieditorial do PublishNews traz lançamentos da Editora Vista Chinesa, Uiclap e um livro independente
Livro publicado pela Vista Chinesa conta a história de uma criança que usa a maconha para fins medicinais
Escrito por Marina Hadlich, 'Até essa comédia se tornar romântica' é uma história divertida e com uma personagem que ultrapassa as páginas e conversa diretamente com o leitor
Publicado pela UICLAP, livro de Luiz Müller é um guia completo que conta a história geral da ordem maçônica
Publicado pela Patuá, 'Cabeça de todos nós', primeiro livro de contos de Orete Nascimento, traz 30 contos que tratam de questões essenciais ao ser humano e das implicações de suas atitudes perante a vida
Publicidade

Mais de 13 mil pessoas recebem todos os dias a newsletter do PublishNews em suas caixas postais. Desta forma, elas estão sempre atualizadas com as últimas notícias do mercado editorial. Disparamos o informativo sempre antes do meio-dia e, graças ao nosso trabalho de edição e curadoria, você não precisa mais do que 10 minutos para ficar por dentro das novidades. E o melhor: É gratuito! Não perca tempo, clique aqui e assine agora mesmo a newsletter do PublishNews.

Outras colunas
Todas as sextas-feiras você confere uma tira dos passarinhos Hector e Afonso
Tivemos o prazer de ler um livro carnavalizado e carnavalizando! E há quem diga que a literatura nacional naufragou...
Seção publieditorial do PublishNews traz lançamentos da Editora Vista Chinesa, Uiclap e um livro independente
Escrito por Marina Hadlich, 'Até essa comédia se tornar romântica' é uma história divertida e com uma personagem que ultrapassa as páginas e conversa diretamente com o leitor
Publicado pela UICLAP, livro de Luiz Müller é um guia completo que conta a história geral da ordem maçônica
Só podemos estar aqui (Feira do Livro de Frankfurt) hoje porque escritores há mais de 200 anos combateram o poder da igreja.
Salman Rushdie
Escritor britânico
Publicidade

Você está buscando um emprego no mercado editorial? O PublishNews oferece um banco de vagas abertas em diversas empresas da cadeia do livro. E se você quiser anunciar uma vaga em sua empresa, entre em contato.

Procurar

Precisando de um capista, de um diagramador ou de uma gráfica? Ou de um conversor de e-books? Seja o que for, você poderá encontrar no nosso Guia de Fornecedores. E para anunciar sua empresa, entre em contato.

Procurar

O PublishNews nasceu como uma newsletter. E esta continua sendo nossa principal ferramenta de comunicação. Quer receber diariamente todas as notícias do mundo do livro resumidas em um parágrafo?

Assinar