Publicidade
Publicidade
Caminhos alternativos do livro
PublishNews, Leonardo Neto, 14/06/2021
Podcast da semana fala com editoras que encontraram em petshops, lojas de presentes ou farmácias seus parceiros para fazer seus livros chegarem aos leitores

Na virada das décadas de 1910 e 1920, Monteiro Lobato deixou a fazenda de café herdada do avô e se aventurou como autor e depois como editor. Foi exercendo esta segunda figura que ele percebeu que, no Brasil da época, existiam poucas livrarias; nas suas contas algo em torno de 30. Precisava expandir esse número para dar conta do seu audacioso plano de escoar a produção vultosa de exemplares de Urupês e Saci-Pererê: resultado de um inquérito, seus dois primeiros livros.

Foi aí que ele teve uma ideia: colocar livros em estabelecimentos onde tradicionalmente não se vendiam livros: armazéns, farmácias, papelarias etc... Foi dessa constatação que nasceu a famosa carta em que apresentava o livro aos donos desses estabelecimentos: “Trata-se de um artigo comercial como qualquer outro: batata, querosene ou bacalhau”. Deu resultado e, em 1923, Lobato comemorava a venda de 30 mil exemplares de Urupês, um marco importante para a indústria editorial brasileira.

Um século depois, o setor livreiro nacional se desenvolveu. Além das livrarias independentes, redes se tornaram mega-redes, algumas delas desapareceram, outras foram incorporadas, outras parecem viver seu ocaso, enquanto outras crescem, conquistando espaços. A pandemia forçou muitas delas colocarem suas fichas na internet e o comércio varejista de livros se tornou muito mais complexo do que as picadas abertas por Lobato.

Mas, algumas editoras seguem procurando seguir os passos do velho Lobato e buscam caminhos alternativos para escoar a sua produção. Nessa semana, o Podcast do PublishNews recebeu Roberta Faria, diretora executiva da Editora Mol, e Gustavo Guertler, CEO da Belas Letras, que tem conseguido resultados importantes colocando seus livros em locais como petshops, farmácias e lojas de presentes. A estratégia veio, claro, da necessidade de se fazer presente no dia a dia do leitor e assim, conquistar novos leitores.

Leonardo Neto, Fábio Uehara, Maju Alves e Talita Facchini recebem Roberta Faria e Gustavo Guertler para um papo no Podcast do PublishNews
Leonardo Neto, Fábio Uehara, Maju Alves e Talita Facchini recebem Roberta Faria e Gustavo Guertler para um papo no Podcast do PublishNews
A Mol desenvolveu um modelo de negócio bastante incomum entre as editoras. Começou como editora de revistas e hoje produz também livros (tem 36 títulos no seu catálogo). Não está presente nas livrarias tradicionais e colocou todas as suas fichas nesses parceiros (ela prefere não encará-los como "canais"). Coleciona cases de sucesso, com tiragens impressionantes. Um deles é Seu cão não é doido / Seu gato não é doido, livro duplo desenvolvido especialmente para a rede de petshop Petz. Saiu em março de 2021, com tiragem de 160 mil exemplares e a expectativa é que se esgote antes de completar um ano.

A Belas Letras vai por outro caminho. É uma editora mais tradicional no seu modelo de negócios, está presente em livrarias, mas não deixa de focar nos canais alternativos. Tem projetos desenvolvidos para a rede Imaginarium, também com êxito.

As duas editoras têm no seu DNA a preocupação social. A Mol se considera uma “editora de impacto social”. Todos os seus projetos – revistas ou livros – buscam gerar receitas para ONGs e entidades que defendem as mais diversas causas. O caso do livro Seu cão não é doido / Seu gato não é doido, por exemplo, destina os recursos para a ONG Adote Petz. De 2008, ano de sua fundação, até agora, a editora estima ter doado R$ 40 milhões. A Belas Letras também tem um propósito maior. Com um catálogo de livros “transformadores”, como ela mesma denomina, a editora criou o projeto Compre um Livro, Doe um Livro.

Na conversa que tiveram com a nossa equipe, Roberta e Gustavo detalham seus planos de negócios, falam sobre o desenvolvimento de seus produtos e deixam dicas para quem está interessado em buscar novos canais de vendas.

O Podcast do PublishNews é um oferecimento da MVB, a empresa que torna os seus livros visíveis com serviços como Metabooks e Pubnet, e da UmLivro, novo modelo de negócios para o mercado editorial: mais livros e mais vendas. Você também pode ouvir o programa pelo Spotify, iTunes, Google Podcasts, Overcast e YouTube.

Indicações:

Clube Quindim
Restaurante Bollogna
Podcast Aqui se faz, aqui se doa
Cruella
Filme - Druk: Mais uma rodada
Guardar (Record), de Antonio Cicero
Pastelina
Cervogia
Fome Mata - Panela cheia salva

Este é o podcast do PublishNews e falamos aqui toda semana, das últimas notícias do mercado editoral.

Publicidade

BR75

A BR75 desenvolve soluções personalizadas de criação e edição de texto, design gráfico para publicações impressas e em outras mídias e coordena sua produção editorial. Cuidamos de todas as etapas, conforme as necessidades e características de seu projeto, e sua empresa ganha em eficiência e qualidade. Quer saber mais? Fale com a gente ou agende uma visita!

Leia também
Podcast do PublishNews conversou com Dianne Melo, coordenadora de Engajamento Social e Leitura do Itaú Social que contou todas as especificações dessa edição do projeto. Inscrições estão abertas até 29/10.
Com menos de um mês até o acontecimento da 40ª edição da feira, Podcast do PublishNews conversou com dois editores que viajarão ao Emirado Árabe: Laura di Pietro (Tabla) e Leonardo Garzaro (Rua do Sabão)
Podcast do PN quis saber como agentes e editores estão se preparando para a Feira do Livro de Frankfurt 2021
Episódio de número 184 recebe Michelle Henriques e Nathan Magalhães para falar sobre a relação entre editoras e os clubes de leitura
À frente do negócio, Samuel Honorato é o convidado do Podcast do PublishNews dessa semana
Publicidade

Mais de 13 mil pessoas recebem todos os dias a newsletter do PublishNews em suas caixas postais. Desta forma, elas estão sempre atualizadas com as últimas notícias do mercado editorial. Disparamos o informativo sempre antes do meio-dia e, graças ao nosso trabalho de edição e curadoria, você não precisa mais do que 10 minutos para ficar por dentro das novidades. E o melhor: É gratuito! Não perca tempo, clique aqui e assine agora mesmo a newsletter do PublishNews.

Outras colunas
Em sua coluna, Suzana Vargas relata o seu primeiro encontro com Manoel de Barros e a amizade que teve com o poeta
Podcast do PublishNews conversou com Dianne Melo, coordenadora de Engajamento Social e Leitura do Itaú Social que contou todas as especificações dessa edição do projeto. Inscrições estão abertas até 29/10.
Todas as sextas-feiras você confere uma tira dos passarinhos Hector e Afonso
Em novo artigo para a sua coluna, Camila Cabete finalmente revela pra onde foi depois de nove anos na Kobo
Com menos de um mês até o acontecimento da 40ª edição da feira, Podcast do PublishNews conversou com dois editores que viajarão ao Emirado Árabe: Laura di Pietro (Tabla) e Leonardo Garzaro (Rua do Sabão)
Eu sentia um impulso para escrever algo, e quem é escritor sente isso. É uma pressão interna.
Rubens Figueiredo
Escritor brasileiro
Publicidade
Publicidade

Você está buscando um emprego no mercado editorial? O PublishNews oferece um banco de vagas abertas em diversas empresas da cadeia do livro. E se você quiser anunciar uma vaga em sua empresa, entre em contato.

Procurar

Precisando de um capista, de um diagramador ou de uma gráfica? Ou de um conversor de e-books? Seja o que for, você poderá encontrar no nosso Guia de Fornecedores. E para anunciar sua empresa, entre em contato.

Procurar

O PublishNews nasceu como uma newsletter. E esta continua sendo nossa principal ferramenta de comunicação. Quer receber diariamente todas as notícias do mundo do livro resumidas em um parágrafo?

Assinar