Apanhadão: Secretaria de Educação do DF vai produzir livros didáticos
PublishNews, Redação, 25/02/2019
E mais: Kroton estuda levar parte da Saber à Nasdaq; as drag queens contadoras de histórias; a pocket livraria da L&PM e uma lista de 30 livros para quem gosta de literatura

Neste final de semana, o Valor apurou que Kroton estuda levar parte da Saber, braço educacional da companhia, para a Nasdaq. Segundo o jornal, a empresa independente ficaria com as operações de sistemas de ensino, livros didáticos e prestação de serviços para colégios. O plano da Kroton é convencer os investidores do grupo sobre o seu potencial de crescimento com o negócio de educação básica e um dos argumentos usados para isso é performance da Arco Educação, dona do sistema de ensino Ari de Sá, que levantou US$ 218 milhões na Nasdaq em setembro passado.

A Secretaria de Educação do Distrito Federal informou na semana passada que vai começar a produzir livros didáticos de ciências, português e matemática para alunos da rede pública do DF. Segundo o G1, a distribuição está prevista para ocorrer em abril. Os exemplares eram entregues gratuitamente pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e com a mudança, o GDF vai passar a aplicar os conteúdos próprios nos livros e terá que pagar pela impressão do material, um gasto de R$ 5 milhões a mais no Distrito Federal.

Drag queens contadoras de histórias. A BBC publicou uma matéria falando sobre um grupo de drags que contam histórias para crianças em bibliotecas e estão chegando até nas regiões mais religiosas dos EUA. O Drag Queen Story Hour (Hora da leitura drag queen) foi criado em San Francisco em 2015 e, desde então, tem se espalhado pelos Estados Unidos e o mundo. Segundo o site oficial da iniciativa, a "DQSH captura a imaginação e o jogo da fluidez de gênero da infância", e permite que as crianças "possam ver pessoas que desafiam restrições rígidas de gênero e imaginar um mundo onde pessoas se vestem como querem".

No Estadão, uma seleção de 30 filmes sobre livros, escritores, editoras, livrarias e leitores. Dois exemplos são o filme A esposa, em que a indicada ao Oscar, Glenn Close, é casada com um escritor que vence o Nobel, e Poderia me perdoar?, onde Melissa McCarthy interpreta como uma escritora com bloqueio criativo que acaba procurada pelo FBI.

A editora L&PM inaugura em março, no bairro Moinhos de Vento, em Porto Alegre, a sua "pocket livraria". Segundo a coluna da Babel, no espaço de 70 m², a editora gaúcha vai vender todos os seus livros – e ainda obras de outras editoras estão sendo escolhidas por Ivan Pinheiro Machado, um dos sócios da casa, e por Luís Augusto Fischer. Na PocketStore Livraria, haverá ainda lançamentos recentes nacionais e estrangeiros das mais diversas áreas e best-sellers, além de funcionar como espaço de eventos.

Ainda na coluna, os números do Catarse. No ano passado, campanhas de financiamento coletivo voltadas para livros, quadrinhos e revistas movimentaram R$ 6,6 milhões, um crescimento de 6% em relação ao ano anterior, 2017. Já o Leiturinha, clube de assinaturas de livros infantis, está com edital aberto, mas “não é permitido inscrever obras que “apresentem seres mágicos, como bruxas, fadas e duendes, como temática central na história”. A coluna achou estranho (e nós também).

No Painel das Letras, os lançamentos da Moinhos e Relicário. A primeira editora lança Orides Fontela - Toda palavra é crueldade, com depoimentos, resenhas e entrevistas da poeta, e a Relicário prepara também O nervo do poema, antologia de versos em homenagem a Orides, organizada por Paulo Henriques Britto e Patrícia Lavelle.

O Globo noticiou na semana passada a polêmica envolvendo a autora brasileira Cristiane Serruya. Autora de livros em língua inglesa, a carioca está sendo acusada por vários autores internacionais de plágio. Já segundo o The Gardian, por causa das denúncias, Cristiane retirou de venda o seu livro Royal love. Em um dos casos, a americana Courtney Milan alegou que seu romance The Duchess War teve trechos copiados "palavra por palavra" pela brasileira.

[25/02/2019 06:00:00]