Marina Colasanti pela primeira vez na lista dos mais vendidos
PublishNews, Leonardo Neto, 22/02/2019
‘Hora de alimentar serpentes’ marca a estreia de Marina e da Global na lista. E mais: adaptação de Mauricio de Sousa da obra de Monteiro Lobato começa a sua trajetória na lista.

Vera Holtz, em 2016, lendo trechos de 'Hora de alimentar serpentes' | Reprodução
Vera Holtz, em 2016, lendo trechos de 'Hora de alimentar serpentes' | Reprodução
Em 2016, a atriz (e, por que não dizer, webperformer) Vera Holtz colocou no ar em suas redes sociais uma sequência de oito vídeos lendo micro-contos de Marina Colasanti que compõem o espetacular (na visão deste editor) Hora de alimentar serpentes (Global). Na época, Holtz disse “curtinhos e deliciosos... estou adorando o livro de contos de Marina Colasanti” e os vídeos viralizaram. Não reverteu em vendas ao ponto de vir parar na lista dos mais vendidos, é verdade, mas é verdade também que os vídeos são ótimos. Precisou o livro ser indicado entre as obras obrigatórias do vestibular da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj). O volume aparece pela primeira vez na 15ª posição da lista de Ficção, com 506 cópias vendidas. Aliás, Hora de alimentar serpentes marca uma estreia tripla. Além de ser por si só uma novidade, é o primeiro livro da autora e da editora na lista! Sorrisos que vão de Ipanema à Liberdade!

Essa está longe de ser a única novidade da lista que, na comparação com a semana passada, veio com aumento de 15% nos números gerais de venda. Um pouco desse aumento pode ter a ver com uma dessas novidades. Estamos falando de Tamo junto (Buzz), de Andréa Fernanda Morais, que teve 2.327 cópias vendidas na semana. Esse número foi suficiente para colocá-lo na posição de número cinco da Lista de Autoajuda e na de número nove da Geral.

E por falar no Ranking Geral, ele segue liderado por A sutil arte de ligar o foda-se (Intrínseca), com 10.728 cópias, com O milagre da manhã (BestSeller / Record), como vice-líder, com 6.564. A novidade no pódio é a escalada de Este não é mais um livro de dieta (Gente), que estreou na semana passada e que nesta alcançou o bronze com 6.034 cópias vendidas.

Mauricio de Sousa durante o lançamento de 'Narizinho arrebitado' | © Divulgação / Girassol
Mauricio de Sousa durante o lançamento de 'Narizinho arrebitado' | © Divulgação / Girassol
Voltando às novidades, estreia de peso também na Lista Infantojuvenil. Mauricio de Sousa chegou com a sua versão de Monteiro Lobato. Turma da Mônica: Narizinho arrebitado (Girassol) teve 526 cópias vendidas na sua semana de estreia. Espera-se que esse número cresça na próxima semana. É que o pai da Mônica reuniu uma multidão no Campinas Shopping, no interior paulista, para o lançamento do livro. De acordo com o próprio shopping, foi registrado um movimento recorde no centro comercial, com aumento de mais de sete mil pessoas no fluxo normal para um dia como aquele. Foi até preciso deslocar o lançamento para uma loja que estava desocupada, onde pudesse comportar todas essas pessoas, segundo relata a Girassol. A categoria deu as boas-vindas ainda a outros dois lançamentos: Maria Clara e JP: pra animar você (Alto Astral), com 577 cópias, e Meus amigos do jardim (Zastras / Nobel), com 328.

Novidades também em Negócios: Vade mecum tradicional Saraiva 2019 – 27ª edição (Saraiva), com 639, e Ponto de inflexão (Buzz), com 330.

O Ranking das Editoras é liderado pela Sextante, que emplacou 23 títulos nessa semana. A prata ficou dividida entre Grupo Companhia das Letras e Intrínseca, que emplacaram 12 títulos cada, e o bronze com o Grupo Editorial Record, com sete.

[22/02/2019 10:12:00]