Caso não consiga visualizar corretamente esta mensagem, clique aqui.
PublishNews 29/07/2021
A área de Soluções em Acessibilidade é uma divisão da Fundação Dorina Nowill para Cegos criada para oferecer o mais amplo portfólio de produtos e serviços acessíveis a empresas que desejam não apenas se adequar à lei
Há mais de 50 anos servindo a cultura e educação, é uma das maiores distribuidoras de livros para o ensino de idiomas, técnicos e científicos.
A Catavento atua no mercado de distribuição de livros para todo o país.
PublishNews, Redação, 29/07/2021

Obra de Fernanda Massotti selecionada para o Catálogo Todo ano, a Fundação SM realiza o concurso para o Catálogo Ibero-América Ilustra, que reúne o melhor da produção visual de artistas gráficos na área da literatura infantojuvenil. O catálogo é tradicionalmente lançado dentro da programação da Feira do Livro de Guadalajara. Nesse ano, o certame recebeu 1.013 inscrições de 19 países da comunidade ibero-americana. O Brasil será representado por cinco brasileiras: a rondoniense Natalia Regina Gregorini, finalista do Prêmio Jabuti em 2019; a carioca Fernanda Massotti, especialista em ilustração editorial, estamparia e cerâmica; a designer gráfica paulista Ana Carolina Matsusaki; e o duo artístico Pluna, também de São Paulo, formado por Maria Eduarda Rezende e Carolina Pereira, cujo trabalho se baseia no equilíbrio entre a geometria concreta abstrata e o realismo fantástico. O ilustrador venezuelano Gerald José Espinoza Vergara foi o grande vencedor da 12ª edição do concurso. Além do prêmio de US$ 5 mil, Espinoza Vergara, que atualmente mora em Quito, no Equador, será o designer da capa do catálogo deste ano. O lançamento está previsto para o dia 27 de novembro.

PublishNews, Redação, 29/07/2021

Decreto federal tira poderes da Comissão Nacional de Incentivo à Cultura | © SecomNessa semana, o Diário Oficial da União trouxe o decreto mudando o Programa Nacional de Apoio à Cultura (Pronac), que rege as diretrizes da política federal de fomento à Cultura. Um dos principais pontos de mudança é a inclusão de “arte sacra” e “belas artes” entre as classificações das áreas culturais contempladas pela Lei Rouanet. Cada uma dessas classificações se subdividem em setores: arquitetura, dança, escultura, literatura, música, pintura e teatro. Outra mudança importante foi no funcionamento da Comissão Nacional de Incentivo à Cultura (CNIC), que reúne representantes das áreas culturais que definiam os projetos habilitados a captar verbas via lei de incentivo. O novo texto permite que o presidente do CNIC, cargo hoje ocupado por André Porciuncula (capitão da PM baiana), tome decisões sem a necessidade de apreciação pelo colegiado, que passa a ter o caráter de instância recursal consultiva. Na prática, o CNIC deixa de ser responsável pela aprovação dos projetos e passa a apenas ser responsável por analisar recursos. O decreto dá ainda mais poderes ao secretário especial da Cultura, que passa a ser o responsável pela elaboração do regimento interno do CNIC. Anteriormente, esta era uma atribuição do colegiado. Clique no Leia Mais para conferir a íntegra desta nota.

PublishNews+, Redação, 29/07/2021

O PublishNews+, área exclusiva para assinantes do PN, tem adiantado, semanalmente, os livros que só chegarão às livrarias daí a 45 dias. O serviço, chamado de Próximo Capítulo, é realizado graças a uma parceria com a MVB / Metabooks e tem por objetivo municiar livreiros de informações do que está no prelo das editoras. Nessa semana, o Próximo Capítulo traz as novidades que chegarão às livrarias entre os dias 05 e 11 de setembro. Entre as novidades, estão A grande ilusão (Arqueiro), de Harlan Coben, e Direitos humanos e relações internacionais (Contexto), de Isabela Garbin. Ao todo, o Próximo Capítulo dessa semana traz 12 novidades. Clique aqui para conferir todas elas. Por enquanto, o Próximo Capítulo está aberto para todos os que se cadastrarem na plataforma, mas em breve, o serviço ficará exclusivo para os assinantes do PN+. A nova seção se soma a outros serviços oferecidos aos assinantes do PN+, como o Radar de Licitações e o Apanhadão Diário. Clique aqui para saber como ser um assinante do PN+.

PublishNews, Redação, 29/07/2021

A Editora Gente está à procura de um analista de conteúdo para cuidar do planejamento de estratégias de comunicação e produção de conteúdo para os canais onde a editora atua. A pessoa contratada também será responsável pela gestão do calendário de conteúdo dos lançamentos e livros do catálogo; pela produção de conteúdo em formato de texto e foto; envio de briefings para designer; produção de releases e redação de textos para e-mail marketing; pelo acompanhamento de performance, relatórios de desempenho e monitoria das redes da editora e da concorrência; relacionamento com influencers e blogueiros e ainda pelo desenvolvimento de campanhas patrocinadas. É preciso ter formação em Marketing, Publicidade, Comunicação ou áreas correlatas; conhecimento e experiência em gestão de redes sociais; noção estética para aprovação e solicitação de artes; familiaridade com social ads e conhecimento de SEO. Os interessados devem se inscrever clicando aqui.

PublishNews, Redação, 29/07/2021

O Itaú Cultural abriu uma vaga para estagiário administrativo para dar suporte às rotinas administrativas do Oceanos – Prêmio de Literatura em Língua Portuguesa e de outros projetos literários em curso. Além disso, será responsável pela manutenção do escritório (organização de documentos e livros; despachos; coletas; agendamentos; atendimento telefônico etc.); gestão de mailing e e-mail institucional; suporte à organização de eventos virtuais e presenciais (no futuro); elaboração de relatórios de atividades; levantamento de dados e pesquisa em literatura. Para o cargo, é necessário estar cursando partir do 3º semestre de graduação na área de Ciências Humanas, preferencialmente Letras, Comunicação Social (Jornalismo ou Relações Públicas), Produção de Eventos ou Administração; gostar / ter interesse em trabalhar na área administrativa; domínio da língua portuguesa; e conhecimento do Pacote Office. É considerado diferencial o interesse em literatura e produção cultural e ter conhecimentos do Pacote Adobe. Os interessados devem se candidatar clicando aqui, até o dia 06 de agosto.

PublishNews, Redação, 29/07/2021

Biblioteca Sinhá Junqueira | © DivulgaçãoA Biblioteca Sinhá Junqueira (BSJ) realiza, neste sábado (31), o primeiro Festival Literário de Inverno de Ribeirão Preto (Flirp). Com nove horas de programação, o evento pretende reunir artistas ribeirão-pretanos de diversas áreas como literatura, arte, música e teatro para valorizar a cultura local. O festival ainda terá a presença de três convidados especiais para conversarem com poetas de Ribeirão. Os escritores Sergio Vaz, Mel Duarte e Daniel Munduruku participam cada um de um bate papo que irá abordar música, sarau, slam e movimentos populares. O Flirp começa sua programação às 13h, o bate-papo com Munduruku está marcado para às 15h; o de Sergio Vaz, para às 17h e Mel Duarte faz sua participação às 19h50. Todo o evento será transmitido pelo canal da BSJ no YouTube.

PublishNews, Redação, 29/07/2021

Toda poesia (Companhia das Letras, 536 pp, R$ 94,90) reúne os dez livros de poemas de Ferreira Gullar, publicados ao longo de quase 60 anos — de A luta corporal, de 1954, até Em alguma parte alguma, de 2010 —, tendo como base a edição revista pelo próprio poeta. No posfácio escrito especialmente para este volume, Antonio Cicero destaca a vasta dimensão da produção do autor de Poema sujo, que inclui “não apenas a beleza, mas a contingência, a precariedade, a banalidade, a feiura, a morte mesma que fazem parte essencial dessa experiência". Com sua obra apaixonante, questionadora e combativa, Gullar se consagrou como um nome incontornável na poesia de língua portuguesa e no debate sobre literatura, artes e cultura do país.

PublishNews, Redação, 29/07/2021

Em Diários em mar aberto (Folhas de Relva, 104 pp, R$ 44,90), novo livro de Leonardo Tonus – professor de literatura brasileira na Sorbonne Université –, o leitor é convidado a navegar por trajetos e tempos alheios, inclusive aos do próprio autor. De uma página para a outra, é possível entrar e sair de navios, trens, aviões, táxis, mover em direção ao passado e quase alcançar tocar a face dos que vieram antes de nós, deixando fotos, pequenos objetos e saudade. Em notas de rodapé ou nas entrelinhas, o texto é contaminado por decretos, registros oficiais, notícias de jornal e discursos xenófobos, mas também por silêncios e pausas. Assim, a poesia de Tonus toma corpo, se oferece como âncora, ou asas, como espaço para a reflexão. Busca nos recolocar no mundo, com os outros, com os que se deslocam conosco, com os que podem vir a ser. O lançamento da obra acontece neste sábado (31), às 16h, na Casa das Rosas (Av. Paulista, 37 – São Paulo / SP).

“A literatura é o trabalho da memória.”
Joel Neto
Escritor português
1.
Mentirosos
2.
Vermelho, branco e sangue azul
3.
Atitudes extraordinárias
4.
Mais esperto que o diabo
5.
Mulheres que correm com os lobos (capa dura)
6.
Escravidão -Vol 2
7.
Torto arado
8.
Negócios para criativos
9.
O poder da autorresponsabilidade
10.
A garota do lago
 
PublishNews, Redação, 29/07/2021

Oitavo livro da poeta Carmem Moreno, Sobre o amor e outras traições (Patuá, 168 pp, R$ 40) fala sobre perdas, ganhos e existência. Dividido em cinco capítulos, o primeiro deles trata de amor, perda, dor e separação, e também de recuperação, resgate de si mesma; o segundo aborda a noção de coragem para amar, se ferir, se reconstituir; no terceiro, Carmen aborda o potencial de combustão do amor. Já no quarto capítulo, a poeta evoca o sentimento eterno e perene de amor que tem por sua mãe já falecida. Por fim, no último capítulo, surge um grito feminista. No final de seu texto na 4ª capa, o poeta e ensaísta Antonio Carlos Secchin sintetiza a escrita de Carmen: “a poesia de Moreno se enlaça às lições de Baudelaire, para quem a missão do escritor é transformar a dor em arte”.

PublishNews, Redação, 29/07/2021

Aquela que não é mãe (Buzz, 112 pp, R$ 39,90), livro de Jaqueline Vargas, busca fazer uma reflexão sobre a maternidade ao se questionar "somos todas mães ou devemos ser?". O livro mostra o percurso da autora pela fantasia, o desejo, o adiamento, a intervenção da medicina, o limite físico, a cobrança dos outros, a cobrança de si mesma e a chegada à não maternidade. O livro, dividido em três partes, fala dessa trajetória através da mulher que é filha, da mulher que quer ser mãe e daquela que não é. Com um tom questionador, Jaqueline brinca com a estrutura do poema, ao mesmo tempo que convida o leitor a refletir com ela sobre o poder do nome mãe e de sua função.

 
©2001-2021 por Carrenho Editorial Ltda. Todos os direitos reservados.
Rua Henrique Schaumann, 1108 A, CEP 05413-011 Pinheiros, São Paulo -SP
O conteúdo deste site não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.