Caso não consiga visualizar corretamente esta mensagem, clique aqui.
PublishNews 25/06/2021
A área de Soluções em Acessibilidade é uma divisão da Fundação Dorina Nowill para Cegos criada para oferecer o mais amplo portfólio de produtos e serviços acessíveis a empresas que desejam não apenas se adequar à lei
Há mais de 50 anos servindo a cultura e educação, é uma das maiores distribuidoras de livros para o ensino de idiomas, técnicos e científicos.
A Catavento atua no mercado de distribuição de livros para todo o país.
PublishNews+, Leonardo Neto, 25/06/2021

Em novembro de 2020, o consultor austríaco Rüdiger Wischenbart e a Bookwire tornaram públicos os resultados do Digital Consumer Book Barometer, estudo que mediu o impacto da pandemia no comportamento do leitor digital brasileiro. À época, Rüdiger concluiu: "Vimos que no Brasil a crise serviu de catalisador na aceleração de uma tendência já existente em direção à transformação digital. O mercado editorial digital no Brasil foi impactado de forma relevante pela pandemia da Covid-19”. Agora, Rüdiger ampliou e atualizou o estudo a pedido da Bookwire. A primeira parte (serão duas) acaba de ser divulgada e é dedicada a analisar os países de língua alemã, Itália, Canadá, México e Espanha, além do Brasil. Com o estudo, Rüdiger e a Bookwire querem mostrar como as estratégias de preços e a expansão de modelos de negócios impactaram o crescimento do consumo de conteúdos editoriais no formato digital. A primeira conclusão apontada pelo consultor é que o fechamento das livrarias no início da pandemia e massificação do home office resultaram em um “crescimento maciço” do consumo digital de todos os tipos de livros e em todos os territórios analisados. A segunda conclusão é que as políticas de precificação adaptada impactaram na criação de novos grupos de consumidores tanto de e-books quanto de audiolivros. O estudo conclui ainda que houve aumento significativo do consumo de conteúdos digitais mediadas por plataformas de assinatura e de bibliotecas digitais. O artigo completo com outros detalhes do relatório está publicado no PublishNews+, área exclusiva para assinantes do PN. Para acessá-lo, clique aqui. Caso você ainda não seja assinante do PN+, poderá ler o artigo gratuitamente, mas antes precisa fazer um cadastro rápido clicando aqui. Além de artigos, o PN+ entrega aos seus assinantes uma série de serviços exclusivos, como o Radar de Licitações, que apresenta dois editais de compra de livros ou de serviços editoriais toda semana; o Próximo Capítulo, que apresenta os livros que só chegarão às livrarias daqui a 45 dias; o Apanhadão Diário, que reúne as principais notícias sobre o mercado de livros e entrega aos assinantes via e-mail todos os dias pela manhã, e o Painel Analítico da Lista dos Mais Vendidos, que oferece uma série de insights para editores e livreiros. Para assinar o PN+, clique aqui.

PublishNews, Leonardo Neto, 25/06/2021

Vai dar em casamento! 'Livre' encerra a trilogia da história de Christian Grey e Anastasia Steeele contada pela ótica dele | © Reprodução do filmeSe tem novo livro de E.L. James, ele vai aparecer aqui na Lista dos Mais Vendidos do PublishNews. E, claro, não foi diferente com Livre (Intrínseca), que finaliza a trilogia que reconta a história de Christian Gray e Anastasia Steele, sob a ótica dele. Na semana de estreia, o volume conquistou a sexta posição da Lista de Ficção, com 907 cópias vendidas. De acordo com dados reunidos no Painel Analítico, um dos serviços exclusivos para assinantes do PN+, Grey e Mais escuro, os dois primeiros títulos da trilogia, venderam, juntos 357 mil cópias. Os números são muito, mas muito, mais modestos do que a trilogia Cinquenta tons de cinza, que conta a história sob a ótica de Anastasia. Todos os títulos e versões reunidas bateram a casa de dois milhões de cópias, ainda de acordo com os dados consolidados pelo Painel Analítico do PN+. Na comparação com a semana passada, essa teve crescimento de 14%. Ficção é a que mais cresceu, 62%. O surgimento de Livre ajudou, mas merece destaque nessa conta o desempenho dos dois títulos da categoria que alcançaram o pódio do Ranking Geral: o box O essencial Sherlock Holmes (Aeroplano), de Arthur Conan Doyle, ocupante da posição dois da semana, com 3.215, e A garota do lago (Faro), de Charlie Donlea, na terceira, com 2.629. Desobedeça (Gente), de Maurício Benvenutti, foi o campeão de vendas, com 4.980. Clique no Leia Mais e confira as outras quatro novidades da semana.

PublishNews, Redação, 25/06/2021

No início do mês, as associações brasileiras dos Autores de Livros Educativos (Abrale) e de Editores e Produtores de Conteúdo e Tecnologia Educacional (Abrelivros) enviaram uma carta ao ministro da Educação, Milton Ribeiro, registrando as suas preocupações com os caminhos do PNLD 2023. Segundo o documento revelado em primeira mão pelo PublishNews, o PNLD 2023 estaria “comprometido” por conta de problemas no edital que até então não haviam sido solucionados. Autores e editores alegavam ainda não haver mais tempo hábil para o cumprimento total do que é pedido no edital. Agora, segundo o portal G1, as duas entidades disseram que o Ministério da Educação (MEC) reapareceu, após meses de silêncio, e afirmou que vai tirar dúvidas a respeito das obras que poderão ser usadas nas escolas em 2023. Na última terça (22), Abrelivros e Abrale tiveram uma reunião com representantes da Secretaria de Educação Básica, da Secretaria de Alfabetização (Sealf) e do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) que se comprometeram em flexibilizar as exigências do programa, tirando as dúvidas e ampliando os prazos de entrega. O prazo original para as editoras entregarem os livros para o PNLD 2023 terminava em 5 de agosto deste ano e incluía um volume enorme de material. Na reunião, segundo a Abrale e a Abrelivros, ficou combinado que a data será prorrogada por 10 dias. Ainda segundo o G1, houve um desmembramento dos objetos: primeiro, serão apresentados os livros principais dos professores e alunos e depois, em outubro, os demais itens – como conteúdos audiovisuais. No entanto, as editoras ainda esperam que o MEC esclareça dúvidas sobre o edital.

PublishNews, Redação, 25/06/2021

Desta sexta-feira (25) e até domingo (27), a Companhia das Letras realiza a segunda edição do festival Na Janela Reflexos – Diálogos literários. Na programação, 16 escritores falam sobre livros, leituras, carreira e personagens, em oito encontros em que autor entrevista autor, sem mediações. Entre as principais atrações estão autores de lançamentos recentes, como Daniel Galera (O deus das avencas), Aline Bei (Pequena coreografia do adeus), Bernardo Carvalho (O último gozo do mundo) e Natércia Pontes (Os tais caquinhos). A apresentação fica a cargo do jornalista Schneider Carpeggiani e da influenciadora Camilla Dias. Além disso, o festival é parceiro de uma série de livrarias de rua e independentes, que vão vender os livros dos autores da programação. São elas: Livraria da Vila, da Travessa, Livraria Martins Fontes, Blooks, Janela Livraria, Livraria LDM, Livraria Baleia, Mandarina e Livraria da Tarde. As conversas serão transmitidas ao vivo no canal da Companhia das Letras no YouTube. A programação completa você confere clicando aqui.

PublishNews, Redação, 25/06/2021

Marina Colasanti | © DivulgaçãoO projeto Reconto: Cada qual no seu Recanto – Mostra Internacional de Contadores de Histórias, chega ao 10º encontro com uma edição comemorativa e gratuita, neste domingo (27), das 16h às 19h. O evento homenageará Marina Colasanti, que participará de um bate-papo sobre o imaginário em sua obra. A autora receberá uma homenagem na mesa Marina Colasanti, um fio para muitas vozes, que vai receber dez contadores de histórias que já participaram da mostra, de diversos recantos do Brasil e do mundo. O evento também contará com participação especial de Eliane Yunes, presidente do Conselho de Desenvolvimento do iiLer / Cátedra UNESCO de Leitura da PUC-Rio. Além dela, também estarão presentes contadores de histórias de Portugal (Cristina Taquelim e Tâmara Bezerra), Espanha (Ernesto Abad), Rio de Janeiro (Ana Luisa Lacombe e Lúcia Fidalgo), Minas Gerais (Nayara Fernanda e Rosana Mont’Alverne), Ceará (Sandra Santaella) e Rio Grande do Sul (Celso Sisto). A programação completa você confere no site GoFree. Para assistir o evento, os interessados deverão retirar o ingresso grátis pelo site, ou acessar o canal do Youtube da Biblioteca Paraíso.

PublishNews, Redação, 25/06/2021

Em Troca-tintas (Boitatá, 36 pp, R$ 47), o autor e ilustrador Gonçalo Viana convida o leitor a desarrumar as ideias e a pintar a realidade de várias cores e tons. “Era uma vez dois amigos, um cão alaranjado, uma pipa vermelha e uma árvore... branca?! Não pode ser! Vamos começar de novo. Era uma vez uma nuvem verde... carregada de frutas? Ou será as nuvens e as árvores podem se transformar se o ilustrador colorir o mundo como bem entender?”, brinca Viana na obra. Troca-tintas é uma história sobre a possibilidade de revolucionar as cores – e os pontos de vista – e, assim, criar uma felicidade original. Primeiro livro infantil do autor, publicado em 2019, em Portugal, já levou o Prêmio Bologna Ragazzi 2020, Menção especial Opera Prima, além de ser selecionado para o catálogo internacional The White Ravens 2020 e para o Nami Concours 2021.

PublishNews, Redação, 25/06/2021

O Pantanal é a maior planície de inundação do mundo – são 250 mil km² de extensão – e guarda em suas matas uma diversidade enorme de animais, muitos deles correndo risco de vida devido às queimadas e intervenções cada vez maiores dos humanos. Em Brasileirinhos do Pantanal (Companhia das Letrinhas, 48 pp, R$ 49,90), quarto volume da coleção Brasileirinhos, Lalau e Laurabeatriz se voltam para a fauna pantaneira, dando versos e ilustrações aos animais que lá habitam. Do piau-três-pintas ao lagarto-jacaré, essa seleção vai divertir e conscientizar os pequenos leitores sobre os tesouros vivos do Brasil. O jaguarundi, um felino que gosta de água e é um ótimo nadador; a muçurana, cobra que adora comer serpentes venenosas; o piau-três-pintas que exibe pintas pretas sobre as escamas prateadas e muitos outros animais são apresentados aos pequenos leitores. A ideia das autoras é que a coleção ajude as crianças a conhecer os biomas brasileiros e ter orgulho da nossa biodiversidade para ajudar a preservar.

PublishNews, Redação, 25/06/2021

Em O Monstro das Cores vai à escola (Aletria, 40 pp, R$ 59 – Trad.: Rosana Mont’Alverne), da escritora catalã Anna Llenas, o personagem experimenta uma realidade completamente nova. Depois de O Monstro das Cores, onde o monstrinho aprende a lidar com seus sentimentos, nessa nova aventura, ele vai viver o seu primeiro dia de aula e descobrir que, na escola, também há muitas emoções para serem vividas. A obra serve como uma metáfora daquela etapa comum à vida das crianças, quando elas passam a dividir o seu tempo entre a casa e a escola. No blog da Aletria, Carlos Andrei Siqueira fala sobre a obra e a relaciona com a volta às aulas nas escolas de Belo Horizonte, onde a editora é sediada.

“Creio que uma forma de felicidade é a leitura.”
Jorge Luis Borges
Escritor argentino (1899 - 1986)
1.
Desobedeça
2.
Box - O essencial Sherlock Holmes
3.
A garota do lago
4.
A revolução dos bichos
5.
Mais esperto que o diabo
6.
Escravidão -Vol 2
7.
Do mil ao milhão
8.
Torto arado
9.
O poder da autorresponsabilidade
10.
Mulheres que correm com os lobos (capa dura)
 
PublishNews, Redação, 25/06/2021

Escrita por Jótah, A Caixa (Saberes e Letras, 32 pp, R$ 28,80) mostra, através de ilustrações, as brincadeiras possíveis com uma caixa. O que tem dentro dela? Quantos brinquedos cabem nela? Boneca, bola, papel, urso de pelúcia, lápis coloridos... E se a gente pensar “fora da caixa”? Quantos brinquedos será que dá para fazer com ela? Uma caixa pode ser apenas uma caixa, mas se você quiser, pode ser muito mais. É só usar a criatividade e expandir seus limites. A Caixa faz parte da coleção Conta pra mim e é publicada pelo novo selo da Paulinas, Saberes e Letras, com foco na educação cultura e literatura inteligente.

PublishNews, Estevão Ribeiro, 25/06/2021

 
©2001-2021 por Carrenho Editorial Ltda. Todos os direitos reservados.
Rua Henrique Schaumann, 1108 A, CEP 05413-011 Pinheiros, São Paulo -SP
O conteúdo deste site não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.