Caso não consiga visualizar corretamente esta mensagem, clique aqui.
PublishNews 28/05/2021
A Transpo Express é uma transportadora que já atua há 10 anos focada completamente no segmento editorial
A Catavento atua no mercado de distribuição de livros para todo o país.
Um agregador digital como a Bookwire, com tecnologia de ponta, informações ágeis e um painel de controle completo é fundamental para o sucesso de sua editora e de seus e-books. E agora toda esta tecnologia está disponível no Brasil.
PublishNews, Talita Facchini, 28/05/2021

E. Lockhart | © Heather WestonO poder do TikTok na venda dos livros já foi discutido pelo PublishNews em algumas ocasiões esse ano. Primeiro, Maju Alves, responsável pelos projetos especiais da casa, falou sobre lado literário da plataforma – o booktok – e como as editoras podem tirar proveito disso. Na mesma semana, Corte de espinhos e rosas (Galera), obra de Sarah J. Maas amplamente citada no aplicativo, entrou para a lista dos mais vendidos e no início desse mês, o PN dedicou um episódio do Podcast para discutir sobre o assunto. Toda essa introdução para falar de Mentirosos (Seguinte), obra de E. Lockhart publicada em 2014, e que nessa semana alcançou o terceiro lugar da Lista Geral ao vender 1.192 exemplares. Em março, o Estadão repercutiu uma matéria do The New York Times em que Lockhart se disse surpresa ao ver que lá fora, o livro tinha voltado às listas dos mais vendidos graças às menções no TikTok. Demorou um pouco, mas o mesmo aconteceu por aqui. Vídeos como o do booktoker Thiago Neiva, que conta com mais de 260 mil seguidores, podem ser vistos na plataforma atiçando a curiosidade do leitor sobre a obra que conta a história de quatro amigos – Cadence, seus primos Johnny e Mirren e o amigo Gat – que formam um grupo chamado Mentirosos. Dois anos depois de um estranho acidente, a garota retorna ao lugar onde eles sempre passavam as férias para juntar as lembranças do que realmente aconteceu com ela. Junto com Mentirosos, o pódio dessa semana tem Torto arado (Todavia), de Itamar Vieira Junior em primeiro lugar com 1.535 e Mais esperto que o diabo (Citadel), em segundo com 1.522 exemplares vendidos na semana. Com uma queda de 5% nas vendas com relação a semana passada, a lista deu as boas-vindas a dez obras. Clique no Leia Mais para ler a íntegra desta nota.

PublishNews, Leonardo Neto, 28/05/2021

Pela terceira vez, a Pallas concorre como editora do ano do Bologna Prize (BOP). O prêmio, criado pela Feira do Livro Infantil e Juvenil de Bolonha em 2013 em parceria com as associações Italiana de Editores (AIE) e Internacional de Editores (IPA), busca editoras que se destacaram na vanguarda da inovação ao longo do ano anterior. A Pallas é a única brasileira no páreo. O prêmio é dividido em seis áreas geográficas: África, América do Norte, Ásia, Europa, Oceania e Américas Central e do Sul, categoria na qual a Pallas concorre com a chilena Amanuta, a argentina Ojoreja e as colombianas Rey Naranjo e Tragaluz. Os expositores que marcaram presença na última edição presencial da Feira de Bolonha, em 2019, e os inscritos nas edições de 2020 e 2021 escolherão os vencedores em votação que contará ainda com o reforço de associações de editores e instituições culturais dedicadas à promoção do livro e da leitura em todo o mundo. Os que tiverem mais votos serão os ganhadores. "Estamos muito felizes em figurar na lista dos finalistas deste prêmio pela terceira vez. É o reconhecimento da relevância e excelência do nosso trabalho. Espero que os editores brasileiros votem na gente!”, disse Mariana Warth, editora da Pallas. Clique no Leia Mais e confira a íntegra desta nota.

PublishNews, Leonardo Neto, 28/05/2021

Já é uma tradição. Todo ano, a Revista Crescer faz uma seleção, a partir de indicações de um time de jurados, dos “30 Melhores Livros Infantis do Ano”. Para a seleção de 2020, os júri foi composto por 41 pessoas e há nomes como Beto Silva, Denise Guilherme, Isabela Zappa, Maria das Graças Monteiro Castro e Zenaide Denardi (a lista completa está na íntegra desta matéria). Entre os 30 livros escolhidos pela revista, há 10 publicados pelos selos infantis do Grupo Companhia das Letras (Companhia das Letrinhas, Pequena Zahar e Brinque-Book). Os demais estão distribuídos entre grandes editoras como HarperCollins (1 título), Salamandra (1) e Moderna (1) e editoras independentes como OZé (3), Jujuba (3), Caixote (2) e Pulo do Gato (2). Renato Moriconi, que participa de O menino que virou chuva (Caixote), junto com Yuri de Francco, e assina a autoria de Ceumar Marcéu (Jujuba); Guilherme Karsten, autor de A caçada (HarperKids / Leiturinha) e Carona (Companhia das Letrinhas), e Odilon Moraes, coautor de Bia e o elefante piquenique (Jujuba), com Carolina Moreyra, e de O pai da mãe (Caixote), com Cristiane Gomes são os três únicos que aparecem mais de uma vez na lista. Nomes consagrados da literatura infantil nacional também marcam presença. É o caso de Alexandre Rampazo, com Um belo lugar (VR); Nelson Cruz, que assina Sagatrissuinorana (OZé), com João Luiz Guimarães; André Neves, com Obrigado (Pulo do Gato); Mariana Massarani, que ilustrou É o tambor de crioula! (Projeto), de Sonia Rosa, e Lúcia Hiratsuka, com A máquina de retrato (Moderna). Novos nomes da literatura nacional também tiveram espaço. É o caso de E foi assim que eu e a escuridão ficamos amigas (Companhia das Letrinhas), de Emicida e Aldo Fabrini; Nanão (Pulo do Gato), de Gustavo Piqueira, e O black power de Akin (Editora de Cultura), de Kiusan de Oliveira e Rodrigo Andrade. A lista traz também traduções. É o caso de A alma perdida (Todavia), da Prêmio Nobel Olga Tókarczuk e Joanna Concejo, que ganhou tradução de Gabriel Borowski, e Clara e o homem da janela (Amelí), das argentinas María Teresa Andruetto e Martina Trach, com tradução de Lenice Bueno. Clique no Leia Mais e confira a lista completa.

PublishNews, Redação, 28/05/2021

Yala Araujo, Maria Borin, Johanna Stein e Livia Debbane tocarão a gato sem rabo |© Beatriz AlvesA gato sem rabo (a grafia é assim, com tudo em caixa baixa mesmo), nova livraria do centro de São Paulo capitaneada por Johanna Stein, abre as portas neste sábado (29). Seu acervo, selecionado em parceria com mais de 150 editoras, é constituído de obras só de mulheres que escrevem nas mais diversas áreas, desde clássicos da literatura de ficção até filosofia, arte, ciência e literatura infantojuvenil, dando ênfase à amplitude dessa produção. Localizada na Rua Amaral Gurgel 338, a loja tem 65m² e conta com 1.500 títulos e cinco mil exemplares expostos. Em março, Johanna participou do Podcast do PublishNews. Na conversa, ela deu detalhes sobre a nova livraria, falou da importância da curadoria e escolha do catálogo e sobre o trabalho de divulgação de obras escritas por mulheres.

PublishNews, Redação, 28/05/2021

Parte do calendário oficial do município de São Paulo – por meio da Lei 17.370/20, de autoria do vereador Professor Eliseu Gabriel (PSB) – a primeira Virada da Leitura está marcada para acontecer neste sábado (29). A programação, que terá atividades como contação de histórias, peças teatrais, workshops, rodas de bate-papo e musicais, tem como objetivo despertar o interesse pelo consumo de obras literárias. Ao todo, serão 12 horas de atrações ininterruptas, com destaque para a participação do cartunista Mauricio de Sousa, o “pai da Turma da Mônica”, às 16h. Também durante a Virada da Leitura será lançada a segunda edição da Ação Cultural Jovem Poeta. Nela, estudantes de 8 a 17 anos são convidados a escrever uma poesia com o tema “Boas lembranças”, que poderá compor um e-book a ser distribuído gratuitamente. O evento, on-line e gratuito, será transmitido pelas redes sociais da Estudo e Leitura e a programação completa você confere clicando aqui.

PublishNews, Redação, 28/05/2021

A já tradicional Feira do Livro do Colégio Miguel de Cervantes acontece este ano, pela primeira vez, de maneira totalmente on-line. Até este sábado (29), a 37ª edição da feira acontece com o tema Por uma literatura mais plural e vai reunir autores nacionais e espanhóis. Nesta sexta, às 19h30, acontece a mesa Construção de leitores em família: dos bebês e crianças aos eternos jovens, com a presença de Daniela Padilha, empreendedora no mercado de livros infantis; Penélope Martins, escritora, advogada e narradora de histórias e Denise Tonello, professora, mestra em educação, orientadora educacional e coordenadora do Centro de Formação Saber Mais e Mais. No sábado, acontece uma mesa sobre clubes de leitura, bate-papo com os autores Rui de Oliveira, Felipe Castilho, Rodrigo Petrônio e encontros virtuais com Fido Nesti, Lúcia Hiratsuka, Roger Melo e Felipe Cavalcante. A programação completa com os links para as atividades você encontra clicando aqui. Até o final do evento, as editoras parceiras oferecerão descontos em suas obras.

PublishNews, Redação, 28/05/2021

Eixo digital da Bienal Internacional do Livro de Pernambuco, a e-Bienal realiza nesta sexta (28), às 17h, em parceria com o Porto Digital, e dentro do Círculo de Ideias, o debate O futuro do livro e da educação no Brasil, com três nomes do polo tecnológico pernambucano: Silvio Meira, Luciano Meira e Alex Sandro Gomes. Rossini Barreira, coordenador de comunicação do Porto Digital mediará a conversa. Entre os temas abordados estará a relação entre literatura, educação e tecnologia. Durante a semana, a e-Bienal já discutiu como seria o mundo sem livrarias, com Roger Chartier e sobre a "terreirização" das escolas com Luiz Antonio Simas e Luiz Rufino. Para assistir as mesas e conferir a programação completa, clique aqui.

PublishNews, Redação, 28/05/2021

Ao se deparar com seu reflexo no espelho pela primeira vez, uma menina começa uma grande brincadeira consigo mesma. Entre caretas, piruetas e risadas, a explosão de cor e formas no meio da página vai crescendo conforme ela e o leitor mergulham cada vez mais nessa dança da imaginação. Logo, a menina e seu reflexo se tornam um só – até mesmo para o leitor. Afinal, o que é a realidade e o que é a imagem mostrada pelo espelho? Publicado pela primeira vez em 2003, na Itália, e esgotado no Brasil desde que a Cosac Naify encerrou suas atividades, Espelho (Companhia das Letrinhas, 56 pp, R$ 49,90), livro-imagem de Suzy Lee, retorna às prateleiras em uma nova edição, que mantém o projeto gráfico original, e traz texto inédito do escritor, ilustrador e professor Odilon Moraes na quarta capa. Ao lado de Onda (2017) e Sombra (2018), o livro completa a chamada Trilogia da Margem, que explora a materialidade do livro na hora de contar a história, colocando a costura entre as páginas como parte da narrativa.

“A livraria é o lugar onde as pessoas se encontram. A livraria promove a diversidade.”
Alfredo Weiszflog
Editor e membro do conselho da Melhoramentos
1.
Torto arado
2.
Mais esperto que o diabo
3.
Mentirosos
4.
A rainha vermelha
5.
Mulheres que correm com os lobos (capa dura)
6.
Vermelho, branco e sangue azul
7.
Corte de espinhos e rosas
8.
Box Harry Potter
9.
A nova batalha
10.
O milagre da manhã
 
PublishNews, Redação, 28/05/2021

A família poliglota e sua galinha de estimação Kiki estão embarcando em suas primeiras férias no Brasil, o país de animais exóticos, do futebol, do samba, do carnaval e de pessoas amigáveis e calorosas. Seu destino final: o Rio de Janeiro, com suas paisagens de tirar o fôlego. Kiki, Dylan e Isabella mal podem esperar para começar a curtir suas férias na famosa praia de Copacabana e Kiki, uma galinha muito independente, decide dar uma volta sozinha para explorar a praia. No livro bilíngue Kiki goes to Brazil (Linguacius, 32 pp, R$ 49,90), o quarto da série escrita pelo mineiro Victor Santos, as crianças irão aprender que a amizade não tem fronteiras e que o conhecimento de outros idiomas e culturas podem abrir as portas em qualquer lugar.

PublishNews, Redação, 28/05/2021

Uma notícia de jornal e uma história tradicional foram o mote para a escritora e narradora de histórias Clara Haddas recontar e recriar um conto popular africano. Dizem que um dia, Cadu, o elefante curioso, ficou intrigado e quis descobrir o que é que o crocodilo come ao meio-dia. E foi assim que sua curiosidade o levou longe. Com ilustrações da portuguesa Sónia Borges, o livro O que o crocodilo come ao meio-dia (Telos, 56 pp, R$ 68) fala sobre a curiosidade e como ela pode ser uma alavanca para o conhecimento de si mesmo, estimulando a autoestima e autoaceitação.

 
©2001-2021 por Carrenho Editorial Ltda. Todos os direitos reservados.
Rua Henrique Schaumann, 1108 A, CEP 05413-011 Pinheiros, São Paulo -SP
O conteúdo deste site não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.