Caso não consiga visualizar corretamente esta mensagem, clique aqui.
PublishNews 12/03/2021
A Transpo Express é uma transportadora que já atua há 10 anos focada completamente no segmento editorial
A área de Soluções em Acessibilidade é uma divisão da Fundação Dorina Nowill para Cegos criada para oferecer o mais amplo portfólio de produtos e serviços acessíveis a empresas que desejam não apenas se adequar à lei
Há 14 anos no mercado, representa cerca de 400 editoras do comércio varejista de livros. Tem aproximadamente 820 mil títulos em estoque, e cerca de 400 novos títulos ao mês.
PublishNews, Talita Facchini, 12/03/2021

Na semana em que foi comemorado o Dia Internacional da Mulher, a obra Mulheres que correm com os lobos – capa dura (Rocco), da psicóloga junguiana Clarissa Pinkola Estés, alcançou o primeiro lugar da Lista Geral com 1.892 exemplares vendidos. Considerada um clássico dos estudos sobre o sagrado feminino e o feminismo, a obra fez sua estreia na lista dos mais vendidos no final de 2017. No final do ano seguinte, foi o primeiro de uma série de long-sellers da Rocco a ganhar edição com novo projeto gráfico e capa dura. A ideia deu tão certo, que desde então, Mulheres que correm com os lobos é figura recorrente na lista. Em 2019, essa nova edição fechou o ano com 51.956 exemplares vendidos, segundo os números do PublishNews. Em 2020 foram 43.744, e até o momento, o livro vendeu mais 15.422 cópias. Em uma semana com queda de 15% nas vendas em relação a semana passada, a lista trouxe sete novidades, com destaque para o livro General Villas Bôas: conversas com o comandante (FGV), do professor e pesquisador Celso Correa Pinto de Castro que garantiu o 11º lugar de Não ficção. As revelações de Villas Bôas contidas na obra causaram polêmica no último mês. No livro ele revela que suas postagens feitas na véspera do julgamento do ex-presidente Lula, em 2018, para pressionar a corte, foram escritas com ajuda do Alto Comando do Exército. Clique no Leia Mais para conferir a íntegra desta nota.

PublishNews, Leonardo Neto, 12/03/2021

Livraria Dujiangyan Zhongshuge, localizada em Chengdu, é uma das novas livrarias da China | © Redes sociais da arquiteta Li Xiang, fundadora da X+Living, responsável pelo projetoA China é o quinto país perfilado pela PubMagNet, série que tem trazido relatórios sobre diversos mercados internacionais apresentados por jornalistas de veículos de comunicação especializados na cobertura da indústria editorial pelo mundo. Quem envia notícias de lá é Sanguo Cheng, CEO da Bookdao. Ele aponta que, em 2020, o varejo de livros no país movimentou RMB 97,08 bilhões, equivalente a cerca de R$ 83 bilhões, o que representa queda de 5,08% na comparação com 2019. É a primeira vez que o faturamento do varejo de livros cai no país desde 2013. “A razão para a queda foi principalmente a epidemia de covid-19, que afetou todos os setores da sociedade, incluindo o mercado de livros”, disse Cheng. Nos cinco antes de 2020, a OpenBook registrou crescimento de 10% no varejo de livros na China. A queda, claro, foi sentida especialmente pelas livrarias físicas, cujas vendas totais caíram 33,8%, enquanto as livrarias virtuais cresceram 7,27%. “Apesar disso, a tendência de inaugurações de novas livrarias físicas continua inabalável. De acordo com o China Bookstore Industry Report de 2020, lançado pelo Bookdao, a China fechou 1.578 livrarias, mas ganhou 4.096 novas livrarias em 2020”, disse Cheng. A série PubMagNet é exclusiva para assinantes do PublishNews+. Para acessar, clique aqui.

PublishNews, Redação, 12/03/2021

A Vinyx Multimídia, empresa que fornecia produtos e serviços à Saraiva, foi à Justiça pedir a falência da empresa que está em recuperação judicial. O valor informado na ação é de R$ 252 mil. Em esclarecimentos à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a companhia de capital aberto informou que ainda não foi citada no processo e, por isso, dispõe apenas das informações extraídas das petições iniciais do pedido de recuperação judicial. “A Companhia informa, preliminarmente e com fundamento apenas nas informações a que teve acesso por meio virtual, que se o Varejo for demandado a arcar com o valor objeto do referido pedido de falência, tal pagamento não afetará a solvência do Varejo ou da Companhia”, diz a nota encaminhada à CVM. Em 2021, esse é o segundo pedido de falência da Saraiva. Em janeiro, a Culturama também foi à Justiça exigindo o pagamento de dívida pós-concursal no valor de R$ 224 mil. No entanto, a editora desistiu do processo no início desse mês.

PublishNews, Camila Cabete, 12/03/2021

Com a nossa economia indo para o buraco; o real se desvalorizando absurdamente frente a outras moedas – ok, magicamente, de terça para cá o dólar magicamente caiu um pouquinho – e sem uma previsão de que as coisas melhorem, as livrarias digitais de e-books e audiolivros têm sofrido muito. Isso porque, os livros internacionais, que em muitas livrarias digitais chegavam a 30% das vendas, ficaram absurdamente caros, o olho da cara. Acontece assim porque a maioria das livrarias faz a conversão automática da moeda original para o real. Existe um movimento em que editoras internacionais têm colocado em seus metadados uma tabela de preços específica para Brasil, para evitar que um audiobook chegue aqui custando mais de R$ 300, por exemplo. Então, baseada nessa iniciativa eu digo: façam a mesma coisa, só que ao contrário. Saiba como fazer isso clicando no Leia Mais.

PublishNews, Redação, 12/03/2021

Na semana passada, o PublishNews repercutiu a notícia adiantada pela Folha de que o Ministério da Educação (MEC) pretendia nomear como coordenadora de materiais didático, a professora Sandra Ramos, aliada ao movimento Escola sem Partido. Pois bem, nesta quarta (10), o ministro da Educação, Milton Ribeiro, concretizou a nomeação. Sandra irá integrar a Diretoria de Articulação e Apoio às Redes de Educação Básica da Secretaria de Educação Básica do MEC. A decisão foi criticada por especialistas em educação e por entidades estudantis.

PublishNews, Redação, 12/03/2021

Fãs de literatura conhecem bem o trabalho de Tom Gauld. Suas historinhas sobre escritores e leitores e suas tiradas sobre o universo do livro tornaram-se clássicas entre os apaixonados pela leitura. Em Guarda lunar (Todavia, 96 pp, R$ 54,90 - Trad.: Hermano Freitas), o ilustrador escocês volta à forma longa, como no premiado Golias, e os admiradores logo reconhecerão os traços mais marcantes de seu trabalho: o humor seco, a economia na ação, o clima melancólico que revela a graça, a tristeza e o absurdo da vida cotidiana. Nas rondas do solitário policial da Lua, pouco acontece: um cachorro foge, um robô dá defeito, um morador volta para a Terra. Num futuro em que a colonização do espaço tornou-se aparentemente banal, o guarda circula pelo vasto cenário vazio numa sucessão de dias que se confundem. Ao mesmo tempo divertido e sorumbático, o livro captura verdades essenciais sobre quem somos. Ao combinar passado, presente e futuro, Gauld cria um mundo de ficção científica quase igual ao nosso — um ajuste nas lentes que revelarão ao leitor uma realidade tão próxima quanto surpreendente.

PublishNews, Redação, 12/03/2021

Obra de estreia do diretor teatral João Hannuch no mercado editorial, Limonada (Giostri, 124 pp, R$ 70) conta a história de Beto, um rapaz gay que, durante as comemorações do seu aniversário de 30 anos, recebe a visita inesperada de seus ex-namorados e, aquilo que poderia se tornar um fiasco, se transforma numa jornada para reconstruir e ressignificar suas memórias afetivas. Limonada é uma adaptação da peça de teatro homônima, escrita também por Hannuch, que estreou em 2017, montada pela Benvinda Cia. A ideia de adaptar a peça para quadrinhos tomou forma durante o período de isolamento social em 2020, quando apresentações teatrais deixaram de acontecer para evitar aglomerações. Hannuch utiliza da narrativa visual, lúdica, alegórica e debochada para dar uma nova roupagem para a dramaturgia através das ilustrações. O lançamento do livro acontece logo mais, às 18h, pela plataforma Zoom. Os interessados podem se inscrever e comprar o ingresso clicando aqui.

PublishNews, Redação, 12/03/2021

ResiduaA (Risco Impresso, 38 pp, R$ 30), do quadrinista espanhol Sao., pseudônimo de Alfredo Santos, é uma HQ abstrata que parte da própria significação do que é o traço para assim desconstrui-la e transformá-la em imagens sequenciais. A obra, portanto, explora as relações entre o traço e o movimento, seja da dança, da música ou do próprio ato de desenhar, colar e sobrepor imagens. As sobreposições e desdobramentos visuais marcam essa história em quadrinhos, acrescidos de fragmentos de palavras e orações que ora dão movimento e som às páginas, ora a indagam. Ao longo das suas 38 páginas, o ResiduaA funciona como uma declaração de intenções e um convite a trilhar os novos caminhos da narrativa gráfica.

“Um clássico é um livro que nunca terminou de dizer aquilo que tinha para dizer.”
Ítalo Calvino
Escritor italiano (1923-1985) em 'Por que ler os clássicos'
1.
Mulheres que correm com os lobos (capa dura)
2.
Mais esperto que o diabo
3.
Excelência para obstinados
4.
Torto arado
5.
Pense simples
6.
O duque e eu
7.
Mindset
8.
Atitude positiva diária
9.
Minha história
10.
A coragem de ser imperfeito
Box Harry Potter
 
PublishNews, Redação, 12/03/2021

Publicada originalmente em 1995, Tangências (Conrad, 64 pp, R$ 54,90) é composta por oito histórias que mostram variações de relações sentimentais, tangenciais, imperfeitas e limitadas, que chegam ao fim. Na obra, quadrinista Miguelanxo Prado deixa seu lado sarcástico de lado por um momento para oferecer aos leitores uma visão cúmplice, madura e profunda desses temas. Artistas, funcionários, profissionais, políticos…. pessoas pertencentes a camadas mais ou menos abastadas da sociedade, para quem essas relações acabam em conflito com os seus próprios interesses e que, no final, não sabem, ou não querem, mantê-las. O resultado final, seja paradoxal, vingativo, dramático ou mesmo trágico, é carregado com um realismo e intensidade emocional. A edição da Conrad ainda conta com um extra exclusivo: uma nova entrevista com Miguelanxo Prado feita pelo jornalista e editor Sidney Gusman.

PublishNews, Estevão Ribeiro, 12/03/2021

 
©2001-2021 por Carrenho Editorial Ltda. Todos os direitos reservados.
Rua Henrique Schaumann, 1108 A, CEP 05413-011 Pinheiros, São Paulo -SP
O conteúdo deste site não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.