Caso não consiga visualizar corretamente esta mensagem, clique aqui.
PublishNews 19/06/2019
A BOOKPartners é uma distribuidora completa: atende toda a cadeia do livro e seus devidos processos. Em sua estrutura reúne cerca de 220 colaboradores, dois centros de distribuição, e-commerce e marcas voltadas a segmentos específicos de leitores.
Primavera Assessoria oferece serviço de revisão de textos em português, preparação de originais para editoras e autores, padronizações e outros serviços editoriais.
A Transpo Express é uma transportadora que já atua há 10 anos focada completamente no segmento editorial. Faz entregas e coletas em editoras, distribuidoras, livrarias, gráficas e grandes redes. A área de atuação atualmente engloba São Paulo (Capital), grande São Paulo, Jundiaí, Campinas e todo o estado do Rio de Janeiro.
PublishNews, Leonardo Neto, 19/06/2019

No final de outubro, antes mesmo de pedir recuperação judicial, a Saraiva resolveu fechar 19 lojas de uma só vez. A unidade do Shopping West Plaza, localizado na Zona Oeste de São Paulo, foi uma dessas. Desde então, o shopping estava desguarnecido de livraria. Isso mudou nessa terça-feira (18). É que a Leitura, rede de livrarias que já há muito deixou de ser mineira, inaugurou ali a sua quarta loja na capital paulista e a 10ª no estado. A empresa reporta crescimento de 10% no seu faturamento em comparação com igual período do ano passado, mantém a sua política de expansão e promete mais quatro novas lojas físicas (além da retomada do seu e-commerce) para o segundo semestre, três delas na região Sudeste e uma no Distrito Federal. Com isso, a rede deve terminar 2019 com 75 lojas, em 20 unidades da federação. Só a título de comparação, a Saraiva está com 77 lojas de acordo com o último relatório mensal de atividades apresentado pela administradora judicial.

PublishNews, Leonardo Neto, 19/06/2019

Uma livraria sem vendedores, nem caixas e com livros a preços populares. O próprio cliente escolhe e paga seu livro, sem a supervisão de um funcionário. Essa é a proposta da Peg&Pag, que já tem 16 unidades em São Paulo e no Paraná e agora ganha mais uma, a primeira da rede em Belo Horizonte. Instalada no Shopping Minascasa (Av. Cristiano Machado, 3411 – Ipiranga), a loja disponibiliza cerca de 5 mil exemplares de diversas categorias por um preço único de R$ 10. O plano é atingir faturamento de R$ 25 mil por mês na nova unidade. “Alcançamos 17 lojas abertas e temos mais oito contratos fechados. A ideia nossa é abrir uma loja a cada dez dias”, revelou Marcelo Gonzaga, sócio da Distribuidora Top Livros, que está por trás da marca. Marcelo Mineiro, como é conhecido no mercado, diz que trabalha com o índice de 10% de roubo, mas relativiza esse número: “O problema maior nosso não é o roubo. São as pessoas com medo de comprar, por incrível que pareça. Muitas vezes, as pessoas entram na loja, mas não compram achando que é um tipo de pegadinha".

PublishNews, Maria Julia Alves, 19/06/2019

Happy Hour da Casa PublishNews em 2017 | © Julio VilelaA atual crise que afeta duas grandes varejistas de livros no País fez a palavra consignação aparecer diversas vezes no noticiário do PublishNews nos últimos meses. Há defensores do modelo, que argumentam que ele permitiu o crescimento das grandes redes de livrarias no país, e há aqueles que apontam que o modelo é o grande vilão e responsável por levar o mercado à beira do abismo. Independe de qual seja a posição, há uma unanimidade: o modelo precisa de mais transparência. Por isso, a Casa PublishNews em Paraty (10 a 13/07) receberá Marcos da Veiga Pereira (SNEL / Sextante), Gerson Ramos (Planeta) e Eduardo Cunha (Bookinfo) para a mesa Consignação e a transparência. Mais do que apresentar os prós e os contras do modelo, a mesa quer debater mecanismos que garantam confiabilidade nas relações entre indústria e varejo. A mesa, que será mediada por Bruno Mendes, acontece na sexta-feira (12), às 16h30. No sábado (13), às 18h, a Casa será palco ainda o lançamento do livro Escute o que ela diz (Primavera Editorial), de Joanne Lipman. O livro levanta a bandeira da igualdade de gêneros no ambiente de trabalho convidando mulheres e homens a falarem sobre o tema. Para debater sobre o título e sobre o assunto, escalamos Larissa Caldin (Primavera), Camila Cabete (Kobo) e Fábio Uehara (HarperCollins / Podcast do PublishNews). A mediação fica por conta de Maju Alves. A Casa dá as boas-vindas para a Editora Pensamento que também será nossa parceira nesse ano e oferecerá um café da manhã no sábado (13), a partir das 10h. Clique no Leia Mais e tenha mais detalhes sobre a Casa.

PublishNews, Redação, 19/06/2019

A PublishNewsTV dessa semana conversou com Daniel Lameira, Publisher da nova editora Antofágica, editor da Aleph e vencedor do Prêmio Jovens Talentos de 2015. Daniel começou a conversa falando um pouco das duas editoras em que trabalha, de como o clássico e o futurista podem se transformar e o diferencial de algumas casas editoriais. “Mais até do que o gênero, acho que as duas editoras guardam uma similaridade que vai além do recorte do tipo de livro a ser lançado. Acho que um dos diferenciais de uma DarkSide, de uma Pipoca & Nanquim, de uma Aleph, é menos o nicho escolhido e mais uma forma de se comunicar diferente, mais próxima do leitor”, explicou. Com passagens pela Livraria da Vila, Fnac, LeYa, Novo Século, Aleph e Intrínseca, Lameira trabalhou em diferentes áreas e aprendeu como lidar com o livro em diferentes aspectos. Na conversa ele falou ainda sobre marketing, como ter um bom retorno com as ações sendo prático e inteligente, como o modelo de “blog parceiro” ficou ultrapassado e como trabalhar junto com os booktubers. “O mercado livreiro ainda não entendeu como trabalhar com eles, e acho que é muito fruto desse romantismo em torno do livro”, comentou. Como atingir o leitor, pensar o livro de maneira diferente, o poder do marketing, do conteúdo produzido pelas editoras e como levar os livros para os não leitores, foram só alguns dos temas tratados na entrevista que você confere clicando no Leia Mais.

PublishNews, Redação, 19/06/2019

Nesta terça-feira (18), no início do Berlin Book Days, a Associação de Editores e Livreiros da Alemanha deu ao fotógrafo brasileiro Sebastião Salgado, o German Book Trade Peace Prize. Segundo o júri, Salgado é “um excepcional artista visual que tem feito campanhas contínuas em prol da paz e da justiça social e cuja obra fotográfica dá uma sensação de urgência ao debate global em torno da conservação da natureza e proteção ambiental”. O júri citou ainda o trabalho do artista no Instituto Terra e sua contribuição para a restauração e revitalização da biodiversidade e dos ecossistemas. “Como consequência de seu considerável trabalho, Sebastião Salgado conseguiu aumentar a conscientização mundial para o destino dos trabalhadores e migrantes, bem como para as condições de vida dos povos indígenas”, explicou a associação. Com os livros Êxodos e Crianças, ambos publicados em 2000, o brasileiro chamou atenção para o destino de 30 milhões de refugiados em todo o mundo. A cerimônia de premiação acontecerá no último dia da Feira do Livro de Frankfurt (16 a 20/10). Sebastião leva para casa € 25 mil (aproximadamente R$ 108,4 mil).

PublishNews, Redação, 18/06/2019

Morreu, aos 72 anos, o escritor Jorge Miguel Marinho. Nascido no Rio de Janeiro em uma família de poucos recursos, teve contato com a literatura tardiamente, aos 15 anos, e decide se dedicar a ela. Com graduação em Letras e mestrado em Literatura pela Universidade de São Paulo, Jorge Miguel lança, em 1981, seu primeiro livro, uma coletânea de poemas chamada O talho. É autor ainda de livros como Lá longe no chora menino: Histórias de crianças para gente grande saber (Sesi SP), A gravidade das coisas miúdas (Sesi SP) e O cavaleiro da tristíssima figura (Ática). Conquistou dois Prêmios Jabuti por Te dou a lua amanhã (1994) e Lis no peito – um livro que pede perdão (2006).

PublishNews, Redação, 19/06/2019

A Carochinha abriu uma vaga para editor de arte. A editora pede que os candidatos tenham domínio do pacote Adobe, experiência em editoras de livros infantis, paradidáticos e/ou didáticos e conhecimento do mercado editorial. Dentre as funções do cargo estão o desenvolvimento e adaptação de projetos gráficos; diagramação dos livros da editora e do material de divulgação; coordenação de ilustradores junto ao editorial; a solicitação e acompanhamento de orçamentos gráficos; e o desenvolvimento de peças de marketing. Os interessados devem enviar currículos para o e-mail vagas@carochinhaeditora.com.br.

PublishNews, Redação, 19/06/2019

A Bookinfo, plataforma que oferece soluções de gestão para editoras e livrarias, fechou parceria com a revista Veja e passa a oferecer informações para a composição da lista de mais vendidos do periódico. "Nossa iniciativa visa ajudar principalmente as livrarias independentes que não conseguem trazer grandes eventos para seus espaços por não participarem das principais listas de mais vendidos do país”, comentou Eduardo Cunha, gestor da plataforma. Com isso, a lista da Veja passará a ter os números de vendas das livrarias Vanguarda, Escariz, A Página, Loyola e Blooks.

“Em literatura um bom texto é aquele que termina só provisoriamente.”
Jorge Miguel Marinho
Escritor brasileiro (1947-2019)
1.
A sutil arte de ligar o foda-se
2.
O milagre da manhã
3.
Seja foda!
4.
Brincando com Luccas Neto
5.
Magra para sempre
6.
O poder oculto
7.
F*deu geral
8.
O jogo do dinheiro
9.
O poder da autorresponsabilidade
10.
Os segredos da mente milionária
 
PublishNews, Redação, 19/06/2019

É Natal e Holden Caulfield conseguiu ser expulso de mais uma escola. Com uns trocados da venda de uma máquina de escrever e portando seu indefectível boné vermelho de caçador, o jovem traça um plano incerto: tomar um trem para Nova York e vagar por três dias pela grande cidade, adiando a volta à casa dos pais até que eles recebam a notícia da expulsão por alguém da escola. Seus dias e noites serão marcados por encontros confusos com estranhos, brigas com os tipos mais desprezíveis, encontros com ex-namoradas, visitas à sua irmã Phoebe -- a única criatura neste mundo que parece entendê-lo --, e por dúvidas que irão consumi-lo durante sua estadia, entre elas uma questão recorrente: afinal, para onde vão os patos do Central Park no inverno? Um dos romances mais revolucionários do século XX, O apanhador no campo de centeio (Todavia, 256 pp, R$ 59,90 – Trad.: Caetano W. Galindo), obra de J. D. Salinger, é a representação definitiva da juventude na literatura. Com mais de 70 milhões de cópias vendidas desde seu lançamento em 1951, o livro influenciou e marcou gerações de leitores com sua visão crua da adolescência, sua prosa ágil e desbocada e seu humor feroz e anárquico.

PublishNews, Redação, 19/06/2019

A paciente silenciosa (Record, 350 pp, R$ 44,90 – Trad.: Clovis Marques) marca a estreia de Alex Michaelides na literatura. Na trama do thriller psicológico, Alicia Berenson, de 33 anos, matou o seu marido com cinco tiros no rosto. Eles estavam casados havia sete anos e eram artistas. Alicia era pintora e Gabriel, um famoso fotógrafo de moda que fotografava mulheres semi-nuas. Desde sua morte o preço do seu trabalho subiu astronomicamente. Alicia, por outro lado, não fala uma palavra desde o assassinato e foi internada numa clínica psiquiátrica. O silêncio duradouro de Alicia é o que faz com que a tragédia ganhe ares de mistério, mas o psicoterapeuta forense Theo Faber está convencido de que é capaz de tratar Alicia, depois de tantos outros falharem. E, se ela falar, ele será capaz de ouvir a verdade? A paciente silenciosa já teve os direitos para adaptação para o cinema adquiridos pela produtora de Brad Pitt e já foi vendido para 38 países.

 
©2001-2019 por Carrenho Editorial Ltda. Todos os direitos reservados.
Rua Fidalga 471, Conjunto 3 | Vila Madalena | São Paulo | SP | Brasil | 05432-070
O conteúdo deste site não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.