Caso não consiga visualizar corretamente esta mensagem, clique aqui.
PublishNews 14/06/2019
A BOOKPartners é uma distribuidora completa: atende toda a cadeia do livro e seus devidos processos. Em sua estrutura reúne cerca de 220 colaboradores, dois centros de distribuição, e-commerce e marcas voltadas a segmentos específicos de leitores.
Primavera Assessoria oferece serviço de revisão de textos em português, preparação de originais para editoras e autores, padronizações e outros serviços editoriais.
A Transpo Express é uma transportadora que já atua há 10 anos focada completamente no segmento editorial. Faz entregas e coletas em editoras, distribuidoras, livrarias, gráficas e grandes redes. A área de atuação atualmente engloba São Paulo (Capital), grande São Paulo, Jundiaí, Campinas e todo o estado do Rio de Janeiro.
PublishNews, Leonardo Neto, 14/06/2019

Nathalia Arcuri gravando a versão em áudio de 'Me poupe!' | © DivulgaçãoAo longo dessa semana, o PublishNews trouxe uma série de notícias que, juntas, podem dar um pouco da dimensão que o mercado de audiolivros tem alcançado mundo afora. Na terça, noticiamos um novo relatório que acompanha os hábitos dos consumidores alemães de audiolivros (eles já são 18 milhões de pessoas) em relação a sazonalidade, preço e gênero. Na quarta, anunciamos parte da programação da Casa PublishNews em Paraty, dando destaque para a participação do alemão Eric Bartoletti, que vai falar exatamente sobre o tema. E, para finalizar essa série de coincidências (ou não), na edição de ontem, contamos que a Feira do Livro de Frankfurt – que no ano passado já teve uma programação especial para discutir os audiolivros – terá uma área inteira só dedicada a eles, podcasts e assistente virtuais comandados por voz. Fizemos esse retrospecto semanal só para contar que, querendo surfar nessa onda, três importantes grupos editoriais brasileiros (Intrínseca, Record e Sextante) investiram R$ 3 milhões e colocam no ar, nesta sexta-feira (14), a Auti Books, uma plataforma de venda de audiolivros que nasce com 100 títulos disponíveis e com a promessa de alcançar 500 até o fim do ano. Para a empreitada, as editoras se juntaram ao fundo de investimentos Bronze Ventures. Os livros A sutil arte de ligar o foda-se (Intrínseca - R$ 29,90), de Mark Manson; Aprendizados (Record - R$ 39,90), de Gisele Bündchen e Me poupe! (Sextante - R$ 27,99), de Nathalia Arcuri (na foto ao lado) são os três carros-chefes do lançamento da plataforma. Clique no Leia Mais e saiba mais detalhes sobre a Auti Books.

PublishNews, Leonardo Neto, 14/06/2019

A capa sou eu: dois estreantes na disputada Lista Geral trazem seus autores na capa Essa semana, a Lista dos Mais Vendidos veio cheia de novidades. Foram dez no total. Mas duas delas chamaram a nossa atenção. É que Magra para sempre (Buzz), de Karina Peloi, e O jogo do dinheiro (Figurati), de Marcelo Henrique estrearam bem, acima dos três mil exemplares vendidos na semana, e foram parar no disputado Ranking Geral. O de Karina fechou a semana ocupando o terceiro lugar de Autoajuda e o quinto da Lista Geral, com 3.428 exemplares vendidos enquanto o de Marcelo Henrique ficou na segunda posição de Negócios e na oitava da Lista Geral, com três mil exemplares cravados. Nada mal para um começo. Em Ficção, o destaque foi para Uma mulher no escuro (Companhia das Letras), do menino prodígio Raphael Montes. Foram 800 cópias vendidas na semana, número suficiente para colocar o título na oitava posição da categoria. Clique no Leia Mais e confira outras novidades da Lista dessa semana.

PublishNews, Redação, 13/06/2019

Os credores da Saraiva não apareceram e não houve quórum suficiente para que acontecesse a Assembleia Geral de Credores na qual seria aprovado o seu plano de recuperação judicial. Uma nova reunião está marcada para o próximo dia 18, quando será votado, independente do quórum, a aprovação ou não do plano. A lei prevê que a assembleia pode aprovar, reprovar ou modificar o plano e a estratégia dos credores, segundo fonte ouvida pelo PublishNews, é a de forçar uma modificação do plano, considerado muito duro pelos credores. Pelo que está no plano apresentado em fevereiro passado e em termos gerais, as dívidas serão pagas em 14 anos, com grande parte dos créditos transformados em debêntures não conversíveis em ações. Os credores quirografários – aqueles que emitiram boletos ou duplicatas; grande maioria dos casos envolvendo editoras – cujas dívidas não ultrapassem R$ 10 mil receberão integralmente os valores que serão pagos em até 30 dias da homologação do plano. Os credores quirografários que ultrapassarem esse limite terão duas opções: ou optar por receber o montante de R$ 10 mil nos termos acima ou receber 5% do total da dívida em 14 anos em parcelas mensais, com carência de um ano e os 95% restantes serão pagos mediante a subscrição de debêntures, que serão emitidas 16 anos depois da homologação do plano. A dívida total da empresa é de R$ 674 milhões.

PublishNews, Redação, 14/06/2019

Felipe e João Gabriel são os vencedores do Prêmio Sesc de 2019| © DivulgaçãoO Prêmio Sesc de Literatura anunciou os vencedores da sua edição de 2019, este ano o prêmio completa 16 anos e continua na missão de identificar escritores estreantes, cujas obras possuam qualidade literária para edição e circulação em todo o país. Felipe Holloway e João Gabriel Paulsen foram os escolhidos nas categorias Romance e Conto, com os livros O legado de nossa miséria e O doce e o amargo, respectivamente. Este ano, a edição teve um recorde de inscritos, com 1.969 trabalhos, sendo 926 livros de contos e 1.043 romances. O romance vencedor veio do estado do Mato Grosso. O legado de nossa miséria conta a história de um crítico de literatura e professor universitário que é convidado para um evento sobre Jornalismo Literário numa fictícia cidade do interior de Minas Gerais. Lá ele conhece um famoso escritor cuja obra sempre admirou. No evento, os personagens rememoram suas respectivas carreiras, nas quais os fracassos éticos e estéticos se alternam. Já o livro O doce e o amargo é uma coletânea composta por nove contos que tratam das tensões geracionais e os conflitos ocasionados pelos ritos de passagem. Além do reconhecimento nacional, os vencedores terão suas obras publicadas e distribuídas pela editora Record, com tiragem inicial de dois mil exemplares e participarão da programação do Sesc na Flip 2019.

PublishNews, Redação, 14/06/2019

A Companhia das Letras abriu uma vaga para assessor de imprensa para atuar no escritório do Rio de Janeiro. A editora pede um profissional com experiência na área, com bom texto para releases, notas, sugestões de pauta em geral e follow up eficiente. É necessário ter inglês avançado, um bom relacionamento com a imprensa e conhecimento do funcionamento das redações. É desejável também ter experiência na área de cultura. A empresa reforça que valoriza a diversidade. Os interessados devem enviar currículos para o e-mail curriculo@companhiadasletras.com.br.

PublishNews, Redação, 14/06/2019

A editora Escuta está à procura de um estoquista com experiência na área para fazer parte do seu time. O contratado será responsável pela organização do estoque da editora e da livraria, pelas vendas através do site e presencialmente, pela recepção e despacho de mercadorias, e pela emissão de relatórios fornecidos pelo sistema. Os interessados devem enviar currículos com pretensão salarial para o e-mail diretoria@editoraescuta.com.br.

PublishNews, Redação, 14/06/2019

Uma declaração sem pé nem cabeça de uma professora do Timor-Leste que, logo em seguida, desaparece. Na sequência, uma carta misteriosa deixada pelo poeta Luís de Camões revela a existência de um valioso tesouro escondido no Brasil. Um código secreto a ser decifrado nos versos de Os lusíadas, um objeto que teria poderes mágicos, chamado portulábio, e um grupo de adolescentes, Os Natos, do qual o leitor é convidado a fazer parte. Esses são os ingredientes que o livro O código de Camões (Estrela Cultural, 240 pp, R$ 44,90), escrito por Beto Junqueyra apresenta aos leitores. Inspirado na obra A volta ao mundo em 80 dias, do escritor francês Jules Verne, e no romance O código da Vinci, de Dan Broen, o livro retrata uma viagem ao redor do planeta em busca de um misterioso tesouro deixado por Camões em terras do antigo Império Português no século XVI. Mais do que encontrar o tesouro perdido, o grupo de adolescentes, os Natos, fará tudo o que for possível para provar que a língua portuguesa ainda está viva nos quatro cantos do mundo.

PublishNews, Redação, 14/06/2019

“Eu tenho medo só do meu escuro, aquele que tenho dentro dos olhos”. Para Mafalda, de nove anos, o escuro é a sua única certeza e o seu destino: em algum momento nos próximos seis meses ela perderá a visão. Diante de um futuro assustador e desconhecido, Mafalda – com a ajuda de sua família e seus amigos – precisará descobrir o que realmente importa conforme sua visão começa a falhar. Com uma narrativa fluida, simples e carregada de inocência, o livro A distância até a cerejeira (Outro Planeta, 224 pp, R$ 44,90 – Trad.: Flavia Baggio), de Paola Peretti, é inspirado na vida da própria autora, que possui uma doença genética rara, que causa perda progressiva da visão e já foi comparado a outros livros como O pequeno príncipe e Extraordinário.

“Não dá para ter um país leitor se não se tem um país alfabetizado”
Mariana Bueno
Economista responsável pela Pesquisa Produção e Vendas do Setor Editorial Brasileiro
1.
A sutil arte de ligar o foda-se
2.
O milagre da manhã
3.
Seja foda!
4.
Brincando com Luccas Neto
5.
Magra para sempre
6.
O poder oculto
7.
F*deu geral
8.
O jogo do dinheiro
9.
O poder da autorresponsabilidade
10.
Os segredos da mente milionária
 
PublishNews, Redação, 14/06/2019

Isabella mora numa ilha cercada de lendas e sonha em visitar as terras distantes que seu pai, um cartógrafo, um dia mapeou. Quando sua melhor amiga desaparece, ela decide fazer parte da equipe de busca e, guiada por mapas antigos e o conhecimento que tem das estrelas, viaja pelos Territórios Esquecidos da ilha, repletos de perigos e criaturas horríveis. Mas sob os rios secos e florestas mortas, uma lenda feroz está despertando de seu sono. A garota que lia estrelas (Jangada / Pensamento, 264 pp, R$ 39,90 – Trad.: Jacqueline Damásio Valpassos), livro de Kiran Millwood Hargrave, é um conto mágico e contado de maneira simples sobre uma ilha, a garota que viaja até o coração de sua história e a lenda que guia seu caminho. Em sua jornada, Isabella encontrará perigo, mas também coragem, amor e amizade.

PublishNews, Estevão Ribeiro, 14/06/2019

 
©2001-2019 por Carrenho Editorial Ltda. Todos os direitos reservados.
Rua Fidalga 471, Conjunto 3 | Vila Madalena | São Paulo | SP | Brasil | 05432-070
O conteúdo deste site não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.