Caso não consiga visualizar corretamente esta mensagem, clique aqui.
PublishNews 08/03/2019
A Samara Lopez Design e Editoração fornece serviços editoriais para autores independentes e editoras. Disponibilidade para parcerias e grandes demandas fill time.
Editorando birô oferece prestação de serviços editoriais como tradução, preparação e revisão de texto, diagramação, capa, conversão em e-book e intermédio com a gráfica.
A Futura Editoração é especializada em Diagramação e design editorial
PublishNews, Redação, 08/03/2019

A Saraiva tornou público, em seu site de relacionamento com os investidores, o relatório de seu desempenho no mês de janeiro. Realizado pela Lucon Advogados, o escritório de administração judicial responsável recuperação da companhia, o documento aponta que as receitas líquidas da Saraiva despencaram, mesmo no período de volta às aulas, tradicionalmente forte para o setor. Em janeiro passado, as vendas líquidas da empresa foram de R$ 75,9 milhões ante os R$ 211,6 milhões apurados em igual período de 2018, o que representou queda de 64%. Com a queda das vendas, veio o prejuízo que somou R$ 10,6 milhões em janeiro. Em igual mês de 2018, esse índice era positivo representando lucro de R$ 5 milhões. O Ebitda (lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização) no período foi negativo em R$ 4,2 milhões. Em 2018, a cifra era positiva em R$ 14,6 milhões. Clique no Leia Mais e tenha acesso à íntegra desta nota.

PublishNews, Leonardo Neto, 08/03/2019

Carolina Maria de Jesus escolhe justamente o dia da mulher para estrear na lista dos mais vendidos do PublishNews Em fevereiro, as listas dos mais vendidos do PublishNews deram as boas-vindas para duas grandes estrelas da literatura brasileira. Marina Colasanti na lista semanal e Lygia Fagundes Telles, na Lista Nielsen PublishNews, aquela que compila os livros de autores nacionais mais vendidos no país. Agora, justamente no Dia Internacional da Mulher, quem chega para fazer bonito na lista é Carolina Maria de Jesus, que estreia com o seu livro Quarto de despejo (Ática). O livro, um compilado de diários de Carolina reunidos pelo jornalista Audálio Dantas, alcançou a posição de número 19 da lista de Não Ficção, com 311 cópias vendidas. Quem também estreou na lista foi a edição da Companhia das Letras de Grande sertão: veredas, de João Guimarães Rosa. A edição anterior, pela Nova Fronteira, já tinha figurado entre os mais vendidos do PN. Dessa vez, a narrativa de Riobaldo sobre as condições humanas no sertão apareceu em 19º lugar de Ficção, com 314 cópias. A lista trouxe ainda o novo do padre Fábio de Melo. Por onde for o teu passo, que lá esteja o teu coração (Planeta) estreou na 7ª posição de Autoajuda. Clique no Leia Mais e confira outros destaques da lista dessa semana.

PublishNews, Bernardo Gurbanov, 08/03/2019

Frida Kahlo me olha como se ela fosse uma Mona Lisa do subdesenvolvimento. Onipresente, está nas notas de 500 pesos, nas capas dos livros, nas camisetas, nos chaveirinhos e demais bugigangas for export. Frida Kahlo virou marca do país, mas não foi por causa dela que viajei recentemente para o México. O país está ainda impactado pela recente e arrasadora vitória de Andrés Manuel Lopez Obrador nas eleições presidências. Um senhor de 65 anos, de fala mansa e didática que todo dia oferece uma coletiva de imprensa das 7h às 8h da manhã, com transmissão ao vivo, via rádio e TV aberta. Suas prioridades como presidente da república são, de um lado o combate à corrupção, ao narcotráfico e à violência e do outro o investimento em obras de infraestrutura, capacitação de professores e criação de 100 universidades. O livro e a leitura entraram na agenda do poder público e, em apenas dois meses de governo, já se vislumbra a disposição dos legisladores em criar os mecanismos legais que viabilizem as respectivas políticas de estado. Fui convidado na qualidade de Presidente da Associação Nacional de Livrarias (ANL) pela CANIEM - Câmara Nacional de la indústria editorial Mexicana para pronunciar a palestra inaugural do Primeiro fórum sobre políticas públicas e a rede do livro. Problemas críticos e soluções factíveis. Clique no Leia Mais e tenha acesso à íntegra dessa coluna.

PublishNews, Redação, 08/03/2019

No Dia Internacional das Mulheres, Margaret Atwood anunciou que celebrará a publicação de The Testaments, a esperada sequência do livro O conto da Aia (Rocco - The Handmaid’s Tale), com um evento global em setembro, seguido de uma turnê pelo Reino Unido e Irlanda em outubro e novembro. Escrito em 1985, o romance distópico é ambientado num Estado teocrático e totalitário em que as mulheres são vítimas preferenciais de opressão, tornando-se propriedade do governo, e o fundamentalismo se fortalece como força política. O segundo livro da série, The Testaments, será lançado no dia 10 de setembro, mesmo dia em que Atwood fará uma apresentação ao vivo sobre a obra. Margaret Atwood: Live in Cinemas será transmitido para mais de mil cinemas em todo o mundo, incluindo Reino Unido, EUA e Canadá. Aqui, o livro sai pela Rocco ainda em 2019.

PublishNews, Redação, 08/03/2019

Começa hoje, a terceira edição da já tradicional promoção 8M da Boitempo. Até segunda-feira (11), obras escritas por autoras mulheres ou de temática feminista estarão com descontos de até 50% na loja virtual da Boitempo. O catálogo da editora conta com obras escritas por mulheres importantes, em diversas áreas do pensamento crítico, incluindo economia, urbanismo, teoria literária, psicanálise e marxismo. Nomes como Angela Davis, Nancy Fraser, Maria Rita Kehl e Rosa Luxemburgo são destaques deste ano. A promoção também comemora o lançamento do manifesto feminista Feminismo para os 99% (128 pp, R$ 32), escrito por Cinzia Arruzza, Tithi Bhattacharya e Nancy Fraser, três das idealizadoras da Greve Internacional das Mulheres (Dia sem mulher). O livro será lançado simultaneamente em treze idiomas. A edição brasileira conta com a participação de Talíria Petrone, deputada federal e militante feminista negra, que assina o prefácio, e Joênia Wapichana, primeira mulher indígena a ser eleita deputada federal, advogada, militante das causas indígenas e dos direitos humanos, no texto de orelha.

PublishNews, Redação, 08/03/2019

O Grupo Planeta, 7º maior grupo editorial do mundo, realiza pela primeira vez uma campanha latino-americana para o Dia Internacional da Mulher, comemorado hoje (8). Com o mote #AgoraNosLeem /#AhoraSiNosLeen, a ação busca valorizar a luta histórica das mulheres por espaço na literatura. A campanha contará com um vídeo que reúne uma autora de cada país em que a Planeta está presente (Brasil, Argentina, Colômbia, Chile, Peru, México, Equador e Uruguai) falando sobre como foi o caminho para se tornar uma escritora, além de reforçar a importância da representatividade feminina no meio literário. A escritora que representará o Brasil será a jornalista Milly Lacombe (foto ao lado), autora do livro O ano em que morri em Nova York. A ação também celebra nomes como Jane Austen, as irmãs Brontë, Mary Ann Evans, que usaram pseudônimos masculinos para serem publicadas, e J.K Rowling, que acatou a sugestão de um editor de abreviar o seu nome - Joanne - ao assinar o livro Harry Potter.

PublishNews, Redação, 08/03/2019

Eleita uma das principais intelectuais norte-americanas pela revista Atlantic Monthly e uma das 100 Pessoas Visionárias que Podem Mudar Sua Vida pela revista Utne Reader, a aclamada feminista negra Bell Hooks apresenta ao leitor no livro O feminismo é para todo mundo (Rosa dos Tempos / Record, 144 pp, R$ 37,90 – Trad.: Ana Luiza Libanio), a natureza do feminismo e seu compromisso contra sexismo, exploração sexista e qualquer forma de opressão. Com peculiar clareza e franqueza, Hooks incentiva os leitores a descobrir como o feminismo pode tocar e mudar, para melhor, a vida de todo mundo. Homens, mulheres, crianças, pessoas de todos os gêneros, jovens e adultos: todos podem educar e ser educados para o feminismo. Apenas assim poderemos construir uma sociedade com mais amor e justiça. O livro apresenta uma visão original sobre políticas feministas, direitos reprodutivos, beleza, luta de classes feminista, feminismo global, trabalho, raça e gênero e o fim da violência. Além disso, esclarece sobre temas como educação feminista para uma consciência crítica, masculinidade feminista, casamento e companheirismo libertadores, política sexual feminista, e vários outros temas.

PublishNews, Redação, 08/03/2019

Filosofas, rebeldes, ativistas: feministas. Elas desafiaram o status quo, quebraram padrões, lutaram por direitos e revolucionaram a sociedade. Uma breve história do feminismo no contexto euro-americano (Blucher, 88 pp, R$ 39,90) traça a evolução do feminismo na Europa e na América do Norte desde a Antiguidade até os tempos atuais. Assinado pela ilustradora Patu e pela jornalista e cientista política Antje Schrupp, a obra discute, por meio de quadrinhos e explicações afiadas, temas relevantes para a luta das mulheres, como direito ao voto, autonomia sobre o corpo e independência intelectual. Também destaca personalidades importantes para o movimento, como Simone de Beauvoir, Angela Davis, Olympe de Gouges e Audre Lorde. O livro parte dos primórdios da tradição judaico-cristã, com os questionamentos de Maria Madalena; passa pela Idade Média, pela Idade Moderna, pelo Iluminismo, pelos movimentos organizados das mulheres a partir do século XIX, pela “segunda onda”; e chega ao feminismo queer e à “terceira onda”. É indispensável para quem está começando a estudar o tema e quer entender as origens do feminismo.

“O saber a gente aprende com os mestres e os livros. A sabedoria se aprende é com a vida e com os humildes.”
Cora Coralina
Poetisa e contista brasileira (1889-1985)
1.
O milagre da manhã
2.
A sutil arte de ligar o foda-se
3.
Me poupe!
4.
Seja foda!
5.
O poder da ação
6.
Tamo junto
7.
O poder da autorresponsabilidade
8.
Mais esperto que o diabo
9.
As aventuras na Netoland com Luccas Neto
10.
O poder do hábito
 
PublishNews, Estevão Ribeiro, 08/03/2019

 
©2001-2019 por Carrenho Editorial Ltda. Todos os direitos reservados.
Rua Fidalga 471, Conjunto 3 | Vila Madalena | São Paulo | SP | Brasil | 05432-070
O conteúdo deste site não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.