Caso não consiga visualizar corretamente esta mensagem, clique aqui.
PublishNews 07/02/2019
Aldeia dos Livros oferece serviços que vão desde a revisão de textos em geral; tradução do inglês e espanhol; copydesk; pareceres; contatos com editoras; eventos nacionais e internacionais; criação de capas de livros, branding e coaching criativo para autores.
HiDesign Estúdio é um estúdio editorial focado em design. Entre os trabalhos oferecidos pelo estúdio estão: capas, projetos gráficos, diagramação e ilustração para projetos de editoras e autores independentes.
A Beluga Editorial presta diversos serviços de produção do livro, incluindo revisão, copidesque, diagramação, capa e projeto gráfico. Atendemos tanto editoras quanto autores.
PublishNews, Redação, 07/02/2019

Diante da repercussão da notícia de que quase 20% dos livros do PNLD Literário não estariam sequer contratados, o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) enviou aos editores que participam do certame um e-mail com alguns esclarecimentos. Na mensagem, o órgão responsável pelas compras de livros reafirma que o edital provocou um aumento no volume de trabalho: “apenas no âmbito desse Programa, há cerca de 250 editoras participantes e, por isso, solicitamos a compreensão de todos, tendo em vista o enorme volume de trabalho sob nossa responsabilidade”. Apesar disso, o órgão busca tranquilizar os editores ao afirmar que “tem envidado todos os esforços para que os contratos do PNLD Literário 2018 sejam firmados o mais breve possível”. Houve relatos de editores que se anteciparam e já teriam dado um sinal aos seus fornecedores gráficos. O e-mail – assinado por Luciana M. Gottschall, coordenadora de contratos, licitações, liquidação e controle de qualidade – desaconselha essa iniciativa: “o FNDE orienta que a produção das obras NÃO [grifo deles] seja iniciada antes da assinatura, por ambas as partes (editora e FNDE), do contrato administrativo”. Ao todo, o edital prevê a compra de 58 milhões de exemplares de 256 editoras.

PublishNews, Redação, 07/02/2019

Diego Drumond e Pedro Almeida anunciam mudanças na Faro Editorial | © DivulgaçãoAo completar cinco anos, a Faro Editorial, tem nova composição societária. É que Pedro Almeida, fundador e publisher da casa, comprou as cotas que pertenciam a Karine Pansa (Girassol Brasil). Além disso, Pedro e Diego Drumond, o outro sócio que deixa a Girassol para se dedicar mais à Faro, anunciam a mudança para uma sede própria, em Alphaville, na Grande São Paulo, que chega junto com a expansão do catálogo e a ampliação da distribuição da editora. Para 2019, a Faro prepara cerca de 40 lançamentos. Entre eles se destacam O homem que odiava Machado de Assis, segundo livro de José Almeida, vencedor do Prêmio Sesc de Literatura em 2017, e títulos de autores internacionais como é o caso da egípcia Nawal Al Sawani, a italiana Donatella Di Pietrantônio e o norte-americano Silas House. Além disso, a Faro prevê a reedição de 30 títulos em formato pocket para canais alternativos, como o porta a porta, feiras e clubes de assinatura. “Os recentes movimentos do mercado editorial criaram diferentes expectativas. Nós lançamos a Faro num momento de crise do mercado editorial, e conseguimos fazê-la crescer com solidez, mesmo com ventos contrários. Assim seguiremos. Hoje, eu e o Diego, trabalhamos com prognósticos otimistas para 2019. Fizemos uma aquisição de dezenas de títulos nos últimos meses, reforçamos o ritmo dos lançamentos e investimos numa metragem ainda maior para a Bienal do Livro no Rio, pois tivemos uma Bienal excelente em São Paulo”, aposta Pedro, que é também colunista do PublishNews

PublishNews, Redação, 07/02/2019

A II Feira do Livro da Unesp está marcada para acontecer de 10 a 14 de abril, nas instalações do Instituto de Artes e do Instituto de Física Teórica, no campus da universidade (Av. Jornalista Aloysio Biondi, 556 – São Paulo / SP). O evento oferece às editoras participantes, a oportunidade de sugerir atrações culturais e literárias. As editoras interessadas têm até o dia 15 de fevereiro para se manifestar e enviar suas sugestões para o e-mail comunicacao@editora.unesp.br, com descritivo dos eventos sugeridos, perfil do público a que se dirige e demandas especiais para as atividades. Este ano, a feira terá 234 mesas para venda de livros. Elas ocuparão um espaço de 2,5 mil m². Até dezembro passado, 85% das mesas já haviam sido vendidas.

PublishNews, Redação, 07/02/2019

A Amazon anunciou nesta quinta (7) que colocou à venda o seu novo Kindle Paperwhite no Brasil. A versão atualizada do modelo mais vendido da família Kindle conta com design à prova d’água ­- podendo resistir a mergulhos acidentais em até dois metros de água doce por até 60 minutos -, o dobro de capacidade de armazenamento para livros digitais, além de ser mais fino e mais leve. Para comemorar o lançamento, clientes que comprarem o dispositivo até 7 de março terão três meses gratuitos no Kindle Unlimited, podendo aproveitar a leitura ilimitada de mais de 1,5 milhão de livros, incluindo mais de 50 mil títulos em português. A promoção é válida apenas para contas de clientes que não estejam inscritos no programa Kindle Unlimited. O novo Kindle Paperwhite está disponível em 8 GB, por R$ 499, que é o dobro do armazenamento da geração anterior, e 32 GB, por R$ 649.

PublishNews, Lorenzo Herrero, 07/02/2019

Leers, um município francês na fronteira com a Bélgica, vive sem uma única livraria desde 2010. O fechamento da última, a La Maisson de la Presse, deixou a cidade de Leers sem um lugar para comprar o jornal, papelaria e claro, livros. Jean-Philippe Andriès, o prefeito de Leers se perguntou se uma população de cerca de 10 mil pessoas podia viver sem uma livraria. Para Andriès estava claro que ele tinha que remediar a perda do último ponto de venda de livros e, no final de 2017, ele foi presenteado com a oportunidade colocar a ideia em prática. A prefeitura vendeu o velho viveiro municipal da praça Lucien-Demonchaux a um carpinteiro com o compromisso de dividi-lo em dois deixando uma parte desabitada. A prefeitura ficaria encarregada da reabilitação da parte desabitada transformando-a em um local comercial que alugará por 420 euros mensais por dois anos. Este espaço comercial, de 35 m², está destinado a ser a sede da nova livraria do município. A prefeitura entrou em contato com várias associações de livreiros à procura de um candidato que queira assumir esse espaço, que terá isenção de aluguel durante os dois primeiros anos. A iniciativa municipal espera atrair um livreiro que aproveite a ajuda inicial e que, posteriormente, decida comprar as instalações comerciais e se instalar permanentemente em Leers, a cidade que quer ter uma livraria novamente. Leia a íntegra dessa matéria no PublishNews em Espanhol.

PublishNews, Redação, 07/02/2018

A Casa Mário de Andrade (Rua Lopes Chaves, 546 – São Paulo / SP) prepara para os meses de fevereiro e março, o Ciclo Livros de Mário de Andrade. Grandes especialistas farão palestras no casa-museu sobre três grandes livros do autor: Namoros com a medicina (1937), Danças dramáticas do Brasil (1959) e Dicionário musical brasileiro (1989). A palestra 60 anos de Danças dramáticas do Brasil abrirá a programação já neste sábado (9), com Cacá Machado, que analisará as danças dramáticas denominadas cheganças, congadas, bumba-meu-boi e moçambiques. No dia 23 de fevereiro, Silvia Goes comandará a palestra 80 anos de Namoros com a medicina. Goes é pianista e compositora, com 60 anos de atividade musical. Já Flávia Toni ministrará a palestra 30 anos do Dicionário musical brasileiro, que será dia 30 de março. O livro, que foi organizado por Oneyda Alvarenga e Toni, apresenta os principais termos da música – em especial da música brasileira –, compilados por Mário de Andrade. As atividades, que são gratuitas, acontecerão aos sábados, das 16h às 18h. Para participar basta se inscrever pelo site do museu

PublishNews, Redação, 07/02/2019

Venerada por muitos leitores, mas tida como morta por outros tantos, a revista segue seu caminho e está mais viva do que nunca. É no que acredita o “revisteiro” Ivan Zumalde, dono de uma carreira de mais de 20 anos no segmento. No livro A revista não está morta. Publique a sua (Mymag Livros, 176 pp, R$ 30), ele defende que o ramo vem se reinventando, com o surgimento de editores independentes, que autopublicam seus volumes. Sem deixar de analisar os dados do setor, ele mostra no livro como o empreendedorismo, aliado às origens do meio revista, pode ser capaz de fazer nascer um mercado de vanguarda e pulsante. No livro, Zumalde alfineta: “a revista digital não existe” e aposta na ressignificação das publicações impressas. Traz exemplos de títulos nacionais e internacionais com ensinamentos baseados em experiências próprias, de fracassos ou sucessos.

PublishNews, Redação, 07/02/2019

As sociedades mudaram muito desde a popularização dos computadores pessoais, na década de 1990. O nosso jeito de se comunicar, de se informar, de consumir e, sobretudo, de trabalhar sofreu alterações fundamentais. É comum a gente se perguntar: como era (ou como seria) mesmo a nossa vida sem eles? É o que Júlio Ernesto Bahr, publicitário das antigas, busca responder no e-book Criações gráficas nos tempos pré-computador (edição do autor disponível na Amazon KDP, R$ 12). O livro registra um período histórico da propaganda brasileira, explicando e apresentando termos como bendays, retículas, provas glacê, que acabaram caindo em desuso graças às facilidades da vida moderna. Cheia de ilustrações, a obra mostra de que forma, muito antes da chegada dos computadores e seus programas gráficos, ocorrida na década de 1990, os criadores publicitários executavam seus trabalhos na prancheta de desenho. 

“O livro é um mudo que fala, um surdo que responde, um cego que guia, um morto que vive.”
Antônio Vieira
Padre e filósofo português (1608-1697)
1.
A sutil arte de ligar o foda-se
2.
O milagre da manhã
3.
Me poupe!
4.
Seja foda!
5.
As aventuras na Netoland com Luccas Neto
6.
Demos graças a Deus
7.
O poder da ação
8.
Aprendizados
9.
Os segredos da mente milionária
10.
Minha história
 
 
©2001-2019 por Carrenho Editorial Ltda. Todos os direitos reservados.
Rua Fidalga 471, Conjunto 3 | Vila Madalena | São Paulo | SP | Brasil | 05432-070
O conteúdo deste site não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.