Caso não consiga visualizar corretamente esta mensagem, clique aqui.
PublishNews 28/01/2019
Aldeia dos Livros oferece serviços que vão desde a revisão de textos em geral; tradução do inglês e espanhol; copydesk; pareceres; contatos com editoras; eventos nacionais e internacionais; criação de capas de livros, branding e coaching criativo para autores.
HiDesign Estúdio é um estúdio editorial focado em design. Entre os trabalhos oferecidos pelo estúdio estão: capas, projetos gráficos, diagramação e ilustração para projetos de editoras e autores independentes.
A Beluga Editorial presta diversos serviços de produção do livro, incluindo revisão, copidesque, diagramação, capa e projeto gráfico. Atendemos tanto editoras quanto autores.
PublishNews, Redação, 28/01/2019

Janguiê Diniz chega à lista dos mais vendidos com o seu livro 'Fábrica de vencedores' | © Redes sociais do autorA história do hoje executivo Janguiê Diniz tem como cenários cidades que mal aparecem no mapa. Nasceu no distrito de Santana dos Garrotes, na Paraíba. Aos seis, se mudou para Naviraí, no Mato Grosso, onde montou seu primeiro empreendimento: uma caixa de engraxate. Logo depois, se mudou com a família para Pimenta Bueno, em Rondônia. Sem a possibilidade de cursar o ensino médio, foi para o Recife, onde trabalhou como datilógrafo numa gráfica no centro histórico da capital pernambucana. Formou-se em Direito, togou-se juiz do trabalho e chegou a procurador até que resolveu abrir uma escola de cursos preparatórios para concursos públicos. Não parou de crescer. Abriu escolas, colégios, faculdades e criou o Grupo Ser Educação, que atende mais de 150 mil alunos em 60 unidades. Foi parar na lista da Forbes. Toda essa trajetória serviu para compor o livro Fábrica de vencedores (Novo Século), que estreou na Lista dos Mais Vendidos do PublishNews, ocupando a posição de número três da Lista de Autoajuda e 12 do Ranking Geral, com cravados dois mil exemplares vendidos. O livro contribuiu para o crescimento nos números de exemplares vendidos. Na comparação com a semana anterior, o aumento foi de 7% e ele foi sentido em todas as categorias: Negócios (+13%), Autoajuda (+10%), Ficção (+ 4%), Infantojuvenil (+3%) e Não Ficção (+1%). Clique no Leia Mais e confira outros destaques da lista.

PublishNews, Redação, 28/01/2019

Na semana passada, o mundo editorial anunciou, com grande entusiasmo, a chegada de mais um livro de E.L. James, autora da série Cinquenta tons de cinza que se tornou fenômeno mundial com mais de 7 milhões de livros vendidos só no Brasil. Este ano, a autora volta às livrarias com novo título: The mister, uma história de amor com toques de “cinderela do século XXI”. O livro, ainda sem título em português, será lançado no Brasil pela Intrínseca, nesse primeiro semestre. A trama é centrada no rico Maxim Trevelyan e na mulher misteriosa por quem ele se apaixona, Alessia Demachi. The mister foi apresentado como “uma montanha-russa de perigo e desejo que vai deixar os leitores sem fôlego até a última página”.

PublishNews, Redação, 28/01/2019

Coluna Babel, do Estadão, noticiou a chegada das editoras Dublinense e Nós no Espaço Plexi (Rua Patizal, 76 – Vila Madalena – São Paulo / SP). Além de um local para encontros e eventos, será instalada ali uma livraria encabeçada pelas editoras. As vendas começam em fevereiro. Já na coluna Painel das Letras, da Folha, o destaque foi para o livro Three women, da jornalista Lisa Taddeo, que está no prelo da HarperCollins Brasil. Nos EUA, o livro inaugura em julho o Avid Press, novo selo da Simon & Schuster, que comprou o título por um valor de sete dígitos, em dólares. A coluna adiantou ainda que Todavia prepara, para março, o livro Verifique se o mesmo, compilação de ensaios escritos por Nuno Ramos sobre nomes como Tunga, Glauber Rocha e João Gilberto. No Valor, o destaque foi para a Ubook que alcançou seis milhões de usuários no fim de 2018. O jornal destaca que a expansão acelerada é resultado, em grande parte, de acordos com operadoras móveis brasileiras. Clique no Leia Mais e confira outras notícias sobre o mercado editorial na mídia no fim dessa semana.

PublishNews, Redação, 28/01/2019

Primeira loja especializada em livros de fotografia de São Paulo, a Livraria Madalena reabre nesta segunda-feira (28), em novo endereço. Ela passa a dividir o espaço da Visual Print (Rua Girassol, 323), empresa que há mais de 15 anos atua no mercado de impressão digital e oferece assessoria em fotografia, da impressão à finalização, moldura, comercialização de obras e exposição de artistas selecionados. A livraria, ideia do fotógrafo Iatã Cannabrava, reúne acervo de mais de 600 títulos de cerca de 70 editoras nacionais e internacionais. Entre os títulos de destaque da Madalena está A history of misogyny, da fotógrafa Laia Abril, eleito melhor fotolivro do ano no último Paris Photo. Atualmente, a livraria participa das principais feiras de fotografia do mundo como a citada Paris Photo, já há cinco anos, e agora confirmada na ARCO, em Madrid, para fevereiro de 2019. Além das brasileiras, Plana, Cavalete, USP e Festivais de Fotografia país adentro. Logo mais, às 19h, um bate papo entre Claudia Jaguaribe, Cássio Vasconcellos e Iatã marcará a reinauguração da casa.

PublishNews, Redação, 28/01/2019

Na próxima quarta-feira (30), a Associação Brasileira da Indústria Gráfica do Estado de São Paulo (Abigraf - SP) realiza um encontro com Marcos da Veiga Pereira, presidente do Sindicato Nacional dos Editores de Livros (SNEL) para debater o mercado editorial brasileiro e a lei do preço fixo. O encontro gratuito acontece a partir das 10h, na sede da entidade (Rua do Paraíso, 529 - São Paulo / SP). Informações e inscrições pelo e-mail inscricao@abigraf.org.br.

PublishNews, Redação, 28/01/2019

Se não fosse o Cabral (Tordesilhas, 312 pp, R$ 44,90), livro-reportagem escrito pelo jornalista Tom Cardoso, reconstitui a trajetória de Sergio Cabral Filho, do vereador travestido de idealista até poderoso governador do estado do Rio, preso pela Operação Lava Jato depois de ser acusado de receber milhões de propinas para fechar contratos públicos. Se não fosse o Cabral traça o perfil de uma geração de políticos parceiros de Cabral num dos maiores esquemas de corrupção na história do nosso país. Um livro sobre o Brasil da promiscuidade entre os interesses públicos e privados, do fisiologismo político, do tráfico de influências, da corrupção impune.

PublishNews, Redação, 28/01/2019

Em seu livro de estreia, o cientista político Bruno Garschagen se dedicou a estudar o que considera um dos grandes paradoxos da sociedade brasileira: por que razão os brasileiros, que têm uma imagem tão negativa sobre os políticos, acham que o governo deve resolver os problemas do país? Pare de acreditar no governo, lançado em 2015, transformou-se em best-seller graças ao texto leve e bem-humorado ancorado em profunda pesquisa. Agora, Bruno lança Direitos máximos, deveres mínimos (Record, 364 pp, R$ 49,90), espécie de ampliação da reflexão feita no livro anterior. No livro, o autor defende que o Brasil se tornou um país onde as pessoas acham que só têm direitos – e que têm direito a mais direitos –, mas não deveres e obrigações. No texto, ele expõe as consequências dessa ideia – segundo ele presente na política, nas universidades, na imprensa – e a confusão que existe entre direitos e privilégios.

PublishNews, Estevão Ribeiro, 28/01/2019
“A linguagem é às vezes poderosa e eficaz, mas às vezes inadequada, e às vezes um obstáculo.”
Lydia Davis
Escritora americana
1.
A sutil arte de ligar o foda-se
2.
O milagre da manhã
3.
Me poupe!
4.
Seja foda!
5.
O poder da ação
6.
As aventuras na Netoland com Luccas Neto
7.
Aprendizados
8.
O poder da autorresponsabilidade
9.
Minha história
10.
Prisioneiros da mente
 
 
©2001-2019 por Carrenho Editorial Ltda. Todos os direitos reservados.
Rua Fidalga 471, Conjunto 3 | Vila Madalena | São Paulo | SP | Brasil | 05432-070
O conteúdo deste site não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.