A máfia que destruiu o Rio
PublishNews, Redação, 28/01/2019
Livro conta os bastidores de um dos maiores escândalos de corrupção do Brasil

Se não fosse o Cabral (Tordesilhas, 312 pp, R$ 44,90), livro-reportagem escrito pelo jornalista Tom Cardoso, reconstitui a trajetória de Sergio Cabral Filho, do vereador travestido de idealista até poderoso governador do estado do Rio, preso pela Operação Lava Jato depois de ser acusado de receber milhões de propinas para fechar contratos públicos. Se não fosse o Cabral traça o perfil de uma geração de políticos parceiros de Cabral num dos maiores esquemas de corrupção na história do nosso país. Um livro sobre o Brasil da promiscuidade entre os interesses públicos e privados, do fisiologismo político, do tráfico de influências, da corrupção impune.

[28/01/2019 07:00:00]