Caso não consiga visualizar corretamente esta mensagem, clique aqui.
PublishNews 11/10/2018
Somos uma agência com experiência no mercado editorial e especializada em assessoria de imprensa e na produção de eventos destinados à conexão entre profissionais de diversas áreas.
Um agregador digital como a Bookwire, com tecnologia de ponta, informações ágeis e um painel de controle completo é fundamental para o sucesso de sua editora e de seus e-books. E agora toda esta tecnologia está disponível no Brasil.
Adaptamos seu valioso conteúdo para o universo digital com tecnologia de nível mundial. Na Hondana, o seu conteúdo é tratado da maneira que merece.
PublishNews, Leonardo Neto, 11/10/2018

Rüdiger Wischenbart e John Sargent durante o CEO Talk de Frankfurt | Leonardo NetoO imponente e moderno Frankfurt Pavilion, espaço erguido para celebrar os 70 anos da Feira do Livro de Frankfurt, serviu de palco para o CEO Talk desse ano. A programação, já tradicional no calendário de editores e frequentadores da feira, é realizada pelo consórcio formado pelos principais veículos de comunicação do mundo, incluindo o PublishNews, Publishers Weekly (EUA), buchreport (Alemanha), Bookdao (China) e Livres Hebdo (França). O convidado desse ano foi John Sargent, CEO da Macmillan, que foi sabatinado por profissionais desses veículos mediados pelo consultor austríaco Rüdiger Wischenbart. No começo desse ano, John protagonizou uma batalha contra a Casa Branca ao publicar Fogo e fúria (no Brasil publicado pela Objetiva), do jornalista Michael Wolf. O livro trata dos bastidores do governo de Donald Trump, que pediu o impedimento de sua publicação. O assunto obviamente chegou ao palco do CEO Talk. Sargent foi enfático que é função do editor defender a liberdade de expressão, mesmo que isso signifique enfrentar o líder da maior economia do mundo. John reconheceu que o primeiro pensamento que teve ao receber a notificação com o pedido de suspensão da publicação do livro foi a de “venderemos pilhas e pilhas de livros” (o que de fato aconteceu). “Num primeiro momento, pensei que era uma decisão apenas comercial continuar com o processo de lançamento do livro, mas depois entendi que era uma decisão que ia além disso. Liberdade de expressão é o próprio fundamento da democracia. A nossa função não é só a de vender livros, mas também a de ajudar a proteger a democracia”, disse. Clique no Leia Mais e confira a íntegra desta nota.

PublishNews, Talita Facchini, 11/10/2018

O autor carioca Geovani Martins, participou nesta quinta-feira de uma mesa na Feira do Livro de Frankfurt sobre os novos autores da América Latina. Na conversa, além de falar sobre o sucesso de O sol na cabeça (Companhia das Letras), seu primeiro livro, o autor adiantou que a obra vai virar filme. Os direitos foram vendidos para a RT Features, produtora de Rodrigo Teixeira. A direção ficará por conta de Karim Aïnouz e o roteiro será feito por André Novais. O filme começa a ser gravado já em 2019. Além disso, Geovani adiantou que está trabalhando num novo livro e pretende lança-lo até 2020.

PublishNews, Leonardo Neto, 11/10/2018

Trine Skei Grande, ministra da Cultura da Noruega, durante a apresentação do programa da Noruega | Talita FacchiniHá cerca de duas décadas, o mundo começou a olhar com mais atenção para a literatura nórdica. O livro que marcou o início desse fenômeno foi O mundo de Sophia (no Brasil publicado pela Companhia das Letras), do norueguês Jostein Gaarder. Começou com ele, mas nunca mais parou, ao contrário, só cresceu. No ano passado, o Norla, centro de promoção da exportação de conteúdos literários da Noruega, concedeu bolsas de apoio à tradução para 538 obras. Esse número foi cinco vezes maior do que a média dos últimos dez anos. Esse foi um dos fatores que levou a Feira do Livro de Frankfurt a eleger o país como o homenageado na sua edição de 2019. Em uma concorrida conferência de imprensa na manhã desta quinta-feira, em Frankfurt, a ministra da Cultura da Noruega e representantes do Norla apresentaram alguns destaques da sua participação no ano que vem. Clique no Leia Mais e saiba o que os noruegueses estão organizando para o ano que vem.

PublishNews, Redação, 11/10/2018

O mexicano Hugo Setzer assumiu a presidência da International Publishers Association (IPA) e Bodour Al Qasimi é a nova vice-presidente. A brasileira Karine Pansa foi eleita para o membership committee, que é o responsável pela seleção de novos associados. A nova composição foi definida na manhã desta quinta, em Frankfurt. ** Em Frankfurt, a Apple recomendou a alguns editores que fiquem prontos para a sua nova plataforma de audiolivros . Não há uma data definida para a mudança, mas pelo que corre pelos corredores da feira, isso acontecerá em breve. ** Na noite de ontem, Nicole Witt, a agente literária alemã que se especializou na literatura lusófona, fez uma festa para reunir editores, autores e amigos. J.P. Cuenca, autor representado por Nicole há mais de dez anos, foi o destaque da noite. Em seu breve discurso, Nicole o apresentou a editores internacionais que estavam no local. ** Cuenca está em Frankfurt para participar de uma série de encontros em que autores latino-americanos dialogam sobre diversos temas. Ele falou sobre Política, literatura e comprometimento. O autor contou como constrói suas narrativas juntando temas que fazem parte do dia a dia do brasileiro e falou sobre a política no país. “Nossa liberdade de expressão e criação no Brasil está ameaçada”. Por falar em Cuenca, ele participa, nesta sexta-feira, de um bate papo na TFM, livraria de Frankfurt especializada em lusofonia ** 48 editores chineses participaram do matchmaking com brasileiros na manhã desta quinta-feira no estande coletivo do Brasil. ** Raíssa Pena, diretora de publicações do Catarse e ganhadora do Prêmio Jovens Talentos, conheceu ontem Francesca Cavallo, coautora de Histórias de ninar para garotas rebeldes, o maior case de crowdfunding de publicações no mundo. A autora disse à Jovem Talento que o espírito empreendedor da dupla - o livro é escrito em parceria com Elena Favilli - foi decisivo no sucesso da campanha. 

PublishNews, Talita Facchini, 11/10/2018

Já no meu terceiro dia acompanhando a feira, ficou ainda mais claro para mim o quanto assuntos como liberdade de expressão e os Direitos Humanos são tratados com importância por aqui. Talvez isso tenha me chamado atenção por conta do futuro incerto do nosso país, mas ainda assim, todas as mesas que vi tocaram no assunto. Na tarde de ontem, acompanhei o CEO Talk, onde os principais veículos que cobrem a indústria editorial do mundo (incluindo o PublishNews, claro) entrevistaram o CEO da Macmillan, John Sargent. Na sabatina, ele falou sobre a importância de se publicar bons livros e que o leitor merece ter a opção de ler todas as versões e opiniões de um mesmo assunto, dando o exemplo de obras a favor e contra o presidente americano, Donald Trump. Clique no Leia Mais e confira a íntegra do terceiro capítulo do Diário de Talita em Frankfurt. 

PublishNews, Redação, 11/10/2018

“Hoje o astral recebe com amor uma de suas representantes na Terra”. Com essa frase, a página oficial de Zíbia Gasparetto no Facebook confirmou a morte da escritora espírita vitimada por um câncer no pâncreas contra o qual lutava desde o início do ano. Segundo a família, a autora best-seller morreu dormindo. Em quase 70 anos de carreira, Zíbia publicou quase 60 títulos, muitos deles figurando entre os mais vendidos do país, como é o caso de O amor venceu, Eles continuam entre nós e A vida sabe o que faz. Segundo a editora Vida & Consciência, casa fundada por Zíbia há 28 anos, já foram mais de 18 milhões de cópias vendidas. Em nota, a editora disse que o legado da autora será eterno. 

PublishNews, Redação, 11/10/2018

Publicado em 2012 pela Record, o livro Em defesa de Jacob, obra best-seller de William Landay, vai virar série na plataforma streaming da Apple. A história acompanha Andy Barber, interpretado por Chris Evans, um respeitado promotor que precisa solucionar o assassinato de um jovem de 14 anos. Entre os suspeitos está o seu próprio filho. O menino jura ser inocente, e Andy, para quem a investigação se transforma em uma prova de amor, acredita nele. Mas, inúmeros fatos e acontecimentos vêm à tona ao longo da investigação, revelando que às vezes os pais sabem muito pouco sobre os filhos. A minissérie, que será assinada por Mark Bomback (Planeta dos Macacos – A guerra) e dirigida por Morten Tyldum (O jogo da imitação), terá oito episódios e ainda não tem previsão de estreia, assim como o serviço de streaming da Apple. Em defesa de Jacob foi eleito como um dos melhores livros de 2012, já foi traduzido para 32 países e permaneceu por 20 semanas na lista dos mais vendidos do The New York Times.

PublishNews, Redação, 11/10/2018

Ruy Castro e Heloisa Seixas são os convidados do Sempre um Papo da próxima terça-feira | Gabriel AraujoO casal Ruy Castro e Heloisa Seixas é o convidado da próxima edição do Sempre um Papo, marcado para acontecer no próximo dia 16, no auditório da Cemig (Rua Alvarenga Peixoto, 1200, Santo Agostinho – Belo Horizonte / MG). Ele apresenta os livros A arte de querer bem (Estação Brasil) e Trêfego e peralta: 50 textos deliciosamente incorretos (Companhia das Letras), ambos reunindo textos publicados ao longo de sua carreira; e Heloisa Seixas, Agora e na hora (Companhia das Letras), finalista do Prêmio SP, romance no qual a autora constrói um poderoso embate de vida e morte entre um escritor e seu personagem. O encontro começa às 19h30, com entrada gratuita.

“A escrita que abraça, acolhe, encontra uma quantidade maior de pessoas não é aquela cheia de palavras inatingíveis, mas a que todos têm a capacidade de compreender.”
Ana Holanda
Escritora brasileira no livro 'Como se encontrar na escrita'
1.
As aventuras na Netoland com Luccas Neto
2.
A sutil arte de ligar o foda-se
3.
O milagre da manhã
4.
Combate espiritual
5.
O poder da autorresponsabilidade
6.
Seja foda!
7.
Me poupe!
8.
Poesia que transforma
9.
Crença Inabalável
10.
21 lições para o século 21
 
PublishNews, Redação, 11/10/2018

Autora de uma dezena de livros de poesia, Mariana Ianelli estreia na literatura infantil com o lançamento de Bichos da noite (Editora Positivo, 40 pp, R$ 43,90). Com ilustrações de Odilon Moraes, o livro fala, de forma poética, dos medos que as crianças têm do escuro - e traz um final reconfortante, com a chegada dos pais. Escrito à noite pela autora, mãe de uma menina de dois anos, o livro é dedicado a todos os que convivem com seus companheiros de escuro - meio reais, meio imaginários -, vencendo o medo com fantasia e curiosidade.

PublishNews, Redação, 11/10/2018

A Ciranda Cultural acaba de publicar mais dois títulos da série Quando me sinto, escrita e ilustrada por Tracy Moroney. A série traz um coelhinho que vivencia diversos sentimentos (tristeza, inveja, medo...) e quais as suas reações nesses momentos. A coleção, segundo estimativas da própria editora, já teve mais de 2 milhões de exemplares vendidos e agora completa dez títulos com o lançamento de Quando me sinto nervoso (22 pp, R$ 34,90 - Trad.: Laura Viralion) e Quando me sinto decepcionado (idem). O livro traz, no fim, uma nota escrita por uma psicóloga infantil e voltada para os pais na qual estão orientações importantes para ajudar a criança quando ela passar por essas emoções.

PublishNews, Redação, 11/10/2018

O que é, o que é? Tem capa, mas não é super-herói. Tem folha, mas não é árvore, tem orelha, mas não é gente. Não fala, mas conta tudo? Essa é uma das charadas reunidas no livro Adivinhas para brincar (Panda Books, 48 pp, R$ 42,90), de Josca Ailine Baroukh e Lucila Silva de Almeida, ilustrado por Camila Sampaio. O volume reúne mais de 70 brincadeiras inéditas, com animais, alimentos, objetos, partes do corpo humano e elementos da natureza para o leitor se divertir a valer com os amigos. Além de divertido, as adivinhações ajudam a criança a aprender a associar ideias e palavras, defendem as autoras. “Aprender brincando é o que propomos aos leitores. Fazemos com que ele pense, repense e tente resolver os enigmas, e depois saia contando para os amigos e familiares o que descobriu com as adivinhas”, destaca Josca.

PublishNews, Redação, 11/10/2018

O livro infantil Três navios (Leitura e Arte, 32 pp, R$ 35), escrito por Paula Strano e ilustrado por Mariana Valente, conta as diferentes viagens feitas por três crianças dentro de um mesmo navio. Três irmãos, três navios, três histórias – a mesma viagem. Laurinha fica intrigada ao ouvir sua avó e os irmãos contando que vieram de Portugal em navios diferentes. Ela sabe que a família veio junta para o Brasil, mas acaba descobrindo que, para guardar suas histórias, cada um faz a própria viagem. O livro é uma celebração ao poder da memória e da fantasia.

PublishNews, Redação, 11/10/2018

Uma rã vive em uma lagoa tão poluída que precisa usar um maiô listrado para proteger sua sensível pele. Dia após dia, ela vai percebendo que o lugar em que vive está cada vez mais cheio de... coisas. De onde vêm tantos objetos? Ela salta cada vez mais alto para entender o que se passa na lagoa e logo descobre que quer mudar essa situação. Conseguirá fazer isso sozinha? O livro Rã de três olhos (Boitatá / Boitempo, 40 pp, R$ 39 - Trad.: Thaisa Burani), da espanhola Olga de Dios, é uma reflexão provocadora sobre o estado do planeta, com ilustrações expressivas que animam o pequeno leitor a participar da solução. De pulo em pulo, a Rã mostra que a busca coletiva por alternativas ao desenvolvimento predatório é uma saída possível para resolver problemas aparentemente difíceis. Suas descobertas falam sobre a importância da preservação, da cooperação e da reciclagem.

 
©2001-2018 por Carrenho Editorial Ltda. Todos os direitos reservados.
Rua Fidalga 471, Conjunto 3 | Vila Madalena | São Paulo | SP | Brasil | 05432-070
O conteúdo deste site não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.