Caso não consiga visualizar corretamente esta mensagem, clique aqui.
PublishNews 26/09/2018
A psi7 Printing Solutions & Internet 7 S.A. é uma empresa de tecnologia na gestão de conteúdos que ajuda as empresas, sejam editoras ou indústrias, a propagar o seu conteúdo nos formatos impresso, áudio, dados ou eletrônico.
Revisora, copidesque e produtora editorial há mais de dez anos com experiência em todas as etapas da produção editorial.
Com mais de 20 anos de experiência na diagramação de livros, Julio Fado oferece um trabalho profissional, de qualidade e rápido. Além da diagramação de livros para impressão, ele também diagrama livros em formato digital.
PublishNews, Leonardo Neto, 26/09/2018

Ministro Sérgio Sá Leitão conduziu a última reunião do GT da Crise que aconteceu nesta terça-feira, em Brasília | © Ronaldo Caldas / Ascom MinCNesta terça-feira (25), aconteceu a segunda e última reunião do Grupo de Trabalho (GT) formado para debater e encontrar soluções para a crise por que vem passando o mercado editorial e livreiro brasileiro. Convocado pelo Ministério da Cultura (MinC) a pedido do presidente Michel Temer, o GT reuniu as principais entidades que representam a cadeia produtiva do livro. A solução encontrada pelos participantes foi levar à Casa Civil uma nova propositura legislativa pela qual se apresentará uma “Política Nacional de Regulação do Comércio de Livros” cujo objetivo é fortalecer o setor e torná-lo mais saudável. A nova propositura legislativa substituiria atual Projeto de Lei 49 / 2015, que enfrentou ataques populares e está estacionado desde junho de 2017 na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania do Senado. Na sua participação no Podcast do PublishNews, em julho passado, o ministro Sérgio Sá Leitão, da Cultura, já havia comentado sobre as dificuldades que o PL enfrentava e propunha uma nova legislação. Pelas discussões realizadas no GT, uma possível saída para isso seria a de alterar a atual Lei do Livro (Lei 10.753 / 2003) e incluir nela um artigo que trata da “regulação do comércio de livros”. Clique no Leia Mais para ter mais detalhes da reunião.

PublishNews, Leonardo Neto, 26/09/2018

Segundo GfK, faturamento com a venda de livros em livrarias, supermercados e lojas de autoatendimento cresceu 0,4% entre os dias 06/08 e 02/09 | © Fernando de França / BlooksA GfK e a Associação Nacional de Livrarias (ANL) acabam de divulgar os resultados do seu relatório que acompanha o desempenho do varejo de livros no Brasil. No intervalo de 06 de agosto a 02 de setembro, o faturamento com a venda de livros em livrarias, supermercados e lojas de autoatendimento monitoradas pela GfK se manteve praticamente estável, com ligeiro ganho nominal (desconsiderando aqui a inflação no período) de 0,4% na comparação com igual período de 2017. Em números absolutos, a cifra atingiu R$ 169,6 milhões. Em volume, o crescimento foi mais expressivo, de 4,2%, totalizando 4,27 milhões de unidades vendidas. O preço médio do livro apresentou queda de 3,6%, fechando em R$ 39,70. No acumulado do ano, o crescimento nominal em faturamento é de 4,4%, totalizando R$ 1,6 bilhão de janeiro até o início desse mês apurados com a venda de 36,9 milhões de exemplares vendidos. Em volume, o crescimento é de 4,8%. Clique no Leia Mais para conferir outros destaques do relatório.

PublishNews, Redação, 26/09/2018

Fernanda Diamant é a nova curadora da Flip | © Nino AndresA Flip 2019 anunciou esta semana sua nova curadora. A escolhida foi a jornalista Fernanda Diamant, editora da revista 451 onde é sócia de Paulo Werneck - curador da festa literária até 2016. Em seu primeiro ano à frente do Programa Principal da Flip, Diamant pretende ampliar a diversidade do evento, trazendo autoras e autores de diferentes gêneros – na ficção e na não-ficção – e buscar novos formatos de mesas literárias. “Pretendo trabalhar o conceito de diversidade de maneira ampliada, trazendo, sobretudo, ideias divergentes, autores que ajudem a expandir o debate em sua área de atuação”, declarou em comunicado oficial. Mauro Munhoz, diretor da Casa Azul, organizadora da Festa, como nos anos anteriores, será o responsável pela direção geral e artística do Programa Principal. “A curadoria da Fernanda Diamant estabelecerá uma relação com as conquistas da Flip nos últimos anos e as novas demandas que estão surgindo no atual cenário político e cultural do Brasil e do mundo”, explicou Munhoz. Nos últimos dois anos, a Flip tem apresentando ao público brasileiro nomes que não se circunscrevem a determinado país ou etnia, mas, sim que refletem o novo cenário multicultural da literatura contemporânea. “Nós tivemos, em 2017 e 2018, com a curadoria da Joselia Aguiar, uma série de inovações na Flip, apresentando novos autores ao leitor brasileiro e reforçando o caráter artístico da Flip, uma de nossas premissas desde a primeira edição”, completou. A 17ª edição da Flip acontece de 10 a 14 de julho de 2019. Clique no Leia mais para conferir a íntegra desta nota.

PublishNews, Redação, 26/09/2018

Com o apoio da Suzano Papel e Celulose, fabricante do papel Pólen, a Feira do Livro de Frankfurt (10 a 14/10) terá mais uma vez uma biblioteca formada por títulos brasileiros ganhadores do Prêmio Jabuti. A "Jabuteca", como foi apelidada a coleção de livros, integrará o estande brasileiro (B46 do Hall 5.1) organizado pelo Projeto Brazilian Publishers, parceria da Câmara Brasileira do Livro com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). O objetivo da biblioteca é divulgar os premiados autores brasileiros para a maior feira de negócios do livro no mundo.

PublishNews, Redação, 26/09/2018

A Editora Sesi-SP abriu três vagas para diferentes áreas. A primeira delas é para analista de promoção e comunicação e a empresa pede que os candidatos tenham experiência comprovada de seis meses atuando na área de livros digitais, tenham conhecimento do aplicativo e-Pub, de marketing mix, inglês fluente e profundo conhecimento do mercado de varejo do livro digital. A segunda vaga é para estagiário na área editorial. O contratado irá acompanhar todas as etapas da produção editorial, será responsável pela revisão e preparação de texto, por bater ajustes e emendas em provas de revisão e acompanhar e ajudar na contratação de serviços de produção, preparação e revisão de textos. Pede-se também que os candidatos estejam cursando 4º ou 5º semestre de Produção Editorial, Letras, Jornalismo e afins. A última vaga é para estágio na área de direitos autorais. As principais responsabilidades incluem abertura de processos, conferência de documentações e o cadastro de processos em sistema específico. É necessário cursar o 4º ou 5º semestre de Administração. Para mais informações sobre envio de currículos é só clicar nos links correspondentes.


** Atualização: A editora informou à redação do PublishNews no dia 27/09/2018 que a vaga de Analista de promoção e comunicação foi cancelada. 

PublishNews, Redação, 26/09/2018

A organização da Feira Internacional do Livro de Sharjah anunciou nesta quarta-feira que o Japão será o convidado de honra da sua 37ª edição que acontecerá entre os dias 31 de outubro e 10 de novembro. A escolha, define a organização da feira, está alinhada à dedicação do Sharjah Book Authority (SBA) em introduzir leitores e intelectuais árabes à cultura do Extremo Oriente. Interessados sempre no intercâmbio cultural – que também norteou a participação do emirado árabe na Bienal de São Paulo – a escolha do Japão também se dá pela importância que o país dá para a sua cultura e por ter importantes livros de autores japoneses como Yukio Mishima, Kazuo Ishiguro e Haruki Murakami traduzidos para o árabe. Ahmed Al Ameri, presidente da SBA, ressaltou que a escolha também é uma ponte para a comunicação intercultural entre os dois países. “A Feira do Livro de Sharjah é um incubadora cultural que reúne nações de todo o mundo. É por isso que a seleção do Japão como convidado de honra alinha-se com o projeto cultural inclusivo da feira, que é exemplificado pelas experiências únicas das nações e como elas vivem harmonizando a tradição e modernidade, passado e futuro, urbanismo e ética em suas culturas, através da literatura e das artes”, comentou.

PublishNews, Redação, 26/09/2018

O Global Illustration Award anunciou esta semana os finalistas de sua terceira edição. O prêmio, realizado pela Feira do Livro de Frankfurt e pela International Information Content Industry Association (ICIA), recebeu inscrições de ilustradores de 43 países e mais de oito mil imagens com o tema Sinais e Civilização foram enviadas para as cinco categorias: Livro ilustrado, Ilustração Editorial e Publicitária, Projeto de Livro Infantil Ilustrado Inédito, Ilustração Científica e Ilustração sobre o tema. A lista completa com os selecionados você confere aqui. Os vencedores serão anunciados no dia 10 de outubro, no Frankfurt Pavilion, com um prêmio total de 26 mil euros. O Global Illustration Award tem como objetivo encorajar a criatividade de ilustradores, construir pontes de colaboração e estabelecer novas tendências.

PublishNews, Redação, 26/09/2018

Julián Fuks e Tiago Ferro estão na atração da Tarrafa Literária de 2018 | © Lisbeth Salas / © DivulgaçãoA Tarrafa Literária, evento realizado pelo livreiro e nosso colunista José Luiz Tahan (Realejo), começa nesta quarta (26) e segue até domingo (30). Nesta 10ª edição, o evento homenageia o autor Ranulpho Prata e recebe nomes como Djamila Ribeiro, Manoel Herzog, Lilia Schwarcz, Milton Hatoum, Cássia D´Aquino, Christian Dunker, Tiago Ferro e Julián Fuks. Os dois últimos, autores das obras O pai da menina morta (Todavia) e A resistência (Companhia das Letras), participam de uma conversa no dia 28, às 17h. Sob o tema Baseado em fatos ficcionais, e com mediação de Christian Godoi, os dois contam sobre o processo de escrita de suas obras. A programação da Tarrafa é gratuita e está disponível no site do evento. Todas as mesas acontecem no Theatro Guarany (Praça dos Andradas, 100 – Santos / SP), palco nobre do festival, no Centro Histórico.

“A escrita pressupõe intensidade, como a vida”
Ana Holanda
Escritora brasileira no livro 'Como se encontrar na escrita'
1.
A sutil arte de ligar o foda-se
2.
As aventuras na Netoland com Luccas Neto
3.
O milagre da manhã
4.
Seja foda!
5.
O poder da autorresponsabilidade
6.
Para todos os garotos que já amei
7.
Me poupe!
8.
21 lições para o século 21
9.
Poesia que transforma
10.
Sapiens
 
PublishNews, Redação, 26/09/2018

Desde crianças somos estimulados – e cobrados – a ser os melhores: o melhor aluno, o melhor jogador, o funcionário de destaque. A sociedade nos torna competitivos e nos leva a querer estar sempre à frente dos outros. Em Grande potencial (Benvirá, 208 pp, R$ 34,90), o estudioso de felicidade Shawn Achor, com base em seu trabalho em mais de 50 países, defende que o sucesso e a felicidade não são “esportes” competitivos. Na verdade, eles dependem basicamente de como nos conectamos e aprendemos com os outros. Achor apresenta o conceito de Grande Potencial, que é o sucesso que só pode ser atingido por meio de um Círculo Virtuoso formado com outras pessoas, e oferece estratégias para elevar o teto do que podemos alcançar enquanto devolvemos felicidade e damos novo significado à nossa vida. Para o autor, não apenas a felicidade é contagiosa; cada dimensão do potencial humano – performance, inteligência, criatividade, habilidade de liderar e saúde – é influenciada por todos a nosso redor. Dessa forma, ao ajudar os outros a se tornarem pessoas melhores, levamos nosso potencial a outro nível.

PublishNews, Redação, 26/09/2018

Em Força de vontade não funciona (LeYa, 256 pp, R$ 44,90 – Trad.: Alessandra Esteche), Benjamin Hardy, psicólogo organizacional e um dos articulistas mais lidos da plataforma Medium.com na área de autodesenvolvimento e autoaprimoramento, explica como as pessoas podem melhorar suas vidas, em todos os níveis, sem contar com a força de vontade, fazendo mudanças pequenas, mas significativas, em seu dia a dia. Ele ensina, acima de tudo, que precisamos investir em nós mesmos e aprimorar nosso ambiente e mentalidade, deixando claro que existem atitudes simples capazes de nos levar na direção da felicidade e do sucesso. É por isso que não se trata de força de vontade: se trata, sim, de entendermos que essa é uma ideia totalmente errada e que devemos mudar a nós mesmos e o nosso entorno para, enfim, termos apoio para conquistar nossos objetivos.

PublishNews, Redação, 26/09/2018

O que você está fazendo hoje pode garantir seu sucesso daqui a cinco anos? O que você pode fazer para desenvolver sua singularidade? Seja singular! (Faro Editorial, 256 pp, R$ 39,90), de Jacob Petry e Valdir R. Bündchen, é uma obra que vai ajudar o leitor a descobrir seu talento e fazer disso uma profissão. Neste livro, Valdir R. Bündchen, pai da modelo Gisele Bündchen - e que no início da carreira agiu como mentor da filha – e Jacob Petry desafiam as fórmulas fantasiosas de enriquecimento fácil em moda nos dias atuais, e apresentam um caminho novo para superar nossos medos, limitações e incertezas. Com o mercado de trabalho está cada vez mais competitivo e não é novidade para ninguém que as empresas buscam por inovação, criatividade e talento. Este livro vai ensinar a pensar de maneira diferente, descobrir sua singularidade e transformar esse talento numa carreira ou num negócio, e usar a imaginação e a criatividade para ser inovador, libertar-se do medo, da insegurança e da baixa autoestima.

PublishNews, Redação, 26/09/2018

Por que certas iniciativas ganham proporções tão grandes enquanto outras não dão em nada? Em O novo poder (Intrínseca, 336 pp, R$ 44,90 – Trad.: Bruno Casotti), Jeremy Heimans e Henry Timms discutem alguns dos maiores casos de sucesso de nosso tempo — o crescimento de megaplataformas como Facebook e Uber, as vitórias inesperadas de Obama e Trump, o surgimento de movimentos como #MeToo — e revelam o que de fato está por trás de todos eles: a ascensão do novo poder, que não é mais protegido e inalcançável como o antigo, mas aberto, colaborativo e movido principalmente por indivíduos comuns. A batalha entre esses dois modelos é o que determina quem nos governa, como trabalhamos e até mesmo como pensamos e nos sentimos. Com exemplos do mundo dos negócios, do ativismo político e da cultura pop, passando pela análise de organizações como Lego, Nasa e TED, os autores explicam como construir e usar da melhor forma esse novo poder.

PublishNews, Redação, 26/09/2018

Em Liderança & propósito (HarperCollins, 352 pp, R$ 49,90 -  Trad.: William Zeytoulian), Fred Kofman revela os segredos de como envolver e manter as pessoas em uma organização, construindo times mais fortes e coesos. O autor explora o que é preciso para se tornar não apenas um bom líder, mas um líder transcendente. Liderança transcendente não tem muito a ver com educação ou treino, afirma Kofman. Apesar de ser PhD em economia e ter ensinado no MIT (Massachussets Institute of Technology), ele logo descobriu que as ferramentas da economia simplesmente não funcionavam quando se tratava de motivar os funcionários. Qualquer organização, ele diz, tem em seu cerne um “projeto de imortalidade”, uma missão com propósito enobrecedor. Líderes de verdade ajudam o resto da organização ou time a se conectar a essa missão, qualquer que seja seu lugar na hierarquia. Repleto de histórias de bastidores, filosofia e reflexões de líderes excepcionais com os quais trabalhou, Kofman oferece um novo guia sobre como liderar e ter sucesso – e deixar um legado.

 
©2001-2018 por Carrenho Editorial Ltda. Todos os direitos reservados.
Rua Fidalga 471, Conjunto 3 | Vila Madalena | São Paulo | SP | Brasil | 05432-070
O conteúdo deste site não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.