Dias de inverno
'Upstate', do crítico literário James Wood, é um drama familiar que questiona: por que algumas pessoas acham a vida muito mais difícil do que outras?

Alan Querry, um investidor imobiliário bem-sucedido do Norte da Inglaterra, tem duas filhas: Vanessa, uma filósofa que vive e leciona em Saratoga Springs, NY, e Helen, executiva de uma gravadora com sede em Londres. As irmãs nunca se recuperaram do divórcio amargo dos pais e da morte precoce da mãe – particularmente Vanessa, que desde a adolescência era atormentada por crises de depressão. Quando sofre uma nova crise, Alan e Helen viajam para Saratoga Springs. Ao longo de seis dias de inverno no norte de Nova York, a família Querry começa a enfrentar os problemas que impulsionam a história de Upstate (Sesi-SP, 248 pp, R$ 69,90 – Trad.: Leonardo Froes). Por que algumas pessoas consideram a vida muito mais difícil do que outras? A felicidade é uma habilidade que pode ser desenvolvida, ou é um feliz acaso do nascimento? A reflexão é útil à felicidade, ou dificulta a sua conquista? Se, como diz o filósofo favorito de Vanessa, "o único empreendimento sério é viver", como devemos viver? Com uma visão humana rica e sutil, repleto de retratos pungentes e muitas vezes engraçados, Upstate, obra do crítico literário James Wood, é um romance perspicaz e intensamente comovente.

[31/05/2021 07:00:00]