Livros embarcam para festival de cinema
PublishNews, Redação, 31/01/2019
Feira do Livro de Frankfurt e Festival de Cinema de Berlin realizam 'pitching' para que detentores de diretos de obras literárias tenham chance de apresentar seus títulos a produtores de cinema

Começa na quinta-feira da próxima semana o Festival Internacional de Cinema de Berlim, o Berlinale. Como acontece desde 2006, a Feira do Livro de Frankfurt realizará, dentro da programação do festival, um pitching em que detentores de diretos autorais de obras literárias terão a oportunidade de apresentar seus trabalhos a produtores de filmes. É uma vitrine mundial para obras literárias que têm fôlego para cinema. Para a edição de 2019, o Books at Berlinale recebeu 160 inscrições de 30 países. Desse universo, foram selecionados 12 títulos que vieram da Alemanha, França, Reino Unido, Itália, Holanda, Noruega, Suíça, Espanha, Coreia do Sul, Síria e Turquia. Entre os títulos selecionados se destaca o livro Dance or die, do sírio Ahmad Joudeh. O livro conta a história real do autor que sustentou seu sonho de dançar, apesar da guerra no seu país e das ameaças de extremistas. “Estou especialmente feliz por esse livro estar entre os selecionados”, disse Juergen Boos, diretor geral da Feira de Frankfurt. “É importante que as histórias comoventes de nosso tempo sejam contadas de maneiras diferentes para que elas alcancem um grande público”, completou. A seleção conta ainda com Keep saying their names, de Simon Stranger, da Noruega, país homenageado de Frankfurt nesse ano, e Rightful blood, de Francesca Melandri, eleito pela revista Spiegel o “romance internacional do ano”. O pitching acontece no próximo dia 11. 

Confira abaixo a lista completa dos títulos selecionados

  • Dance or die, de Ahmad Joudeh (Séria), publicado pela DeA Planeta Libri (Itália)
  • Love in case of emergency, de Daniela Krien (Alemanha) publicado pela Diogenes Verlag (Suíça)
  • Salt on our skin, de Benoîte Groult (França), publicado pela Editions Grasset & Fasquelle (França)
  • The invisible girl, de Blue Jeans (Espanha), publicado pela Planeta (Espanha)
  • The Wannsee murder, de Lutz Wilhelm Kellerhoff (Alemanha), representado por Elisabeth Ruge Agentur (Alemanha)
  • The girl with the leica, de Helena Janeczek (Alemanha), publicado pelo Gruppo editoriale Mauri Spagnol (Itália)
  • The guest, de Nermin Yıldırım (Turquia), representado pela agência  Kalem (Turquia)
  • Keep saying their names, de Simon Stranger (Noruega), representado pela Oslo Literary Agency (Noruega)
  • Play dead, de A.F. Th. van der Heijden(Holanda), publicado pela Singel Uitgeverijen (Holanda)
  • The good son, de You-jeong Jeong (Coreia) representado pela The Artists Partnership (Reino Unido)
  • Rightful blood, de Francesca Melandri (Itália), representado pela The Italian Literary Agency (Itãlia) 
  • Great, and you?, de Kathrin Weßling (Alemanha), publicado pela Ullstein Buchverlage (Alemanha)
[28/01/2019 15:58:32]