Folclore, fantasia e drama
PublishNews, Redação, 04/12/2018
Intrigas, fadas, guerra e um amor impossível estão na nova série escrita por Holly Black

Em O príncipe cruel (Galera, 322 pp, R$ 44,90 – Trad.: Regiane Winarski), Holly Black transporta o leitor para o universo das fadas. Não as inofensivas, com um par de asas às costas. As fadas de Black estão de acordo com o folclore e são criaturas vis, capazes dos gestos mais infames e dos mais surpreendentes sacrifícios. São assustadoras, às vezes belas, outras, repulsivas, mas sempre uma armadilha para mortais. Jude tinha apenas sete anos quando testemunhou o assassinato dos pais por um general fada. Ela, a irmã gêmea e a irmã mais velha são, então, levadas pelo assassino para o Reino das Fadas. Dez anos mais tarde, tudo o que a jovem quer é ser aceita, apesar da própria mortalidade. Mas a maioria das fadas despreza humanos. Principalmente Cardan, o mais jovem e perverso herdeiro do Grande Rei. Para conquistar o tão desejado lugar na Corte, Jude precisa desafiar o príncipe e enfrentar as consequências. Ao fazê-lo, se envolve cada vez mais nas intrigas do palácio e descobre a própria sede de sangue. E conforme a ameaça de uma guerra civil cresce, Jude arriscará a própria vida para salvar a das irmãs. E todo o Reino.

[04/12/2018 07:00:00]