Caso não consiga visualizar corretamente esta mensagem, clique aqui.
PublishNews 28/10/2021
Há mais de 50 anos servindo a cultura e educação, é uma das maiores distribuidoras de livros para o ensino de idiomas, técnicos e científicos.
A Catavento atua no mercado de distribuição de livros para todo o país.
A Transpo Express é uma transportadora que já atua há 10 anos focada completamente no segmento editorial
PublishNews+, Redação, 28/10/2021

O PublishNews+, área exclusiva para assinantes do PN, tem adiantado, semanalmente, os livros que só chegarão às livrarias daí a 45 dias. O serviço, chamado de Próximo Capítulo, é realizado graças a uma parceria com a MVB / Metabooks e tem por objetivo municiar livreiros de informações do que está no prelo das editoras. Nessa semana, o Próximo Capítulo traz as novidades que chegarão às livrarias entre os dias 12 e 18 de dezembro. Entre elas, estão Direitos Sociais em tempos de crise econômica (Saraiva Jur), de Flávio Martins; o quarto volume da série Paradise Kiss (Panini), de Ai Yazawa, e o segundo tomo de Star Wars: Darth Vader (2021), de Greg Pak e Raffaele Ienco. Clique aqui para conferir todas elas. Por enquanto, o Próximo Capítulo está aberto para todos os que se cadastrarem na plataforma, mas em breve, o serviço ficará exclusivo para os assinantes do PN+. A nova seção se soma a outros serviços oferecidos aos assinantes do PN+, como o Radar de Licitações e o Apanhadão Diário. Clique aqui para saber como ser um assinante do PN+.

PublishNews, Redação, 28/10/2021

A Todavia anunciou na manhã desta quinta (28), o vencedor da segunda edição do Prêmio Todavia de não ficção. Lançado em novembro do ano passado, o prêmio teve 143 projetos de reportagem inscritos até abril deste ano e o escolhido foi André Ítalo Rocha, de 31 anos, com um projeto de um livro-reportagem sobre a bancada evangélica. "A ideia de fazer um livro com esse tema surgiu porque eu gostaria de entender melhor o que é a bancada evangélica. Quando eles começaram a se organizar? Quem foi o primeiro político evangélico? Qual foi o contexto?", conta o vencedor do prêmio, que ganhou um contrato de edição que inclui um adiantamento no valor de R$ 15 mil. Esse será o seu primeiro livro. Cearense, Rocha é formado em jornalismo pela Universidade de Fortaleza e especialista em ciência política pela Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo. Os projetos inscritos foram avaliados por um júri formado pelos jornalistas Alcino Leite Neto, Bianca Santana, Bruno Paes Manso e Joselia Aguiar. Em 2020, o vencedor da primeira edição do prêmio foi o roteirista e escritor Bruno Ribeiro, com o projeto de um livro-reportagem sobre um feminicídio no agreste paraibano. As inscrições para a próxima edição abrem em 2022.

PublishNews, Redação, 28/10/2021

“Todo autor precisa de um editor. E não, necessariamente, apenas de uma editora”. É a partir dessa premissa que Mayara Facchini, profissional que ingressou no mercado editorial em 2009 e teve passagens pela Planeta e pela Chiado, fundou a sua própria editora, a Histórias Bem Contadas, que acaba de ser lançada. O foco inicial está na prestação de serviços para autores independentes que precisam de auxílio no processo editorial: da leitura crítica e edição de texto à revisão. “Tenho planos para, futuramente, ter um selo de publicação, mas ainda estou definindo qual será a linha editorial para isso”, revelou em conversa com o PN. “Tenho sentido uma alta demanda do mercado em relação àquela figura do ‘editor à moda antiga’, que mexe bastante no texto, sugere melhorias, mostra os pontos fracos e tem tempo de criar um vínculo mais próximo com o autor”, completou.

PublishNews, Redação, 28/10/2021

A Feira do Livro de Porto Alegre abre a sua 67ª edição nesta sexta-feira (29). Com o tema “Para ler um novo mundo”, o evento acontecerá de forma híbrida, com estandes instalados na tradicional Praça da Alfândega e parte da programação transmitida pela internet. Nomes como Bernard Cornwell, Patricia Portela, Maryan Keyes, Andrea Del Fuego, Jo Nesbø, Pilar Quintana, Djamila Ribeiro, Miriam Leitão, Daniel Galera, Antônio Xerxenesky, Natália Timerman, Celso Gutfreind, Christian Dunker, Luís Augusto Fischer, Natalia Borges Polesso e Regina Navarro Lins estão na programação que segue até o dia 15 de novembro. A curadoria é assinada pela jornalista Lu Thomé. Os encontros serão transmitidas diariamente, das 18h às 19h30, diretamente de um estúdio criado no Memorial do Rio Grande do Sul, ligado à Secretaria Estadual da Cultura, apoiadora do evento. Para acompanhar, é só acessar o site da Feira. Lá também é possível conferir a grade de programação.

PublishNews, Redação, 28/10/2021

A Flima – Festa Literária Internacional da Mantiqueira realiza sua 4ª edição de 05 a 15 de novembro. Em formato 100% virtual e com curadoria do jornalista e escritor Roberto Guimarães, o evento terá 12 mesas de debate, uma por dia, com escritores, poetas, jornalistas e acadêmicos. Além disso, dos 20 autores convidados, 16 são mulheres. Entre elas, destaca-se Maria Valéria Rezende, autora homenageada desta edição e que participará de duas mesas da programação. No dia 06, às 11h30, ela falará sobre sua produção para crianças e jovens e as especificidades de escrever para esse público. No sábado seguinte, 13/11, às 17h, Maria Valéria estará na principal mesa em sua homenagem, conversando sobre literatura e o “vasto mundo” que permeia suas histórias. Giovanna Rivero (Bolívia), Kamila Shamsie (Paquistão), Eliane Brum, Aline Bei, Cristina Judar, Eliana Alves Cruz, Micheliny Verunschk, Mariana Salomão Carrara, Natalia Borges Polesso e Marina Colasanti também estarão no evento. A programação inicia no dia 05, às 17h, com a mesa intitulada Cartografia literária e que contará com participação de Itamar Vieira Junior e Yasmin Santos. A transmissão de toda a programação será feita pelo canal da Flima no YouTube e a programação completa está no site da Festa. Clique no Leia Mais para conferir a íntegra desta nota.

PublishNews, Redação, 28/10/2021

A editora Bambolê, que publica obras infantojuvenis, abriu uma vaga para designer gráfico. São requisitos ter experiência no pacote Adobe; experiência no mercado editorial; ter comprometimento com os objetivos da empresa e o cumprimento de prazos; e ter facilidade para autogestão de tempo, prioridades e tarefas simultâneas. Formação em Design Gráfico, Publicidade e Propaganda, Comunicação Social, Marketing ou Produção Editorial e experiência com produção de vídeos e animações são considerados diferenciais. O contratado irá cuidar da criação de artes para redes sociais, canais de vendas, campanhas publicitárias e materiais promocionais diversos; elaborar orçamentos para as gráficas e conferir as especificações da autorização de produção; elaborar projeto gráfico e realizar a diagramação de livros e catálogos; cuidar do tratamento de imagens; desenvolver identidades gráficas; e adaptar projetos para programas de governo. Os interessados devem se inscrever clicando aqui até o dia 05 de novembro. Para informações completas sobre a vaga, clique no link correspondente.

PublishNews, Redação, 28/10/2021

Sigmund Freud é um dos poucos pensadores e cientistas com forte presença nas manifestações culturais, inclusive nas mais populares. Pudera: suas descobertas colocaram o ser humano diante do universo de mistérios do seu inconsciente – a parte da mente sobre a qual não temos nenhum controle, mas que determina os nossos comportamentos, ansiedades, escolhas e os caminhos da nossa sexualidade. Mas, a obra de Freud acabou sendo, também, uma das preferidas do papo amador. Ideias como ato falho, complexo de Édipo, “sexualidade reprimida” e “negação”, usadas de maneira equivocada, estão o tempo todo por aí. Mas, a confusão acaba aqui. O jornalista Alexandre Carvalho mergulhou profundamente na obra de Sigmund Freud para descomplicar suas principais teorias, apresentando-as de forma clara na obra Freud sem traumas (LeYa, 240 pp, R$ 40). Ao explicar postulados como a pulsão de morte, nosso mal-estar diante das exigências do convívio social e os conflitos psicológicos que definem quem somos, o autor faz uma jornada sobre autoconhecimento – e, de quebra, elucida muitas das questões da sociedade atual. Um conjunto de reflexões urgentes nestes tempos de ataques à autoestima (via redes sociais) e de ódio a opiniões que não sejam idênticas às nossas.

PublishNews, Redação, 28/10/2021

A exaustão passou a ser uma fiel companheira de milhões de pessoas. Burnout, estafa e ansiedade tornaram-se vocabulários corriqueiros, não apenas nas sessões de terapia ao redor do mundo, mas também nos bate-papos entre amigos e familiares – situação que se agravou em tempos de pandemia. É sobre essa imagem da Exaustão como uma estranha protagonista de nossas vidas que o psicólogo e terapeuta familiar Alexandre Coimbra Amaral reflete em seu segundo livro, A exaustão no topo da montanha (Paidós, 192 pp, R$ 42,90). Na publicação, o autor dá voz à Exaustão, que, em um diálogo honesto e empático, tenta conduzir o leitor por caminhos diferentes daqueles que levam ao topo de sua montanha, um lugar onde estar exausto não é sinônimo de sucesso. Ao longo do texto, o psicólogo – e sua fiel companheira – contextualizam a presença da exaustão em diversas formas de vida, abordando temas como altruísmo, maternidade, trabalho, sucesso profissional e conectividade excessiva.

“O livro é a grande ferramenta de transmissão cultura.”
Rui Campos
Dono da Livraria da Travessa
1.
Vendas à prova de crises
2.
Desobedeça
3.
Mindset milionário
4.
DNA revelado das emoções
5.
Rebeldes têm asas
6.
Destrave sua vida
7.
Amor & gelato
8.
Mais esperto que o diabo
9.
A garota do lago
10.
Mentirosos
 
PublishNews, Redação, 28/10/2021

Ao deixar a França, no fim dos anos 1980, o psicanalista italiano Contardo Calligaris (1848-2021) começou uma série de anotações para entender por que tinha sido tão seduzido pelo Brasil a ponto de se estabelecer no país. Esse exercício foi além do propósito inicial e tornou-se também uma análise do Brasil, em que Contardo faz leituras sobre diversos aspectos intrigantes da nossa cultura, desde a persistência da herança escravocrata até a corrupção política. Mescla de “autoanálise do escritor” e “autoanálise coletiva”, nas palavras de Lilia Schwarcz, que assina um prefácio à nova edição, Hello, Brasil! (Fósforo, 328 pp, R$ 69,90) resultou numa reflexão tão reveladora que é difícil não considerá-la uma das mais vigorosas interpretações já feitas da cultura nacional. Além do prefácio inédito, esta edição traz um caderno de imagens, o texto de 1991 revisto pelo autor em 2017, uma introdução dele e cinco ensaios movidos pela tentativa de apreender a estranha e fascinante psique brasileira.

PublishNews, Redação, 28/10/2021

A pessoa nasce um gênio ou se torna um? É a partir deste questionamento que o livro Checklist do gênio (Senai-SP, 336 pp, R$ 74 – Trad.: Zé Oliboni), do autor Dean Keith Simonton, apresenta nove dicas paradoxais com o intuito de proporcionar a reflexão sobre genialidade e testar o talento criativo – inclusive, do leitor. Mesmo com o fato de a palavra gênio ser utilizada com frequência, na maioria das vezes ignora-se, por completo, a extensa pesquisa científica sobre o assunto. O objetivo desta obra, portanto, é tornar tais descobertas, que ocorrem há mais de 150 anos, próximas do público em geral, deixando de ser um conteúdo predominantemente disponibilizado em jornais técnicos. E a melhor maneira para isso é por meio do uso amplo de exemplos concretos e de anedotas retiradas da vida de gênios criativos bem conhecidos: histórias reais - como a de Albert Einstein, Charles Darwin, Sigmund Freud, Pablo Picasso, entre inúmeras outras brilhantes personalidades -, no lugar de números e equações. O livro é o primeiro de uma série de obras em parceria com o Massachusetts Institute of Technology, o MTI.

 
©2001-2021 por Carrenho Editorial Ltda. Todos os direitos reservados.
Rua Henrique Schaumann, 1108 A, CEP 05413-011 Pinheiros, São Paulo -SP
O conteúdo deste site não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.