Caso não consiga visualizar corretamente esta mensagem, clique aqui.
PublishNews 15/09/2020
A Fino Verbo é uma empresa de revisão, redação e preparação de textos para diversos segmentos, ou seja, se tem texto, nós podemos ajudar.
A BOOKPartners é uma distribuidora completa: atende toda a cadeia do livro e seus devidos processos. Em sua estrutura reúne cerca de 220 colaboradores, dois centros de distribuição, e-commerce e marcas voltadas a segmentos específicos de leitores.
A área de Soluções em Acessibilidade é uma divisão da Fundação Dorina Nowill para Cegos criada para oferecer o mais amplo portfólio de produtos e serviços acessíveis a empresas que desejam não apenas se adequar à lei, mas atender a todos os seus clientes com a mesma atenção e respeito!
PublishNews, Redação, 14/09/2020

Depois de uma longa sessão que durou quase sete horas, parte dos credores da Livraria Cultura resolveu não aprovar o novo plano de recuperação judicial da empresa. Dos 45 credores enquadrados na Classe IV (titulares de créditos enquadrados como microempresa ou empresa de pequeno porte) e presentes na assembleia, 24 votaram contra o plano. Juntos, eles representam mais de 50% dos créditos que compõem a classe. Com isso, a decisão estará nas mãos do juiz Marcelo Barbosa Sacramone, que analisará se foi alcançado o cram down (quórum alternativo). Ele terá que levar em conta três critérios: (1) se na assembleia, mais da metade do valor de todos os créditos presentes foi favorável ao plano; (2) se duas das classes votaram, na sua maioria, a favor do plano e (3) se, entre os votantes da Classe IV, que rejeitou o plano, houve o voto favorável de mais de um terço dos credores. Se a resposta for sim para todos estes critérios, ele poderá determinar a continuidade da recuperação judicial. Se o magistrado entender que não se atingiu o cram down, a falência poderá ser decretada. Dos credores enquadrados na Classe I, 95,17% votaram a favor. O índice de aprovação entre os credores qualificados na Classe III foi de 68,88%. No processo da Cultura, não há credores de Classe II. Clique no Leia Mais e tenha acesso à íntegra desta nota.

PublishNews, Redação, 15/09/2020

Jean Paul Prates divulga nota depois da divulgação dos resultados da Pesquisa Retratos da Leitura | © Marcos Oliveira / Agência SenadoNesta segunda-feira (14), o Instituto Pró-Livro (IPL), o Itaú Cultural e o Ibope Inteligência divulgaram ao grande público os resultados da Pesquisa Retratos da Leitura, estudo que mapeia os hábitos de leitura dos brasileiros e demonstrou que o país perdeu 4,6 milhões de leitores entre 2015 e 2019. As primeiras conclusões da Retratos da Leitura fizeram eco em Brasília. O senador Jean Paul Prates (PT/RN), presidente da Frente Parlamentar Mista em Defesa do Livro, da Leitura e da Biblioteca, divulgou nota em que pede mais políticas públicas para a cultura. O senador demonstra preocupação com o fechamento de livrarias. “A pesquisa demonstrou, mais uma vez, a importância das livrarias para o país para a construção de um público leitor”, observa Jean Paul, que é autor do projeto de lei (PL) 2.148/2020 que quer alterar a Política Nacional do Livro para estabelecer medidas de resgates da leitura e do mercado de livros, criando inclusive linhas de crédito específicas para o setor durante a calamidade pública da covid-19. O PublishNews escreveu sobre o PL que aguarda votação pelo Plenário do Senado. Clique no Leia Mais para acessar a íntegra da nota do parlamentar.

PublishNews, Redação, 02/09/2020

Os profissionais da indústria editorial com até 35 anos interessados em concorrer a uma viagem para a Feira do Livro de Frankfurt 2021 têm até esta quarta-feira (16) para se inscreverem no Prêmio Jovens Talentos, realizado pelo PublishNews em parceria com o Sindicato Nacional dos Editores de Livros (SNEL) e a Feira de Frankfurt. O prêmio procura profissionais que se destacaram, fizeram algo inovador e contribuíram de forma notável para o desenvolvimento do mercado no último ano. Nesta sexta edição, o Prêmio JT adotará um modelo diferente devido à pandemia do novo coronavírus. A escolha se dará em duas etapas distintas que durarão até o início do segundo semestre de 2021. Para indicar alguém ou se inscrever, basta enviar um e-mail para inscricoes@premiojovenstalentos.com. O e-mail deve incluir, além de e-mail, telefone e foto do indicado, um testemunhal de até quatro mil caracteres explicando por que você ou a pessoa que você quer indicar merece o prêmio. A inscrição poderá ser feita também em vídeo. Para isso, o candidato deve apresentar um vídeo que tenha de cinco a 15 minutos e nele deverá defender a sua candidatura. Para mais informações sobre como funcionará a dinâmica desta edição do prêmio, a programação dos cinco finalistas e sobre como se inscrever, é só clicar aqui.

PublishNews, Talita Facchini, 15/09/2020

O Booker Prize, um dos mais tradicionais prêmios literários do mundo, divulgou na manhã desta terça-feira (15) a lista dos seis finalistas da sua edição de 2020. Com Hilary Mantel, duas vezes vencedora do prêmio, fora da disputa, a lista conta com os autores Diane Cook, Avni Doshi e Brandon Taylor, dos EUA; o escocês Douglas Stuart; Maaza Mengiste, nascida na Etiópia e Tsitsi Dangarembga, do Zimbábue. Outro destaque é que dos seis livros finalistas, quatro foram publicados por editoras independentes. Dangarembga é autora de This mournable body, terceiro romance da trilogia que começou com Condições nervosas, publicado por aqui pela Kapulana. A obra acompanha a personagem principal Tambudzai, que vivia em um albergue em más condições e que está ansiosa com suas perspectivas depois de deixar um emprego estagnado. A trilogia traz discussões sobre machismo, religião e colonialismo, e como esses três fatores se entrelaçam para construir uma sociedade altamente opressora e limitante para as mulheres e as pessoas que vivem na pobreza. Outra autora publicada por aqui é Maaza Mengiste, que está entre os finalistas com The shadow king. Ambientado na Etiópia em 1935, o livro explora o poder feminino e o que significa ser uma mulher na guerra. O vencedor levará para casa um prêmio no valor de 50 mil libras e será conhecido no dia 17 de novembro. Clique no Leia Mais para conferir a lista completa dos finalistas.

PublishNews, Redação, 15/09/2020

A Catapulta, editora especializada na publicação de livros infantis, está à procura de um coordenador de vendas. Para o cargo é necessário ter superior completo, experiência em vendas no segmento de livros infantojuvenis e inglês intermediário. Possuir perfil comercial, ser comunicativo e focado em resultados e ter facilidade de trabalhar em equipe também são requisitos. O contratado atuará diretamente na coordenação da equipe de vendas, estabelecendo ações e estratégias para alcance de metas mensais, será o responsável por cobrar resultados aos vendedores e representantes, irá cuidar da divulgação do catálogo de produtos e novos lançamentos, desenvolver ações promocionais e preparar relatórios e análises das vendas. Os interessados devem enviar currículos para o e-mail infobr@catapulta.net.

PublishNews, Redação, 15/09/2020

A Editora Wish apostou mais uma vez em uma campanha de financiamento coletivo no Catarse. A obra da vez é o inédito The five, a história não contada das mulheres assassinadas por Jack, o Estripador, da historiadora Hallie Rubenhold. O livro é a primeira biografia completa a explorar e contextualizar a vida das cinco vítimas de Jack, o Estripador e venceu o Prêmio Baillie Gifford de Não Ficção 2019 e o Goodreads Choice Awards History Book Of The Year 2019. Na obra, o leitor conhece as histórias de Polly, Annie, Elizabeth, Catherine e Mary-Jane, as vítimas de Jack, sob a perspectiva de suas vidas e não das figuras retratadas pelos jornais da época, que se empenharam em nos dizer que “o Estripador” foi um predador de prostitutas. Restando 18 dias para o fim da campanha, a Wish já arrecadou 91% da meta. A obra será publicada em capa dura e quem apoiar o projeto poderá ter seu nome nos agradecimentos, ganhar marcadores de página, postais e ecobags.

PublishNews, Redação, 15/09/2020

A Rede de Museus-Casas Literários de São Paulo está com as inscrições abertas para a sua programação do mês de setembro. No dia 23, às 19h, o escritor e professor Flávio Ricardo Vassoler conduzirá a palestra O confinamento pandêmico e o interesse por literatura e filosofia. A aula será transmitida pelo Facebook da Casa Guilherme de Almeida. No dia 25, Marcelo Tápia, diretor da Rede de Museus-Casas Literários, buscará expor experiências anteriores e atuais da Casa Guilherme de Almeida, Casa das Rosas e Casa Mário de Andrade na palestra Museu, templo das musas. As inscrições ficam abertas até o dia do evento, neste link. E no dia 26, acontece mais uma edição do Clube de Leitura Mario de Andrade, que dá aos participantes a oportunidade de conhecer a tradição do cordel, gênero literário que foi reconhecido, em 2018, como patrimônio imaterial pelo IPHAN. Nesta edição, a convidada será a cordelista e contadora Cleusa Santo, que irá recitar e comentar o cordel O anel da pedra rosada. Para se inscrever é só clicar aqui.

PublishNews, Redação, 15/09/2020

A história de Anne de Green Gables (112 pp, R$ 50), escrita por Lucy Maud Montgomery e que inspirou o seriado Anne with E, ganhou também uma adaptação para os quadrinhos, publicada pela Epifania Comics, com desenhos de Marcio Zanini. Na obra, a animada Anne Shirley chega à Ilha do Príncipe Eduardo, onde será adotada por Marilla e Matthew Cuthbert. O que ela não sabe é que os irmãos na verdade desejavam adotar um garoto que pudesse ajudar nos afazeres de Green Gables. A jovem, então, encara o desafio de ajudar no dia a dia daquela família, de modo que os dias se passam repletos de aprendizados para a órfã e o casal de irmãos. Segundo Zanini, os traços adotados para o desenvolvimento das ilustrações carregam um pouco da sua assinatura, mas foram inspirados na série da Netflix.

“Ou lemos mais ou o país não será um país desenvolvido”
Eduardo Saron
Diretor do Itaú Cultural
1.
Box Harry Potter
2.
Mais esperto que o diabo
3.
Excelência para obstinados
4.
Sol da meia-noite
5.
A sutil arte de ligar o foda-se
6.
As muralhas vão cair
7.
Pai rico, pai pobre - Edição de 20 anos
8.
Decida vencer
9.
A vida mentirosa dos adultos
10.
Mulheres que correm com os lobos (capa dura)
 
PublishNews, Redação, 15/09/2020

Calvin é o garoto de seis anos mestre em fazer diabruras e se indignar, e seu companheiro filósofo Haroldo, o tigre de pelúcia cuja ideia de aventura é deitar em frente à lareira e ter alguém que lhe coce a barriga. Dando continuidade à coleção, a Conrad publicou o 17º volume, O indispensável de Calvin e Haroldo (Conrad, 256 pp, R$ 64,90), coletânea que reúne tiras dos livros Deu tilt no progresso científico e A hora da vingança. A compilação é em um formato maior, com tiras dominicais totalmente coloridas e ainda com um poema inédito e ilustrado de Bill Watterson. As tiras de Calvin e Haroldo foram publicadas de 1985 até 1995. No final de 95 os editores foram surpreendidos por uma carta de Bill Watterson publicada no jornal agradecendo a audiência e aos leitores, dizendo que ele ia descontinuar a tira pois seus interesses haviam mudado. As tiras chegaram a sair em 2.500 jornais ao mesmo tempo no mundo e até hoje cerca de 150 jornais publicam Calvin e Haroldo.

PublishNews, Redação, 15/09/2020

Com um humor cáustico e sempre pronta para rir de si mesma, Bruna Maia deu vida à @estarmorta, perfil de sucesso nos Instagram. Seus posts falam de amor, sexo, carreira, transtornos mentais, feminismo e dilemas geracionais de um jeito inteligente e irônico. Mente, corpo, trabalho, relacionamento, amizade e espiritualidade: a partir de temas como estes, a autora coloca em cena personagens que poderiam estar ao nosso lado agora, gente que encontramos todos os dias pelas ruas dos grandes centros urbanos de nosso país. Cronista afiada das contradições, dores e delícias de ser mulher neste início de século XXI, Bruna Maia faz na obra Parece que piorou (Quadrinhos na Cia, 176 pp, R$ 69,90) um inventário das aflições de mulheres e homens do nosso tempo.

PublishNews, Redação, 15/09/2020

Com a floresta Amazônica como pano de fundo, Kriança Índia (34 pp, R$ 6), de Rafa Campos Rocha, é o primeiro quadrinho a ser lançado no selo de independentes da Editora Guará. O quadrinho traz, em meio a uma trama ousada, as ameaças do homem branco ao modo de vida da floresta, seu povo e seus recursos. Um fantasma ronda a floresta. Seu nome é sussurrado com medo por todos os milicianos, garimpeiros, madeireiros e capangas do agronegócio que assolam a floresta latino-americana. Não se sabe nada sobre sua origem, nem ao menos sua idade exata. O que se sabe é que Kriança Índia massacra impiedosamente os brancos que se atrevem a profanar sua terra. A primeira edição do gibi conta com seis histórias da Kriança Índia, duas desenhadas por Álvaro Maia.

 
©2001-2020 por Carrenho Editorial Ltda. Todos os direitos reservados.
Rua Fidalga 471, Conjunto 3 | Vila Madalena | São Paulo | SP | Brasil | 05432-070
O conteúdo deste site não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.