Caso não consiga visualizar corretamente esta mensagem, clique aqui.
PublishNews 12/02/2020
A Futura Editoração é especializada em Diagramação e design editorial
Projeto gráfico e diagramação de livros, revistas e boletins
Capitu Já Leu é uma empresa que oferece serviços de revisão e preparação textual para obras literárias e acadêmicas.
PublishNews, Carlo Carrenho, 12/02/2020

Gerson Ramos, diretor comercial da Planeta; Daniela Kfuri, diretora de marketing e vendas da Harpercollins Brasil; e Bruno Zolotar, diretor de marketing e vendas da Editora Rocco | © PublishNewsPara escrever um artigo sobre o atual estado do varejo de livros brasileiro para a Publishers Weekly, Carlo Carrenho entrou em contato com três feras comerciais do mercado editorial: Daniela Kfuri, diretora de marketing e vendas da HarperCollins Brasil; Bruno Zolotar, diretor de marketing e vendas da Editora Rocco; e Gerson Ramos, diretor comercial da Planeta. Depois de enviar uma série de perguntas por WhatsApp e aproveitar apenas alguns trechos, Carlo percebeu que tinha em mãos um material valioso, com ideias e visões bastante interessantes, sobre temas como a crise do varejo, o ano de 2019, o crescimento da Amazon e o potencial do mercado de audiolivros. Clique no Leia Mais para ler esta entrevista tripla e conhecer a visão de mercado destes três respeitados profissionais do livro.

PublishNews, Redação, 12/02/2020

Para reduzir a pena, o preso precisa ler e resenhar livros | Site do Grupo Mulheres pelo BrasilEm setembro de 2018, a Jnana Consultoria, o grupo Mulheres do Brasil, as editoras Boitempo, Planeta, Record e Todavia e o governo de São Paulo fecharam uma parceria para levar a dez penitenciárias do estado um projeto de leitura com o objetivo de remissão de pena. Na primeira fase do programa, 200 presos participaram lendo e resenhando livros. Conforme diz a legislação atual, cada livro lido pode diminuir a pena em quatro dias. Cada preso pode ler até 12 livros por ano, totalizando, portanto, redução de até 48 dias da sua condenação. Em julho de 2019, o convênio foi renovado para mais uma fase do projeto e as quatro editoras doaram 240 exemplares para o programa que seria ampliado para alcançar 400 presos. No entanto, de acordo com a Folha, o governo paulista vetou uma lista de livros que seriam adotados pelo programa. A lista era composta por 12 títulos, entre eles estão: Vá, coloque um vigia, de Harper Lee; Crônica de uma morte anunciada, de Gabriel Garcia Márquez; O estrangeiro, de Albert Camus, e Paisagem de outono, de Leonardo Padura. À Folha, o governo se manifestou por nota dizendo que não houve censura ou veto e que não faz juízo dos livros escolhidos. O documento enviado à Folha diz ainda que "faz um rodízio de títulos e é possível que os livros sugeridos entrem futuramente para remição pela leitura". Clique no Leia Mais para ter acesso à íntegra desta nota.

PublishNews, Redação, 12/02/2020

A TAG – Experiências Literárias divulgou os seus números referentes a 2019. Com faturamento de R$ 36 milhões, o clube de assinatura de livros cresceu 38% com relação ao ano anterior e encerrou o ano batendo a marca de 50 mil assinantes distribuídos em 2.300 cidades brasileiras. Só o Kit Inéditos, que envia mensalmente uma caixinha com best-sellers internacionais ainda não publicados no país, cresceu 50% no ano passado, alcançando 22 mil assinantes. Ainda de acordo com o clube de assinaturas, a loja on-line da TAG também fez diferença no aumento da receita, alcançando crescimento de 59% nas vendas sobre o ano anterior, representando hoje 5,5% do faturamento total do clube. Já a campanha #Desafio1LivroPorMês, rendeu à TAG quase 3 mil assinantes em 2019.

PublishNews, Redação, 12/02/2020

Kennedy Ryan, autora vencedora do Rita Awards, é um dos destaques do The Gift Day Internacional | Redes sociais da autoraA editora The Gift Box marcou para os dias 14 e 15 de março, a quarta edição do The Gift Day Internacional, evento que reúne autores de romances nacionais e internacionais. Segundo Roberta Teixeira, diretora editorial da casa, a programação desta vez irá focar no empoderamento feminino. “Estamos na quarta edição internacional do evento e cada vez buscamos oferecer uma estrutura inspirada em grandes eventos internacionais, fomentando o interesse do leitor pela literatura em tempos de crise no mercado editorial”, contou. Um dos destaques do evento será a autora Kennedy Ryan (na foto ao lado), vencedora do Rita Awards, da Associação Americana de Escritores de Romance (RWA) com o livro Long shot, da série The hoops, que aborda o relacionamento abusivo. Já a britânica Jane Harvey-Berrick lança pela The Gift Box Editora o livro Lifers e pela Record, a obra Namorado modelo, continuação do romance Imbatível, escrito em parceria com Stuart Reardon e que também estará no evento. Na lista de autoras confirmadas estão também Kym Grosso e as brasileiras Carol Dias, Helena Stein, Cristina Melo, MS Fayes, Bya Campista, Lety Friederich e Mari Salles. O The Gift Day International acontece no Centro de Convenções do ION Intelligent Center (Av. das Américas, 1.650 – Rio de Janeiro / RJ), sendo que no dia 14, a entrada é através da compra de ingresso VIP, que garante acesso ao evento de forma diferenciada. Já no dia 15, o acesso é gratuito e é preciso garantir o lançamento do autor da mesa que desejar o autógrafo. Para mais informações é só clicar aqui.

PublishNews, Talita Facchini, 12/02/2020

A Árvore de Livros, biblioteca digital fundada em 2014, abriu uma vaga para analista de relacionamento com editoras. As funções do cargo incluem estruturar uma rotina de acompanhamento do relacionamento com todas as editoras parceiras da Árvore e ser o responsável pela saúde e satisfação dessas parcerias, assegurando aderência em indicadores quantitativos e qualitativos. É imprescindível tino comercial, senso de responsabilidade, visão de mercado, empatia pela editora e engajamento com a missão da Árvore. Experiência prévia de pelo menos um ano em relacionamento com clientes e conhecimento do mercado editorial são considerados diferenciais. Os benefícios incluem vale transporte, vale refeição ou alimentação e plano de saúde. Os interessados devem se inscrever para a vaga clicando aqui.

PublishNews, Talita Facchini, 12/02/2020

A Know-How, empresa prestadora de serviços para editoras na produção de livros de diversas áreas, abriu uma vaga para revisor de texto. O contratado irá atuar com revisão de textos em livros jurídicos, médicos, revistas e artigos. É necessário ter superior completo em Letras ou cursos afins e desejável ter no mínimo dois anos de experiência com revisão ortográfica, gramatical e padronizações em livros. Os interessados devem enviar currículos para o e-mail adm@knowhoweditorial.com.br até abril.

PublishNews, Redação, 12/02/2020

Em Três guinéus (Autêntica, 264 pp, R$ 68,90 – Trad.: Tomaz Tadeu), escrito originalmente em 1938, Virginia Woolf constrói uma trama argumentativa para demonstrar o forte vínculo entre o militarismo e o papel subordinado das mulheres na esfera doméstica, política e social. A obra está repleta de exemplos da vida cotidiana, de citações de jornais e livros, de extratos de biografias e autobiografias, de dados e estatísticas de livros de referência, dos quais Virginia se utiliza para demonstrar e ilustrar seus argumentos. Com essas características, Três guinéus se tornou um documento importante em sua época. Completam a edição notas do tradutor e um posfácio de Naomi Black, pesquisadora de ativismo e teoria feminista, sobre o feminismo de Virginia Woolf.

PublishNews, Redação, 12/02/2020

Quando conheceu Gustavo, Isabela parecia ter encontrado o garoto que se encaixava perfeitamente nos seus sonhos. Ela havia acabado de reencontrar os amigos na volta às aulas da faculdade de Direito e estava saindo com um colega do curso de inglês, mas sabia que a relação não tinha futuro. Em uma festa badalada da Medicina, ela fica com Gustavo, aluno novato da universidade e membro de uma família tradicional de Juiz de Fora (MG). Como sempre acontece nas grandes paixões, o início do relacionamento foi arrebatador, e Isabela sentia como se estivesse vivendo um conto de fadas. Com o tempo, no entanto, a história dos dois muda de figura, e ninguém imagina que por trás das declarações de amor de Gustavo nas redes sociais há uma garota que a cada dia perde mais o brilho, que se vê obrigada a medir cada gesto e já nem se reconhece mais. Não se humilha, não (Intrínseca, 320 pp, R$ 39,90) prepara o terreno para os acontecimentos narrados nos três primeiros volumes da série escrita por Isabela Freitas.

“A literatura não se resume às palavras, a literatura é aquilo que as palavras despertam em quem lê.”
Karl Ove Knausgård
Escritor norueguês
1.
A sutil arte de ligar o foda-se
2.
Do mil ao milhão
3.
Mais esperto que o diabo
4.
O milagre da manhã
5.
Escravidão
6.
Como fazer amigos e influenciar pessoas
7.
Mindset
8.
Seja foda!
9.
Barriga dos sonhos
10.
Os segredos da mente milionária
 
PublishNews, Redação, 12/02/2020

No livro Mulheres dos escombros (Revan, 304 pp, R$ 57), a assistente social Scheilla Nunes faz uma reflexão teórica sobre a discussão de gênero que dá corpo à luta política das mulheres no país. A obra é resultado da tese de doutorado da pesquisadora, defendida em 2018 no Programa de Pós-Graduação em Serviço Social da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Ao pensar as condições das mulheres periféricas, a autora analisa problemas como a violência sexista, o racismo e a criminalização da pobreza nos tempos atuais. Para fazer essa análise, levou em consideração o conceito de Guerra Total, de Marildo Menegat, que reflete sobre a crise da modernidade e o conceito de barbárie. Segundo ele, o capitalismo seria uma forma bem-sucedida de controlar a destrutividade da guerra, ancorado pela ideia de uso legítimo da violência do Estado, relacionando diretamente a destruição e o progresso. “Ela nos fala do quadro de colapso social do capitalismo que se expressa na fome, nos extermínios étnicos, nos deslocamentos migratórios, no aumento da violência contra a mulher, no encarceramento em massa e na catástrofe climática”, explica Vera Malaguti, que escreveu o prefácio do livro e é mestre em História Social pela Universidade Federal Fluminense (UFF).

PublishNews, Redação, 12/02/2020

Eleonora, a protagonista de Solidão acompanhada (Globo Livros, 220 pp, R$ 39,90), está solteira, mora num quarto e sala bancado por seus pais e não tem muita ideia do que fazer com a tela em branco que parece ser sua vida. Divertida e repleta de questões existenciais sobre o mundo e as pessoas que a cercam, Eleonora é uma jovem mulher em busca do amor e da felicidade num universo onde, apesar de todas as conexões, dos aplicativos de encontros e das redes sociais, nunca houve tanta solidão. Seu mundo é extremamente conectado, embora ela tenha uma crescente noção de que cada pessoa é, mais do que nunca, uma ilha. Enquanto tenta arrumar um amor, uma vocação, um grupo de amigos, o sucesso nas redes sociais e algum sentido para sua existência, Eleonora diverte o leitor com as confusões do seu dia a dia e suas observações ácidas e sagazes sobre o mundo que a cerca. Impossível não se identificar. Solidão acompanhada é o novo título de Ana Beatriz Barbosa Silva com a estreante Lauren Palma.

 
©2001-2020 por Carrenho Editorial Ltda. Todos os direitos reservados.
Rua Fidalga 471, Conjunto 3 | Vila Madalena | São Paulo | SP | Brasil | 05432-070
O conteúdo deste site não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.