Caso não consiga visualizar corretamente esta mensagem, clique aqui.
PublishNews 10/12/2019
Há 49 anos servindo a cultura e educação, é uma das maiores distribuidoras de livros para o ensino de idiomas, técnicos e científicos.
A Transpo Express é uma transportadora que já atua há 10 anos focada completamente no segmento editorial. Faz entregas e coletas em editoras, distribuidoras, livrarias, gráficas e grandes redes. A área de atuação atualmente engloba São Paulo (Capital), grande São Paulo, Jundiaí, Campinas e todo o estado do Rio de Janeiro.
A área de Soluções em Acessibilidade é uma divisão da Fundação Dorina Nowill para Cegos criada para oferecer o mais amplo portfólio de produtos e serviços acessíveis a empresas que desejam não apenas se adequar à lei, mas atender a todos os seus clientes com a mesma atenção e respeito!
PublishNews, Redação, 10/12/2019

O Gourmand World Cookbook Awards, maior premiação internacional de editoração de gastronomia e vinhos, anunciou os finalistas da sua edição de 2020. Este ano, o Brasil aparece 31 vezes na lista e o PublishNews está entre eles. Pela terceira vez concorremos na categoria Publicação do Mercado Editorial junto com o Cookbook Co. Cooks (Canadá); Athenaeum du Vin Newsletter (França); Frankfurt Book Fair Newsletter (Alemanha); Librería Aliana Newsletter (Espanha) e a Kitchen Arts & Letters newsletter (USA). O PN já venceu o prêmio em 2016 e em 2015 ficamos com a medalha de prata. Na disputa nesse ano, está a Senac que concorre como Editora do Ano e ainda com outros três títulos: Só para um, de Rita Lobo, na categoria Bestsellers; Cozinhando com economia, de Zenir dalla Costa, em Receitas Fáceis, e Direto ao pão, de Luiz Américo Camargo, na categoria Pães. Outra editora que merece destaque é a Alaúde, que já conquistou 14 premiações e este ano concorre com os livros A cozinha de Daniel Bork, nas categorias Chef Book, Celebrity Chefs e Livros Escritos em Português. A obra Petit Larousse du Chocolat, do Le Cordon Bleu, concorre na categoria Melhor Livro Estrangeiro e Melhor Tradução; e o livro Vegano pelo Mediterrâneo, de Katia Cardoso, concorre nas categorias Vegano e Mediterrâneo. Outros livros que estão entre os finalistas são Porque criei a gastronomia periférica (Inova), de Edson Leite, nas categorias Cozinha e Pessoas Inovadoras; Tailândia, Cores & Sabores (Melhoramentos), de Carlos Eduardo Oliveira e fotos de Johnny Mazzilli, nas categorias Fotografia e Asiático publicado fora da Ásia; Da raiz à flor (Globo Livros), de Bela Gil na categoria Sustentável, e Todo mundo na cozinha (Globo Livros), de Carol Fiorentino, na categoria Família. A lista completa com os finalistas você confere clicando aqui. Os vencedores serão divulgados em maio de 2020.

PublishNews, Redação, 10/12/2019

Até agora, os editores que quisessem ter seus livros à venda no Submarino tinham que percorrer um longo caminho até conseguir vê-los na vitrine digital. Mas um acordo entre a plataforma de e-commerce e a Metabooks promete diminuir esse percurso. É que a partir de agora, as editoras clientes da Metabooks podem entrar em contato com a sua equipe para solicitar a inclusão de seus livros no catálogo da B2W, holding que abriga o Submarino. Depois dessa solicitação, os livros passarão a estar disponíveis automaticamente no site. Com isso, a empresa afirma que os 115 mil livros presentes na Metabooks passarão a estar padronizados conforme as necessidades do Submarino e ainda estima que irá dobrar o número de livros disponíveis em pré-venda no site. Ricardo Costa, CEO da Metabooks no Brasil, aposta que a novidade irá diminuir o tempo gasto com cadastros e acelerar o processo para que livros fiquem disponíveis no site. “Agilizamos o processo e ainda garantimos a alta qualidade dos metadados”, disse. “Este é mais um passo da Metabooks se fortalecendo como referência em banco de dados do mercado de livros no Brasil e, com certeza, esta integração amplia a relevância da plataforma no mercado ", defendeu.

PublishNews, Redação, 10/12/2019

Com o ano quase no fim e depois das principais feiras literárias já terem acontecido, as editoras estão aumentando seus catálogos para 2020. A HarperCollins, por exemplo, comprou em pre-empt, os direitos do livro The radio operator, da premiada autora alemã Ulla Lenze. A editora também possui agora os direitos da obra Pão de açúcar, de Afonso Reis Cabral e que conta a história real do caso que chocou Portugal em 2006 quando bombeiros da Cidade do Porto resgataram do poço de um prédio abandonado um corpo com marcas de agressões. O terceiro livro adquirido pela editora é Alegría, de Manuel Vilas e que foi finalista do Prêmio Planeta 2019. Além dos livros That will never work, de Marc Randolph, o primeiro CEO da Netflix, e de The conductor, romance de Maria Peters (negócios adiantado por Cassiano Elek Machado na sua participação no Podcast do PublishNews), a Planeta adquiriu, também em pre-empt, a obra The patient, livro de estreia de Jasper DeWitt e que conta a história de uma psiquiatra que tenta curar um paciente desconcertante e que passou praticamente a vida toda internado. Clique no Leia Mais para conferir o que mais estará nos catálogos das editoras em 2020.

PublishNews, Redação, 10/12/2019

Oduvaldo Vianna Filho (1936 - 1974), o Vianinha, levou para os palcos a realidade brasileira por meio do homem trabalhador, simples. Participou ativamente do Teatro de Arena e fundou Centro Popular de Cultura da UNE. Em 1964, mesmo com o arrocho da ditadura militar, ele cria o espetáculo-protesto Show Opinião, com Armando Costa e Paulo Pontes. É, portanto, um nome fundamental para o teatro e para a cultura brasileira. A editora Florence Curimbaba tem se dedicado a resgatar a obra de Vianinha e publicá-la pela Temporal. Isso a qualificou para ser a convidada do Podcast do PublishNews que irá ao ar na próxima segunda-feira (16). Ouvintes que queiram participar da conversa podem enviar suas perguntas pelo WhatsApp (011) 3816-1270. A gravação acontece nesta quinta-feira (12), ao meio dia.

PublishNews, Redação, 10/12/2019

José Santos é um dos autores que participam do evento | © Jonas Worcman / DivulgaçãoO Consulado de Portugal em São Paulo, a Casa de Portugal e a Aquarela Brasileira Livros realizam logo mais, às 19h, o projeto Literaturas de Portugal e Brasil: Encontros e Diálogos. No encontro, autores e editores que trabalham com literatura nos dois países se reúnem para conversar sobre suas experiências e as possibilidades de expansão do intercâmbio cultural entre Portugal e Brasil. O encontro de hoje, na Casa de Portugal (Av. da Liberdade, 602 - São Paulo / SP) contará com a presença dos autores José Santos (na foto ao lado), Wagner Merije, Hélder Grau Santos (Anthony Clown) e Carlos Seabra (mediador). Na primeira hora do evento acontece a conversa com o público e logo depois, o lançamento dos livros Breve, de João José Cochofel, antologia organizada por Sofia Cochofel Quintela; Infâncias, de José Santos e José Jorge Letria; Psyché e Hamlet vão para Hodiohill, de Wagner Merije; Os segundos nomes, de Anthony Clown; Origem e Ruína, de Paulo Branco Lima e Coimbra em palavras, de 34 autoras e autores, com prefácio de José Augusto Cardoso Bernardes. O próximo encontro acontece no dia 17, às 19h, na Livraria do Belas (Rua Gonçalves Dias, 1.581 – Lourdes – Belo Horizonte / MG), com a participação de Ana Elisa Ribeiro e Rômulo Garcias.

PublishNews, Redação, 10/12/2019

Jotabê Medeiros | © Daniel Bianchini / Sempre Um PapoA Todavia realiza logo mais, às 19h30, no Copanzinho (Av. São Luís, 130 – São Paulo / SP), um bate papo com Jotabê Medeiros, autor do livro Não diga que a canção está perdida. A obra conta como Raulzito, o garoto de classe média de Salvador que era fã de Elvis Presley, se transformou em Raul Seixas, um dos maiores ícones da cultura pop brasileira e como o responsável por versos que se confundem com a contracultura dos anos 1970, foi derrotado pelas drogas e pelo alcoolismo na década seguinte, mas sem deixar de produzir hits inesquecíveis. Na conversa com a jornalista Cris Naumovs, Jotabê - que também é autor de Apenas um rapaz latino-americano, biografia de Belchior - falará sobre a biografia definitiva do Maluco Beleza e seu processo de escrita. O encontro é gratuito.

PublishNews, Redação, 10/12/2019

Conhecido como o empreendedor do Tucuruvi, Nelson Fernandes sempre pensou grande. Nos anos 1960 gestou o projeto da Indústria Brasileira de Automóveis Presidente (Ibap), uma sociedade de capital nacional com o objetivo de produzir carros modernos, avançados e 100% brasileiros. Criou também o Clube Acre, do Hospital Presidente I e II. Toda sua história está no livro Sonhador de utopias, escrito por Alexandre Volpi e publicado pela Cosmos. O lançamento do livro em Curitiba acontece logo mais, às 19h, na Livraria da Vila do Shopping Pátio Batel (Av. do Batel, 1.868) e em São Paulo, nesta sexta (13), também às 19h, no Acre Clube (Rua Água Comprida, 257).

PublishNews, Redação, 10/12/2019

A operação Lava Jato foi deflagrada em março de 2014 pela Justiça Federal, em Curitiba, e logo o Ministério Público expôs um imenso esquema de corrupção envolvendo Petrobras, partidos políticos e empreiteiras. A condenação e efetiva prisão de importantes figuras públicas inaugurou novos paradigmas em nosso contexto sociopolítico. O jornalista Wálter Nunes, da Folha de S.Paulo, investiga a rotina de altos executivos e políticos dentro da cadeia desde 2014. Em conversas com agentes federais e penitenciários, advogados, jornalistas, além dos próprios presos e de seus familiares, levantou inúmeras histórias que, juntas, compõem um ainda pouco conhecido retrato da vida da elite tanto na carceragem da Polícia Federal quanto no presídio. Como é o cotidiano desses presos? O que é permitido e o que não é, como é sua alimentação, como se exercitam, como é a convivência com outros presos, carcereiros, advogados e a imprensa, seu estado emocional e físico. A elite na cadeia (Objetiva, 278 pp, R$ 49,90) responde a todas essas questões.

“A leitura é apenas um passaporte para o conhecimento.”
Affonso Romano de Sant'Anna
Escritor brasileiro
1.
A sutil arte de ligar o foda-se
2.
Seja a solução dos seus problemas
3.
Escravidão
4.
A garota do lago
5.
Do mil ao milhão
6.
O poder da autorresponsabilidade
7.
Seja foda!
8.
Essa gente
9.
Luccas Neto em "Os aventureiros"
10.
F*deu geral
 
PublishNews, Redação, 10/12/2019

Quando o Dicionário Oxford elegeu o verbete "pós-verdade" como a palavra do ano em 2016, a entidade declarou que o termo também havia de se transformar na palavra definidora de nossos tempos. Ao lado de fake news, de fato, se tornou uma das expressões mais usadas num contexto em que redes sociais disseminam informação e, também, desinformação. Nesse contexto, a obra Pós-verdade e fake news (Cobogó, 128 pp, R$ 39,90), reúne oito artigos e duas entrevistas sobre os temas, com organização da jornalista Mariana Barbosa. “Ajudar a compreender o fenômeno da pós-verdade em suas dimensões política, tecnológica, filosófica, jurídica e jornalística é a proposta deste livro”, descreve a organizadora na apresentação da obra. Os textos, ela completa, “são um convite a uma reflexão mais detida e, também, uma tentativa de apontar caminhos para uma atuação mais consciente nas redes”.

PublishNews, Redação, 10/12/2019

Para Simon Tormey, professor e diretor da Escola de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Sydney, nas várias tentativas de definir o populismo, o que está claro é a centralidade da ideia de “povo”. Para os populistas, “o povo” é o sujeito da política, em oposição a qualquer classe social, grupo étnico ou nação. E o que motiva os populistas é o sentimento de que as necessidades ou interesses do povo estão em desacordo com as necessidades e interesses daqueles que governam, denominados de “as elites”. Será mesmo que a ascensão do populismo ameaça à democracia em todo o mundo? Em Populismo – Uma breve introdução (Cultrix, 232 pp, R$ 46 - Trad.: Mário Molina), o autor discute de forma sucinta, porém altamente esclarecedora, pontos de extrema relevância para os dias de hoje com relação ao tema.

 
©2001-2020 por Carrenho Editorial Ltda. Todos os direitos reservados.
Rua Fidalga 471, Conjunto 3 | Vila Madalena | São Paulo | SP | Brasil | 05432-070
O conteúdo deste site não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.