Caso não consiga visualizar corretamente esta mensagem, clique aqui.
PublishNews 23/04/2019
Aldeia dos Livros oferece serviços que vão desde a revisão de textos em geral; tradução do inglês e espanhol; copydesk; pareceres; contatos com editoras; eventos nacionais e internacionais; criação de capas de livros, branding e coaching criativo para autores.
HiDesign Estúdio é um estúdio editorial focado em design. Entre os trabalhos oferecidos pelo estúdio estão: capas, projetos gráficos, diagramação e ilustração para projetos de editoras e autores independentes.
A Beluga Editorial presta diversos serviços de produção do livro, incluindo revisão, copidesque, diagramação, capa e projeto gráfico. Atendemos tanto editoras quanto autores.
PublishNews, Redação, 23/04/2019

Quem vive de vender livros e chegou inteiro ao fim de 2018 é, sem dúvida, um herói. Mas há aqueles que, apesar de todas as turbulências, conseguiram se sobressair, encontrar caminhos na tormenta e melhorar seus resultados. Alguns desses criaram coragem e se candidataram ao Profissional de Marketing e Vendas do Ano do Prêmio PublishNews. Depois de analisar os mais diversos perfis, escolhemos os cinco finalistas que concorrem ao troféu. São eles (em ordem alfabética): Beth Vilela (L&PM), Daniela Kfuri (HarperCollins), Denis Barros (Astral Cultural), Luciana Borges (Companhia das Letras) e Rackel Accetti (Pensamento). Agora, os cinco nomes serão submetidos a um júri composto por representantes das 13 livrarias que compõem a Lista de Mais Vendidos do PublishNews e o grande vencedor será conhecido na cerimônia de premiação que acontece no próximo dia 30, no Goethe-Institut São Paulo (Rua Lisboa, 974 – Pinheiros). Clique no Leia Mais e confira a trajetória dos cinco finalistas.

PublishNews, Vitor Tavares*, 23/04/2019

O Dia Mundial do Livro, celebrado nesta terça-feira (23), é a ocasião perfeita para fazermos uma reflexão sobre a sua importância, sobre os desafios do setor, e também para celebrarmos as conquistas. Precisamos ter claro que o livro é um objeto de democratização e cidadania. Por isso, é fundamental que a leitura seja encarada com seriedade e responsabilidade. O livro e a leitura se tornam fortes e permanentes em um ambiente economicamente saudável, de segurança jurídica e de liberdade de pensamento. Por isso, devemos aproveitar o momento para rever modelos, pensar em alternativas e fortalecer toda cadeia produtiva e criativa do livro. O momento é instigante: ao passo que devemos superar obstáculos, o terreno é fértil para criar novas oportunidades. Rever modelos tradicionais que temos praticado há muito tempo, repensar a consignação, ampliar os canais de distribuição, incentivar a criação de novos pontos de vendas e atualizar a experiência de compra nas livrarias é tarefa fundamental agora. Clique no Leia Mais e confira a íntegra deste artigo.

PublishNews, Redação, 23/04/2019

Depois dos últimos eventos envolvendo as duas principais redes varejistas de livros do país, o mercado editorial e livreiro está sendo profundamente discutido. Processos consagrados na distribuição e comercialização destes produtos entraram na pauta de debates das rodas informais e de eventos que buscam encontrar soluções para essa crise apontada por muitos como sem precedentes na história do livro no País. A Associação Brasileira da Indústria Gráfica (Abigraf) preocupada com o impacto disso no seu negócio também comprou para si a briga e realiza no próximo dia 7 um encontro em que vai reunir nomes como Alexandre Martins Fontes, Frederico Indiani, Ivo Camargo, José Henrique Grossi, Júlio César da Cruz, Marcos Pereira e Vitor Tavares para juntos debaterem a consignação. O encontro acontece das 10h às 12h30 na sede da Abigraf SP (Rua do Paraíso, 529 - Paraíso - São Paulo / SP), com entrada franca. Para participar, é preciso se inscrever clicando aqui.

PublishNews, Redação, 22/04/2019

O GEN abriu três vagas e está à procura de um Analista de marketing editorial Jr., um Editor de captação e um Editor de produção. Todas elas são para atuar no Rio de Janeiro. Para a vaga de Analista de marketing, a empresa pede que os candidatos tenham inglês básico e graduação em marketing ou afins. Ele será responsável pelo desenvolvimento de campanhas de marketing, no auxílio das pesquisas de mercado e manterá contato direto com autores. Já para as vagas de Editor de captação e de produção é necessário experiência na área editorial e superior completo em Direito. As funções dos cargos incluem a análise de originais, contato com autores e acompanhamento do processo editorial. Os interessados devem enviar currículos para o e-mail recrutamento@grupogen.com.br.

PublishNews, Redação, 22/04/2019

A XIX Bienal Internacional do Livro Rio (30/08 a 8/09) anunciou que, na edição deste ano, o Fórum de Educação, patrocinado pela Microsoft, será ampliado para valorizar e promover a integração entre educadores e proporcionar dois dias inteiros de experiências preparadas especialmente para eles. A proposta é permitir que, durante o festival, o educador possa se aperfeiçoar profissionalmente; se inspirar com inovações, métodos alternativos e cases de superação; e também ser ouvido. Além de palestras, debates e conteúdos inspiracionais voltados à capacitação profissional, o Fórum de Educação inova trazendo o Talk das editoras, no qual os professores poderão interagir diretamente com quem produz os livros que eles usam em sala de aula, dando retorno sobre suas impressões, avaliações, experiências e, claro, sugestões. “É muito raro um editor ter a oportunidade de interagir com educadores de diferentes origens, formações, regiões do país e realidades. Essa troca será, sem dúvida, enriquecedora demais para todos”, conta Martha Ribas, uma das curadoras do espaço.

PublishNews, Redação, 23/04/2019

Flipoços 2018 | © DivulgaçãoCom o tema Literatura sem fronteiras, a 14ª edição do Festival Literário Internacional de Poços de Caldas começa neste sábado (27) e segue até o dia 5 de maio. Com 100 horas de programação, o evento contará com mais de 150 atrações gratuitas e espera receber pelo menos 70 mil pessoas. A edição deste ano tem como patrono o professor, escritor e crítico literário Jorge Schwartz, o "escritor sulfuroso" (uma referência às águas sulfurosas que fizeram a fama da cidade) Ramiro Canedo e a escritora "sem fronteiras" Kátia Gerlach. “O Flipoços reforça a ideia de que Poços de Caldas é uma cidade literária, abrindo o calendário brasileiro de eventos deste porte e se firmando como o principal festival literário de Minas Gerais e um dos principais do país. Além disso, movimentamos a cidade economicamente, com a geração de empregos, lotação dos hotéis, uso dos serviços, envolvimento das escolas e o aquecimento do mercado editorial, que movimenta R$ 1 milhão durante os dias do evento”, destacou Gisele Corrêa, curadora do festival. Na programação, encontro de escritores, concurso estudantil, bate-papos, programação infantil e a presença de nomes como Mary del Priore, Mario Sergio Cortella, Zeca Camargo, Nelson Motta e Fernando Gabeira. A programação completa você confere aqui.

PublishNews, Redação, 23/04/2019

Como é a vida nas cidades onde mais se pedala no Brasil? Quais os motivos que as fazem ter tantos ciclistas e quais são os hábitos e perfis destes ciclistas? Foi com interesse em responder a essas questões que as autoras e os autores, membros de organizações de ciclistas com experiência em pesquisa e promoção da bicicleta, se debruçaram sobre 11 cidades brasileiras de pequeno porte – com até 100 mil habitantes: Afuá (PA), Antonina (PR), Cáceres (MT), Gurupi (TO), Ilha Solteira (SP), Mambaí (GO), Pedro Leopoldo (MG), Pomerode (SC), São Fidélis (RJ), Tamandaré (PE) e Tarauacá (AC). Com o mesmo entusiasmo com que pedalam no dia a dia e pensam a ciclomobilidade, os organizadores Andre Soares e Daniel Guth, apresentam em O Brasil que pedala (Jaguatirica, 256 pp, R$ 45) um retrato esclarecedor e estimulante sobre o tema. Acompanhadas de dados estatísticos atualizados, as narrativas contam causos locais, revelam motivações pessoais, e confirmam e complexificam questões similares — ou não — às vivenciadas nas cidades médias e grandes.

PublishNews, Redação, 23/04/2019

Verdade ou mentira? Raramente é assim tão simples. Há mais de uma verdade em relação à maioria das coisas. Quando as pessoas se comunicam, escolhem as verdades que são mais favoráveis a seus interesses. Para o autor Hector Macdonald, podemos selecionar verdades de forma construtiva para inspirar pessoas, encorajar as novas gerações e promover mudanças positivas. Ou podemos optar por aquelas que dão uma falsa impressão da realidade e enganam as pessoas sem de fato serem mentiras. Outros podem fazer o mesmo, usando a verdade para nos motivar ou nos manipular. As verdades são ferramentas neutras e versáteis, que podem ser empregadas para o bem ou para o mal. Macdonald explora em Verdade: 13 motivos para duvidar de tudo que te dizem (Objetiva, 336 pp, R$ 64,90) como se usa e abusa da verdade na política, nos negócios, nos meios de comunicação e na vida cotidiana.

“Para mim escrever é um ato político. Estamos vivendo um racismo feroz, que está literalmente destruindo corpos. O corpo negro corre riscos.”
Igiaba Scego
Escritora italiana - Flip 2018
1.
A sutil arte de ligar o foda-se
2.
O milagre da manhã
3.
O poder oculto
4.
Brincando com Luccas Neto
5.
Seja foda!
6.
O poder da autorresponsabilidade
7.
O poder da ação
8.
A cinco passos de você
9.
Me poupe!
10.
Os segredos da mente milionária
 
 
©2001-2019 por Carrenho Editorial Ltda. Todos os direitos reservados.
Rua Fidalga 471, Conjunto 3 | Vila Madalena | São Paulo | SP | Brasil | 05432-070
O conteúdo deste site não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.