Caso não consiga visualizar corretamente esta mensagem, clique aqui.
PublishNews 23/01/2019
Aldeia dos Livros oferece serviços que vão desde a revisão de textos em geral; tradução do inglês e espanhol; copydesk; pareceres; contatos com editoras; eventos nacionais e internacionais; criação de capas de livros, branding e coaching criativo para autores.
HiDesign Estúdio é um estúdio editorial focado em design. Entre os trabalhos oferecidos pelo estúdio estão: capas, projetos gráficos, diagramação e ilustração para projetos de editoras e autores independentes.
A Beluga Editorial presta diversos serviços de produção do livro, incluindo revisão, copidesque, diagramação, capa e projeto gráfico. Atendemos tanto editoras quanto autores.
PublishNews, Redação, 23/01/2019

Os bancos do Brasil, Itaú e Bradesco entraram na Justiça para questionar pagamentos feitos pela Livraria Cultura a sócios, diretores e membros do conselho de administração em meio ao processo de recuperação judicial (RJ) da empresa. As informações são da Folha de S.Paulo. O juiz Marcelo Barbosa Sacramone, responsável pelo processo, havia determinado a liberação de valores nessas instituições bancárias com o fim de a livraria pagar despesas essenciais para a manutenção de suas atividades. O que, no entanto, alega o Itaú é que esse dinheiro foi usado em pagamentos não essenciais, incluindo transferência de valores a executivos e conselheiros. Se comprovado, esse fato pode caracterizar favorecimento a esses credores, o que é vedado pela legislação, com previsão de pena de reclusão e multa. Segundo o Itaú, uma cifra que beira os R$ 1 milhão teve sua destinação não comprovada e questiona ainda gastos realizados por meio de cartões corporativos. Já Bradesco e Banco do Brasil fizeram questionamentos que permanecem sob segredo de justiça, mas também questionam, segundo apurou a Folha, a essencialidade dos gastos feitos pela livraria. Clique no Leia Mais e confira a íntegra desta nota.

PublishNews, Redação, 23/01/2019

Fernanda Dantas é a nova titular da gerência de Relações Internacionais da Câmara Brasileira do Livro | © DivulgaçãoNo último dia 9, o PublishNews noticiou mudanças na gerência de relações internacionais da Câmara Brasileira do Livro (CBL). Com a saída de Luiz Alvaro Salles Aguiar de Menezes, que assumiu a secretaria de Relações Internacionais da cidade de São Paulo, Fernanda Dantas assumiria interinamente o posto. Nesta quarta-feira (23), a entidade confirmou Fernanda como titular da pasta responsável pela gestão do Brazilian Publishers, projeto setorial encampado pela CBL em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportação e Investimentos (Apex-Brasil). Graduada em História pela PUC-SP, Dantas faz parte dos quadros da entidade desde 2016. Além das feiras, eventos e missões do BP, Fernanda comandará todos os demais projetos da CBL que envolvam a internacionalização do mercado e produtos editoriais brasileiros.

PublishNews, Redação, 23/01/2019

A Livraria Pulsional abriu uma vaga para auxiliar de vendas para atuar, principalmente, com vendas de livros da área de psicanálise, psicologia e filosofia. A livraria pede que os candidatos tenham experiência com gestão de estoque, compras e vendas em livrarias e flexibilidade de horários. Dentre as principais responsabilidades do cargo está o atendimento ao público, recebimento e conferência de livros comprados, realização de pedidos e compras nos distribuidores e editoras e organização dos livros no site da livraria e nas redes sociais. Interessados devem enviar currículos com pretensão salarial para o e-mail diretoria@editoraescuta.com.br.

PublishNews, Redação, 23/01/2019

A Biblioteca de São Paulo (Av. Cruzeiro do Sul, 2630 – São Paulo / SP) abriu as inscrições para mais uma edição do curso de Contação de Histórias. Nesta edição serão abordados temas como a identidade cultural, os tipos de histórias e a sua apropriação, os modos de abordar uma história, desenvolvimento de habilidades e competências para a contação, interpretação e o uso de recursos e objetos lúdicos como facilitadores. O curso acontecerá todas as quartas, das 14h30 às 17h30, de 6 de fevereiro a 27 de março. As inscrições, podem ser feitas clicando aqui.

PublishNews, Redação, 23/01/2019

Casa das Rosas | © André HoffA cidade de São Paulo completará 465 anos nesta sexta (25) e a Rede de Museus-Casas Literários, formada pela Casa das Rosas, Casa Guilherme de Almeida e Casa Mário de Andrade, irá comemorar com uma programação especial. A primeira atividade do dia, às 10h, será o Encontro Peripatético: Três poetas em São Paulo, que começará na Casa das Rosas, onde o público será recebido com um café da manhã de boas-vindas. O foco da primeira etapa será a relação de Haroldo de Campos com o romance Macunaíma, de Mário de Andrade. Em seguida, na Casa Guilherme de Almeida será exibido um documentário sobre a importância da cidade na poética de Haroldo de Campos, e haverá uma visita ao acervo. Por fim, na Casa Mário de Andrade, o escritor se junta a seu contemporâneo Guilherme de Almeida numa palestra sobre a atuação de ambos como críticos de cinema. Os participantes desta caminhada poderão vivenciar aspectos de São Paulo revelados pela trajetória de três grandes escritores. Já à tarde, das 16h às 18h, a Casa Mário de Andrade realiza a aula-show Histórias de Macunaíma, que conta, por meio do texto e da música, a trajetória do mais célebre herói da literatura brasileira moderna, que se aventura pela cidade em busca de seu amuleto perdido. A atividade será realizada por Élio Camale e Fernanda de Almeida Prado.

PublishNews, Redação, 23/01/2019

A infância do poeta Manoel de Barros é o mote de O menino que virou caramujo (Escrita Fina, 40 pp, R$ 38,90), livro que mergulha no universo de insetos e pássaros, flores e árvores, liberdade e fabulação para buscar a trama de "insignificâncias" que deu origem à veia poética do menino Manoel. No fundo do quintal, perdido na exuberância de um mundo microscópico de asas e folhas, o garoto apreende a exuberância de borboletas e dálias, insetos e ipês. Na obra, os versos de Alexandre Azevedo dialogam com os poemas do próprio Manoel de Barros, enquanto as ilustrações de Graça Lima, engendram a atmosfera de sonho que dá contornos aos sustos da natureza. Com isso, O menino que virou caramujo escancara um quintal repleto de mistérios e de convites à traquinagem e ao sonho, estimulando os pequenos leitores a abrirem os olhos para o universo caudaloso do poeta – seja o dos poemas, seja o da vida à beira-rio, em contato com um Brasil de mato e de pé no chão.

PublishNews, Redação, 23/01/2019

Nenhuma história de amor acontece sem dificuldades, seja você humano ou pinguim. Mas é justamente quando passamos por obstáculos que o sentimento se fortalece. Às vezes alguns encontros nos surpreendem e tocam profundamente, e a vida fica tão boa que a gente até desconfia. Tudo ganha uma nova cor. Mas, quando as dificuldades surgem — e elas podem ser tão grandes que até parecem insuperáveis —, podemos pensar em desistir e voltar ao que éramos antes. Mas e se, apesar de tudo… tentarmos? De um jeito simples e com ilustrações cheias de carisma, o autor e ilustrador colombiano Dipacho mostra na obra Apesar de tudo (Companhia das Letrinhas, 64 pp, R$ 44,90 – Trad.: Mell Brites) que toda boa história de amor vale a pena.

PublishNews, Redação, 23/01/2019

O livro Cartas de Manú (Soul Editora, 32 pp, R$ 25 – Ilustração: Cris Spezzaferro) é uma homenagem da mestre em Literatura Mónica Palacios a sua neta. Manú, criança criativa, curiosa e detalhista, escreveu diversas cartas para seus “amigos” Saci, Coelho da Páscoa, Boneca Tia Cida, Pinóquio, Papai Noel, Zebra, Dentista e Doutor Plínio, para lhes contar segredos e compartilhar suas aventuras particulares. As histórias descritas na obra vão de encontro com experiências divertidas, encorajadoras, desabafos e expectativas de meninas entre quatro a oito anos, que além de sua família, também gostam de compartilhar suas peripécias de forma literária. Todas elas tornam Manú uma de suas amigas mais confidentes assim como ela encontrou cada um citado no livro. Nas últimas páginas, Mónica deixa espaços como papel de carta para que seus leitores escrevam suas histórias para Manú, e exercitem a criatividade.

“Literatura é educar para o avesso. Quando educa para o conhecido, já é sermão.”
Fabrício Carpinejar
Escritor brasileiro
1.
A sutil arte de ligar o foda-se
2.
O milagre da manhã
3.
Seja foda!
4.
O poder da ação
5.
O poder da autorresponsabilidade
6.
As aventuras na Netoland com Luccas Neto
7.
Aprendizados
8.
Me poupe!
9.
O poder do hábito
10.
Poesia que transforma
 
 
©2001-2019 por Carrenho Editorial Ltda. Todos os direitos reservados.
Rua Fidalga 471, Conjunto 3 | Vila Madalena | São Paulo | SP | Brasil | 05432-070
O conteúdo deste site não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.