Caso não consiga visualizar corretamente esta mensagem, clique aqui.
PublishNews 14/09/2018
Somos uma agência com experiência no mercado editorial e especializada em assessoria de imprensa e na produção de eventos destinados à conexão entre profissionais de diversas áreas.
Um agregador digital como a Bookwire, com tecnologia de ponta, informações ágeis e um painel de controle completo é fundamental para o sucesso de sua editora e de seus e-books. E agora toda esta tecnologia está disponível no Brasil.
Adaptamos seu valioso conteúdo para o universo digital com tecnologia de nível mundial. Na Hondana, o seu conteúdo é tratado da maneira que merece.
PublishNews, Leonardo Neto, 14/09/2018

Jenny Han | © Divulgação / Redes SociaisNo dia 31 de agosto, o PublishNews publicava matéria intitulada Três vezes Jenny Han para dar destaque para a trilogia Para todos os garotos que já amei, que serviu de inspiração de filme homônimo. Naquela ocasião, a Intrínseca, casa do livro no Brasil, emplacava os três títulos na lista. A trilogia continua na lista, mas nessa semana, os três volumes alcançaram a Lista Geral, onde estão os 20 livros mais vendidos de todas as categorias. Aliás, Para todos os garotos que já amei foi o terceiro livro mais vendido da semana, com 5.188 cópias vendidos. Ele perdeu só para os inoxidáveis (até o momento) A sutil arte de ligar o foda-se (Intrínseca) e As aventuras na Netoland com Luccas Neto (Pixel / Ediouro), que venderam 9.694 e 8.430 exemplares respectivamente. P.S. Ainda amo você e Agora e para sempre, Lara Jean, os outros dois livros da trilogia de Han, ficaram nas posições de número 6 e 8 da Lista Geral. O sucesso de Jenny ajudou a pôr fermento na lista, que cresceu 3% em relação aos números da semana passada. E o crescimento foi sentido com mais força (+26%) na Lista Infantojuvenil onde foram categorizados os livros da série, que ocupam as posições 2, 3 e 4. Clique no Leia Mais e confira outros destaques da lista dessa semana.

PublishNews, Redação, 14/09/2018

Lauren Blakely, um dos destaques da última edição da Bienal Internacional do Livro de São Paulo, terá mais dois livros da série Big Rock publicados no Brasil pela Faro Editorial: Joy Ride e Hard Wood. Com histórias narradas pelo ponto de vista masculino, os dois últimos volumes da série vão apresentar as histórias de Max, irmão de Chase de Pacote completo e, o segundo, o romance entre Mia, irmã de Nick de Mister O e Wyatt de Bem Safado. Em Joy Ride, o leitor conhece Max, um mecânico que alcançou reconhecimento e sucesso no mercado automotivo, mas sua carreira e seu coração podem estar ameaçados, já que ele terá que lidar com a sua maior – e mais encantadora – concorrente e tentar não misturar negócios com prazer. Já Hard Wood fala mais sobre Mia Hammer e sua relação com o melhor amigo Patrick. Os dois volumes devem chegar às livrarias no primeiro semestre de 2019.

PublishNews, Redação, 13/09/2018

Após o sucesso da trilogia Contos de fadas em suas versões originais, que já está em sua sexta edição, a Editora Wish anunciou o projeto Coleção Áurea – Especial Contos de Fadas, que tem como proposta reunir os melhores contos de fadas de cada cultura em livros ilustrados, começando pela cultura dos países nórdicos. Entre os contos selecionados, estão os já conhecidos A Leste do Sol e Oeste da Lua e A noiva da floresta. O volume de capa dura, 300 páginas e ilustrações antigas será composto por um total de 22 contos dos mais de 100 analisados pela Wish; de Hans Andersen a Asbjørnsen, de Parker Fillmore a Helena Nyblom. “Áureo representa algo valioso, brilhante. Tudo o que essa coleção tem potencial para ser”, afirma a equipe editorial. O projeto está em uma campanha de financiamento coletivo no Catarse e com 25 dias restantes, já ultrapassou a sua meta inicial, mas quem quiser ajudar, ainda dá tempo e pode levar para casa uma sacola de algodão ou uma caderneta personalizada, dependendo do valor do apoio.

PublishNews, Redação, 14/09/2018

Para comemorar o 125º aniversário da escritora Agatha Christie, a Saraiva realiza, neste sábado (15), o Encontro de Fãs. O evento acontece gratuitamente na loja Saraiva do Shopping Ibirapuera (Av. Ibirapuera, 3103 - 145 - Indianópolis, São Paulo / SP), a partir das 16h, e contará com palestras sobre a escritora que é considerada a Rainha do Crime. Durante o evento, o público vai poder conhecer uma pouco mais sobre a vida e obra da autora, além de trocar informações sobre seus livros preferidos.

PublishNews, Redação, 14/09/2018

Hilda Hilst | © Instituto Hilda HilstO projeto literário Delícias da Literatura, realizado pela Livraria NoveSete (Rua França Pinto, 97 - São Paulo / SP) em parceria com a Cia Luarnoar, realiza logo mais, a partir das 19h30, a sua edição de setembro, que será dedicada à obra da poeta, ficcionista, cronista e dramaturga brasileira Hilda Hilst. No evento, intitulado Sabores Picantes, o público será convidado a vendar os olhos e ouvir narrativas de textos da autora paulista. Serão apresentados contos, poemas e crônicas marcantes de Hilda Hilst, como Contos de Escárnio, Pornô Chique, entre outros. A leitura será acompanhada com áudios que criam uma trilha para cada história, batizada de “cenários sonoros” e, nos intervalos entre cada texto, serão oferecidos vinhos e minialfajores. Com esta iniciativa, a Livraria NoveSete – uma das únicas na cidade de São Paulo dedicada à literatura infantil e infantojuvenil – abre suas portas ao público adulto. “Neste projeto, esperamos fortalecer o estímulo da leitura nos adultos, para que possam incentivar as crianças a criar este hábito”, conta Gislene Gambini, proprietária da NoveSete.

PublishNews, Redação, 14/09/2018

A Casa-Museu Ema Klabin (Rua Portugal, 43 – São Paulo / SP) realiza neste sábado (15), das 11 às 13h, a palestra Escritoras e suas cozinhas: sabores que influenciaram narrativas, ministrada pela jornalista e escritora Denise Godinho. O encontro pretende analisar algumas obras literárias pelo viés da culinária. “Pelo ato de cozinhar, mais que juntar os ingredientes, vigiar, temperar, é possível contar várias histórias. Muitas escritoras fizeram justamente isso. Aproveitaram para criar grandes personagens ao redor de um fogão, da mesa ou dos ingredientes. As criadoras emprestaram às suas criaturas a paixão pela cozinha enquanto escreviam narrativas reflexivas”, explica Denise. O ingresso custa R$ 40 e as inscrições podem ser feitas no site da Casa-Museu

PublishNews, Redação, 14/09/2018

Neste sábado (15), às 19h, o Ateliê Paulista (Rua Amália de Noronha, 301 – São Paulo / SP) recebe o lançamento do livro Entre pássaros e cavalos (Sesi-SP, 256 pp, R$ 90). A biografia dupla narra o processo histórico da fotografia no século XIX e seu papel na constituição do cinema. Os anos de 1830 e de 1904 marcam o nascimento e a morte de duas figuras emblemáticas da arte e da ciência do século XIX: de um lado, o fotógrafo anglo-americano Eadweard James Muybridge e do outro o fisiologista francês Éttiene-Jules Marey. Quando se conheceram aos 51 anos de idade, se deu um explosivo encontro entre a arte-tecnologia com a ciência experimental e o resultado dessa combinação criou condições para a criação dos fundamentos técnicos do cinema. Entre pássaros e cavalos narra a vida desses dois personagens às vésperas do lançamento do cinematógrafo, no ano de 1895. Esta data, é frequentemente reconhecida como o surgimento do cinema, mas hoje se sabe que este não foi um feito isolado e seu deu graças ao trabalho de um grupo de pesquisadores internacionais dentre os quais se destacam Muybridge e Marey. Para se inscrever no evento é necessário enviar um e-mail para mariaclara@procultura.com.br. Aproveitando o lançamento da obra, a Sesi-SP Editora lançou o InstaBook, que usa os stories do Instagram para falar mais sobre o livro de uma maneira diferente.

PublishNews, Redação, 14/09/2018

Feira SUB | © Ricardo LimaA 3ª edição da Feira SUB de arte impressa e publicações independentes acontece amanhã (15) na Biblioteca Pública Municipal Professor Ernesto Manoel Zink (Av. Benjamin Constant, 1633 – Campinas / SP) e dentro da programação o evento haverá um bate-papo com o escritor Ricardo Lísias no qual ele falará sobre suas obras, a relação entre estética e política, sobre literatura performática, fake news e questões do mundo contemporâneo. Lísias é autor de livros como Divórcio, Inquérito policial da família Tobias e Diário da cadeia – Eduardo Cunha. O evento, gratuito, acontece às 15h. Já a Feira SUB terá cerca de 70 expositores e acontece das 11h às 21h. A programação completa você confere clicando aqui

“A literatura é uma manifestação artística e uma forma de conhecimento”
Jorge Miguel Marinho
Professor e escritor brasileiro
1.
A sutil arte de ligar o foda-se
2.
As aventuras na Netoland com Luccas Neto
3.
Para todos os garotos que já amei
4.
O milagre da manhã
5.
Seja foda!
6.
P.S.: Ainda amo você
7.
O poder da autorresponsabilidade
8.
Agora e para sempre, Lara Jean
9.
21 lições para o século 21
10.
Me poupe!
 
PublishNews, Redação, 14/09/2018

International Guy (Verus / Record, 378 pp, R$ 39,90 – Trad.: Sandra Martha Dolinsky) é a agência de Parker Ellis, um dos maiores especialistas do mundo em vida e amor, que tem como missão ajudar as mulheres em questões tão diversas quanto se sentir sexy e poderosas, aprender a administrar um império empresarial ou conquistar o homem dos seus sonhos. Parker e seus dois sócios atendem mulheres ricas do mundo todo, como atrizes de Hollywood, membros da realeza e CEOs de multinacionais bilionárias. Parker adora sua vida de playboy e não está procurando compromisso. Afinal, há um mundo inteiro à sua frente: os negócios o levam de Paris a Milão, de Berlim ao Rio de Janeiro. Mas, conforme ele pula de cidade em cidade — e de cama em cama —, é possível que acabe encontrando mais que sexo ao longo do caminho. Neste primeiro volume da série escrita por Audrey Carlan, a International Guy vai a Paris para ajudar uma jovem herdeira a assumir o controle da própria vida. A próxima parada é Nova York, onde a atriz mais badalada do momento precisa reencontrar a paixão pela profissão. A viagem termina em Copenhague, com uma princesa que está jogando sujo para escapar do destino.

PublishNews, Redação, 14/09/2018

Garotas tristes (Globo Alt, 416 pp, R$ 39,90 – Trad.: Luisa Geisler), livro de Lang Leav, é um intrigante romance em que amor, segredos e tragédias se colidem. O luto toma conta da cidade quando Ana tira a própria vida, mas é Audrey, uma colega de classe pouco próxima da garota, que o sente mais profundamente: uma mentira inventada por ela pode estar por trás do suicídio. Lucy e Candela, suas melhores amigas, ajudam-na a manter a história em segredo, sem saber que a trama toda foi inventada por ela. Após o ocorrido, a vida das garotas entra numa espiral decadente. Entre os ataques de pânico constantes de Audrey, a nova rotina obscura de Candela e a tentativa de mediação de Lucy, uma amizade até então estruturada começa a ruir. Enquanto ainda tenta equilibrar um romance inadequado, o começo de uma carreira e o próprio egoísmo, Audrey tem que lidar com as consequências de seus atos: a ansiedade constante e a forma como sua mentira afetou todos ao seu redor.

PublishNews, Redação, 14/09/2018

Em Correio do fim do mundo (Solo, 284 pp, R$ 47,90), livro escrito por Tomás Chiaverini, a história de uma amizade é revisitada durante uma longa viagem rumo ao extremo Sul das Américas. O protagonista dessa jornada é Teodoro, um professor prestes a completar 70 anos. Enquanto dirige sozinho, ele relembra a juventude e, em especial, a amizade com Leon. Jovens da classe média alta paulistana, eles tinham se conhecido no colégio e haviam partilhado o início da vida adulta, no cenário de otimismo do início da década de 1960. O otimismo, contudo, seria interrompido pelo golpe de 1964. Com ele, Leon se envolve na resistência armada à ditadura, enquanto Teodoro, cético quanto ao sucesso da guerrilha urbana, recusa-se a aderir ao movimento. Os dois passam a trilhar caminhos separados: Teodoro se dedica à biologia, enquanto Leon se envolve em uma ação malsucedida, é preso, depois obrigado a fugir do país. O caminho dos dois só voltará a se cruzar cinquenta anos mais tarde, quando Teodoro refaz o percurso da fuga do amigo. Essa viagem se revelará uma busca emotiva e quase mística, motivada por um único elemento: a última carta de Leon, enviada de Ushuaia, a cidade mais austral do planeta, apelidada de Fim do Mundo pelos seus habitantes.

PublishNews, Redação, 14/09/2018

Em Viridia, as mulheres não têm direitos. Em vez de rainhas, os governantes escolhem periodicamente três graças — jovens que viveriam ao seu dispor. Serina Tessaro treinou a vida inteira para se tornar uma graça, mas é Nomi, sua irmã mais nova, quem acaba sendo escolhida pelo herdeiro. Nomi nunca aceitou as regras que lhe eram impostas e aprendeu a ler, apesar de a leitura ser proibida para as mulheres. Seu fascínio por livros a levou a roubar um exemplar da biblioteca real — mas é Serina quem acaba sendo pega com ele nas mãos. Como punição, a garota é enviada a uma ilha que serve de prisão para mulheres rebeldes. Agora, Serina e Nomi estão presas a destinos que nunca desejaram — e farão de tudo para se reencontrar. Graça e fúria (Seguinte, 304 pp, R$ 39,90 – Trad.: Isadora Prospero), é um livro escrito por Tracy Banghart “a toda mulher que mandaram sentar e ficar quieta e que se levantou mesmo assim”.

PublishNews, Estevão Ribeiro, 14/09/2018

 
©2001-2018 por Carrenho Editorial Ltda. Todos os direitos reservados.
Rua Fidalga 471, Conjunto 3 | Vila Madalena | São Paulo | SP | Brasil | 05432-070
O conteúdo deste site não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.