Três vezes Jenny Han
PublishNews, Talita Facchini, 31/08/2018
Depois da estreia do filme de mesmo nome na Netflix, Jenny Han emplacou todos os livros da série 'Para todos os garotos que já amei' na Lista Infantojuvenil

Há quatro semanas, lá no começo do mês, o livro Para todos os garotos que já amei (Intrínseca), de Jenny Han, estreou tímido na lista Infantojuvenil, no 20º lugar com 506 exemplares vendidos. Na semana seguinte, no dia 17 de agosto, a Netflix fez a estreia mundial do filme de mesmo nome baseado no livro de Jenny. Nesta semana, Para todos os garotos que já amei chegou ao 6º lugar da Lista Geral ao vender 3.238 exemplares. Mas não parou por aí, este número foi suficiente para deixar Felipe Neto com o bronze na Lista Infantojuvenil, lista essa que Jenny dominou, já que os outros dois livros da trilogia, Agora e para sempre e P.S.: Eu te amo, aparecem na quarta e quinta posições, respectivamente.

Jenny Han, autora da série 'Para todos os garotos que já amei' | © Divulgação
Jenny Han, autora da série 'Para todos os garotos que já amei' | © Divulgação

O pódio da Lista Geral manteve a mesma configuração das últimas duas semanas: A sutil arte de ligar o foda-se (Intrínseca – 10.251) em primeiro lugar, As aventuras na Netoland com Luccas Neto (Pixel / Ediouro – 8.541), em segundo e O milagre da manhã (BestSeller / Record – 4.554), em terceiro.

Esta semana, a lista apresentou crescimento de 2%, sentido mais na categoria Infantojuvenil -- que talvez pela ajuda de Jenny Han -- apresentou um crescimento de 14%, seguido por Autoajuda (5%). Já Negócios (-6%), Ficção (-5%) e Não Ficção (-4%) apresentaram queda.

Além do crescimento, a lista deu as boas-vindas a nove títulos e novamente a categoria Infantojuvenil merece destaque, já que trouxe quatro livros novos: Brancoala e família (Única), e Patrulha Canina – A invenção de Ryder, PJ Masks – O sumiço do dinossauro e É o lobo?, todos da Ciranda Cultural. Em Não Ficção entraram Gerações em ebulição (Papirus 7 Mares) e A história em 50 discursos (Crítica / Planeta). Autoajuda deu as boas-vindas para o livro Código da alma (Luz da Serra) e Ficção trouxe Prisioneiro da sorte (Bertrand) e Warcraft: Por trás do portal negro – O guia do filme (Pixel), livro que estreou no 3º lugar da lista com 2.169 exemplares vendidos.

No ranking das editoras a Sextante lidera com 15 títulos. Intrínseca e Planeta aparecem empatadas no segundo lugar com 10 títulos cada e a Gente em terceiro, com oito.

Agosto

No balanço geral do mês, As aventuras na Netoland com Luccas Neto lidera o ranking geral com 50.428 exemplares vendidos ao longo de agosto. A sutil arte de ligar o foda-se aparece logo depois com 47.828 e O milagre da manhã continua com o bronze, com 23.799 cópias vendidas.

No ranking mensal das editoras, Sextante também lidera com 20 títulos. Em segundo lugar, a Planeta divide a prata com o Grupo Companhia das Letras com 15 títulos cada e a Gente e Intrínseca dividem o bronze com 13 obras cada.

[31/08/2018 09:15:00]