Caso não consiga visualizar corretamente esta mensagem, clique aqui.
PublishNews 17/08/2018
A psi7 Printing Solutions & Internet 7 S.A. é uma empresa de tecnologia na gestão de conteúdos que ajuda as empresas, sejam editoras ou indústrias, a propagar o seu conteúdo nos formatos impresso, áudio, dados ou eletrônico.
Revisora, copidesque e produtora editorial há mais de dez anos com experiência em todas as etapas da produção editorial.
Com mais de 20 anos de experiência na diagramação de livros, Julio Fado oferece um trabalho profissional, de qualidade e rápido. Além da diagramação de livros para impressão, ele também diagrama livros em formato digital.
PublishNews, Leonardo Neto, 17/08/2018

'A sutil arte de ligar o foda-se', de Mark Manson, volta ao topo da lista dessa semana | © DivulgaçãoA Lista dos Mais Vendidos tem novo líder. Quer dizer. Não é nenhuma novidade, mas o fato é que ele está na liderança de novo. Estamos falando de A sutil arte de ligar o foda-se (Intrínseca), de Mark Manson (na foto ao lado), que fechou a semana ocupando o topo do Ranking Geral com 10.225 exemplares vendidos. Isso interrompe um longo ciclo de dez semanas seguidas em que As aventuras na Netoland com Luccas Neto (Pixel / Ediouro) leva ao ouro semanal. Por falar nele, o “livrão” do irmão do Felipe Neto terminou essa semana em segundo lugar, com 10.121 exemplares. Aqui vale lembrar que esses dois disputam, livro a livro, o primeiro lugar de livro mais vendido do ano. O de Manson continua em primeiro lugar, mas seguido de muito perto pelo de Neto. A diferença entre um e outro é de apenas 8.253 exemplares. Completando o trio de ouro da semana, O milagre da manhã (BestSeller / Record) ficou em terceiro com 4.832. Na comparação com a semana passada, houve aumento de 11% nas vendas. A onda de felicidade foi em todas as categorias, com destaque para Não Ficção (+24%), Autoajuda (+13%) e Negócios (+12%). Clique no Leia Mais e confira as novidades da semana.

PublishNews, Redação, 17/08/2018

Os profissionais do mercado editorial interessados em concorrer a uma viagem para Frankfurt têm até a próxima sexta (24) para se inscreverem no Prêmio Jovens Talentos. Realizado em parceria com o Sindicato Nacional dos Editores de Livros (SNEL) e com a Feira do Livro de Frankfurt, o prêmio vai eleger pelo quarto ano consecutivo, cinco profissionais de até 35 anos que tenham se destacado pela sua atuação dinâmica e inovadora dentro da indústria editorial brasileira. Para concorrer, os profissionais podem se inscrever ou receber indicações. Para isso, os candidatos – ou seus padrinhos – devem encaminhar, um e-mail para inscricao@premiojovenstalentos.com. Na mensagem, além de nome completo, telefone e endereço eletrônico, os candidatos devem enviar um testemunhal com até 4 mil caracteres explicando por que essa pessoa merece o prêmio, ressaltando as realizações do(a) indicado(a) e como ele(a) contribuiu para a indústria do livro, fazendo algo acima da média e de sua mera obrigação. Lembrando que o vencedor viajará para Alemanha para acompanhar a Feira do Livro de Frankfurt (10 a 14/10) com as despesas de passagens aéreas, hospedagem, tickets para o Business Club (BC), a área VIP da Feira, e ajuda de custo no valor de 500 euros. Os outros quatro ganhadores ganharão entradas para o BC caso estejam em Frankfurt. Para mais informações sobre como se inscrever é só clicar aqui e quem quiser saber um pouco mais sobre como o prêmio ajudou na vida profissional dos últimos vencedores pode ouvir nosso Podcast

PublishNews, Marcio Coelho, 17/08/2018

Sentado ao meu lado no ônibus, um senhor vestindo paletó e gravata que não combinavam entre si – que havia bem pouco tempo bradava para um rapaz sobre ser uma pessoa de bem pra ter futuro nas empresas – abre a Bíblia. Passo por um morador de rua e sinto um cheiro muito forte da falta de dignidade. Sinto-me mal, não pelo cheiro, mas por não fazer nada por ele. Enquanto reflito sobre isso, paro para atravessar a rua ao lado de duas pessoas perfumadas que reclamam da TV por assinatura. Caminhando para o almoço, preciso desviar de uma fila enorme que se encaminha para uma lotérica. Enquanto espero as pessoas passarem para que eu possa continuar, duas pessoas da fila conversam sobre como está difícil a situação do país e que apoiam muito o Bolsonaro. Mas o que essas incoerências têm a ver com livros? Quando o Leonardo Neto me convidou para escrever o primeiro texto para o PublishNews, antes mesmo de se transformar em coluna, ele me pediu para escrever histórias do nosso mercado. Como nos despedimos da Bienal recentemente, posso contar a história, com base em dados, de que o mercado editorial é uma incoerência absurda. Na Bienal foram 663 mil visitantes, 197 expositores, 14 espaços culturais, 1.500 horas  de programação, 291 autores nacionais, 22 aurores internacionais, 100 mil alunos de 15 mil escolas diferentes, muitos beijos e abraços e um tíquete médio de R$ 161,57. Empresto uma frase da matéria do PublishNews que traz esses dados pra mostrar a incoerência que vi: Sem um grande varejista (na edição passada a Saraiva tinha um estande de mil m²) instalado no pavilhão do Anhembi, elas [as editoras] nadaram de braçada. Sacou a incoerência?

PublishNews, Redação, 17/08/2018

A Brinque-Book está à procura de um divulgador de literatura infantil (Infantil, Fundamental 1 e Fundamental 2). Pede-se que o candidato tenha conhecimento de pacote Office, principalmente de Excel (avançado); experiência em marketing de relacionamento e capacidade de desenvolver relacionamentos comerciais com a comunidade escolar; conhecimento de literatura infantil e dos livros mais adotados nas escolas particulares de São Paulo; e experiência em divulgação escolar. É necessário superior completo, carteira de habilitação, veículo próprio e disponibilidade para viagens. Os interessados devem enviar currículos para o e-mail divulgador1@brinquebook.com.br.

PublishNews, Redação, 17/08/2018

O Grupo Editorial Pensamento abriu uma vaga para assistente comercial para trabalhar no bairro do Ipiranga em São Paulo. O contratado atuará no relacionamento com as redes livreiras, digitação de pedidos, emissão de notas fiscais, controle de consignação entre outras atividades ligadas a área comercial. É desejável que os candidatos tenham Excel avançado e experiência anterior na função. Os interessados devem enviar currículo para o e-mail rh@grupopensamento.com.br, indicando por que quer trabalhar no Grupo Pensamento.

PublishNews, Redação, 17/08/2018

No primeiro semestre de 2018, a LabPub inaugurou um novo modelo de curso, o Real Job cujo objetivo é ajudar profissionais a entrarem no mercado editorial, dando aos alunos um trabalho real. O curso Real Job – revisor de texto foi o primeiro, onde os alunos revisaram um livro da Faro Editorial e Harlequin, selo da HarperCollins. Agora estão abertas as inscrições para a segunda turma e dessa vez curso terá seis horas-aula, no formato a distância com transmissão ao vivo, divididas em três partes: Mentoring; Trabalho e Acompanhamento e Conclusão. O curso tem previsão de início no dia 2 de outubro (é necessário fechar a turma com 10 alunos para o início das aulas). Como é um trabalho real, o aluno precisa ter feito algum curso de revisão ou ter uma carta comprovando a realização prévia de trabalhos de revisão. As aulas serão coordenadas por Monique D'Orazio, e está com um desconto promocional até 21 de agosto: R$790, que pode ser dividido em 6 parcelas de R$ 131,66. 

PublishNews, Redação, 17/08/2018

A Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência da cidade de São Paulo criou recentemente o Selo de Acessibilidade Digital, que é dado a sites e portais que, de fato, seguem os critérios de acessibilidade estabelecidos nacional e internacionalmente. Os seis primeiros selos foram concedidos recentemente e a Fundação Dorina Nowill para Cegos é dona de um deles. De acordo com as últimas estatísticas oficiais, o Brasil conta com 6,5 milhões de pessoas com deficiência visual e menos que 6% dos sites brasileiros são acessíveis. "A conquista desse Selo é muito importante pois reforça nosso compromisso com a acessibilidade dentro e fora de casa! Além da análise eletrônica sobre a correta padronização dos códigos, contamos com profissionais com deficiência visual para que seja feita a análise cognitiva dos portais, fundamental para avaliar a facilidade na interação, navegação e compreensão dos usuários com as funcionalidades existentes", destaca Itamar Junior, diretor da divisão de Soluções em Acessibilidade da Fundação. O executivo ressalta que "o Selo de Acessibilidade Digital é importante para todas as instituições públicas ou privadas comprometidas, de fato, com a inclusão e a acessibilidade dos seus sites ou portais". Além da Fundação Dorina, receberam o selo os portais da Associação de Deficientes Visuais e Amigos (Adeva), do Movimento Web Para Todos, da Samsung, da Câmara Municipal de Suzano e da própria secretaria. 

PublishNews, Redação, 17/08/2018

Desta terra nada vai sobrar, a não ser o vento que sopra sobre ela (Global Editora, 376 pp, R$ 59) é o título do aguardado romance de Ignácio de Loyola Brandão. Seu romance anterior havia sido O anônimo célebre, publicado em 2002. A narrativa do novo livro transcorre num futuro indeterminado, em que, ao nascer, todos recebem tornozeleiras eletrônicas, são seguidos, vigiados, fiscalizados por câmeras instaladas nas casas, ruas, banheiros. Nesta terra estranha, e ao mesmo tempo tão próxima de nós, a peste se tornou epidemia que dissolve os corpos. A autoeutanásia foi legalizada para idosos. Para o governo, quanto mais longevos morrerem, melhor. Circulam os comboios de mortos das mais variadas doenças. Os ministérios da Educação, Cultura, Direitos Humanos e Meio Ambiente foram extintos. As escolas foram abolidas. A política, matéria rara, se tornou líquida. No meio disso tudo, conhecemos o desenrolar da história de amor entre Clara e Felipe, conturbada como o mundo em que vivem. O lançamento da obra acontece no dia 24 de agosto, às 19h, na Livraria Cultura do Conjunto Nacional (Av. Paulista, 2.073 – São Paulo / SP).

“Uma livraria não é nada mais do que uma ideia no tempo”
Carlos Pascual
Editor espanhol
1.
A sutil arte de ligar o foda-se
2.
As aventuras na Netoland com Luccas Neto
3.
O milagre da manhã
4.
O poder da autorresponsabilidade
5.
Poesia que transforma
6.
Seja foda!
7.
Felipe Neto - A vida por trás das câmeras
8.
Combate espiritual
9.
Me poupe!
10.
Pai de menina
 
PublishNews, Redação, 17/08/2018

Reunião definitiva da extensa produção de Clarice Lispector para jornais, Todas as crônicas (Rocco, 704 pp, R$ 89,90) apresenta pela primeira vez em volume único toda a obra cronística da autora de A hora da estrela. A coletânea traz as colaborações de Clarice para veículos como Jornal do Brasil, Última Hora e revista Senhor, incluindo 120 textos inéditos em livro, além das crônicas anteriormente publicadas nas coletâneas A descoberta do mundo e Para não esquecer. Todas as Crônicas permite uma apreciação completa da atividade da autora como cronista. A obra está dividida em três partes: a primeira corresponde ao período do Jornal do Brasil, contendo material que não havia sido publicado na coletânea A descoberta do mundo; a segunda engloba as colaborações com outros veículos de imprensa, muitas delas inéditas em livro; a terceira recupera esparsos do livro Não esquecer. A organização da coletânea ficou a cargo do editor Pedro Karp Vasquez, a partir de pesquisa textual de Larissa Vaz. O livro traz ainda prefácio assinado pela escritora Marina Colasanti.

PublishNews, Redação, 17/08/2018

Com  (Companhia das Letras, 200 pp, R$ 44,90), Tony Bellotto retorna ao romance e cria uma extraordinária mistura de comédia de costumes, sátira social e narrativa de crime. Lourenço Barclay, conhecido por todos como Lô, é a imagem do homem pleno e realizado. Aos 50 anos, mas com o corpo de um jovem esportista, leva a vida dos sonhos: tem uma mulher deslumbrante, um filho exemplar e vive num enorme apartamento na zona sul do Rio. O que ele não espera é que a namorada de seu filho, uma adolescente pálida e baixinha, avançará em sua direção com a força de um tsunami, tirando o equilíbrio do ex-surfista. Motivada por escritos como os de Simone de Beauvoir, a jovem Jú transforma Lô em seu objeto de desejo máximo. O encontro com a menor de idade marca o fim da paz de Lô: não há meditação budista, exercício de pilates, alfafa orgânica ou bolinhos de alga capazes de salvá-lo. Neste cômico romance, onde todos acreditam ser justos, não há pureza à vista, e Bellotto está disposto a remover as máscaras de tudo e todos que surgirem pela frente.

PublishNews, Redação, 17/08/2018

Clarissa Wolff faz de seu Todo mundo merece morrer (Verus, 168 pp, R$ 29,90) uma trama desconstruída sobre a dualidade do ser humano. Seu primeiro romance coloca em xeque as discussões sobre tolerância. Com inspiração na ganhadora do Pulitzer Jennifer Egan, Clarissa escreve sobre um crime no metrô da linha verde de São Paulo que conecta 13 vidas, 13 personagens sintomáticos dos tempos modernos que vivem dentro de suas próprias certezas incontestáveis. Mas este grupo heterogêneo tem mais em comum que o fato de ter presenciado um assassinato no vagão. Para além das aparências, todos eles escondem um caráter duvidoso. A cada capítulo, Clarissa entrega diferentes formas de narrativa para apresentar um “sobrevivente” do atentado: desde o padre pedófilo, que conta sua versão tal qual um capítulo da Bíblia, passando pelo grupo de jovens traficantes do colégio, até a história em terceira pessoa de uma mãe que odeia o filho porque o marido não a deixou abortar.

PublishNews, Redação, 17/08/2018

Cecília Gallerani, imortalizada no famoso quadro Dama com arminho do pintor italiano renascentista Leonardo Da Vinci, é a linha condutora do romance histórico A amiga de Leonardo da Vinci (Marco Polo / Contexto, 256 pp, R$ 49,90), do escritor espanhol Antonio Cavanillas de Blas. Gallerani foi uma mulher além do seu tempo, quebrando tabus e tradições do século XV. Aos 17 anos posou para Da Vinci, que a imortalizou no quadro Dama com arminho, exposto no Museu Czartoryski, na cidade polonesa de Cracóvia. O livro narra a vida de uma jovem inteligente que conseguiu firmar sua vontade e não se curvar diante da imposição de seu pai em casá-la com um homem muito mais velho e de alta linhagem. Cecília, graças às suas habilidades como poeta, conquistou a amizade de Leonardo da Vinci. Também deslumbrou Ludovico Sforza, governador da Lombardia e futuro Duque de Milão. Conhecido como "El Moro", travou conflitos pelo Ducado com Luís XII, rei da França. Sforza não hesitou em convidá-la a fazer parte de sua corte em Milão. Logo, tornaram-se amantes. A pedido de Ludovico, Da Vinci eternizou a jovem na tela abraçando Bimbo, um arminho que Cecília Gallerani conseguira domesticar.

PublishNews, Estevão Ribeiro, 17/08/2018

 
©2001-2018 por Carrenho Editorial Ltda. Todos os direitos reservados.
Rua Fidalga 471, Conjunto 3 | Vila Madalena | São Paulo | SP | Brasil | 05432-070
O conteúdo deste site não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem autorização prévia.