Papai Noel de saco cheio, de livros.
PublishNews, Cassia Carrenho, 19/12/2014
Nada a perder v3 passa a Culpa é das estrelas na lista anual, livro de Chico Buarque fica em segundo lugar em ficção e grupo Companhia-Objetiva assume o ranking das editoras

Faltando poucos dias para o Natal, alguns livros deram um gás final e devem ter entrado em muita listinha para o Papai Noel. O irmão alemão (Companhia das Letras) é o grande destaque da semana, alcançando o segundo lugar na lista de ficção, com 7.238 exemplares vendidos. Numa lista com maioria gringa, o livro brazuca tem muito o que comemorar. Nesse ano, poucos ficcionistas nacionais conseguiram entrar na lista, muito menos ficar na vice liderança.

Outro do time nacional que voltou nessa semana é o Fim (Companhia das Letras), de Fernanda Torres, que vendeu 911 exemplares. Outros dois autores nacionais também aparecem na lista: Felicidade roubada (Benvirá) de Augusto Cury e Put some farofa (Companhia das Letras) de Gregório Duvivier

Destrua este diário (Intrínseca) não mudou de lugar, continua em segundo lugar na lista de não ficção, mas vendeu 6031 exemplares, 30% a mais do que na última semana.

Na lista infantojuvenil, o eterno livro de cabeceira de miss,  O pequeno príncipe (Agir) manteve o topo, mas pulou de 4.966 exemplares na última semana, para 6.257 nessa semana. Os bananas também resolveram escalar a lista Diário de um banana (Vergara&Riba) vol 8 e vol1, ficaram em terceiro e quarto lugares.

E o que ninguém esperava aconteceu, o livro A culpa é das estrelas (Intrínseca) foi superado por Nada a perder v.3 (Planeta). Em nove semanas, Nada a perder v3 alcançou a incrível marca de 752.793 exemplares vendidos. A culpa é das estrelas tem 639.502 exemplares.

No ranking das editoras, Sextante manteve 16 títulos, Companhia das Letras, 14 e Intrínseca, 13. Porém, somando o grupo Companhia-Objetiva, ficaria em primeiro lugar, com 20 títulos. Todo mundo deixando o saco do Papai Noel mais pesado!

[19/12/2014 01:00:00]